Globo aposta na união de estilos musicais de Angola e do Brasil na nova campanha de comunicação

Há sensivelmente um mês, a Globo pôs a circular nos meios de comunicação locais, a campanha ‘Emoção Globo’. O objectivo é aproximar, cada vez mais, os talentos e produtos Globo ao público angolano com mensagens que lembrem personagens icónicas das novelas e programas de entretenimento e informação. A campanha visa despertar nos angolanos as suas paixões, atitudes e inspirações.   

Para associar criatividade ao projecto, oferecer ritmo e movimento abrangente às famílias angolanas e incentivar tendências, estilo e beleza, o cantor e produtor musical brasileiro, João Brasil, concebeu uma produção musical com a união de estilos característicos de Angola e do Brasil.

O Funkduro, uma fusão entre o Funk brasileiro e o Kuduro, traz retratada a alegria dos dois povos na música que tem sido o hino da marca e continuará durante os três meses de duração da campanha. 

João Brasil não é novato na produção de ritmos africanos, tendo já trabalhado, com base no kuduro, em mistura de vários ritmos onde incluiu a batida “Tá maluca”, música de Nacobeta e Puto Português e outras, como referência, algumas músicas do repertório da banda portuguesa ‘Buraka Som Sistema’.

Considerado por muitos ‘O rei dos Mashups’ no Brasil, João sempre esteve ligado à música. “Não consigo separar a música da vida. Para mim é uma coisa só”, afirma o artista. Questionado sobre a simbiose dos estilos Funk e Kuduro, disse: “O BPM do Funk carioca aumentou de 130 para 150 BPMs nos últimos anos, chegando perto do tempo do Kuduro, que gira em torno de 140 BPMs. Os ritmos ficaram muito próximos, nunca estivemos em tamanha sintonia”. 

A campanha ‘Emoção Globo’ está em curso e já a podemos observar em outdoors; na televisão; bem como ouvir, também na rádio, a mistura da música que faz o hino do projecto. Pode aceder aos produtos e conteúdos Globo em Angola nas posições 10 (Globo HD) e 72 (Globo On) da ZAP.  

João Brasil fala sobre a experiência e os momentos que nortearam todo o processo de concepção da música

Que dificuldades teve na concepção da música? Já tinha produzido um kuduro antes? 
Na verdade, tive mais facilidades do que dificuldades. O BPM (tempo da música) do Funk carioca aumentou de 130 para 150 BPMs nos últimos anos, chegando perto do tempo do Kuduro, que gira em torno de 140 BPMs. Os ritmos ficaram muito próximos, nunca estivemos em tamanha sintonia. Já tinha feito alguns Mashups (colagem de duas músicas) usando a batida do Kuduro. É um ritmo fascinante que me encanta muito. 

Que referências do estilo tem em Angola? Conhece algum artista? 
Eu conheço bem o trabalho da Titica, inclusive já toquei em um festival onde ela também se apresentou, o Lusotronics. Conheço bem o trabalho do Buraka Som Sistema, que apesar de portugueses, exploraram bastante o som do Kuduro. Um dos Mashups que mencionei que fiz de Kuduro era com a batida da música do Puto Português e Nacobeta chamada “Tá maluca”, adoro essa sonoridade. 

Qual a sua relação com produtores musicais angolanos? Conhece algum? 
Gostaria muito de estreitar mais os meus laços com os produtores angolanos. A mistura do Funk brasileiro com o Kuduro de Angola pode render excelentes frutos. 

O que mais admira na cultura angolana? 
O que mais admiro é a proximidade com a cultura brasileira. Estamos muito próximos culturalmente, porém distantes geograficamente. A cultura angolana soa muito familiar para mim. Adoro Semba também, por exemplo. Angola, para mim, é uma extensão do Brasil. Precisamos de mais pontes entre as duas culturas. 

Já tinha colaborado num projecto assim com a Globo ou é o primeiro? 
Foi a minha primeira experiência, e achei fantástica. Foi bem emocionante. 

Qual a sua trilha de eleição nas novelas da Globo? 
Lembro muito da trilha de abertura da novela ‘Rainha da Sucata’, amava aquela abertura, a Lambada estava no auge. A música era “Me chama que eu vou” de Sidney Magal. 

Que importância dá às trilhas sonoras? 
As trilhas sonoras dão toda a emoção das cenas. Elas são a parte vital. Faça o teste, assista uma cena no “mute” e veja a diferença. 

Que significado tem a música na sua vida? 
Não consigo separar a música da vida. Para mim é uma coisa só.

as cargas mais recentes

Verzuz Battle é adiado após Ashanti testar positivo para Covid-19

há 2 anos
Inicialmente marcada para o dia 12 de Dezembro, o frente a frente foi remarcado para o próximo dia 9 de Janeiro de 2021, após Ashanti, anunciar horas antes, que testou positivo a Covid-19.

