Fundação Arte e Cultura promove debate sobre “O papel das artes no desenvolvimento cognitivo das crianças”

Artistas e instituições pública e privada discutiram no passado dia 14 de Agosto, no espaço de debate online Fale Connosco, “O papel das artes no desenvolvimento cognitivo das crianças”, sendo transmitida ao vivo na página oficial do Facebook da Fundação.


Na mesa de debate estiveram o artista plástico e docente Gilberto Kapitango, o artista visual, produtor de Tv e docente universitário, Rui Garção, profissionais do Instituto Nacional da Criança, INAC, e da Fundação Arte e Cultura, sendo que o momento cultural foi assegurado pela pequena poetisa Lesliana Ngola, de 8 anos de idade.


O assunto foi analisado na vertente das artes plásticas, designer gráfico, música e instrumentos musicais. Durante a discussão, os oradores opinaram sobre a estrutura cultural e mental na formação do homem novo, e na transformação de consciência das crianças entregues no mundo da droga.


Nesta nova plataforma de debates, também já foi discutido o tema “Procedimentos para identificar e reunificar as famílias de crianças em situação de rua”. Na ocasião, o orador convidado, Adjaime de Freitas fez saber que a reunificação e a integração social da criança em situação de rua, passava, entre outros meios, por ensina-las as artes, a praticar alguma actividade cultural, a próxima edição que está marcada para o dia 21 de Agosto, traz o tema “A influência dos programas infantis antes e durante a pandemia”.


Como é habitual, a discussão conta com a moderação do formador de Oratória e responsável do Gabinete de Comunicação da Fundação Arte e Cultura, Camilo Lemos. Enquanto decorrerem as emissões live, as famílias poderão interagir com os oradores, enviando mensagens ou ligando para os contactos 934 567 627/ 923 780 105.

Sobre o projecto
Fale Connosco é um programa ao vivo que tem como finalidade criar um espaço de debate e discussão aberta sobre as crianças e os adolescentes, bem como o papel das artes educativas na sua formação durante o percurso pela infância, adolescência e até à idade adulta. Propõe-se ainda trazer temáticas em torno das políticas dos Centros de Acolhimento e o seu real papel na garantia da formação e segurança das crianças e adolescentes. Prevê-se num futuro próximo alargar este programa às plataformas de emissão ao vivo, nomeadamente YouTube, Instagram, bem como à rádio e à televisão. O projecto é o resultado de um esforço conjunto da Fundação Arte e Cultura e do Instituto Nacional da Criança.

as cargas mais recentes

Para não repetir versos Lil Wayne e Eminem revelaram que recorrem a Google

há 3 anos
Para evitar repetir os próprios versos, os dois rappers vão a Google para rever suas letras. Embora admitam que várias vezes tenham tido brancos, consideram a repetição um desrespeito à arte, que tem como objecto a criatividade.

Fast & Furious 9: Ludacris deixa escapar em entrevista que o filme pode chegar ao “espaço”

há 3 anos
O nono episódio da franquia Fast & Furious, recentemente apelidado F9 poderá ter chegado ao espaço, o spoiller foi deixado Ludacris. O rapper e protagonista veterano do filme, ciou a possibilidade durante uma entrevista recente ao The Hollywood Repórter.

1ª edição do `Ao Vivo É-Kwanza´ junta Edgar Domingos e Anna Joyce no palco do ZAP Viva

há 3 anos
A partir do dia 27 de Junho, o AO VIVO é-kwanza vai juntar diferentes gerações de músicos vão levar até si o melhor ritmo da música made in Angola com actuações em directo, todos os Sábados às 16:30.

Clarah Helen mostra sua maturidade artística na nova música “Meu Sonho”

há 8 meses
Já está disponível o novo tema de Clara Helen, após um interregno de quase dois anos de lançamentos. O single encontra-se em todas as plataformas digitais, com o respectivo vídeoclip e traz uma cantora, letrista e intérprete mais amadurecida

MAMY mostra a sua “Atitude Negra”

há 3 anos
A música “Atitude Negra” é uma celebração da mulher negra, da melanina, dos traços grossos e do cabelo crespo.

Prince é memorado como pioneiro do “som de Minneapolis” no sexto ano post mortem

há 9 meses
Workaholic, Perfeccionista, Queer, Outsider, Freak, Genius… todos adjectivos lhe caíam como luva, o seu magnetismo e espírito livre foram relatos de autenticidade e fizeram reflectir sobre estereótipos no mundo da música e da moda. Na data em que se assinalou o sexto ano post-mortem, Minneapolis reoxigenou a imagem de Price, como majestade musical cujo ímpeto moderno e intemporal fica imortalizado.

Icónica gravadora Death Row Records abre museu virtual

há 2 anos

Exposição “Memória e processo de restauro” detalha reconstrução do Palácio de Ferro

há 2 anos
O Palácio de Ferro, em Luanda, volta a abrir as portas ao público enquanto Centro Cultural e apresenta até 4 de Fevereiro 2021 a exposição “Memória e processo de restauro”.

Laton dos Kalibrados decide abraçar a carreira gospel “Eu me encontrei”

há 2 anos

Masta: “Eu gostaria muito de ver ruas no país onde nasci com o nome Força Suprema”

há 2 anos
Em conversa com a Carga hoje, o músico apresentou as características da sua nova faixa “Rebobina”, falou dos seus projectos a solo, incluindo da actual produtora e “abriu-se” sobre o próximo álbum e a ligação à Força Suprema.

Do Kuduro ao Rap: Delver Mancha mostra a naturalidade do seu talento

há 2 anos
Actualmente canta Rap e, ao mesmo tempo, é produtor. Se recuarmos no tempo para ver onde o músico começou, será difícil acreditar que este é o mesmo Delver que, em 2008 , procurava por um “lugar ao sol no Kuduro”.

The advantages and Negatives of Informal Hookup Assessments

há 7 meses

Novo álbum de Nanuto já está disponível

há 1 ano

Semba: de Angola para o mundo

há 3 anos
A palavra semba significa ’’umbigada’’ em kimbundo. Numa tradução livre, o Semba representa “o corpo do homem que entra em contacto com o corpo da mulher ao nível da barriga”.

Jacinto Tchipa: O ícone que partiu com um sonho

há 1 ano
A morte de Jacinto Tchipa hoje, em Luanda, aos 63 anos, por doença, deixou ainda mais empobrecida a música angolana porque, mais do que um artista, Jacinto Tchipa foi das poucas referências que a música angolana lançou nos últimos trinta anos.

Matias Damásio produz novo álbum de Edmazia

há 2 anos
Segundo a cantora, que prestou essa informação, o trabalho encaminha-se para o final e no próximo ano estará disponível para os fãs.