Gilmário Vemba fala do seu futuro no cinema

Pela primeira vez, o humorista assume papel de protagonista numa longa- metragem. A tragicomédia traz à baila o drama da dívida e teve uma produção de 12 milhões de Kwanzas. Vai estrear o próximo mês em Angola e no estrangeiro. Gilmário revelou que está a preparar outros filmes e fala sobre o seu futuro com o cinema.

O que motivou Gilmário Vemba e Anacleto Abreu a produzirem o filme?

Era um mercado bom para entrar. Achei que podia usar também um bocadinho da imagem e da influência que tenho para poder, de alguma forma, impulsionar o mercado cinematográfico nacional. O cinema nacional ainda não é aquela coisa que entusiasma todo o mundo. Nós pensamos em fazer uma coisa em todo o país.

Isto quer dizer que estaremos a ver um Gilmário Vemba a trocar os palcos do humor pelo cinema?

Isso nunca! Mas, com certeza que vão ver mais filmes do Gilmário. Já estamos a pensar na produção de ‘A Dívida 2’.

Quando é que pretendem estrear a ‘A Dívida’?

Já está todo ele preparado. Estamos apenas a aguardar a data de estreia. Temos a agenda do lançamento para o dia 17 de Abril, mas estamos um tanto quanto receosos pela situação de quarentena que o mundo vai observando.

Sei que estará também em Moçambique e mais tarde em algumas cidades europeias. Qual será o método de distribuição?

Vai tudo para o ar em simultâneo em Moçambique (Beira, Maputo…) e em Angola. Cá vamos estar em todas as salas do Cine Max: Luanda, Benguela, Lubango, Huambo. Estamos também a encetar contactos para Portugal e São Tomé e Príncipe.

Gilmário Vemba fala do seu futuro no cinema

Quanto ao elenco, como é que está constituído e distribuídos os papéis?

Está constituído por novos talentos e outras caras do teatro e do cinema nacional, como a Neide Van-Dúnem, David Enoque, Valdano Lukizaia e Cláudia Bezerra. Eu sou o protagonista e a Cláudia a Vilã principal.

Como encarou o desafio de, pela primeira vez, assumir o papel de protagonista de um filme?

Gostei da estória e adaptamo-la à nossa realidade. Estamos numa sociedade onde as pessoas estão mais agarradas em parecer ter, o que as deixa amarradas a vida toda. Criam dividas para sustentar determinados luxos e depois acabam sendo escravas dessas mesmas dividas.

Disse que tiveram uma produção independente. Consegue nos dizer quanto ficou orçada a produção?

Tivemos de apertar ao máximo. Portanto, conseguimos reduzir o orçamento até 12 milhões de Kwanzas.

 O mercado cinematográfico do país ainda é um incipiente. Que estratégias estão a adoptar?

Queremos que o filme possa ir também em plataformas com a Netflix, Zap Filmes. Vamos continuar a trabalhar para que chegue a todo mundo e ter dinheiro suficiente para podermos produzir mais coisas e com maior qualidade, ainda que não nos dê o retorno, vamos continuar a produzir.

Em termos de captação, a que partes de Angola tiveram de gravar a longa-metragem?

Dado os recursos escassos, gravamos no Kilamba, Rua Rainha Ginga, Cacuaco, Zango, Benfica… acabou girando por Luanda toda. O filme faz 120 minutos, com linguagem aceitável e nivel de conhecimento para menores de 12 anos.

O que se pode destacar neste filme?

Tentamos trabalhar o filme a nível de Hollywood, mesmo dentro dos nossos pequenos recursos, conseguimos trazer um filme que se pode ver em estórias videográficas que podem ser compreendidas desde o princípio, meio e fim.

as cargas mais recentes

Nova Energia distingue “Doutores” da música

há 9 meses
Os músicos Joãozinho Morgado (Percussão), Boto Trindade (Guitarra) e Teddy Nsingui (Guitarra) foram homenageados sábado, no encerramento da sétima temporada do Show do Mês.

Snoop Dogg anuncia ‘From Tha Streets 2 Tha Suites’ o seu novo álbum

há 6 meses

Lançado na passada Sexta-feira, álbum póstumo de Pop Smoke caminha para a 1º posição da Billboard

há 2 meses
De acordo com as projecções do Hits Daily Double, Pop Smoke está definido para conquistar o primeiro lugar na Billboard 200 com 110.000 a 120.000 unidades equivalentes a álbuns vendidas, 4.000 a 6.000 das quais serão em vendas de álbuns tradicionais.

Morreu U-Roy, mestre do Reggae

há 7 meses

A’mosi Just A Label leva sua musicalidade para o histórico Theatro Circo

há 4 semanas
Em breve conversa com a Carga Magazine, hoje, A’mosi Just A Label disse estar ansioso, revelando que preparou um alinhamento artístico constituido, na sua maioria, por temas do seu segundo álbum, a ser lançado brevemente.

Show do Mês comunica interregno do conceito `Hospitality´ mas garante continuidade das atracções

há 4 meses
`Hospitality´ consistia em receber público num espaço aberto, obedecendo a todas as medidas de segurança, mas acaba de ser descontinuado, para fazer face ao último decreto do estado de Calamidade.

Vocalista do “Roupa Nova” internado com Covid-19

há 11 meses
Após enfrentar um câncer e passar por um transplante de medula, o vocalista do grupo “Roupa Nova”, Paulinho, enfrenta uma nova batalha pela vida.

Agora é oficial, Netflix quer pôr fim às partilhas de contas

há 6 meses
A Netflix está a testar um novo recurso que restringe a partilha de conta apenas com quem estiver no mesmo recinto.

Foi assim que nasceu a Música Angolana

há 1 ano
A Música Popular Angolana, que se actualiza no espaço urbano recebeu influências e absorveu, ao longo do seu processo de formação, técnicas de execução dos instrumentos musicais Ocidentais. Contudo, antes do seu surgimento já existia um segmento pré-urbano configurado no espaço rural.

Música e café são a nova união da aposta nacional

há 1 ano

Festividades da Francofonia encerram amanhã em Luanda

há 6 meses
A ter lugar amanhã, as 17 horas, no Mutu Ya Kevela, o aparatoso evento vai encerrar com a apresentação de duas peças de dramaturgos francófonos.

A vida depois do Tombo: Série documental retrata a vida de Karol Conká pós BBB21

há 5 meses
A protagonista do maior índice de rejeição, da história do Big Brother Brasil, terá a sua trajectória narrada num documentário com estreia marcada para o próximo dia 29 de Abril, cujo título é um trocadilho do seu próprio hit `Já que é pra tombar´.

44 anos depois governo entrega certidões de óbito de Artur Nunes e David Zé

há 4 meses
Esta semana, o governo angolano decidiu entregar às suas famílias certidões de óbito, entretanto, os restos mortais dos artistas estão ainda por se identificar.

Corpo da cantora norte-americana Naya Rivera encontrado num lago

há 1 ano
A polícia da Califórnia informou hoje que já encontrou o corpo da cantora e actriz Naya Rivera. O corpo da artista desaparecida na passada quarta-feira, dia 8 de Julho, após passeio de barco com o filho, foi achado num lago.

Kamané Kamas lança single “Louko”

há 5 meses
Louko é um oportuno regresso à música para Kamané e prepara o caminho para o lançamento do EP, com uma surpresa final

Ary e Anselmo Ralph celebram o amor com um espectáculo “Ao Vivo”

há 7 meses