Irmãos Mussungo apresentam conceito ‘Mussungology Tour the World”

A Fundação Arte e Cultura, focada na promoção da cultura nacional, pelo incentivo a educação para as artes, e a promoção dos artistas Angolanos, comunicou por meio de uma nota, que vai acolher no próximo dia 08 de Outubro, das 18h às 22h30, em parceria com Befo Music, o conceito ‘Mussungology Tour the World’, um casamento que une a inauguração da exposição individual “Lisbon in my mind” de Adão Mussungo na Galeria Tamar Golan e o Concerto Musical “Befology 77” do músico PJ Mussungo.

O evento visa apresentar uma aliança por intermédio da arte, as principais obras inéditas dos irmãos Mussungo: A exposição Lisbon in my mind será inaugurada às 18h00 do dia 8 e ficará patente ao público até ao dia 25 de Outubro de 2021, podendo ser visitada de Segunda a Sexta-feira, das 9h00 às 17h00, na galeria de arte contemporânea da Fundação Arte e Cultura. E visa, entretanto, apresentar uma viagem colorida, por meio de pinceladas soltas, pictórica de símbolos, códigos memórias, histórias da grande metrópole de Lisboa, que caracterizam as suas obras ao conceito “Lisbon in my mind” Lisboa na minha mente, na tradução.


Às 20 horas do mesmo dia, os amantes das artes juntar-se-ão ao músico PJ Mussungo, no auditório Wyza Anfiteatro para o tão esperado concerto musical Befology 77. Na arena musical, o músico contrasta na fusão rítmica das suas músicas bem assente em África e sonoridades que caminham entre a soul jazz, blues e aos ritmos quilapangas e propõe uma apresentação intimista. O concerto musical “Befology77” é de resto uma espécie de contextualização da matriz dos povos africanos.

Sobre os artistas

Adão Mussungo nasceu em Luanda , a 03 de Maio de 1981. Desde muito cedo foi influenciado pelo Pai, também apaixonado por artes plásticas. Mussungo é formado em artes e é actualmente coordenador da brigada de Jovens Artistas Plásticos, secretário do Conselho Fiscal da União Nacional dos Artistas Plásticos e membro efectivo da UNAP. Polivalente versátil , Adão Mussungo é Pintor ,Desenhador e Curador. Seu maior foco é sempre levar e despertar o gosto pela arte, exaltar os valores culturais. Seu amor pelo que faz valeu-lhe a participação em várias exposições colectivas em Angola, Itália, França, Portugal, Espanha, África do Sul. As páginas da sua história revelam que Mussungo é dono de 4 exposições individuais, e as suas obras encontram-se despertas nas mais diversas instituições espalhadas pelo país a fora.
No quadro das colecções privadas, destaca-se a pintura mural no viaduto 4 de Fevereiro com o título “Havemos de Voltar” . É vencedor de 4 prêmios, sendo o 1º, Luanda minha Cidade Galeria Celamar 2006, o 2º, Grande Prémio de Pintura “Mirella Antognolia Argela-embaixada de Itália, 2009, o 3º “Saborosa Artes2019” Pincel de bronze Portugal 2019 e o último Personalidade 2019, organizado pelo Conselho Internacional dos Académicos de Ciências, letras e artes Portugal.

Pascoal Mussungo, irmão mais velho de Adão Mussungo, é conhecido nas leads musicais como PJ Mussungo. Nasceu em Luanda, no município da Ingombota, no dia 16 de Março de 1977, no bairro Maculusso, mas foi no Cazenga onde passou toda a sua infância. É um artista africano que bebeu das aldeias, e absorve a criatividade das grandes metrópoles. Aposta a sua musicalidade na fusão rítmica bem assente em África e sonoridades que caminham entre a soul jazz, blues e aos ritmos kilapangas e as dissonantes que passaram a marcar a nossa música.
O artista começou a sua carreira musical em 2000, no grupo coral da Igreja Metodista Unida “ A Voz dos Anjos”. Mas foi em 2008 que começa a pensar seriamente na carreira musical, participando no Festival da Canção da Luanda Antena Comercial (LAC). Músico assumido, começa a fazer pequenas actuações em algumas casas nocturnas de Luanda. Nos seus temas mais recorrentes, PJ Mussungo canta o amor, a esperança, o bem-estar da humanidade. Das suas referências nacionais destacam-se os artistas André Mingas, Filipe Mukenga, Waldemar Bastos, Zé Kafala. Já no cenário internacional, o artista revê-se em artistas como Lokwa Kanza e Richard Bona. Lançou o seu primeiro Álbum com tema “Pascoal Mussungo 77” em 2013.

A Exposição

Com laços provenientes de Nambuangongo e Bengo, nasce em Luanda Mussungo que decide nos contar a história de uma civilização ocidental. “Lisboa na minha mente”. Depois de já nos ter contado tantas outras histórias pintadas em formas de quadros e ter apresentado em diversos pontos do mundo, é desta vez que nos dá a conhecer as suas andanças pelos castelos e tabernas lá da zona de lisboa. Lendo em alguns momentos Fernando Pessoa e ouvindo Amália, leva-nos de barco veleiro como se de um navegador se tratasse; ainda lhe deu tempo de comer o pastel de belém bem como tomar um café curto, de seguida faz a travessia pela ponte Fernando Pessoa, levando-nos às outras ideias que só de periférico se chega, mas descansado. Leva-nos com ele, nem que por pensamentos aquela lisboa da mente do Mussungo.

