Já podemos viajar nas “Aventuras de Robbie Wan Kenobie”, o oitavo álbum de Bob da Rage Sense

O novo álbum de Bob Da Rage Sense chegou hoje, às plataformas digitais. Em dia de celebração de “Star Wars” a saga de George Lucas, Bob, fã acérrimo da obra, edita o seu oitavo álbum, propositadamente intitulado “As Aventuras de Robbie Wan Kenobie” .

Bob da Rage Sense dispensa apresentações, o MC Luso-Angolano que se encontra a residir em Londres traz-nos em plena pandemia o remédio perfeito para os amantes de música, cinema e arte no geral. O seu mais recente trabalho com o título “As Aventuras de Robbie Wan Kenobie” conta com 9 faixas e foi todo produzido por SP Deville.

Entramos nesta aventura logo com uma percepção clara do que o MC nos traz, a primeira faixa com registo concordante com o titulo da mesma, “Droids”. Porém é bem humana a abordagem e cheia de metáforas, é claro o conceito da obra, logo pelo visual, que remonta ao universo “Star Wars”, e o mesmo faz referências dos nomes das personagens integrantes da lendária saga.

Na faixa “A Disciplina do Jedi”, sentimos o renovar de votos com a integridade e verticalidade aos valores que defende desde então, mas de modo bem simples e terra a terra, de timbre honesto. A sonoridade é como um tapete aveludado do tipo: “Ganda viagem”. Esta é daquelas faixas que no final ficamos com a sensação de querermos voltar para o início novamente.

No tema “O Equilíbrio da Força”, constatamos o reencontro de um elemento que há já algum tempo não gravitava no universo do nosso Jedi, é ele, o Laton, que neste tema empresta a sua voz numa abordagem onde Wan Kenobie ( Bob DaRage Sense) denuncia as armadilhas do Ego, o efeito de toldo à razão, que o levou muitas vezes a preferir estar acompanhado pela solidão. 

Na faixa que se segue, é claro que o nosso Jedi está de mão esticada mas não para cumprimentar e sim liricamente dar um valente puxão de orelhas a todos os “trenders” que confundem barba rija com penugem, rimas diretas e incisivas acompanhado de uma batida com nuances de blues com hiphop groove de “Philly”, DOPE!

“Por Trás de Uma Parede Branca”, estamos diante um desabafo contínuo, sem paragem desde o seu começo, uma retrospectiva dos tempos de criança a uma análise em idade adulta com implícito agnosticismo. Uma reflexão não datada de um momento intenso de confinamento emocional.

“Não Existe Porquê”, começa bem melódico, com canto apelativo, atmosfera sonora e meio “retrowave” contagiante.

O termo introspecção adorna a narrativa sempre profunda a que o Bob sempre nos acostumou.

Em “Dark Side”, SP Deville que é o único bespoke sónico da obra, partilha a faixa com Bob, onde ambos de composição cuidada se sente a entrega e o “não uso de filtro” e melhor de tudo de trazer poesia e estética na métrica, de referenciar que o instrumental é bastante terapêutico. 

“A Guerra Dos Clones” é mais um manifesto critico à dormência do humano actual as suas questões existenciais que são remotamente ignoradas e infectam a sociedade onde parecemos iguais de aparência mas que não passa de mera ilusão, os pianos do início funcionam como que um despertador para o compromisso do Jedi de elucidar os adormecidos. 

A nossa viagem guiada nas “Aventuras de Robbie Wan Kenobie” termina com a faixa de titulo “Informação”! Onde para não fugir à regra, são denunciadas as palavras de ordem e toda a metodologia de lavagem cerebral a que somos submetidos diariamente, num beat Boom bap puro, Bob desfere golpadas líricas mega dopes! Num misto de rap skills com mensagem séria e de um nível de maturidade incrível. Termino a escuta desta obra com um sincero sorriso no rosto, e uma deixa filosófica: Que nome se dá ao que sentimos quando matamos a saudade?

Já podemos viajar nas “Aventuras de Robbie Wan Kenobie”, o oitavo álbum de Bob da Rage Sense

Track List

1- Droids
2- Asas Invisíveis (A Disciplina do Jedi)
3- O Equilíbrio da Força Feat. Laton
4- À Moda Antiga (Uma Nova Esperança)
5- Por Trás de Uma Parede Branca (Reflexões Durante o Isolamento em Tatooine)
6- Não existe Porquê
7- Dark Side
8- A Guerra dos Clones
9- Informação (A Guerra Contra a Desinformação Digital Universal)


Todas as letras escritas por Bob Da Rage Sense aka Robbie Wan Kenobie
Excepto “O Equilíbrio da Força” escrito por Bob Da Rage Sense e Laton, e “Dark Side” escrito por Bob Da Rage Sense e SP Deville. Todos os instrumentais produzidos, misturados e masterizados por SP Deville.

