Exposição `António Agostinho Neto na Primeira Pessoa´ para ver até ao dia 30 de Setembro

Em alusão ao 99ª aniversário natalício do patrono da Nação, o Memorial António Agostinho Neto em parceria com o Belas Shopping, realiza a exposição fotográfica intitulada `António Agostinho Neto na Primeira Pessoa´. Inaugurada no passado dia 1 de Setembro, pode ser visitada naquela unidade comercial até ao dia 30.

Além de ser uma forma de dinamizar as actividades do MAAN, a escolha do local, atende ao desejo de Neto, que sempre foi estar entre os cidadãos. Desta forma, a organização tirou o “memorial” fora das suas portas, para dar a conhecer a um público maior, a figura de Agostinho Neto, não só como primeiro presidente da Nação, mas também um homem de cultura e artes.

Embora incluída na abertura das festividades do Dia do Herói Nacional, fora do contexto político, a exposição mostra sobretudo o lado humanista do poeta maior, dando ao público que aflui ao espaço, a oportunidade de memorar a figura em causa, conferindo valorização redobrada.

Exposição `António Agostinho Neto na Primeira Pessoa´ para ver até ao dia 30 de Setembro

Actividades Complementares
Dias 3, 10 e 24 de Setembro: Visitas guiadas
Dias 10 e 18: Palestras sobre a vida e obra de Agostinho Neto
Dia 19: Recital de poesia e trova
Dia 11: Recital com canto Coral
Dia 25: Recital Instrumental com a Academia Yellen

Sobre Agostinho Neto
Agostinho Neto nasceu no dia 17 de Setembro de 1922, em Caxicane, pequena aldeia banhada pelas águas do rio Kwanza, na região de Catete em Ícolo e Bengo, a 60km de Luanda.

Conclui o curso do liceu com elevada classificação. Matriculou-se na Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra onde conheceu Lúcio Lara, que foi o seu companheiro até ao fim da vida. Envolve-se muito cedo nos movimentos estudantis revolucionários, e foi voz activa contra a política colonialista onde destacou-se a nível internacional. A sua dedicação à causa de libertação dos povos africanos da supremacia europeia acompanhou-o até ao final da sua vida e conduziu-o aos mais diversos palcos políticos internacionais para fazer da sua voz, a voz dos povos oprimidos.

Neto foi membro fundador do Centro de Estudos Africanos em conjunto com Amílcar Cabral, Mário Pinto de Andrade, Marcelino dos Santos e Francisco José Tenreiro. Devido à sua tenacidade e participação activa nos movimentos estudantis foi preso diversas vezes pela PIDE, dando origem a campanhas internacionais de solidariedade para a sua libertação. Esta manifestação vai ser fortemente reprimida causando a morte de 30 pessoas e mais de 200 feridos, passando a ser conhecido como “o massacre de Icolo e Bengo”. Em consequência desta agitação vai ser transferido para Lisboa e depois é deportado para Cabo Verde em Outubro do mesmo ano.

Agostinho Neto casa com Maria Eugénia Neto no dia 27 de Outubro de 1958, dia em que conclui a sua licenciatura em Medicina, reunindo dois motivos de festa.

A sua influência a nível internacional cresceu na década de 60, onde teve a oportunidade de participar em diferentes conferências em Tunes, Léopoldville, Adis Abeba (conferência constitutiva da OUA), Brazzaville, Paris, Genebra (Congresso Mundial da Paz e OIT) entre outras. Na década de 70 liderou as actividades políticas e de guerrilha do MPLA e o processo de descolonização (1974/75) a partir de Argel e Brazzaville até ao seu regresso a Angola para a proclamação da independência em Novembro 1975 e assumir as funções de 1º Presidente da República Popular de Angola.

