Gabriel Tchiema apresenta novos projectos

O músico está a preparar um novo álbum em que se esperam as participações de Rui Veloso, Salif Keita, Loko A Kanza e Edmazia Mayembe. Em conversa com a Carga, esta tarde, descreveu a obra e revelou que a mesma será antecedida de um outro projecto inédito.

Em estúdio a gravar um single que retrata as suas vivências em Cabinda durante o exército, Gabriel Tchiema aproveitou o momento para falar sobre a sua próxima obra que, se tudo correr conforme previsto, sairá em 2021.

Com 12 a 14 faixas musicais, o quarto álbum de Tchiema será bilingue, 60 por cento dos temas serão intpretados em Cokwé e 40 por cento em Português.

Ainda não tem título mas, o autor de “Azulula”, adiantou que a preferência está entre “Chic Chic” ou “Abraça-me” e espera as colaborações de Salif Keita, Loko A Kanza, Rui Veloso e a angolana Edmázia Mayembe.

“Estamos a fazer contactos com Salif. Queria muito fazer um duelo com Salif Keita e Loko A Kanza. Quero contar ainda contar com a Edmázia Mayembe e Rui Veloso”, tenciona.

Enquanto isso, o artista conclui um tema inédito em homenagem à província de Cabinda, para lembrar os momentos de trincheira. Intitulada “Cabinda” a faixa será apresentada brevemente.

“Estamos neste momento a gravar um tema, que é um tributo à cidade que nos acolheu. É uma música muito bonita e dentro de um mês ou um mês e meio estará disponível”, adiantou.

as cargas mais recentes

Chetekela: “Adrenalina do Amor é uma música em homenagem à Cláudia, a mulher que salvou a minha vida”

há 3 anos
Pouco menos de um ano após ser lançada, a música `Adrenalina do Amor´ já incrementou dois prémios à carreira de Chetekela, nomeadamente: o prémio internacional na categoria de Artista em ascensão nos AFRIMMA 2019, e mais recentemente o de Melhor música romântica do ano 2019, na 23ª edição do Moda Luanda. Ao qual afirmou, em breve conversa com a carga, que “o desejo dos fãs cumpre-se”, e fez ainda saber tem na forja o lançamento do álbum `superação´, bem como a realização de um live com banda.

Amosi Just A Label e Paulo Flores representam o país no Sons de África

há 3 anos
Descrita como a primeira série regular de concertos ao vivo pan-continental a emergir em África, o espectáculo reúne artistas de 17 países africanos e Angola estará representada por Amosi Just A Label e Paulo Flores.

Prodígio e Paulo Flores disponibilizam novo vídeoclip

há 2 anos

Paulo Flores faz declarações comoventes sobre a perda de Nando Quental

há 2 anos

O Banco Angolano de Investimentos (BAI) tem apresentado, ano após ano, soluções práticas e acessíveis para os seus parceiros e clientes

há 2 anos

Kizua Gourgel diz que conceito do Unitel Estrelas ao Palco não promove o verdadeiro talento

há 6 meses

Artista português encontra alternativa em pássaros para contornar onda de cancelamentos de shows

há 3 anos
Gohu, pseudónimo de Hugo Veiga, é um português que vive no Brasil há 15 anos. Desde cedo, esteve ligado à música, mas a profissão como publicitário não lhe permitia explorar esse talento. O artista tem agendado para 2021 o lançamento do álbum de estreia e, para contornar a situação dos cancelamentos de shows , foi obrigado a ser muito mais criativo.

Oluali Records: A label que promete conectar Angola ao mundo

há 2 anos
O ano 2020 está a ser marcado por várias adversidades a todos os níveis, obrigando os artistas e produtoras a reinventarem-se e a procurarem novas formas de trabalhar. E é neste um contexto que nasce a Oluali Records, uma label que se propõe a prepõe a criar pontes entre Angola e o mundo.

5° Edição do Circuito Internacional de teatro encerra em grande

há 2 anos
Na categoria de ‘Prémio Fragata de Morais’ venceu a Cia Ndokwenu Artes com a peça ‘A Visita’ da autoria de Fragata de Morais, ele que foi também o homenageado da Quinta Edição do Circuito Internacional de teatro. Em segundo lugar venceu o grupo Catarcis Teatro com a peça A Visita.

50 Cent celebra 18 anos de “In De Club” reconhecendo apoio de Eminem: “ele me colocou no game”

há 2 anos
Ao lembrar a data, o músico reconheceu a importância de Eminem nos primeiros anos da sua carreira.” (…) o amo pelo que ele fez por mim, ele me colocou no game.”

Fat Joe recusa 10 milhões de dólares para entrar no ringue com 50 Cent

há 2 anos
A noite de Mike Tyson e Roy Jones Jr., no fim de semana passado, continua a dar que falar, pois não se tratou apenas de demonstração de forças, houve apostas, negócios e propostas.

Apesar do sucesso, nenhum músico angolano integra a lista dos 20 mais ricos de África

há 2 anos
A selecta lista possui cinco diferentes nacionalidades e é dominada pelos nigerianos, com 13 artistas, e liderada pelo senegalês Youssu N’dour, que acumula um património líquido de 145 milhões de dólares, seguido pelo seu compatriota Akon.

Thó Simões constrói mural para referências da música angolana

há 2 anos
Tratam-se de figuras como Carlos Burity, Waldemar Bastos, David Zé, Artur Nunes, Lourdes Van-Dunem, Teta Lando, Bangão,Teta Lágrimas, entre tantos outros que já não fazem parte do mundo dos vivos.

Ciclo de divulgação do funcionamento do Sistema Nacional dos Direitos de Autor e Conexos “passa” por Bié, Cuando Cubango e Cunene

há 1 ano
O encontro que visa massificar o conhecimento e aperfeiçoar os mecanismos para a protecção e o usufruto dos respectivos direitos económicos sobre a propriedade intelectual, já passou, na sua segunda fase pelas províncias do Cuanza-Norte (Ndalatando), Malanje (Malanje), Uíge (Uíge), Zaire (Mbanza Congo) e Bengo (Caxito).

MV Bill canta `crónicas viscerais sobre um Brasil desestabilizado’ em novo álbum

há 2 anos
Com a produção de DJ Caíque e Tibery, o 9ª álbum do rapper, traz 12 faixas musicais, intitula-se `Voando Baixo´ e será publicado no próximo dia 30 de Abril.

Dr. Dre diz que redes sociais destroem a mística da música e dos artistas

há 3 anos
Dre foi mais longe ao afirmar que, se estivesse no início de carreira, talvez odiasse as redes sociais, por elas destruírem a mística, que é a principal característica da música. “É prazeroso esperar o que está por vir”, disse.