Invisíveis: “O que nos caracteriza é um Rap sem preocupação com os holofotes”

Lançaram ontem o álbum `O Culto´, uma obra no verdadeiro sentido da palavra, que além de quebrar o silêncio de 8 anos, é uma viagem às origens do Hip Hop e um compromisso com o “abandonado” Boom Bap. O quarteto constituído por Denéxl, Aluno Mestre, Levell Khróniko e Xtygmaxx traz mensagens que se enquadram no tempo que quisermos e conserva as características do underground, e de afronta numa perspectiva da diferença de filosofias de vida que se pode notar na abordagem de cada um dos elementos do grupo.

A propósito porquê `Invisíveis´?
Invisíveis porque o que nos caracteriza é um rap sem preocupação aos holofotes. Um rap mais preocupado em expor a beleza das palavras e do pensamento com a música rap, sem ter que necessariamente vender a imagem.

A que se deveu o interregno de 8 anos?
O álbum foi gravado maioritariamente em 2012. Após as gravações tivemos um problema técnico com o HD onde tínhamos todo projecto do álbum e isso deixou-nos de alguma forma desmoralizados. Só conseguimos depois de 8 anos recuperar alguns dos ficheiros e assim levamos o projecto para os arranjos, mistura e masterização.

Consideram este momento o mais certo para quebrar o silêncio?
Sim, cada momento é um momento e este em particular que estamos confinados e com algumas limitações decidimos oferecer aos amantes da cultura Hip Hop e de boa música este álbum que esteve engavetado por tantos anos. Na verdade, a forma como nós escrevemos este álbum ele poderia ser lançado a qualquer momento, mesmo dentro de outros 8 anos, as nossas letras são intemporais e os instrumentais boom bap nunca deixarão de ser RAP.

Que filosofia norteia o quarteto?
O quarteto é liberal, cada um tem a liberdade de escrever e dropar o que sente nas suas letras. 

Do que é feito o álbum `O Culto´?
O Culto é um álbum de rap Hip Hop underground. Todos os sons foram escritos no estúdio e gravados naquele mesmo momento, mas nem por isso deixamos de preocupar-nos com a qualidade do que dropamos. Falamos da nossa afirmação no rap, falamos do nosso comprometimento com o Hip Hop, falamos da sociedade, falamos de introspecção, falamos de África.  A instrumentalização é totalmente boom bap rap.

Ao ouvir `O culto´ o que nos remete? 
O culto é uma viagem às origens do Hip Hop um compromisso com o Boom Bap que tem se tornado cada vez mais escasso na questão de produção, a predominância do Trap e outros estilos diante da influência mainstream internacional tem norteado a sonoridade do Rap. O Culto vem justamente prestar culto a esta sonoridade ao compromisso que o Hip Hop tem com a consciência social, artística  e cultural.


Individualmente mantém um estatuto respeitável no Hip Hop angolano. Qual o segredo desta longevidade?
O segredo é simplesmente ser nós mesmos dentro daquilo que nos propusemos a fazer, fora de estereótipos e de seguir ondas. Procuramos actualizar a nossa sonoridade e a estética do que escrevemos, mas sem esquecer que temos uma cultura, fãs e um legado que devemos respeito.

De que modo podemos distanciar esta individualidade no `O culto´?
Cada membro do quarteto Invisíveis tem a sua própria característica e essa diferença é que faz com que o álbum sucedesse desta forma majestosa e habilidosa. 

Disponibilizaram o álbum ontem, já é possível avaliar o feedback?
Sim, muito bom feedback do pessoal. O número de download é positivo para a pouca promoção feita e até já estamos a receber exigências de shows e videoclipes. 

Ficarão apenas nos áudios ou já prevêem alguns vídeos? 
Faremos vídeos sim, bem underground risos.

E quanto a versão física, faz parte dos vossos objectivos também?
Já pensamos nisso. Acreditamos que quando apresentarmos o álbum ao vivo teremos cópias físicas, embora que limitadas, para o pessoal poder ter literalmente o álbum em suas mãos.

Voltaremos a aguardar por 8 anos para ver um mais trabalhos dos Invisíveis?
Risos, o tempo dirá.

as cargas mais recentes

“No Kuduro as mulheres nos dão capote”

há 2 anos
Presidente Gasolina lamentou o conformismo com que vivem os kuduristas actualmente. Este ano, o cantor está de volta com várias novidades para quebrar o “gralho”.

