Globo aposta na união de estilos musicais de Angola e do Brasil na nova campanha de comunicação

Há sensivelmente um mês, a Globo pôs a circular nos meios de comunicação locais, a campanha ‘Emoção Globo’. O objectivo é aproximar, cada vez mais, os talentos e produtos Globo ao público angolano com mensagens que lembrem personagens icónicas das novelas e programas de entretenimento e informação. A campanha visa despertar nos angolanos as suas paixões, atitudes e inspirações.   

Para associar criatividade ao projecto, oferecer ritmo e movimento abrangente às famílias angolanas e incentivar tendências, estilo e beleza, o cantor e produtor musical brasileiro, João Brasil, concebeu uma produção musical com a união de estilos característicos de Angola e do Brasil.

O Funkduro, uma fusão entre o Funk brasileiro e o Kuduro, traz retratada a alegria dos dois povos na música que tem sido o hino da marca e continuará durante os três meses de duração da campanha. 

João Brasil não é novato na produção de ritmos africanos, tendo já trabalhado, com base no kuduro, em mistura de vários ritmos onde incluiu a batida “Tá maluca”, música de Nacobeta e Puto Português e outras, como referência, algumas músicas do repertório da banda portuguesa ‘Buraka Som Sistema’.

Considerado por muitos ‘O rei dos Mashups’ no Brasil, João sempre esteve ligado à música. “Não consigo separar a música da vida. Para mim é uma coisa só”, afirma o artista. Questionado sobre a simbiose dos estilos Funk e Kuduro, disse: “O BPM do Funk carioca aumentou de 130 para 150 BPMs nos últimos anos, chegando perto do tempo do Kuduro, que gira em torno de 140 BPMs. Os ritmos ficaram muito próximos, nunca estivemos em tamanha sintonia”. 

A campanha ‘Emoção Globo’ está em curso e já a podemos observar em outdoors; na televisão; bem como ouvir, também na rádio, a mistura da música que faz o hino do projecto. Pode aceder aos produtos e conteúdos Globo em Angola nas posições 10 (Globo HD) e 72 (Globo On) da ZAP.  

João Brasil fala sobre a experiência e os momentos que nortearam todo o processo de concepção da música

Que dificuldades teve na concepção da música? Já tinha produzido um kuduro antes? 
Na verdade, tive mais facilidades do que dificuldades. O BPM (tempo da música) do Funk carioca aumentou de 130 para 150 BPMs nos últimos anos, chegando perto do tempo do Kuduro, que gira em torno de 140 BPMs. Os ritmos ficaram muito próximos, nunca estivemos em tamanha sintonia. Já tinha feito alguns Mashups (colagem de duas músicas) usando a batida do Kuduro. É um ritmo fascinante que me encanta muito. 

Que referências do estilo tem em Angola? Conhece algum artista? 
Eu conheço bem o trabalho da Titica, inclusive já toquei em um festival onde ela também se apresentou, o Lusotronics. Conheço bem o trabalho do Buraka Som Sistema, que apesar de portugueses, exploraram bastante o som do Kuduro. Um dos Mashups que mencionei que fiz de Kuduro era com a batida da música do Puto Português e Nacobeta chamada “Tá maluca”, adoro essa sonoridade. 

Qual a sua relação com produtores musicais angolanos? Conhece algum? 
Gostaria muito de estreitar mais os meus laços com os produtores angolanos. A mistura do Funk brasileiro com o Kuduro de Angola pode render excelentes frutos. 

O que mais admira na cultura angolana? 
O que mais admiro é a proximidade com a cultura brasileira. Estamos muito próximos culturalmente, porém distantes geograficamente. A cultura angolana soa muito familiar para mim. Adoro Semba também, por exemplo. Angola, para mim, é uma extensão do Brasil. Precisamos de mais pontes entre as duas culturas. 

Já tinha colaborado num projecto assim com a Globo ou é o primeiro? 
Foi a minha primeira experiência, e achei fantástica. Foi bem emocionante. 

Qual a sua trilha de eleição nas novelas da Globo? 
Lembro muito da trilha de abertura da novela ‘Rainha da Sucata’, amava aquela abertura, a Lambada estava no auge. A música era “Me chama que eu vou” de Sidney Magal. 

Que importância dá às trilhas sonoras? 
As trilhas sonoras dão toda a emoção das cenas. Elas são a parte vital. Faça o teste, assista uma cena no “mute” e veja a diferença. 

