Inocenti: Versão oficial da célebre música de Paulo Flores é lançada na voz de Carla Moreno

Acaba de ser feita a estreia exclusiva da primeira versão autorizada da música `Inocenti´, cuja autoria original pertence a Paulo Flores. Oficialmente lançada em 1995, a música faz parte do álbum homónimo, `Inocenti´, datado do mesmo ano, o sexto da carreira de Ti Paulito. 

Disponível no canal oficial do YouTube da intérprete da vez, a música vem aumentar prestígio à carreira de Carla Moreno, em fase de voo solo. Nesta versão, a respeitada back vocal, reune na produção, um team ao nível do palmarés do autor, para reoxigenar este clássico intemporal angolano.

A música chega exactamente um ano após a artista afirmar que desejava alçar voos mais altos, e assim o fez. No último ano, Carla figurou no gráfico da Sadia como uma das artistas mais ouvidas, “encabeçou” cartazes de shows e continuou a dar provas que apesar das imposições pandêmicas, a sua música está de boa saúde. Na breve entrevista abaixo, Carla partilha as motivações da escolha.

Voz: Carla Moreno
Participação: Phathar Mak
Produção:
Livongh e Daniel
Nascimento
Arranjos e teclados: Livongh
Bateria: Jackson Saka
Baixo: Mayo Bass
Guitarras: Sankara Viana
Coros: Madrilena e Carla
Sax: Elmano Coelho
Trompete: Jessica Pina
Congas: JP
Produção executiva: Daniel Nascimento
Studios: Rádio Vial e Dream records
Mix: Jorge Cervantes
Master: J Cervantes
Autor Original: Paulo Flores

A música que hoje disponibiliza é um ramake ou apenas um sample de ‘Inocenti’ de Paulo Flores?
Inocenti é um remake da Kizomba de Paulo Flores, com a diferença que é cantada por uma mulher, é a primeira versão e autorizada e supervisionada por Ti Paulito com a sua autorização. 

Esta música vem quebrar um interregno de quase um ano, faz parte da sua estratégia ou os compromissos de back vocal a impedem de produzir mais?
Faz hoje precisamente um ano desde que saiu a música `Cadê o Amor´, o `Ainda ontem´ com Don Kikas e o plano é ir lançando, dando tempo para que as pessoas saboreiem os temas e ir trabalhando aos poucos, não foi um interregno, a pandemia obrigou-nos a recuar um pouco e isto também tem sido uma mais-valia, porque faz e permite com eu tenha mais tempo para produzir, compor, reunir e criar novos temas.
 
Como Back vocal, continuo a fazer este trabalho de estúdio, mas estou focada na minha carreira a solo, também fui júri do All Toguether Now que está a ser exibido em Portugal, somos 100 júris e o programa continua a dar todos os domingos na TVI e foi igualmente interessante passar para o outro lado, pois já fui concorrente do Chuva de Estrelas e do Ídolos e agora como júri foi interessante, pois tive alguma visibilidade e também cantei.

As músicas que mencionou e a que hoje vai lançar constarão de um projecto solo?
Não lançarei um disco físico porque hoje em dia, e tendo em conta a realidade, as plataformas digitais estão a fazer acontecer e dar a possibilidade das músicas chegarem às pessoas a todo instante, a nível financeiro, não tenho condições e nem se justifica nos tempos de agora, aos poucos vou reunindo condições e vou fazendo com a nata da nata, com os melhores produtores e amigos de verdade, assim realizo as coisas que realmente gosto, sem pensar nas tendências, estou a viver a minha realidade e história.

Já agora, por quê a ‘Inocenti’?
Sou corista do Ti Paulito há 17/18 anos e esta é a música mais bonita na minha óptica, e até como corista eu chegava a arrepiar em palco só de ouvi-lo a cantar, emocionava-me por perceber que as pessoas de certa forma se identificam com esta história e com a realidade de muita gente, desde as pessoas sem condições às mulheres guerreiras, a que sofre violência doméstica, o impacto da bebida na vida das pessoas . Isto tudo em todos os estratos sociais vês as pessoas a emocionarem-se porque de alguma forma se revêem em algum trecho da música, esta foi e é, de todas a música mais marcantes e imponentes do Tio Paulito, e ter a possibilidade de fazer a versão deste tema é uma honra muito grande, é uma responsabilidade maior ainda porque é uma música que qualquer angolano conhece, portanto a crítica vai ser exigente.

Fale-nos sobre a participação de Phathar Mak nesta música…
A música original tem uma parte de Rap que é bem conhecida e feita por Manecas Costa… a produção e direcção musical apresentaram-me esta proposta e eu achei extraordinária e vai ser a parte criada e interpretada por Phathar Mak.

No gráfico do TOP BEST gerado pela Sadia, Carla está entre as artistas mais ouvidas. O que isto significa para si e para este vôo solo que está a fazer?
Para já, ter visto este gráfico foi um “Boom”, porque é a primeira vez que vejo o meu nome ao lado de tantos cantores de renome, que achei que não fosse possível, não que esteja a pôr em causa o meu talento. Mas pelo sucesso em tão pouco tempo que a música tinha, e estas pessoas são fósseis da música angolana.