Edição: Estaleca
Distribuição: SóHipHop
Produção executiva: Bob Da Rage Sense e Márcia Conceição
Fotografia: Sara Alvarrão
Designer gráfico: #Elsiedays

as cargas mais recentes

Craig Lieberman apela descontinuação da saga Fast and Furious

há 6 dias
Ao coro dos insatisfeitos acaba de se juntar o consultor dos primeiros filmes da franquia. Craig Lieberman fez um vídeo explicativo de 25 minutos e pediu que “parem de fazer Velozes & Furiosos”.

Flor de Raiz: “Não temos produtoras sérias”

há 1 ano
Irreverente e muito frontal, a kudurista Flor de Raiz afirmou que não há nenhuma produtora séria ou capacitada, em Angola, para elevar os kuduristas a patamares mais alto.

Victória dos Lakers coloca LeBron James a um passo de Michael Jordan

há 10 meses
A vitória, nesta madrugada, dos Lakers sobre os Heat fez de LeBron James o primeiro jogador na história da NBA a conquistar o prêmio com três franquias diferentes. O extremo está agora a um passo de Michael Jordan, tido como o maior de sempre.

Tina Turner despede-se da vida pública:” Não foi uma vida boa”

há 4 meses

DJ Pelé, Flagelo Urbano e Ikonoklasta representam a classe artística na manifestação

há 9 meses
Os músicos Flagelo Urbano, Ikonoklasta, Ready Neutro, MCK e DJ Pelé representam, a classe artística na manifestação pacífica, que decorreu hoje, em Luanda, visando alertar ao governo para fim do elevado custo de vida no país, mas que terminou com a confirmação de mortes.

“Estou a ser cobiçada por várias produtoras”

há 1 ano

Actor de Crepúsculo encontrado morto

há 1 ano
O actor Gregory Tyree Boyce, do primeiro filme da saga Crepúsculo, de 2008, e a namorada, Natalie Adepoju, foram encontrados mortos em sua casa em Las Vegas (EUA), na quarta-feira.

Scorpions cantam esperança em fase de isolamento social

há 1 ano

Fundação Arte e Cultura apresenta “Fundação Online”, em prevenção ao Covid-19

há 1 ano
Trata-se de um programa que visa motivar as famílias a permanecerem em casa como forma de prevenção do Covid-19 e uma excelente opção para passar o tempo de forma educativa e segura.

Influência de Liceu Vieira Dias e os Ngola Ritmos na música popular angolana é retratada em documentário

há 9 meses
No mês de Novembro, o canal ZAP Viva celebra a independência de Angola com a exibição de documentários com o foco na sua herança cultural, e dia 4 de Novembro a partir das 21:30, poderá acompanhar “O Lendário Tio Liceu e os Ngola Ritmos”.

Yola Semedo revela que está desmotivada para fazer lives

há 1 ano

Star One Rapper & Caro Kelson: a dupla que está a invadir grupos de WhatsApp

há 6 meses
A dupla já lançou um EP. A obra intitula-se “Noites Em Claro” está disponível nas principais plataformas digitais e, brevemente, estará também no SoundCloud e Spotify. Os dois amigos surgem como uma lufada de ar fresco para o trap angolano, porque cada um tem a sua particularidade.

Show piô Live acontece já amanhã

há 2 meses
A decorrer amanhã a partir das 15 horas, no formato televisivo pode ser acompanhado na TPA 2 e Internacional. O conceito memora músicas da década de 70, 80 e 90 e de certa forma, faz face ao inexistente mercado musical infantil.

Nova geração celebra música moçambicana com o EP “Seguir em Frente”

há 9 meses
Um projeto, para ouvir com o volume no máximo, que reúne jovens talentos moçambicanos para celebrarem a música africana, da kizomba ao afro pop, sem esquecer o pandza.

Lançada plataforma de streaming tChill para monetizar todo o tipo de conteúdo audiovisual do país

há 2 meses
A plataforma de streaming pretende dinamizar o mercado cinematográfico do país e monetizar conteúdos audiovisuais como sitcoms, reality-shows, talk-shows, showcases de música, stand up comedy e spoken word.

Bonga: “Sinto-me um kota realizado”

há 1 ano
O dia 28 de Junho de 2020 será lembrado como um dos dias mais importante da cultura nacional, tudo por causa de Bonga, Paulo Flores e Yuri da Cunha. A Carga traz as reacções do espectáculo.