Francisco Vidal enaltece Bruno Candé na exposição `Maka´

`MAKA Lisboa´ é uma conversa construtiva sobre o assassinato racialmente motivado do actor Bruno Candé, na qual, o artista plástico Francisco Vidal, ajuda a percepcionarmos o trabalho e a sua presença de Bruno.

MAKA Lisboa é afro-futurista e trabalha no território da construção positiva. Pensa como se pode construir depois desta tragédia e elevar e dar visibilidade ao legado deste actor.

Durante a sua performance artística de nome ´MAKA – Momento de Arte e Kultura Africana de Lisboa´, ao abrigo da ´Oficina Iminente´ em Monsanto, o Artista Plástico Francisco Vidal não só prestou homenagem a Bruno Candé Marques, actor, 39 anos brutalmente assassinado dia 25 de Julho em Moscavide, como também lançou uma acção artística inédita e humanista ao criar noventa e nove t-shirt’s com serigrafias únicas que estarão à venda por cem euros cada – com o valor integralmente destinado à Família de Candé.

Sobre Francisco Vidal
Nascido em Portugal, filho de mãe cabo-verdiana e pai angolano, Francisco Vidal (1978) tem vindo a explorar no seu trabalho vários suportes, incluindo a pintura, o desenho e a instalação, resultado de uma meticulosa e continuada reflexão sobre as possibilidades discursivas da expressão plástica e estética na relação com as sociedades e actualidades Portuguesa e Angolana. O seu trabalho está imbuído de uma conotação histórica e política, abordando temáticas como a diáspora africana, miscigenação cultural e identitária, e correntes transculturais.

Francisco Vidal formou-se em escultura pela ESAD, Caldas da Rainha (Portugal) e adquiriu o mestrado na Columbia University School of the Arts, em Nova Iorque (EUA). Foi um dos representantes de Angola na ´56ª Bienal de Veneza´ (2015), país onde tem repartido residência com Portugal. Expõe regularmente desde 2005, em mostras individuais e colectivas, e encontra-se representado em várias colecções públicas e privadas de renome, incluindo a Colecção: do MAAT, da Fundação EDP, da Fundação PLMJ, da Fundação Sindika Dokolo, e da Fundação Calouste Gulbenkian.Maca ou maka em Kimbundo quer dizer conversa, dito ou fala.

Na tradição oral angolana as maka são “histórias narrativas de acontecimentos reais e verdadeiros ou tidos como tais… Evoca factos e acontecimentos do passado, uns verdadeiros, outros de origem lendária e fruto da imaginação, mas que se foram impondo como se de factos reais se tratasse.” Conversa decisória, conversação, assembleia pública ou familiar. Altercação, confusão, discussão, problema, sarilho.

*Cortezia Buala

as cargas mais recentes

A’mosi Just a Label dá concerto em dose dupla

há 1 ano
A’mosi Just a Label em concerto, acontece nos dias 08 de Maio, na Casa das Artes no Talatona, pelas 19:00 e 09 de Maio, na Casa da Juventude, em Viana, às 19:00 horas.

Anitta terá música e camisola personalizada nos jogos da PlayStation

há 2 anos
A cantora será a representante brasileira na lista de músicas da FIFA 21 nos jogos de consolas. O anúncio foi feito ontem pela EA Sports. Para além de música, Anitta terá também uniforme personalizado no FIFA Ultimate Team.

Jay-Z aumenta sua fortuna após vender 50% da sua marca de champanhe a Louis Vuitton

há 1 ano

WU-TANG CLAN leva “36 Chambers” ao Brasil em Abril

há 2 anos

Aline Frazão junta-se ao projecto #1000Máscaras20Dias da Soba Store

há 2 anos
A boa-nova chegou pelas redes sociais da cantora, onde através de uma publicação, fez saber que vai usar a habilidade da costura para contribuir com a iniciativa da Soba Store, que consiste em distribuir gratuitamente máscaras aos servidores públicos essenciais.

Black Diamondz: Entretenimento negro conta com canal exclusivo na Zap

há 11 meses
Numa altura em que a televisão ocupa um lugar importante e de destaque para as famílias, a ZAP anunciou em comunicado que acaba de reforçar a sua oferta de canais com o lançamento do Black Diamondz e Cubayo, melhorando a sua extensa variedade de conteúdos musicais, com o objectivo de diversificar a oferta de canais de entretenimento.

Kanye West anuncia candidatura à presidência dos Estados Unidos da América

há 2 anos
O rapper norte-americano Kanye West anunciou ontem, 4 de Julho ( Dia da Independência dos Estados Unidos) a sua candidatura à Casa Branca, depois de ter apoiado o actual presidente e candidato à reeleição, Donald Trump. “Agora chegou o momento de cumprir a promessa dos Estados Unidos”, diz o rapper explicando os motivos da sua candidatura.

Vladmiro Gonga está de volta e traz mudanças na carreira

há 2 anos
Depois de 8 meses acometido por uma grave doença, Vladmiro Gonga aparece revigorado e anuncia mudanças drásticas.

“Let’s Go Crazy: The Grammy Salute To Prince” transmitido na TV

há 2 anos
Quatro anos após a morte de Prince, o concerto de homenagem ao músico que juntou, na cerimónia deste ano dos Grammys, vários nomes do rock e da pop foi transmitido na televisão norte-americana.

Músico Rodex Mágico apresenta testemunho de vida em vídeo

há 9 meses

Morreu o músico Tino Fortes

há 1 ano
O músico angolano Tino Fortes morreu segunda-feira em Portugal, aos 51 anos de idade, vítima de morte súbita.

Primeiro filme de Gilmário Vemba pode chegar a Netflix

há 1 ano
A longa-metragem vai para as salas de cinemas angolanos e moçambicanos no dia 26 do próximo mês. Depois disso, poderá passar nas plataformas como Netflix e Tellas, informou esta tarde Gilmário Vemba, o protagonista.

Depois de várias ausências, Edmázia Mayembe aparece e toma de ‘assalto’ Top Best

há 12 meses
Disponibilizada no passado dia 8 de Fevereiro, a faixa da autoria de Edmazia Mayembe está disponível em todas as plataformas digitais e acaba de atingir o número um das televisões e rádios.

Detergente e Smash apresentam “hits” no reportório

há 2 anos
Os produtores Detergente e Smash são os convidados da Revista Carga para quarta edição da rubrica “Reportório”, na próxima sexta-feira (26), onde cada um vai exibir os seus maiores “hits”.

Dia da Criança Africana é assinalado com tarde cultural na Fundação Arte e Cultura

há 11 meses
Alunos das Escolas de Música e de Arte da Fundação Arte e Cultura protagonizam tarde cultural no Dia da Criança Africana.

Cinemas reabrem quarta-feira

há 2 anos
As salas de cinema, em Luanda, reabrem a partir de quarta-feira, seis meses depois do encerramento por conta da pandemia do Covid-19, informou a comissão multissectorial através de um decreto.