´Emerging Painting Invitational´ para ver on-line até ao dia 19 de Outubro

A ´Emerging Painting Invitational Prize´ (EPI) é uma plataforma internacional de arte desenvolvida pela ´Emerging African Art Galleries Association´ (EAAGA) – uma plataforma de galerias do Continente Africano (do qual o ´ELA-Espaço Luanda Arte´  em Angola faz parte) – para apoiar e reconhecer a excelência de pintores emergentes que vivem e trabalham no continente, e para criar novas oportunidades de envolvimento com os centros de arte e arte em África para colecionadores locais e internacionais, profissionais de arte e público em geral.

A cada ano, um ´Comitê de Indicação´ formado por membros da EAAGA, especialistas regionais convidados e finalistas do EPI do ano anterior seleciona 15-20 dos pintores mais promissores com menos de 30 anos de toda a África.

Os finalistas são convidados a apresentar 3 trabalhos para uma exposição e prémio jurado, bem como a oportunidade de assistir ao lançamento da exposição finalista, interagir com outros artistas e profissionais de arte internacionais em uma cidade anfitriã africana. Após o lançamento bem-sucedido do EPI 2019 em Harare (Zimbábue), a segunda edição do EPI continua este ano Online devido à crise global do covid-19.

Este ano, o EPI conta com 17 finalistas de 9 países africanos. Devido às restrições de viagens pela África, a edição de 2020 acontecerá como um projeto de exposição ´online´ apoiado por um programa de palestras, visitas a estúdios e interações. Os vencedores do EPI serão anunciados dia 19 de Outubro com prémios incluindo dinheiro, residências e exposições. Três dos finalistas receberão US $ 6.000, com o vencedor do prémio também recebendo US $ 3.000, patrocinado pela proeminente casa de leilões Strauss & Co.

´Emerging Painting Invitational´ para ver on-line até ao dia 19 de Outubro

Para ser elegível para o EPI, os artistas devem ter menos de 30 anos de idade, viver e trabalhar no continente e ter a pintura como sua disciplina principal.

Lista dos Finalistas 2020:

  1. Agnes Waruguru N`joroge (Quénia)
  2. Dorra Mahjoubi (Tunísia)
  3. Elias Mung’ora (Quénia)
  4. Emna Kahouaji (Tunísia)
  5. Eyasu Telayneh (Etiópia)
  6. George Masarira (Zimbabué)
  7. Kirubel Abebe (Etiópia)
  8. Kylie Wentzel (África do Sul)
  9. Lincoln Mwangi (Quénia)
  10. Lwando Dlamini (África do Sul)
  11. Peteros Ndunde (Quénia)
  12. Sejiro Avoseh (Nigéria)
  13. Selome Muleta (Etiópia)
  14. Willy Karekezi (Ruanda)
  15. Tashinga Majiri (Zimbabué)
  16. Thebe Phetogo (Botswana)
  17. Yolanda Mazwana (África do Sul)

as cargas mais recentes

`Arte ao Peito´ , para ver até ao dia 15 de Outubro

há 12 meses
Sob o lema “Há obras que valem muito. Estas valem vidas”, foi inaugurado o projecto expositivo que dá início às actividades do mês da luta contra o cancro em Angola.

Onde te enquadras senhor “músico”?

há 3 anos

Documentário sobre Kanye West que vem sendo produzido há duas décadas estreia ainda este ano

há 1 ano
O documentário ainda sem título, já tem previsão de lançamento e acaba de ter todos os direitos adquiridos pela Netflix, que desembolsou nada menos que 30 milhões de dólares.

‘Mulheres d’Palavra’ em cartaz no CCBA nos dias 9 e 10 de Julho

há 1 ano
Um espetáculo de poesia falada e performance que junta Irene A`mosi, Sandra Bande, Nzola Kuzedíua e Adolfina Lua, quatro grandes mulheres e referências do spoken word, para brindar de forma poética, artística e interactiva, reflexões sobre o “real” posicionamento da mulher em África e no mundo.