E prontos, todos bebemos vinho com esse artista, até Cristo ouviu o som da famosa guitarra portuguesa, com cores quentes evidenciadas nas suas obras, remete-nos a sua terra mãe Angola, contando a ligação histórica que liga dois países lá a bué de tempo em 1482, bem na foz do rio zaire. Mais uma vez mostrando o seu sentido patriótico como sempre nos acostumou. Adão Guimarães Mussungo, por favor continue viajando e sempre que possível pinte as tuas viagens. O artista Júlio Pinto.

as cargas mais recentes

Show do Mês “traz” clássicos angolanos em orquestra

há 3 anos

Pongo leva Kuduro ao festival Sónar em Barcelona

há 11 meses
A cantora luso-angolana Pongo vai actuar na edição deste ano do festival Sónar Barcelona, que decorre em Junho na capital da Catalunha, e cujo cartaz inclui The Chemical Brothers, Arca, Princess Nokia e C. Tangana.

Covers inéditos de David Bowie são apresentados em dia de aniversário

há 2 anos
No dia 8 de Janeiro David Bowie estaria completando 74 anos. Para marcar a data, os responsáveis pelo espólio do astro lançaram, pela primeira vez, duas covers que o cantor gravou no fim dos anos 90 e nunca haviam sido ouvidas até hoje: “Tryin’ To Get To Heaven” de Bob Dylan e “Mother” de John Lennon.

Geração 80. volta a badalar cinema angolano com “A Nossa Senhora da Loja Do Chinês”

há 2 anos

Drake será laureado no Billboard Music Awards 2021 como artista da década

há 2 anos
Marcada para o próximo dia 23 de Maio, a cerimônia Billboard Music Awards será marcada pela grande homenagem ao rapper Drake. O artista vem “governando” o gráfico Billboard ‘s Top Artistas do gráfico 2010´s desde o lançamento do LP Thank Me Later.

Angolanos lideram nomeações do AFRIMA nos PALOP mas, os rappers ‘não foram tidos nem achados’

há 1 ano
Apesar de não constar nenhum artista do estilo Rap, a música angolana aparece em alta nos Prémios Africano de Música. Os artistas angolanos lideram as indicações a nível dos PALOP.

Cardi B vai a julgamento por colocar tatuagem de um homem na capa do seu álbum

há 2 anos
Cardi B usou no projecto Gangsta Bitch Music Vol. 1, lançado em 2016, como capa a imagem de Kevin Brophy Jr., o homem alega que a rapper retratou sua semelhança de “ forma enganosa, ofensiva, humilhante e sexual”.

“Rocha negra” parte para a eternidade aos 73 anos

há 1 ano
O ex-internacional francês, sobreviveu até a manhã de hoje, em coma profundo desde os seus 34 anos, quando sofreu um broncoespasmo, em 17 de Março de 1982.

Paulo Flores faz declarações comoventes sobre a perda de Nando Quental

há 2 anos

Justin Bieber: “A música é uma óptima forma de nos lembrarmos de que não estamos sozinhos”

há 2 anos

Era de Snoop Dogg na Death Row não contará com icónicos álbuns de 2Pac e Dr. Dre

há 12 meses
Passadas mais de duas semanas depois de anunciar a aquisição da Death Row Records, Snoop Dogg continua a negociar o catálogo da gravadora com a MNRK Music e Blackstone.

AC/DC anunciam regresso com um novo álbum

há 2 anos
A banda australiana confirmou ontem o seu regresso com os veteranos Brian Johnson, Phil Rudd e Cliff Williams. O retorno do trio poderá ser marcado com novo single e álbum.

Flávio e Bill Gonçalves “Seguem Em Frente” em novo vídeoclip

há 2 anos

Edsoldier lança propositadamente novo projecto musical no Dia de Independência

há 2 anos
Edsoldier é uma das referências da nova vaga do Hip Hop e RNB angolano e está associado a nomes como Kool Klever, Phedilson e Luso. No dia 11 de Novembro, vai acrescentar no seu vasto repertório musical mais um projecto.

16 anos de “Artes ao Vivo”

há 3 anos
A efeméride é marcada com uma exposição online que imprime a historiográfica do projecto, bem como um debate entre Lukenny Bamba e Kool Klever, cujo tema será a “Existência, persistência e a criação do Artes ao Vivo”, amanhã, a partir das 14 horas no Eclético FM.

A vez do teatro “subir” ao palco do Duetos N´Avenida

há 1 ano
A Casa das Artes receberá no próximo dia 10 de Outubro, a terceira edição da quinta temporada do Duetos N´Avenida. Celma Pontes e Jaime Joaquim será a primeira dupla de actores a participar do projecto com a peça ‘A Escrava da Cama´.