Indústria da música dos Estados Unidos entrega certificado de Ouro a Burna Boy

O single “Ye” de Burna Boy foi certificado com Ouro pela Recording Industry Association of America (RIAA), nos Estados Unidos da América, tornando-se a canção nigeriana mais rápida a ser certificada como ‘Ouro’ pela RIAA.

A informação foi partilhada pela mãe do artista Bose Ogulu, que também é sua agente. O feito deveu-se ao facto de a música vender mais de 500 mil unidades, juntando-se assim à lista crescente de discos nigerianos com certificado de ouro nos Estados Unidos, que já inclui ‘If’ e ‘Fall’, de Davido, bem como ‘Come Closer’ de Wizkid.

Lançado em 6 de Agosto de 2018, como o sexto single de seu terceiro álbum de estúdio, “Outside”, a canção foi produzida pelo produtor musical nigeriano Phantom e já tinha alcançado a posição 26 e 31 na BillboardMainstream R & B / Hip-Hop e R & B / Hip-hop Airplay, respectivamente.

O single ganhou cerca de 11 milhões de streams em sete meses nas principais plataformas de streaming dos Estados Unidos, após seu lançamento. O videoclipe oficial, que Burna diz “essencialmente mostra a natureza implacável dos nigerianos”, está atualmente com 137 milhões de visualizações no YouTube, uma das suas músicas mais transmitidas na plataforma.

“Ye” teve um aumento de 200 por cento no número de streaming depois que pesquisas pelo álbum Ye de Kanye West, involuntariamente fizeram com que os ouvintes o encontrassem. 

Entre várias conquistas, foi a Canção do Ano e a Escolha do Ouvinte no Festival de Prêmios de MVP de Soundcity de 2019 e também ganhou a Canção do Ano e foi nomeado para Melhor Single Pop e Melhor Gravação do Ano no The Headies 2019.

as cargas mais recentes

Sintoniza 95.5 FM: Matabicho

há 2 anos
Quem sintoniza a LAC, ao Domingo, das 10 até às 12 horas, pode acompanhar um dos programas mais eclécticos da Antena Comercial. No ar desde 2015, o `Matabicho´, tem uma equipa de cinco apresentadores, nomeadamente: Jorge Guerra, Walter dos Reis, Rosário Rodrigues, Edilson de Almeida e Selma Simba, que funciona em regime de rotação anual. Quanto a pluralidade de conteúdos, o programa aspira explorar artes eruditas, entreter, educar e informar estando actualmente ao “comando” de Djanira Barbosa, que conta com o suporte de Mauro Costa.

Bruno M ressurge em novo projecto colaborativo com a cantora israelita Noa Zulu

há 4 meses
O projecto musical voluntário que vai juntar vozes angolanas como Bruno M, Glória da Lú e Cleyton M, de Israel Noa Zulu e Avner Hodorov, de Tel Aviv, será apresentar em conferência de imprensa, no próximo dia 22, pela Fundação Arte e Cultura.

Por onde andam os Wonderful One?

há 2 anos
O Wonderful One iniciou com cinco rapazes nos anos 1993/94, na altura residentes em Cacuaco, na província de Luanda, onde faziam espectáculos no intuito de entreter o pessoal. Começaram o projecto do grupo Kaporal, Ikuma Ful e C-Lau. Depois integraram D-Latoy e Sérgio Ozone.

Dimensão artistíca e cultural de Sindika Dokolo estarão em destaque amanhã

há 1 ano

SENADIAC analisa ‘Estado Actual do Sistema Nacional dos Direitos de Autor e Conexos’ em encontro com a imprensa

há 1 mês
Para assinalar a efeméride a Direcção Geral do SENADIAC pretende promover um encontro com a Imprensa, amanhã, dia  27 de Maio, pelas 11h00, nas suas instalações, sitas no Complexo Administrativo “Clássicos de Talatona”, Bloco C do 3.º andar, no Edifício 3.

Viúva de Kobe Bryant vai processar policias de Los Angeles

há 2 anos
Vanessa Bryant decidiu agir judicialmente contra os agentes da Polícia de Los Angeles, que terão divulgado imagens do acidente que vitimou Kobe Bryant, lenda do basquetebol, que faleceu a 26 de Janeiro, após um desastre de helicóptero.

Estrela de Missy Elliott já brilha na Calçada da Fama de Hollywood

há 8 meses
Aos 50 anos de idade, dos quais, mais de 25 dedicados ao Hip-Hop, Melissa Arnette Elliott mais conhecida como Missy ‘Misdemenor’ Elliott, acaba de ser honrada com a 2.708ª estrela da Calçada da Fama de Hollywood.

This Is Not A White Cube apresenta “Reflectir#2 – Fragmentos, Fragilidades, Memórias”

há 3 meses
Com curadoria de Ana Knežević, Emilia Epštajn, Graça Rodrigues e Sónia Ribeiro, a exposição reúne um abrangente panorama desta multifacetada produção, onde se ostentam obras em papel, instalações, performance, pintura, fotografia, têxtil e vídeo de Alida Rodrigues, Ana Silva, Cristiano Mangovo, Francisco Vidal, Januário Jano, Luís Damião, Nelo Teixeira, Osvaldo Ferreira, Pedro Pires e Ery Claver, que no seu todo revelam a forte afinidade à estética e materialidade estratificada do “arquivo” cuja quase inexistência – por negligência ou depauperação endémica – se tem revelado crítica em Angola.

José Eduardo dos Santos fala sobre a sua formação musical “Nzaji”

há 12 meses
Quando mais novo, Eduardo dos Santos fundou e orientou os Nzaji, um dos mais respeitáveis agrupamentos musicais da clandestinidade- que ajudou a forjar a revolução, eternizando canções como ”Kaputu’, ‘Ufolo’, ‘Dituminu’, “Etu tuá anangola’ e’Monangambé’.

UNAP pode encerrar as portas dentro de dias

há 2 anos

“Mário Gomes e Dalú Roger são elementos que me dão o resultado que preciso em palco”

há 2 anos
Instrumentistas revelam cumplicidade em palco.

Dia 24 de Agosto declarado `Dia de Kobe Bryant´

há 2 anos

Músico Neil Young processa Trump

há 2 anos
O músico Neil Young vai mover um processo em tribunal contra Donald Trump, pelo uso indevido da sua música nos comícios do actual presidente dos EUA.

Ascensão Music quebra hiato com duplo lançamento de videoclipes

há 5 meses
A Ascensão Music que tem se mostrado um grupo bastante coeso e cada vez mais abrangente em termos de sonoridade, traz dois temas diferentes  “Pra ninguém” (que é uma música num registo love song, como uma narrativa romântica e poética) e “Wagwan”, cuja expressão deriva do dialeto Jamaicano “Patois” que significa : “O que é que se passa” ou “Qual é a idéia” é um UK drill à moda angolana, com muito sauce, mas claro, com aquela energia e a caneta pesada que caracteriza o grupo.

Emicida: “socar nazista não é crime, é um dever humanitário”

há 1 ano
A mensagen partilhada pelo rapper parece-se mais a ironia, entretanto, está a gerar interpretações diversas, já que socar é mesmo que dizer bater.

A vez dos SSP no Live no Kubico

há 2 anos
Domingo dia 27 de Setembro, o projecto Live no Kubico apresenta como cartaz os SSP, um dos grupos de Rap mais icónicos da lusofonia, num concerto aguardado com muita expectativa tendo em conta a popularidade do quarteto.