Craig David condecorado MBE na mesma cerimónia em que Lewis Hamilton ascendeu ao título de Sir

há 9 meses
O cantor Craig David foi condecorado MBE (Membro da Ordem do Império Britânico), pelo Príncipe de Gales. Craig entra para a ordem de cavalaria graças aos seus mais de 20 anos de serviços na  música, ao passo que Lewis Hamilton que já era MBE, ascendeu ao mais alto nível de honraria Britânica, o piloto é oficialmente reconhecido com o título de Sir. 

Drake atinge feito inédito e ultrapassa Os Beatles, Michael Jackson e Madonna

há 2 anos
O rapper tornou-se o artista com mais músicas no Top da Billboard. O recorde pertencia durante anos a Madonna e Drake já havia empatado, mas esta semana atingiu 40 músicas na parada. Veja a lista completa dos artistas que mais colocaram músicas no do Top 10 dos EUA.

Heavy C oferece seguro de saúde que ganhou de Ary a Socorro

há 2 meses

Paulo Flores na lista dos curadores da Apple Music

há 2 anos
Paulo Flores faz parte da limitada lista de músicos africanos convidados pela Apple para curadoria da playlist do aplicativo Apple Music. Disponível desde hoje, a lista de reprodução de Paulo Flores inclui músicas de artistas como Franco, Tubarões, Carlitos Vieira Dias e André Mingas.

Sabia que J. Cole é o único rapper indicado em todas categorias do género no Grammy 2022?

há 10 meses
Desta vez, Cole conseguiu uma façanha incrível, o rapper é o único a ser indicado em todas as categorias envolvendo Rap/Hip-Hop no Grammy de 2022, referente a 64° edição.

Rumba Congolesa passa a ser Património Imaterial da Humanidade

há 10 meses
O estilo musical e dança Rumba, originário da bacia do Congo-região que abrange as actuais República Democrática do Congo, Congo, Angola e Gabão- foi elevado ontem pela UNESCO a Património Cultural Imaterial da Humanidade.

O fim de uma Era. Serena Williams coloca ponto final na carreira

há 4 semanas

Autores e agentes económicos da Huíla recebem primeiros certificados de registo de obras intelectuais

há 5 meses
De acordo com a nota do Serviço Nacional dos Direitos de Autor e Conexos, foram entregues no total, 11 certificados, sendo 10 de registo de obras intelectuais e um para o exercício de actividade. A ocasião serviu também para o DG do SENADIAC proceder à entrega de alguns meios de trabalho e de identificação ao agente do SENADIAC naquela província.

Enquanto Lady Gaga é jogada para escanteio, Beyonce recebe a primeira indicação ao Oscar

há 8 meses
Os indicados ao Oscar 2022 foram revelados na manhã desta terça-feira, dia 8 de Fevereiro e os vencedores serão conhecidos na gala de prémios, que terá lugar no próximo dia 27 de Março, no Dolby Theatre em Los Angeles.

Conheça Tusse, o refugiado congolês que venceu a maior competição musical da Suécia

há 2 anos
No passado sábado, o artista de 19 anos venceu o concurso de canto Melodifestivalen, consolidando sua posição para representar a Suécia no Festival Eurovisão, que acontece no próximo dia 18 de Maio.

This Is Not a White Cube anuncia participação na 8ª edição da 1-54 Contemporary African Art Fair

há 2 anos
A feira de arte que vai decorrer em Londres na Somerset House de 8 a 10 de outubro de 2020, será prestigiada com a presença da galeria angola, a ser representada pelos artistas: Alida Rodrigues, Patrick Bongoy, Pedro Pires e Nelo Teixeira.

Trocaram o mundo do crime pela música e se tornaram o fenómeno do Rap nacional

há 2 anos
Antes de se tornarem a febre do momento, os Séketxe estavam metidos no mundo do crime . Este grupo está a introduzir uma nova onda no Rap angolano. Criou o Rap-Cia, um subgénero do Trap que resulta da fusão entre o Kuduro e o Rap. Conquistou o respeito de artistas como MC Cabinda e tem atraído muita popularidade.

Fela Kuti, pioneiro do Afrobeat, nomeado ao Rock and Roll Hall of Fame

há 2 anos

Bigger Love: Novo álbum de John Legend celebra a música negra

há 2 anos
John Legend tornou pública a capa e a track list do seu novo álbum, a ser lançado dia 19 de Junho, com recurso à riqueza da música negra tradicional, o artista quer levar alegria e esperança ao movimento Black Live Matter.

Burna Boy anuncia lançamento do próximo álbum para Agosto

há 1 ano
Passados oito meses depois da publicação de “Twice As Tall”, o músico nigeriano anuncia, para Agosto deste ano, o lançamento do próximo álbum.