Invisíveis: “O que nos caracteriza é um Rap sem preocupação com os holofotes”

Lançaram ontem o álbum `O Culto´, uma obra no verdadeiro sentido da palavra, que além de quebrar o silêncio de 8 anos, é uma viagem às origens do Hip Hop e um compromisso com o “abandonado” Boom Bap. O quarteto constituído por Denéxl, Aluno Mestre, Levell Khróniko e Xtygmaxx traz mensagens que se enquadram no tempo que quisermos e conserva as características do underground, e de afronta numa perspectiva da diferença de filosofias de vida que se pode notar na abordagem de cada um dos elementos do grupo.

A propósito porquê `Invisíveis´?
Invisíveis porque o que nos caracteriza é um rap sem preocupação aos holofotes. Um rap mais preocupado em expor a beleza das palavras e do pensamento com a música rap, sem ter que necessariamente vender a imagem.

A que se deveu o interregno de 8 anos?
O álbum foi gravado maioritariamente em 2012. Após as gravações tivemos um problema técnico com o HD onde tínhamos todo projecto do álbum e isso deixou-nos de alguma forma desmoralizados. Só conseguimos depois de 8 anos recuperar alguns dos ficheiros e assim levamos o projecto para os arranjos, mistura e masterização.

Consideram este momento o mais certo para quebrar o silêncio?
Sim, cada momento é um momento e este em particular que estamos confinados e com algumas limitações decidimos oferecer aos amantes da cultura Hip Hop e de boa música este álbum que esteve engavetado por tantos anos. Na verdade, a forma como nós escrevemos este álbum ele poderia ser lançado a qualquer momento, mesmo dentro de outros 8 anos, as nossas letras são intemporais e os instrumentais boom bap nunca deixarão de ser RAP.

Que filosofia norteia o quarteto?
O quarteto é liberal, cada um tem a liberdade de escrever e dropar o que sente nas suas letras. 

Do que é feito o álbum `O Culto´?
O Culto é um álbum de rap Hip Hop underground. Todos os sons foram escritos no estúdio e gravados naquele mesmo momento, mas nem por isso deixamos de preocupar-nos com a qualidade do que dropamos. Falamos da nossa afirmação no rap, falamos do nosso comprometimento com o Hip Hop, falamos da sociedade, falamos de introspecção, falamos de África.  A instrumentalização é totalmente boom bap rap.

Ao ouvir `O culto´ o que nos remete? 
O culto é uma viagem às origens do Hip Hop um compromisso com o Boom Bap que tem se tornado cada vez mais escasso na questão de produção, a predominância do Trap e outros estilos diante da influência mainstream internacional tem norteado a sonoridade do Rap. O Culto vem justamente prestar culto a esta sonoridade ao compromisso que o Hip Hop tem com a consciência social, artística  e cultural.


Individualmente mantém um estatuto respeitável no Hip Hop angolano. Qual o segredo desta longevidade?
O segredo é simplesmente ser nós mesmos dentro daquilo que nos propusemos a fazer, fora de estereótipos e de seguir ondas. Procuramos actualizar a nossa sonoridade e a estética do que escrevemos, mas sem esquecer que temos uma cultura, fãs e um legado que devemos respeito.

De que modo podemos distanciar esta individualidade no `O culto´?
Cada membro do quarteto Invisíveis tem a sua própria característica e essa diferença é que faz com que o álbum sucedesse desta forma majestosa e habilidosa. 

Disponibilizaram o álbum ontem, já é possível avaliar o feedback?
Sim, muito bom feedback do pessoal. O número de download é positivo para a pouca promoção feita e até já estamos a receber exigências de shows e videoclipes. 

Ficarão apenas nos áudios ou já prevêem alguns vídeos? 
Faremos vídeos sim, bem underground risos.

E quanto a versão física, faz parte dos vossos objectivos também?
Já pensamos nisso. Acreditamos que quando apresentarmos o álbum ao vivo teremos cópias físicas, embora que limitadas, para o pessoal poder ter literalmente o álbum em suas mãos.

Voltaremos a aguardar por 8 anos para ver um mais trabalhos dos Invisíveis?
Risos, o tempo dirá.

as cargas mais recentes

Prodígio: “Ser premiado em casa é sempre uma forma de lisonjeio, tem um sabor especial”

há 1 ano
Foi com a mixtape “O Alquimista” , em 2011, que Prodígio começou o sucesso. Na sequência, surgiram vários outros trabalhos, conquistou inúmeros prémios, o mais recente foi o de Melhor Artista de Rap. Em breve conversa com a Carga, o rapper de 32 anos manifesta os seus sentimentos em relação aos prémios e nomeações.

