Foste Waldemar, mas cantaste livremente no teu país

A morte do músico Waldemar Bastos foi um duro golpe às nossas emoções, um soco no “estômago” da cultura e quase um K.O técnico aos amantes da música com qualidade. Sim, aqueles um pouco mais exigentes.

Angola perdeu um filho, uma biblioteca. Um autêntico defensor dos oprimidos que utilizou a música para dar voz ao povo, um senhor com ideais e bastante vertical.

Contra sua vontade, partiu para fora do país, tornando-se, praticamente, cidadão do mundo, como ele mesmo gostava de dizer. Suas músicas atravessaram fronteiras, já não era só nosso (Angola) era de todos (mundo).

“Houve uma acção muito negativa contra a minha pessoa. Inventaram muita coisa, possivelmente devido à minha música. Foi movida uma campanha muito silenciosa, eficaz e com muito maquiavelismo. Foi terrível, mau e tremendo. Por isso tive que partir”, explicou em 2018.

Fazia shows pelo mundo, mas sentia falta da sua terra natal, do carinho dos seus. 40 Anos depois regressa, finalmente, para um grande show. Foi cabeça de cartaz no Show do mês, em 2018, naquela que foi o seu último grande concerto em Angola.

“Voltar a cantar para o meu povo e como bálsamo na alma. É a primeira vez que canto livremente na minha terra”, disse na ocasião. Quem vai nos dizer para não falar política, falar da velha Xica (que lembra as nossas velhas), quem vai nos aconselhar a comprar tangerina?

Espero que não haja grandes homenagens (excepção aquelas nas redes sociais, tv ou rádio), porque continuo a defender que devem ser feitas quando estamos vivos, devemos desfrutar da nossa homenagem, nos sentir importantes, apreciados e acarinhados.

Waldemar Bastos esteve doente durante muito tempo, contou, segundo pessoas próximas, com apoio da família e amigos chegados. No momento em que precisou muitos não apareceram, por favor não apareçam agora com homenagens, respeitem o momento da família e juntos vamos chorar a partida de um camarada, pai, irmão. Cumprimenta Tenta Lando, os Irmãos Kafala, André Mingas.

Quem era?
Waldemar dos Santos Alonso de Almeida Bastos, conhecido como Waldemar Bastos, nasceu em M’Banza Kongo, capital da província do Zaire, a 4 de Janeiro de 1954.

Começou a cantar com uma idade muito precoce, utilizando instrumentos do seu pai. Após a independência, em 1975, emigrou para Portugal.

Ao longo dos mais de 40 anos de carreira, foi distinguido com um Diploma de Membro Fundador da União dos Artistas e Compositores (UNAC-SA) e com Prémio Award, em 1999, pela World Music.

Abriu o festival da Unesco “Dont forget Africa”. Cantou no principado de Mónaco, a convite da princesa Carolina.

O jornal “New York Times” considerou, em 1999, o seu disco “Black Light” uma das melhores obras da época.

Em 2018 foi distinguido, pelo Governo angolano, com o Prémio Nacional de Cultura e Artes, na categoria de Música.

Discografia
1983: Estamos Juntos (EMI Records Ltd)
1989: Angola Minha Namorada (EMI Portugal)
1992: Pitanga Madura (EMI Portugal)
1997: Pretaluz [blacklight] (Luaka Bop)
2004: Renascence (World Connection)
2008: Love Is Blindness (2008)
2012: Classics of my soul (2012)

as cargas mais recentes

Man Renas: “Tinha agendada uma tour pela Europa, mas foi tudo cancelado devido o Covid-19”

há 9 meses
Nem mesmo ele consegue explicar o “milagre”. Em apenas dois anos como profissional, Man Renas escreve a sua história. Diferente de outros, o djing foi o mais prejudicado pelo Covid-19. Teve que ver “tudo” cancelado. Mas, ainda assim, está a preparar um projecto invejável.

Conheça Jomo Fortunato, o novo Ministro da Cultura, Turismo e Ambiente

há 3 meses
O recém-nomeado Ministro da Cultura, Turismo e Ambiente é um homem de cultura, historiador da Música Popular Angolana, professor, cronista do Jornal de Angola e organizador da Feira do Livro e do Disco de Luanda.

Kid MC: “Os unders têm de deixar a mania de odiar, quando alguém no seu circuito atinge certo nível”

há 4 meses
Os rappers precisam ser mais justos. Os unders têm de deixar a mania de, quando alguém no seu circuito atinge certo nível odiá-lo.

