Imponente, MAMY reafirma hegemonia no remix oficial de “Spitter”

Lançado há pouco menos de um mês, `Spitter´ de  Dji Tafinha, juntou CFK, Look Cem, Phedilson e Mamy no refrão. Esta última participação deixou os ouvintes intrigados e deu o que falar, pelo facto da artista estar no auge e não ter “dropado”. Como se de uma estratégia se tratasse, MAMY disponibilizou ontem, sem aviso prévio, o remix oficial do single, mostrou a verdadeira face e disparou barras pesadas sem piedade.

O vídeo do remix oficial, já acumula visualizações significativas, tendo sido lançado há 24 horas no Youtube. Dirigido pela própria artista em parceria com Holly-Ly, foi filmado e editado pela Range Filmes x Holly-Ly. O mesmo reúne imagens cujo cenário escolhido foi a Mbawa Concept.

Aquando do lançamento da música original que é, por sinal, o primeiro single do álbum “Duetos Vol. 2” de Dji Tafinha, muito se questionou e mais ainda se especulou, sobre a ausência das barras de Mamy, razão mais que suficiente para apresentarmos a “questão que não se quer calar” à rapper, que em exclusivo à Carga Magazine, disse que não foi nada premeditado. “O Tafinha convidou-me para apenas fazer o refrão, pois queria algo mais soft, semelhante ao que já fiz para o meu single `Tá Kuyar´, justamente para amenizar o estrago que os outros rappers já estavam a fazer nos seus versos”, argumentou.

Imponente, MAMY reafirma hegemonia no remix oficial de “Spitter”

Idealista, MAMY analisa o egocentrismo das próprias letras, pelo impacto positivo que causa em quem a ouve e é disto que é feito o presente single, que se pretende que seja o primeiro de uma “saga” de remixes.
“Quando Dji ia disponibilizar o beat para remixes, sugeri que o meu fosse o oficial e a ideia foi bem recebida. Escrevi e gravei a música, um dia depois, gostei do resultado e queria dar-lhe imagem. Foi assim que surgiu a ideia do vídeo”, relembrou.

Atendendo aos pedidos, na música a rapper começa a dropar dizendo: “Adoro saber que sentiram falta do picante caliente dessa negra/ Reclamaram que queriam barras, trouxe blocos para não fugir a regra”, não deixando os créditos em mãos alheias, afinal se trata de uma verdadeira “Spitter”, cuspidora, em bom português.

As barras seguem na cadência do beat, português e inglês mesclam-se, num flow difícil de acompanhar, com algum calão à mistura, dando lugar ao ritmo contagiante que antecede o já conhecido refrão inebriante:
Quando o assunto é no mic
Todos sabem sou spitter
Quando é beef quando é fight
Todos sabem sou spitter
Atacante
Sou spitter
Atitude
Sou spitter
Atacante
Sou spitter
Atitude
Sou spitter.

O facto é que MAMY vem se reafirmando como uma das mais reputadas rappers angolanas e a que mais trabalhos tem lançando no ano pandêmico. E se a artista reitera vezes sem conta, que não luta pela “supremacia” do Rap feminino no panorama nacional, as idiossincrasias dos projectos lançados em nome próprio, ou as inúmeras colaborações, elevam involuntariamente a MC a um estatuto bem próximo do pódio.

as cargas mais recentes

The Flaming Lips revolucionam espectáculos em tempos de Covid

há 3 meses
A banda de rock norte-americana The Flaming Lips criou uma maneira criativa de fazer shows ao vivo no meio da pandemia, os membros da banda e a plateia dentro de bolhas espaciais protectoras.

Travis scoot sofre ataque de racismo após usar fantasia do Batman

há 6 meses
Infelizmente, músico desativou sua conta no Instagram após receber uma “avalanche” de comentários racistas na sua publicação.

C4Pedro transforma vida de um jovem em Viana

há 4 meses
Era para ser um dia como qualquer outro do final de ano, já que nesta fase, é frequente músicos e figuras públicas oferecem presentes e donativos a quem mais precisa. C4 Pedro viu-se no dever de alterar, ontem, seus objectivos, mudando a vida de um jovem, no município de Viana, em Luanda.

Cantora norte-americana recusa ser homenageada com uma estátua no Capitólio

há 2 meses

Jiffer Mc analisa a`Crise´em novo single

há 5 dias
Inspirado no facto social mais que mais pesa actualmente, Jiffer Mc, brinda os fãs com uma nova faixa musical, cujo abordagem abrange todas as classes sociais.

Álbum colaborativo de Prodígio e Paulo Flores já está a caminho

há 9 meses
Prodígio e Paulo Flores vêm de estilos e gerações diferentes, mas ambos traduzem nas suas canções os interesses e os sentimentos de um povo.

Big Nelo e Prodígio ministram aula magna sobre o segredo do sucesso

há 5 meses
Os músicos Big Nelo e Prodígio vão partilhar, nos dias onze e doze de Dezembro, experiências e segredos que os levaram ao sucesso, através de um masterclass.

RZA cria plataforma para dar comentários ao vivo sobre filmes de artes marciais

há 11 meses
Ao longo de carreira, RZA foi inspirado em filmes de artes marciais. Agora, o produtor elevou este amor para um outro nível.

`Placa do Naná´ chega ao Sambila

há 4 meses
Dois meses após a inauguração da primeira dependência, localizada no Kilamba, mais propriamente no KK 5.000, o Spot mais democratizado da actualidade chega ao Sambizanga, município do qual Nagrelha é oriundo.

Um hino ao Kuduro

há 11 meses
Depois do Rap, agora foi a vez do Kuduro e os convidados foram Dj Znobia e Dj Havaiana, duas grandes referências deste género musical, produtores de muitos dos maiores sucessos cantados por Sebem, Puto Prata, Nacobeta, Noite e Dia entre outros.

Hochi Fu: “Apostei no Kuduro porque o Rap aqui era muito soft, dos betinhos”

há 2 meses

Nerú Americano apresenta novo single

há 7 meses
Intitula-se “Salta na Areia” e estará disponível a partir do dia 19 deste mês nas plataformas digitais e é apenas um de vários novos trabalhos a serem apresentados ainda este ano.

História dos N´gola Ritmos e Banda Maravilha serão contadas hoje na Tv

há 2 meses

Entre bombos e tarolas, dance ao ritmo do Hip-Hop

há 1 ano
O Hip Hop nasceu juntamente com o estilo musical e toda sua as cultura. Refere-se aos estilos de dança sociais ou coreografados relacionados com a música e com a cultura Hip Hop: um género musical, com uma subcultura própria, iniciado durante a década de 1970, nas comunidades jamaicanas, latinas e afro americanas da cidade de Nova Iorque, e posteriormente desenvolvido por afro e latino-americanos.

Leonardo Freezy disponibiliza o single `Gatilho´

há 8 meses
`Gatilho´ é um desabafo, ou uma explosão de frustrações específicas, se quisermos. Memórias profundas que abrangem assuntos pertinentes como o preconceito, o racismo, a força da amizade e do companheirismo.

Justin Bieber: “A música é uma óptima forma de nos lembrarmos de que não estamos sozinhos”

há 2 meses