Henriques Narciso: “Se não tive o Prémio Nacional de Cultura e Artes é porque é dado por indicação política”

O produtor e realizador encontra-se em estúdio a preparar um filme sobre Juliana Kafrique, a zungueira do Rocha Pinto morta há dois anos a tiro por um agente da polícia em plena luz do dia.

A média-metragem estreia antes do final do ano e é de género drama. Com a narrativa, Henriques Narciso pretende chamar a atenção à sociedade para a busca do diálogo em situações de discórdia.

Com o retrato biográfico, o autor almeja alguns prémios. “Dos prémios em Angola, falta-me somente o Prémio Nacional de Cultura e Arte, e digo mesmo de boca cheia, se não tive este prémio até esta hora, é porque este prémio era dado por indicação política. Como nunca usei cor partidária, por isso é que nunca tive a oportunidade de receber este prémio”.

Apesar disso, o conhecido realizador não baixa a guarda, acreditando que desta forma continuará a alimentar a linha de admiradores “Pretendo conquistar o respeito, o carinho e quiçá, vencermos o festival da Unitel. Ou estar entre os primeiros classificados do Festival de Cinema”, manifestou.

Durante vários anos, Dito ficou conhecido como o rosto da segunda vaga de realizadores angolanos e conquistou vários prémios. Dirigiu filmes de acção como Assaltos em Luanda I e II, traz agora um drama que retrata a vida da jovem de zungeira morta a 12 de Março de 2019.

Ao longo da entrevista com a Carga, Dito, como também é conhecido, disse não entender os critérios de atribuição do Prémio Nacional de Cultura e Arte, porque, descreve,  pessoas há que receberam o prémio, e se questiona por que razão é que elas recebem.

“Pessoas há que recebem este prémio e eu me questiono por que está ser atribuído. Sempre questionei quais são os critérios, nunca entendi. Coloquei na minha cabeça que é pelo facto de eu não usar cores partidárias. Também não gosto muito de falar da política”, confortou-se.

Pelo seu percurso e contributo para o cinema angolano, o realizador entende que pessoas como ele em concurso como o Festival de Cinema da Unitel, deviam ser reconhecidos e não mais concorrer. 

“A iniciativa é louvável, e vai ajudar muitos produtores e realizadores, mas existem pessoas que já tem trabalhado há bastante tempo sem apoio, pessoas como nós, deviam ser reconhecidos, ao invés de concorrermos, a Unitel, se calhar, devia arranjar alguma coisa para nós que já mostrámos trabalho. Agora concorrermos ao lado dos miúdos não acho isso certo. Mas epah é concurso. Um José Gamboa não iria concorrer num Estrelas ao Palco, por causa do estatuto que tem”, concluiu.

as cargas mais recentes

Música e café são a nova união da aposta nacional

há 3 anos

Filha de Beyoncé e Jay-Z de 8 anos indicada aos Grammy

há 2 anos
A organização dos Grammy Awards corrigiu, esta semana, as nomeações aos Grammy, colocando na lista Blue Ivy e Wizkid pelas participações na música ‘Brown Skin Girl’, antes atribuída a mãe da pequena.

SSP volta a subir ao palco para celebrar 30 anos de carreira

há 2 anos
Após a última aparição no Live no Kubico do ano passado, SSP aparecem novamente em grande para um espectáculo no dia 22 de Maio, no Dream Space, em Luanda.

Revelações da Forbes indicam que Kanye West não é assim tão rico como se pensa

há 2 anos
Afinal, a fortuna de Kanye West não é tanta assim como se noticiou nos últimos dias. De acordo com as novas revelações da Forbes, a riqueza do músico cifra-se em menos de um terço dos que se conhece.

Algo Desconhecido apresenta hoje a segunda edição do ‘Bengha Producers’

há 3 anos
Trata-se de uma conversa entre produtores, cujo primeiro encontro aconteceu no live do Facebook da passada quinta-feira e hoje assinala a segunda edição, as 19 horas na página Wilson Algo Desconhecido. Na primeira pessoa, o produtor que já trabalhou com Monsta, Mc Koringa, NGA, Prodígio, Deezy e outros grandes nomes da música internacional, descortinou as razões da sua mais recente criação.

MV Bill canta `crónicas viscerais sobre um Brasil desestabilizado’ em novo álbum

há 2 anos
Com a produção de DJ Caíque e Tibery, o 9ª álbum do rapper, traz 12 faixas musicais, intitula-se `Voando Baixo´ e será publicado no próximo dia 30 de Abril.

Conheça o Top 5 dos videoclipes mais assistidos de todos os tempos no YouTube

há 3 meses

Phay Grand O Poeta pondera parar de cantar

há 2 anos
O rapper dificilmente cede entrevistas, e nem sequer tem páginas no Facebook ou YouTube, mas aceitou o desafio do Show Time, para falar sobre os seus hits, considerados hinos do Rap nacional e do que depende o futuro da sua carreira.

Festival do cinema tunisino arranca em formato digital

há 3 anos
A terceira edição do Festival do Cinema Documentário Mediterrâneo na Tunísia (DocuMed), que arrancou ontem, será realizado em edição digital, devido à crise sanitária mundial da covid-19, indicaram os organizadores.

Ministério Público acusa equipa médica de homicídio doloso de Diego Maradona

há 2 anos
De acordo com notícias, o agravamento das acusações está ligado à publicação, no início de Maio, de um relatório da perícia, que concluiu que Maradona tinha sido “abandonado à própria sorte” pela equipa de saúde, cujo tratamento “inadequado, deficiente e temerário” levou a uma agonia lenta.

Figuras públicas “choram” morte de Tonito, intérprete, letrista e compositor

há 6 meses

JLO felicita músicos angolanos

há 3 anos
O Presidente da República, João Lourenço, felicitou, neste domingo, os músicos angolanos por ajudarem a população, com a realização de shows live, a suportar a solitude do confinamento social imposto pela pandemia da covid-19.

Barack Obama escolhe as melhores músicas de 2020

há 2 anos
A semelhança dos anos anteriores, Barack Obama partilhou uma playlist com as canções de que mais gostou em 2020.

Valete comemora duas décadas de carreira com dois espectáculos

há 12 meses
A contar exactamente um ano da data prevista, Valete anunciou que vai celebrar duas décadas de carreira, com dois concertos memoráveis: dia 3 de Fevereiro de 2023, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, e no Coliseu Porto Ageas, a 4 de Fevereiro de 2023.

Sintoniza 91.7 MFM: ShowTime

há 3 anos
Leonel Manuel ou simplesmente Megga Skills, como é conhecido nas lides do Hip Hop, é a uma das vozes mais sonante da Rádio MFM, na condução do programa ShowTime todos os Domingos, as 18 horas. Saiba mais sobre este programa, que nasceu por inspiração do extinto “Big Show Cidade”, mas que se apresenta como o programa de Rap “mais inclusivo” da actualidade, pois além de promover o Hip Hop, a música Rap e os seus fazedores, “abraçou” também a missão de “educar, informar”.

Festival Internacional de Banda Desenhada e Animação acontece de 10 a 24 de Setembro

há 1 ano
Para este ano, de acordo com o comunicado, por conta da pandemia da Covid-19, infelizmente o dia de abertura do evento, terá uma restrição de acesso às pessoas mas todos poderão acompanhar via on-line no link que iremos disponibilizar em tempo oportuno.