Zeca Moreno “abraça” a modernidade e manda “Tons Entrecalados” às plataformas de streaming

há 1 mês

Damani Van Dunem: “Defendemos o humanismo africano, o entendimento da nossa história e posicionamento no grande esquema mundial”

há 11 meses
O álbum “SwahiliLândia”, Acto 1, ajudou Damani Van Dunem a perspectivar um novo lugar na música angolana. É uma obra com pensamentos sobre o humanismo africano; a reocupação com o próximo; o entendimento da nossa história e o nosso posicionamento face ao esquema mundial.

Já está disponível a obra “Ressurreição” de Helena Dias

há 2 anos

Rapper Mota Jr encontrado morto

há 2 anos
O rapper português Mota Jr foi encontrado morto segunda-feira, mas apenas ontem (terça-feira) o corpo foi identificado, pelo facto de estar em elevado estado de decomposição.

AC Milan e Roc Nation unem-se para um grande espectáculo organizado por DJ Khaled

há 2 anos
O clube italiano AC Milan e a Roc Nation de Jay-Z uniram-se para protagonizar, no dia 20 deste mês, um grande concerto. Organizado por DJ Khaled o espectáculo visa recuperar a imagem e a posição da equipa entre a elite comercial do futebol.

Rapper Duas Caras preocupado com a perda de valores tradicionais em África

há 2 anos

No Dia Mundial da Voz, entenda a importância de cuidar da saúde vocal

há 2 anos
À semelhança de outros cantores, Selda e Sandra Cordeiro têm que fazer sacrifícios para manter intactas e puras suas cordas vocais. Apenar de nunca ter passado por uma experiência igual ao do britânico Helton Jonh, que teve que interromper o concerto por conta da voz, Morena de Cá confessa que já foi forçada a dar uma pausa na música por causa da voz.

Don Kikas: “A música tradicional devia ter um lugar intocável para não perdermos a matriz”

há 2 anos
O músico está a celebrar 25 anos de carreira e na próxima semana vai protagonizar um grande espectáculo, no Capitólio, em Lisboa. Em entrevista à Carga, apresentou o alinhamento artístico e aproveitou para falar sobre suas ambições e que gostaria de ter conseguido ao longo dos 25 anos, para além de descrever o actual estado do Kizomba.

O Homem e o Artista: Uma das obras mais intemporais do Hip Hop angolano

há 1 ano
Com 16 faixas, o álbum começa por chamar a atenção já na capa, onde distante das normais caras que caracterizam os álbuns de Rap, vemos um busto ‘Artista’, de uma escultura tipicamente africana, imprensa em capa de plástico semi-transparente, tapando o rosto do ‘Homem’ na contra capa, dando assim resposta a pergunta de quem busca a justificação para o título.

Conheça Silva Canganjo, o pensador do projecto Retrato

há 1 ano
Tem apenas 21 anos e vem desenhando há três edições um projecto que se adivinha promissor, tendo o último deles, constituído um marco para o Hip Hop nacional, sendo a primeira vez que uma figura singular do Rap é retratada em teatro, propriamente Big Nelo.

Rick Ross e 2 Chainz preparam-se para a próxima batalha de ‘Verzuz’

há 2 anos
Está confirmado Rick Ross e 2 Chainz vão protagonizar a próxima batalha do Verzuz na quinta-feira, 6 de agosto. O anúncio foi feito na conta do Instagram da VerzuzTV, a batalha será transmitida gratuitamente pelo Instagram e também pelo Apple Music para os assinantes do serviço.

50 Cent diz que Eminem é o melhor rapper do mundo

há 2 anos
Eminem contribuiu para a formação artística e ajudou a apresentar Fifty ao mundo. Foi assim que o líder da G-UNIT se tornou no rapper que conhecemos hoje. Aliás, seu repertório, incluindo álbuns, projectos de televisão e empresariais têm confirmado isso.