Já em contagem decrescente, show dos Versáteis é aguardado com enorme expectativa

Fundada em 1996, Os Versáteis conquistaram o respeito dos angolanos por traduzirem em várias línguas e ritmos o quotidiano do povo. Embora marcassem um período específico da história do país, suas canções servem para os tempos actuais. Os irmãos João Alexandre e Toya Alexandre foram os principais rostos da banda.

Entraram para o music hall nacional há 24 anos e produziram quatro CDs, sendo o último lançado em 2014 já sem a presença das vozes de João e Toya Alexandre, que tinha desintegrado a banda anos antes.

Intitulado “Nossas Quetas”, com uma rapsódia que homenageia Dom Caetano, Rui Mingas e Dina Santos, na obra Sissa Mota, Pedro Mota, Paulo Manssini Nono Catete, Chiquilson, Pety Dudu, Kayeye Bento, Linda Chilongo e Catuta exploram novos ritmos, preservaram a essência, priorizando o Semba, Cabecinha, Kizomba e Zouk, interpretados em Português, Cokwé, Kimbundu, Umbundu e Kikongo.

Depois do primeiro projecto “Exprimentando”, seguiu-se “Casamento-Semba Morena” (1997), onde se destacaram os temas com os mesmos nomes. Em 2004, editaram “Chegou a Hora”, com o tema “Thanjidi Mu Mesu” o cartão de visita.

Devido a sua forma peculiar de cantar o Semba, a Cabecinha, o Kizomba e o Zouk, Os Versáteis eclodiram, juntando-se aos Irmãos Verdade, Impactus 4 e duplas como Irmãos Almeida e conquistaram o seu espaço na música angolana.

Oito anos antes da apresentação de “As Nossas Quetas”, o grupo disponibilizou “Do Gueto Para Nguimbi, um álbum que encerrava a participação de Toya Alexandre, uma das principais vocalistas

Os sucessos ” Casamento”, “Suze” e “Thangidi Mu Mesu Maku” produzidos em diferentes momentos, continuam a espelhar e a fazer parte da memória colectiva do povo e levou a banda a várias actuações no país e na diáspora.

Após a saída inesperada, em 1998, de Madame Jepel e Vovô e da família Alexandre, Os Versáteis continuam vivos e sabe-se que vão protagonizar, amanhã uma grande apresentação na televisão pública de Angola.

as cargas mais recentes

LAASP reabre agenda cultural com a peça teatral `Meu Telefone, Nossa Privacidade´

há 7 meses
`Meu Telefone, Nossa Privacidade´ é o espectáculo teatral que vai reabrir o ano cultural da LAASP, no dia 23 de Janeiro, pelas 18 horas, apresentado pelo grupo Jovens da Mulemba e dirigido por António Kapangu.

Taylor Swift acusada de plagiar no último álbum

há 1 ano
O álbum surpresa de Taylor Swift foi lançado na última sexta-feira (24) e vendeu mais de 1,3 milhões de cópias em 24 horas. A capa do disco, segundo a banda de metal Emperor, é um plágio da obra “Stridig” e apresenta evidências.

Verzuz TV realiza `Especial Dia da Mãe´

há 3 meses
Na data em que América comemora o Dia da Mãe, a Verzuz TV vai realizar uma batalha amigável entre as SWV contra Xscape, ambas bandas consideradas lendas do R&B feminino que marcou os anos 90.

Peça teatral `As crises em tempos de crise´ do Grupo Jovens da Mulemba em cartaz na Fundação Arte e Cultura apresenta

há 4 meses
“A peça aborda de forma crítica, porém sarcástica sobre as crises de várias ordens: Econômica, Religiosa Cultural, e Social; Com uma tônica a crise de valores, a questão do respeito ao próximo, da relação que se quer salutar entre os vizinhos.

Kanye West revela que já foi alcoólatra: “Tomava Vodka no café da manhã”

há 1 ano
Durante uma entrevista com a revista GQ, o rapper admitiu que chegou a tomar vodka com suco de laranja no café da manhã, e comentou sobre como a pressão das nomeações o levaram parcialmente ao alcoolismo.

Tensão entre Anitta e Ludmilla volta a aumentar e dessa vez Snoop Dogg foi o pivó

há 1 ano
O rapper norte-americano comemorou através de uma publicação no Instagram, os 95 milhões de views da música ‘Onda Diferente’ no Youtube. Na mesma publicação, Snoop agradeceu apenas Anitta e Papatinho pela música, que tem participação e foi escrita por Ludmilla, deixando no ar um clima de tensão, que o “obrigou” a fazer uma nova publicação.

Num dia como hoje morria Bob Marley, a Lenda do Reggae

há 3 meses

Conheça Tusse, o refugiado congolês que venceu a maior competição musical da Suécia

há 5 meses
No passado sábado, o artista de 19 anos venceu o concurso de canto Melodifestivalen, consolidando sua posição para representar a Suécia no Festival Eurovisão, que acontece no próximo dia 18 de Maio.

Luan Santa assina com a Sony Music: “Quero conquistar o mundo”

há 6 meses

Bruno Fernando apresenta fundação direccionada à inclusão social

há 1 semana

Subtil fala-nos “Sobre Amor” no novo single

há 4 meses
Depois do lançamento do álbum “C’ Alma” no início do ano, Subtil traz-nos uma nova música, onde se coloca muito fora da sua zona de conforto. O single conta com a participação especial da voz incrível de Druh AM.

Num dia como hoje, há doze ano, Michael Jackson partia para eternidade

há 1 mês
Passados 12 anos após a sua morte, o sucesso de Michael Jackson é ainda um mistério, além de mais vendido, é o artista mais influente de todos os tempos. A vida do astro da cultura Pop resumia-se em apelo à fraternidade universal.

Prodígio: “Ser premiado em casa é sempre uma forma de lisonjeio, tem um sabor especial”

há 1 ano
Foi com a mixtape “O Alquimista” , em 2011, que Prodígio começou o sucesso. Na sequência, surgiram vários outros trabalhos, conquistou inúmeros prémios, o mais recente foi o de Melhor Artista de Rap. Em breve conversa com a Carga, o rapper de 32 anos manifesta os seus sentimentos em relação aos prémios e nomeações.

19 anos depois Helga Fêty apresenta vídeo de “Entrega Total”

há 1 ano
Dezanove anos depois do lançamento da música “Entrega Total”, tema que dá título ao primeiro álbum de originais publicado em Fevereiro último, a cantora e actriz Helga Fêty apresenta o referido vídeo clipe, que traz participações de Presilha Calei e Loromance.

Maior companhia circense do mundo entra em falência

há 1 ano
A Cirque du Soleil, maior companhia circense do mundo, anunciou ontem que entrou com um pedido de insolvência, devido à interrupção e encerramento forçado de exibições causados pela pandemia Covid-19 “.

Soulja Boy é acusado de agredir ex-namorada até provocar aborto

há 3 meses
A mulher que o acusa, usa o nome fictício Jane Doe e alega que as agressões remontam para 2015 e, a mais grave de todas, foi o facto de ter sido espancada ao ponto de perder o bebé e posteriormente ter que remover o revestimento uterino.