Tory Lanez pede desculpas à Megan The Stallion por alvejá-la e justifica “que estava muito bêbado naquela noite”

há 4 meses
Dois meses após alvejar a rapper Megan The Stallion, Tory Lanez reaparece para desmentir que as suas músicas tiveram uma queda nos streams como consequência do sucedido, e segundo noticiou o TMZ, Lanez também teria aproveitado para pedir desculpas à Megan Rhe Stallion.

Documentário “Kings of Afro House” estreia em Amesterdão

há 3 meses
O documentário “Kings Of Afro House”, realizado pela Music Box, plataforma musical de Sagres, terá a estreia internacional no Cinema Melkweg a convite da organização do evento “ADE – Amsterdam Dance Event” e da Africadelic, no dia 23 de Outubro.

Músicos reagem à morte de Silvio Dala: “Na América atribuímos ao racismo. Aqui vamos dizer que é o quê?”

há 5 meses
O caso do médico Silvio Dala está a causar uma corrente de protestos, até aqueles músicos que pareciam mais reservados estão a ser obrigados a soltar a voz. “Se quiserem, matem-me também”.

Óscar 2021 pode ser adiado

há 8 meses
A cerimónia está agendada para 28 de Fevereiro de 2021, mas a pandemia do coronavírus deixou o cenário incerto. A Academia já havia anunciado que irá considerar filmes não lançados directamente nos cinemas como elegíveis, que de certa forma aumentou os rumores de que o evento pode ser adiado.

Prodígio: “acredito que a arte tem que reflectir a sociedade, a minha vida, a dos meus e dos outros”

há 6 meses
Durante o longo vídeo nas suas redes sociais, sobre a morte do jovem de 23 anos no Prenda, o músico começou por esclarecer que não pretende defender qualquer artista, entretanto, realçou que é imprudente a sociedade olhar as coisas de um único ponto de vista, porque os músicos também têm liberdade de escolha.

SSP: O grupo de Rap nacional mais ouvido actualmente

há 4 meses
Dados fornecidos pela Sadia, indicam que o grupo SSP são os artistas mais ouvidos, desde o dia 21 de Setembro, no `Top Nacional´ -−divulgado pela Carga Magazine−. A par desta “colocação”, são também os primeiros artistas do estilo Rap a entrar na lista de preferência dos ouvintes, de todas as rádios nacionais.

Rihanna se declara revolucionária da indústria da beleza com a Fenty Beauty

há 1 mês
Há poucos dias do lançamento do novo Pro Filt’r Powder Foundation by Fenty Beauty, Rihanna se declarou revolucionária da indústria da beleza, e não é mentira.

Filho de Bobby Brown é encontrado morto

há 2 meses
Depois da morte da ex-mulher, Whitney Houston e da sua filha Bobbi Kristina, o cantor Bobby Brown vive uma nova tragédia com a morte do seu filho Bobby Jr.

Fat Soldiers confirmam novo EP com o lançamento do single `Jogada de Mestre´

há 5 meses
Já é possível assistir o videoclipe do single `Jogada de Mestre´, o mesmo traz um vislumbre do que será o próximo EP, intitulado `Dor e Triunfo´, a ser lançado em Setembro.

NBA retira cannabis da lista de substâncias proibidas

há 7 meses
Os exames antidoping na principal liga de basquete do mundo continuam, mas sem procurar cannabis, a notícia foi dada pela própria NBA no passado dia 10, indicando que a mesma deixa assim de ser uma substância proibida passível de punição.

Já começou o Festival #EuFicoEmCasa

há 10 meses
Serão no total 6 dias, 77 artistas e 40 horas de concerto transmitido em directo, pasmem… nas próprias contas de Instagram.

Filhos de figuras proeminentes do Rock unem-se e formam uma banda

há 2 meses
Os Suspect208 é uma banda formada por três filhos de três grandes figuras do Rock. Falamos de Scott Weiland (Stone Temple Pilots), Slash (Guns N’ Roses) e Robert Trujillo (Metallica).

Banda sonora do filme `Ar condicionado´chega às plataformas na sexta-feira

há 4 meses
A Geração 80 anunciou que vai disponibilizar a banda sonora do filme `Ar condicionado´, no próximo dia 2 de Outubro, sexta-feira. Composta por Aline Frazão, com a participação de Paulo Flores, a trilha estará disponível em todas as plataformas digitais.