Sinead O’Connor queixa-se nas redes sociais: “Estou a morrer de fome”

há 10 meses
A cantora padece de agorafobia e recorreu às redes sociais está semana, para falar sobre a luta contra o transtorno de ansiedade que a deixa com medo de sair de casa.

La Casa De Papel: Spoilers confirmam reviravolta na 5ª temporada

há 9 meses
Segundo o site Nova Mulher, para o qual a Inspectora cedeu uma entrevista, “Sierra passará uma transformação, definida por ela como GORE, fazendo referência ao subgênero de filmes de terror com retratos gráficos de sangue e violência”.

Angola 70’s: Show do Mês recria período dourado da música angolana

há 4 dias
Denominado Angola 70’s, o show pretende mostrar a esteticidade da nossa música, recordando os anos 70, período de maior produção artística e, por isso, considerado por muitos ” período dourado da música angolana”, que durou até finais da década 70.

44 anos depois governo entrega certidões de óbito de Artur Nunes e David Zé

há 2 meses
Esta semana, o governo angolano decidiu entregar às suas famílias certidões de óbito, entretanto, os restos mortais dos artistas estão ainda por se identificar.

Está aprovado: Break Dance será modalidade desportiva dos Jogos Olímpicos

há 8 meses
O COI, Comité Olímpico Internacional, confirmou que o Break Dance será uma das modalidades desportivas dos Jogos Olímpicos, e fará já parte das próximas Olimpíadas de 2024, em Paris.

Anitta terá música e camisola personalizada nos jogos da PlayStation

há 10 meses
A cantora será a representante brasileira na lista de músicas da FIFA 21 nos jogos de consolas. O anúncio foi feito ontem pela EA Sports. Para além de música, Anitta terá também uniforme personalizado no FIFA Ultimate Team.

Paul McCartney lança disco com canções tocadas pelos Beatles

há 9 meses
O futuro lançamento se junta a dois outros álbuns, McCartney e McCartney II, criados unicamente pelo músico de 78 anos em momentos críticos de sua vida, nos anos 1970 e 1980, em que buscava um renascimento criativo.

Agente de Chadwick Boseman revela que o actor recusou papéis de escravos

há 11 meses
O actor Chadwick Boseman tornou-se um ícone global e um símbolo inspirador do poder negro. Tudo se deu, porque o actor sempre escolheu a dedo os trabalhos com que se envolver, chegando ao ponto de negar papéis que não empoderassem a comunidade negra.

Aline Frazão junta-se ao projecto #1000Máscaras20Dias da Soba Store

há 1 ano
A novidade chegou pelas redes sociais da cantora, onde através de uma publicação, fez saber que vai usar a habilidade da costura para contribuir com a iniciativa da Soba Store, que consiste em distribuir gratuitamente máscaras aos servidores públicos essenciais.

Andrea Bocelli canta para uma catedral sem público

há 1 ano
O concerto a solo denominado Music for Hope realiza-se a 12 de Abril (Dia da Páscoa) na Duomo, a catedral de Milão e será transmitido, em directo no canal do YouTube do músico.

Chetekela: “Adrenalina do Amor é uma música em homenagem à Cláudia, a mulher que salvou a minha vida”

há 1 ano
Pouco menos de um ano após ser lançada, a música `Adrenalina do Amor´ já incrementou dois prémios à carreira de Chetekela, nomeadamente: o prémio internacional na categoria de Artista em ascensão nos AFRIMMA 2019, e mais recentemente o de Melhor música romântica do ano 2019, na 23ª edição do Moda Luanda. Ao qual afirmou, em breve conversa com a carga, que “o desejo dos fãs cumpre-se”, e fez ainda saber tem na forja o lançamento do álbum `superação´, bem como a realização de um live com banda.

Cientista angolano é homenageado e ganha bolsa de estudo

há 11 meses
O Ministério da Juventude e Desportos distinguiu o jovem cientista angolano, Valdemar Tchipenhe, com um Diploma de Mérito, pela a sua dedicação e entrega no projecto humanitário de montagem de laboratórios de Biologia Molecular, que contribuem para prevenção e combate à Covid-19.

Beyoncé é eleita a melhor artista de tournée da última década

há 1 mês
A Pollstar, publicação especializada em shows ao vivo, decidiu honrar os artistas da década e Bey considerada a protagonista das melhores turneés.

Filme angolano “Santana” está em primeiro lugar na Netflix

há 11 meses
O filme angolano “Santana”, que estreou esta sexta-feira (28) na “Netflix”, encontra-se desde a tarde de hoje na primeira posição dos filmes mais assistidos nesta plataforma de streaming.

Dinheiro da FIFA já está em posse da Federação Angolana de Futebol

há 12 meses
Dos valores 216 mil dólares serão entregues às associações desportivas das 18 províncias e servirá para assistir e aliviar os efeitos do Covid-19.