Revolucionou e tornou-se magnata da música. Hochi Fu fala sobre o seu futuro

há 9 meses

Cage One e Elizabeth Ventura estreiam-se na maior exposição de Hip Hop do mundo

há 12 meses

Mastiksoul se pronuncia após alegada condenação por violência doméstica

há 3 meses
Na semana passada, o Dj esteve em destaque, por razões menos abonatórias, veiculou-se no seio da imprensa portuguesa, que Mastiksoul terá sido condenado à pena de prisão de dois anos e três meses, com suspensão por igual período, pelo crime de violência doméstica contra a ex-companheira.

Produtor Algo Desconhecido anuncia lançamento da beat tape “Bengha Producers”

há 1 ano
O projecto que junta dez produtores nacionais, terá o equivalente a um beat por cada interveniente. Intitulada “Bengha Producers”, a beat tape será lançada em Agosto em todas as plataformas digitais.

Em dia de aniversário, Bono Vox mostra a lista das 60 músicas que “salvaram a sua vida”

há 1 ano
Bastante diversificada, a playlist feita por Bono Vox tem músicas que vão desde o som clássico de Luciano Pavarotti e Frank Sinatra, passando pelo rock de David Bowie e os Rolling Stones, o Rap de Kendrick Lamar e chegando até ao pop de Billie Eilish.

Dog Murras afirma que Dom Caetano canta melhor que o músico Roberto Carlos

há 4 meses
A afirmação passível de discórdia para os fãs angolanos de Roberto Carlos ou de fácil aceitação dos seguidores brasileiros do angolano Dom Caetano foi feita esta segunda-feira, durante a terceira edição da rubrica TerraA Terra, da plataforma Pensar Angola, pertencente ao músico e activista social.

Invés de 75, NBA elege 76 maiores jogadores da história da liga

há 5 dias
Em alusão ao seu 75ª aniversário, a NBA comprometeu-se em eleger 75 melhores jogadores de todos os tempos, porém, um empate potenciou a entrada do 76ª jogador. As lendas foram seleccionados e anunciadas em 3 grupos, dois de 25 e um de 25, sendo o último o mais aclamado e surpreendente.

Curso de belas artes da Universidade de Howard passa a ser `Chadwick A. Boseman College of Fine Arts´

há 5 meses
A petição havia sido criada pelos estudantes da universidade desde a morte de Chadwick, sendo a mudança foi oficializada a partir de ontem.

Show do Mês comunica interregno do conceito `Hospitality´ mas garante continuidade das atracções

há 5 meses
`Hospitality´ consistia em receber público num espaço aberto, obedecendo a todas as medidas de segurança, mas acaba de ser descontinuado, para fazer face ao último decreto do estado de Calamidade.

Dupla Nue Wave testa popularidade do primeiro EP com ‘Flow Tá Bater’

há 1 ano
A dupla disponibilizou esta sexta-feira, nas plataformas digitais, mais uma faixa promocional do seu primeiro EP intitulado “Wave”, que poderá chegar ao público este ano.

T-Pain lança livro de cocktails ‘Can I Mix You a Drink?’

há 5 meses
O nativo de Tallahassee partilhou que a ideia surgiu em conjunto com a autora Kathy Iandoli e, que no intuito de fazer algo inovador na sua carreira, este conceito, de combinar a paixão pela música com o amor por beber. E em vez de te comprar uma bebida, desta vez, T-Pain vai mostrar-nos como fazer uma.

Filha de Lauryn Hill revela que teve infância marcada por violência e compara a educação que recebeu da mãe com “escravidão”

há 1 ano
Selah Marley usou as redes sociais para compartilhar o “trauma” que carrega há mais de uma década, por causa dos alegados espancamentos “enraivecidos” da mãe.

Hip Hop Tuga se veste de camisolas desportivas

há 1 ano
A comunidade Hip Hop Tuga conta desde esta semana com uma marca de T-shirts desportivas, que representam álbuns de Rap. A iniciativa de um jovem designer gráfico já recebeu reacções positivas dos rappers.

Músicas de artistas vinculados a Universal Music Group passam a ser ouvidas no Tik Tok

há 9 meses

Próximo álbum encerra ciclo de Kendrick Lamar na TDE

há 2 meses
Após longo período de ausência, Kendrick Lamar recorreu ao Twitter para compartilhar um link do site oklama.com, na ilustração, uma pasta intitulada “pensamentos nus” que dava acesso a uma longa declaração, na qual ele revelou que seu próximo projecto de estúdio será o último sob alçada da Top Dawg Entertainment.