Festival Sons do Atlântico revisita actuações épicas da 7°edição

No dia 4 de Maio de 2019, a baía de Luanda acolheu mais uma vez, o mega festival Sons do Atlântico.

Sábado dia 12 de Dezembro as 22:00, poderá rever as grandes actuações deste espetáculo que contou com um público de cerca de 40.000 pessoas, a vibrar em uníssono com artistas em ascenção, artistas angolanos consagrados e estrelas internacionais.

Nesta primeira parte, reveja a performance dos Mobbers, Lizha James, Hallison Paixão, Filho do Zua e Noite e Dia.

O sons do Atlântico é o mais internacional dos festivais realizados em Luanda, e pelo seu palco já passaram nomes como Anselmo Ralph, SSP, Mi Casa e Ivete Sangalo e muitos mais. Acompanhe esta que foi a sétima edição de um evento que eleva a fasquia anualmente.

Desfrute do resto da sua noite de sábado com o melhor da música ao vivo em companhia do ZAP Viva.

as cargas mais recentes

Morreu o músico Tino Fortes

há 2 anos
O músico angolano Tino Fortes morreu segunda-feira em Portugal, aos 51 anos de idade, vítima de morte súbita.

Especialistas nomeiam o MVP de cada team na última década

há 2 anos

Snoop Doog celebra 49º aniversário de Tupac

há 2 anos
Um astro, cujo impacto da obra e da carreira pode ainda ser sentido, como se de um artista vivo e no auge da carreira se tratasse. O seu aniversário ainda é pretexto para homenagens e volvidos 24 anos após a sua morte, o Tupac Shakur continua a ser lembrado como o “maior Rapper de todos os tempos”.

JAY-Z produz adaptação cinematográfica do romance Forty Acres

há 2 anos

Cantor brasileiro Belo é solto após pedido de habeas corpus

há 2 anos

Angola Music Awards: Vencedores serão conhecidos este mês

há 1 ano
A gala de tribuição dos prémios do Angola Music Awards acontece já no próximo dia 22 de Outubro, no Centro de Conferências de Belas, em Luanda.

Após testar popularidade Shane Makemba surge com nova música em que recorda Edson Quituto

há 3 meses

Bié projecta academia de música para Junho de 2021

há 2 anos
Salas de música, teatro, poesia e pintura, zonas de lazer e desporto, além de auditórios com a capacidade para 250 e 230 lugares, são os compartimentos da academia de música, que estará pronta em Junho, no Bié.

Associação de Hip Hoppers de Angola: “Nos associávamos para tomar um copo… A morte do Ngadiama foi o gatilho para arrancarmos como associação”

há 4 meses

David Bowie segue vivo com o seu legado musical

há 2 anos
Só este ano, já foram lançados três álbuns a título póstumo do cantor, cujo último tornado público no passado dia 15 de Maio, -LiveAndWell.com -, é conhecido por ter sido disponibilizado unicamente no provedor de internet criado por Bowie, em 1999. O lançamento representa a primeira vez na qual o disco é disponibilizado com fácil acesso e em grande escala.

Public Enemy anuncia novo álbum

há 2 anos
A banda Public Enemy está de regresso com um novo álbum, cujo alinhamento conta com uma extensa e luxuosa lista de convidados. Com 17 faixas musicais, a obra será publicada ainda este mês.

Seminário sobre processo de inscrição e classificação dos bens a Património Mundial da UNESCO acontece em Luanda

há 2 anos
O Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente (MCTA) iniciou ontem, 20 de Agosto de 2020, o Workshop de formação sobre o processo de Inscrição e classificação dos bens a lista a Património Mundial da UNESCO.

Afinal o que é um “OG” Original Gangster?

há 2 anos
O termo “Original” foi usado pela primeira vez por Crips, em 1972, e significava “nós somos os primeiros”. A seguir passou a ser usada por todos, independentemente da idade e estatuto.

Carregadores de caixão “ameaçam” dançar para quem não ficar em casa

há 2 anos
Os dançarinos fúnebres ganenses, responsáveis pelo “meme” mais viral no mundo, durante a quarentena, fizeram um apelo para as pessoas ficarem em casa, sob pena de pagarem com a vida.

Nucho apresenta ‘Filho da Fome’: “O facto de ter boa condição de vida, não significa que seja indiferente ao sofrimento dos meus irmãos”

há 10 meses
“Filho da Fome” foi lançado em Maio, e o vídeoclip está disponível desde esta segunda-feira, na página oficial do Facebook do rapper e também autor de “Netas de N’zinga”.

Bruno Mars responde ao pé da letra ao ser conotado como apropriador cultural em programa ao vivo

há 2 anos
Há anos que Bruno Mars vem sendo apontado por críticos de aproveitar-se da ambiguidade racial para cruzar gêneros historicamente negros e, mal regressou à ribalta, já se viu na “boca do vulcão” por conta dos obstinados questionamentos sobre apropriação cultural.