Que significado tem a música na sua vida? 
Não consigo separar a música da vida. Para mim é uma coisa só.

as cargas mais recentes

Bruno Fernando é transferido para os Boston Celtic

há 10 meses
O poste angolano Bruno Fernando, que jogou pelos Atlanta Hawks nas duas últimas épocas, vai representar na próxima temporada na NBA os Boston Celtic, depois de uma troca envolvendo Tristan Thompson, Kris Dunn e Delon Wright.

Álbum de estreia de Lil Nas X vaza na internet

há 10 meses
O aclamado álbum “Montero”, que marca a estreia de Lil Nas X, cuja data de lançamento era mantida no segredo dos deuses, já está em posse pública após ter ido inexplicavelmente para à Web.

Fãs insurgem-se ao saber que apenas homens foram convidados para o álbum póstumo de Aaliyah

há 4 meses
Os fãs insurgiram-se após o tio da artista, in memoriam, declarar que acha melhor trabalhar apenas “com pessoas como Ne-Yo e Snoop Dogg, Future e Drake.”

C4 Pedro é o artista angolano que mais vende nas plataformas de streaming

há 11 meses
O relatórios do Spotify, Apple Music, Boom Play e Deezer indicam que, o autor de “Pele Negra” é angolano que mais vendeu nas plataformas de rscuta, com mais de 7 milhões de streamings, só no primeiro trimestre de 2021.

Post Malone brilha no Billboard Music Awards 2020

há 2 anos
O Billboard Music Awards premiou os maiores nomes da música nesta quarta-feira (14), no Dolby Theatre, em Los Angeles. O evento, referente ao desempenho dos astros ainda no passado (2019), estava previsto para Abril, mas foi adiado devido à pandemia do novo coronavírus.

Gorillaz lançam ‘How Far?’, single em homenagem à Tony Allen

há 2 anos

Covid-19: Espectáculos passam a ser permitidos ainda este mês

há 2 anos
Os concertos e actividades culturais em recintos fechados passam a ser permitidos a partir de 17 deste mês, durante a vigência da situação de calamidade pública.

Máscara Mwana Pwo exibida num filme de Hollywood. Afinal, ela pertence a Angola ou RDC?

há 1 ano
Mwana Pwo simboliza a beleza e a figura da mulher, encarnando a ancestralidade feminina dos lundas-cokwe, e está a ser exibida num filme de Hollywood, transparecendo que a mesma pertence à tribo vizinha dos mbangani, da República Democrática do Congo.

Rihanna é “coroada” a cantora mais rica do Reino Unido

há 2 anos
A artista entra na categoria `Rich Times´ do Sunday Times, ocupando a 3ª posição com uma fortuna equivalente a 326 biliões de Kwanzas, acima de Adele, Ed Sheeran e Mick Jagger.

Há um ano Prodígio representava Angola nas celebrações do Dia de Nelson Mandela

há 10 meses
Instituído em 2009 pelas Nações Unidas em memória de Nelson Mandela, que hoje (18) celebraria 103 anos de vida, o foco do Dia Internacional de Nelson Mandela este ano são as comunidades atingidas pela pandemia do Covid-19.

Anna Joyce e C4 Pedro integram lista dos artistas africanos que “todos devem ouvir”

há 1 ano
O site brasileiro Mundo Negro elegeu os oito artistas africanos lusófonos “obrigatórios” nas playlists da actualidade, dos quais figuram os angolanos C4 Pedro e Anna Joyce.

Na primeira tentativa de cobrança Sadia arrecada 10 milhões de Kwanzas

há 1 ano

Tribunal impede Artur de Almeida e Silva de tomar posse por suspeita de fraude

há 1 ano
O presidente reeleito da Federação Angolana de Futebol, Artur de Almeida e Silva, está impedido de tomar posse. Em causa está um despacho do Tribunal Provincial de Luanda que resulta da instauração de um processo, indiciando-o no crime de fraude.

Beliano AD prova que é possível “sim” ter uma carreira gospel de sucesso em Angola

há 8 meses
Ao longo dos últimos dez anos, vários foram os artistas que procuram provar que, mais do simples instrumento de transmissão do Evangelho, é possível ter em Angola uma carreira profissional com a música gospel.

Indústria da música no Reino Unido revoltada com o preço das licenças dos shows ao vivo

há 1 ano
Durante a pandemia, os lives tornaram-se uma das principais fontes de receita dos artistas em todo o mundo. Em dezembro, o PRS propôs uma tarifa entre 8% e 17%, uma percetangem que duplica a anterior.

Show Piô regressa no dia 31 de Outubro

há 2 anos
O projecto de promoção da música infantil das décadas de 80, 90 e 2000, denominado Show Piô, estará de volta no dia 31 de Outubro, depois da ausência em 2019. Mais uma vez, o objectivo é “transformar” os adultos de “hoje” em crianças de “ontem”.