Irina Vasconcelos: “As nossas crianças estão a morrer na vossa governação”

Ultimamente, tem sido frequente no seio da comunidade artística angolana manifestações públicas contra o agravamento dos problemas sociais, provocados pela pandemia do Covid-19. Depois de Ndaka Yo Wini, na semana passada, agora foi a vez de Irina Vasconcelos.

A cantora angolana está preocupada com o número de crianças que morrem de fome, mesmo depois da autorização do governo da transferência monetária às famílias vulneráveis através do programa Kwenda, criado para reforçar o combate à fome e à pobreza nas zonas mais impactadas.

“Os 8500, kota? As nossas crianças estão a morrer na vossa governação, fome e desemprego tatuados na velha e nova geração” contestou a artista.

Irina reagia ao passamento físico, na madrugada desta terça-feira (9), da pequena Lúcia Pedro, cujos pais encontram-se desempregados e, segundo notícias, a menina terá morrido por causa da fome, algo que Irina não percebe, uma vez que a ajuda financeira do governo, já foi autorizada.

“É impossível a tranquilidade na morte nem caixão nem canção, ela se foi”, lamentou a cantora, através de uma publicação nas suas redes sociais.

Nos últimos tempos, tem sido frequente a comunidade artística angolana sair à público em protesto contra o agravamento das condições sociais devido a situação causada pelo Covid-19.

as cargas mais recentes

Akon investe seis bilhões de USD para construção de uma “Wakanda” no Senegal

há 11 meses
O rapper senegalês Akon garantiu um contrato de USD 6 bilhões, para construir sua cidade temática no Senegal, com objectivo de ajudar no desenvolvimento da sua terra natal.

Keita Mayanda: “Ao contrário do que algumas pessoas pensam, o Rap está de saúde”

há 6 meses
O músico tem um novo álbum. Intitula-se “Sete Momentos De Lucidez” e vai sair já no próximo mês. Uma obra em que apresenta suas experiências e reflexões sobre a sociedade e a existência humana.

Nova Energia distingue “Doutores” da música

há 5 meses
Os músicos Joãozinho Morgado (Percussão), Boto Trindade (Guitarra) e Teddy Nsingui (Guitarra) foram homenageados sábado, no encerramento da sétima temporada do Show do Mês.

Disponibilizada a maior antologia de poesia de Angola

há 1 mês

José Neto é o novo técnico de basquetebol do Petro

há 8 meses
O técnico brasileiro José Neto é o novo técnico da equipa sénior masculina de basquetebol do Petro de Luanda.

La Casa De Papel: Spoilers confirmam reviravolta na 5ª temporada

há 7 meses
Segundo o site Nova Mulher, para o qual a Inspectora cedeu uma entrevista, “Sierra passará uma transformação, definida por ela como GORE, fazendo referência ao subgênero de filmes de terror com retratos gráficos de sangue e violência”.

Artistas protestam contra o Spotify

há 2 meses
31 escritórios do Spotify em vários países foram surpreendidos por protestantes do sector da música.

Convidados num show? Um desafio sem precedentes para a Força Suprema

há 1 ano

Sony Music vai doar 100 milhões de dólares para a defesa dos direitos humanos

há 1 dia
A Sony Music Group vai financiar mais de 90 organizações sem fins lucrativos internacionais, nacionais e regionais, sobretudo as que impactam a África e que lutam para a justiça e igualdade sociais, por meio do seu Fundo Global de Justiça Social.

Quavo reage às acusações: “Eu não agredi fisicamente Saweetie”

há 1 mês

Diddy entra com um processo contra Sean John e exige USD 25 milhões por usar o seu nome

há 3 meses

JP da Maika disponibiliza “Um Pouquito Para Cá Por Favor”

há 2 meses
A finalizar os últimos temas do álbum “DaMaika Season”, traz-nos uma versão mais moderna e arrojada da sua kizomba, sensual, urbana e atrevida.

Estreia do novo filme de Hochi Fu volta a ser adiada

há 7 meses
O filme 2 Mundos do empresário e realizador Hochi Fu, aguardado com bastante expectativa amanhã nos cinemas, foi novamente adiado para data a anunciar.

Carla Prata apresenta-se na maior plataforma de distinção de novos talentos

há 3 meses

Geração 80 assinala décimo aniversário com a criação de um mural na baixa de Luanda

há 8 meses
Trata-se de um presente que a GERAÇÃO de 80 oferece a Luanda, como forma de agradecimento a cidade por ter dado o privilégio de ser o local de partida dos sonhos dos produtores.

UNAC quer aumentar espaços culturais no país

há 1 ano
Segundo o presidente da referida instituição de utilidade pública, José Fernandes, o aproveitamento dos espaços é a prioridade da UNAC, para ajudar a impulsionar o sector artístico, realçando que um melhor aproveitamento dos recintos culturais poderá garantir aos artistas, profissionais e amadores, mais espaços e oportunidades para apresentarem os seus trabalhos.