A vida política de Agostinho Neto intensificou-se forçando-o a dividir o seu tempo entre a família e a política até ao dia da sua morte, após ter sido submetido a uma cirurgia em Moscovo no decorrer de complicações ocorridas durante uma operação a um cancro do fígado de que sofria, a 10 de Setembro de 1979 morreu o primeiro presidente de Angola.

as cargas mais recentes

Marca de cosmético de Rihanna acusada de exploração e trabalho infantil

há 8 meses

Rui Orlando em concerto no `Especial Tá Bater´

há 1 ano
É já neste sábado, dia 19 de Setembro, que todas as atenções estarão voltadas para o `Especial Tá Bater´, com Rui Orlando, a protagonizar uma incursão pelos maiores sucessos do seu repertório.

Espectáculo `Se esses pés falassem´ volta a estar em cartaz para terceira temporada

há 2 semanas
“Se esses pés falassem” é uma criação que homenageia heróis da guerra civil. A ser exibido pela terceira vez, em Luanda, com este espectáculo de dança, objectiva₋se reacender a esperança nos corações dos angolanos e não apontar quem está certo ou errado.

Conselho Municipal de Los Angeles abre rua com nome Kobe Bryant

há 1 ano
Sete meses depois do fatídico acidente de helicóptero, que tirou-lhe a sua e a vida de sua filha, Kobe Bryant continua a merecer exaltação pública nos EUA.

Dino Ferraz e Bú Cherry Participam no Festival Jangu Bancada Preta África e Brasil

há 11 meses
O Festival tem como objectivo promover o intercâmbio cultural entre artistas do Brasil e de Angola, em três horas de intervenções que pretendem conectar as nossas ancestralidades.

Começou nas festas do Zango, hoje Dj Xandy deixa sua marca em África

há 1 ano
Dj Xandy notabilizou-se nas festas e bares dos bairros de Luanda e hoje assume e produz vários eventos e artistas. Com 12 anos de carreira, é conhecido por divulgar o Afro House e já lançou um EP nesse estilo.

Filme mais longo da História dura 30 dias e estreia em Dezembro

há 1 ano

Músico fundador dos “Titãs” morre de Coronavírus

há 1 ano
úsico brasileiro Ciro Pessoa, um dos fundadores da banda de rock “Titãs”, morreu na madrugada de terça-feira, aos 62 anos, na sequência de uma infecção causada pelo novo coronavírus, anunciou a família.

Chadwick Boseman recebe Globo de Ouro a título póstumo como “Melhor Actor Dramático”

há 7 meses

Sucesso Para Esses Wis: Euros Bambata traz participação de Rui Orlando em novo single

há 4 meses
Se há algo que Euros Bambata não receia, é competição e com este tema o artista demonstra isso mesmo desejando em dueto com Rui Orlando “Sucesso Para Esses Wis”, sendo os wis todos aqueles que representem oposição.

Jay-Z abre faculdade de Música, Desporto e Entretenimento na sua terra natal

há 1 ano
A Roc Nation, empresa de entretenimento de Jay-Z, anuncou ontem a abertura, para primeiro Semestre de 2021, de uma Escola Superior de Música, Desporto e Entretenimento, em Brooklyn (terra natal do rapper). 25% dos alunos do primeiro ano vão estudar sem pagar.

Paulo Flores faz a apresentação oficial do seu novo álbum

há 6 meses

Justin Bieber: “A música é uma óptima forma de nos lembrarmos de que não estamos sozinhos”

há 7 meses

Opinion makers participam de `Masterclass´ sobre “Construção e Gestão de Marcas”

há 7 meses
O evento denominado Masterclass vai decorrer no formato virtual, através da plataforma Zoom, facilitando assim o acesso de todos os interessados na matéria.

Angola com mais de mil candidatos a monumentos históricos

há 1 ano

Sintoniza: Mambos Hip Hop da Banda

há 1 ano
Idealizado por Dino Cross, “Mambos Hip Hop da banda” é um podcast de entrevistas e factos relaccionados ao Rap Game. Com o suporte de Cláudio Bantu, Queen J e Dj Bráulio Mix, os arquivos do programa podem ser acedidos a qualquer momento, no Kisom.