Passado um ano, quais os frutos já colhidos do agenciamento com a Hey Hey Heyyy?
Muita coisa aconteceu, já actuei no Memorial António Agostinho Neto, saíram dois temas, dois videoclipes em plena pandemia e as coisas estão a acontecer, está a ser um ano fantástico, a parte infeliz é a pandemia, mas profissionalmente tem sido o meu melhor ano.

as cargas mais recentes

Eminem celebra 12 anos longe das drogas

há 2 anos
O rapper recorreu às redes sociais para exibir um chip que recebeu depois de ficar sóbrio por 12 anos depois de batalhas passadas contra o vício.

Kanye West admite derrota presidencial e inicia campanha para 2024

há 2 anos
A frágil corrida do astro do hip-hop Kanye West à presidência nunca saiu do princípio e o rapper finalmente admitiu ter sido derrotado.

Totó St “traz” novamente luz para o próximo álbum

há 6 meses
O músico Totó St apresenta no próximo dia 07 de Janeiro, na sua página no Youtube, o single “Sunshine” (Luz do sol), o primeiro do seu quinto trabalho discográfico, com saída prevista para 2022.

Jay-Z afirma que gostaria de ser lembrado como Bob Marley

há 1 ano
Durante uma rara entrevista ao The Times, sobre raça, família e seus momentos de maior orgulho, o lendaráio rapper norte-americano disse que gostaria que fosse lembrado como “Bob Marley e todos os grandes”

Sabias que o disco mais caro do mundo é de Rap e pertence ao lendário grupo Wu-Tang Clan?

há 8 meses
Depois de pertencer ao polémico empresário da indústria farmacêutica Martin Shkreli, o CD foi vendido novamente pelo dobro do preço original, cerca de três mil milhões em Kwanzas. A obra rara pertence ao lendário grupo norte-americano de Rap Wu-Tang Clan.

MCK lança “Vidas Humanas Importam”com Telma Lee e Carla Moreno

há 1 ano

Jay-Z viraliza após rejeitar pedido de autógrafo numa bola: “Eu não jogo beisebol”

há 12 meses
A atitude do artista, esta sexta-feira, vem sendo associada à protecção do seu nome, imagem e música, pois, recentemente moveu uma acção judicial contra o ex-fotográfo por explorar seu nome e imagem ao vender cópias da foto da capa do Reasonable Doubt sem a sua permissão.

Drake lidera lista dos artistas com mais streams da última década

há 1 ano

Luso faz demonstração de skills no novo vídeoclipe

há 2 anos
Intitulado “Vitó Style”, o vídeo tem a estreia agendada para 3 de Agosto, próxima segunda feira-, no YouTube da Revista Carga. Extraído do “Ilusionista”, um projecto de demonstração de skills, métricas e habilidades,” que também reserva “Refrões da Minha Vida”.

Kid MC: “Os unders têm de deixar a mania de odiar, quando alguém no seu circuito atinge certo nível”

há 2 anos
Os rappers precisam ser mais justos. Os unders têm de deixar a mania de, quando alguém no seu circuito atinge certo nível odiá-lo.

Cinco rappers recusaram competir com Busta Rhymes na Verzuz

há 8 meses
Recentemente, Fat Joe assumiu publicamente que tem medo de confrontar Busta Rhymes num Verzuz. Agora fica-se a saber que o rapper não é o único. Segundo Crazy Legs, Busta lhe terá revelado, este final de semana, que cinco rappers rejeitaram competir com ele.

“Kings Of Afro House” completa um ano de existência

há 2 anos
O projecto MUSIC BOX, criado pela Sodiba e patrocinado pela Sagres, dedicou uma atenção especial neste último ano ao género do Afro House, e produziu e realizou, com o apoio da BMWorkz, o documentário Kings of Afro House, que junta alguns dos melhores Djs e produtores do género no mundo.

Rick Ross deixou de seguir todas as celebridades que o trouxeram para África

há 4 semanas
O músico norte-americano Rick Ross dediciu deixar de seguir, no Instagram, todas as celebridades que o trouxeram para o Continente africano, incluindo membros da staff da Clé, que, em Abril último, levou o cantor e produtor ao “Baía Fest”.

Agora é no Reino Unido: Wizkid volta a fazer história com “Made in Lagos”

há 5 meses
Lançado em meio ao caos, devido à situação pandémica, ‘Made In Lagos’ continua a merecer reconhecimentos pelo mundo. No no passado, recebeu prémio Platina pela RAA, além de colocar o artista nigeriano no top da Billbord, e agora abre 2022 com um certificado Prata no Reino Unido.

Contagem decrescente para a estreia da 4ª temporada de “La Casa de Papel”

há 2 anos
Nairóbi morre? Berlim está vivo? O Professor vai perder o controle? Bastou sair o trailer da quarta temporada de “La Casa de Papel” as perguntas sobre o que acontecerá não param de ecoar na internet.

Verzuz TV realiza `Especial Dia da Mãe´

há 1 ano
Na data em que América comemora o Dia da Mãe, a Verzuz TV vai realizar uma batalha amigável entre as SWV contra Xscape, ambas bandas consideradas lendas do R&B feminino que marcou os anos 90.