Kazuza, o Dj que virou “contador de sonhos”

Da sua versatilidade saíram dois álbuns, um dos quais com participações de Daboless, Mister K, Dr. Romeu e Jay Lourenzo, mas é com mesa misturadora que Djkazuza quer atingir o apogeu. Na música há dez anos, o deejay apresenta-se como um dos principais promotores da música eletrónica no país.

Com várias estórias para contar, já se estabeleceu como dj, cantor e compositor e, durante o seu percurso artístico, produziu dois álbuns nos estilos R&B, Soul e Afro House, com predominância para o Rap. Como dj, teve passagem em palcos com Black Coffee e vários festivais em angola.

À Tudo isso, acrescenta-se as habilidades radiofónicas. É locutor de um programa de rádio, o Hip Hop Está Vivo, exibido todos os domingos na Rádio Cazenga. Em entrevista à Carga, o disc jokey apresenta o potencial e fala sobre o seu mais recente trabalho “Contador de Sonhos vol.2”

É dj, canta Rap, Soul e R&B, além de apresentar um programa de rádio.  O meu maior desafio como artista é poder mudar a vida das pessoas com a arte; poder mostrar às pessoas que é possível, principalmente para quem é do gueto. Quero fazer perceber que nós também podemos ser e chegar lá.

Diferente do primeiro, o segundo álbum apresenta uma variedade de estilos. Que tipo de mensagens quer transmitir com isso?
Lancei sim o Djkazuza: Contador de Sonhos vol.2 totalmente diferente do vol.1. Trago uma sonoridade e uma musicalidade muito diferente, tive produções do Artistic Soul, produtor dá África do Sul; o Total Bio, do Congo, Lil Jorge entre outros. Como sempre, eu conto sonhos de pessoas ou histórias de gente que gostaria de contar e não conta eu trago temas que ajudam as pessoas a se encontrarem e mudarem de ideia sobre alguma situação.

Pelo que contou, vê-se que é um artista versátil. Até onde vão os seus limites na música?
Não tenho limite, mas… sim, tento fazer uma leitura do tipo de actividade, porque nem todas as músicas são para todas as actividades.

Como é que começa a sua “aventura” e se tivesse que escolher com que ficaria?
Nasci para isso, ou melhor, a música é quem me escolheu. Tudo porque o meu irmão Leleco ficava a ouvir música em casa e fui ganhando gosto por ela, mas ela já vivia em mim só faltava um impulso para se manifestar. Mas ficaria com o lado de dj, porque, na mesma, vou lidar música.

Que memórias guarda de quando começou a carreira?  
O meu primeiro salário: 10 dólares que troquei e dividi para a minha mãe e meu pai, o resto comprei algumas coisas para mim é comprei também discos.

Ser convidado para tocar no Big Brother Angola-Moçambique, que aconteceu na Africa do Sul, onde fui um dos melhores dj que passou na casa e fui convidado a ficar durante uma semana, até o final do Big Brother. Normalmente, os dj só tocam dois dias-sábado e domingo- e voltam para o seu país. Eu toquei quatro e fiquei mais uma semana até o final do concurso e isso nunca esqueço.

Partilhou a mesma música com nomes com Djeff Brown, EC, Jay Lourenzo. Que outras referências gostaria de cantar?
Tem muitos artistas que eu gostaria de trabalhar, mas minhas músicas surgem num processo muito estranho e natural. Tudo depende muito da energia do artista. Eu acredito muito no poder da energia que cada um tem. Mas, falando de um artista, seria o NGA. Nós falamos, mas nunca lhe disse isso. Era um segredo que eu escondia e ele vai ficar a saber.

Que projectos programou para o próximo?
É segredo. Tenho uma para o próximo ano, só sei que as pessoas não vão entender nada. Será algo diferente do Contador de Sonhos. Será uma abordagem diferente das letras até dos beats.

Durante esses anos todos de actividade, que experiências lhe mais marcaram?
A pior tive um acidente de carro quando ia tocar numa festa foi uma situação muito difícil para mim, fiquei quase dois anos afastado de tudo mais graças à Deus conseguimos voltar.

as cargas mais recentes

Segunda parte dos “recuerdos” do Sons do Atlântico já tem data

há 2 anos
No dia 19 de Dezembro as 22:00, o ZAP Viva exibe a segunda parte do sétimo festival “Sons do Atlântico” que aconteceu a 4 de Maio de 2019, na Baía de Luanda.

“A Dimensão Cultural do Herói Nacional” em debate no Visão actual

há 2 anos
O programa Visão Actual a ser exibido amanhã, quinta-feira dia 17 de Setembro, vai analisar a Dimensão Cultural de António Agostinho Neto, fundador da nação e primeiro presidente de Angola.

Opinion makers participam de `Masterclass´ sobre “Construção e Gestão de Marcas”

há 1 ano
O evento denominado Masterclass vai decorrer no formato virtual, através da plataforma Zoom, facilitando assim o acesso de todos os interessados na matéria.

Morreu Paulão, antigo jogador da selecção angolana de futebol

há 10 meses
O antigo internacional angolano Paulo Alves ‘Paulão’ morreu hoje em Luanda aos 51 anos. De acordo com fontes próximas, o ex-jogador da selecção angolana de futebol esteve há algum tempo internado no Hospital Geral de Luanda.

Produtor Algo 10Conhecido rende tributo a Teta Lando e Franco em novo álbum

há 11 meses
O álbum contém versões de dois grandes sucessos nacionais e internacionais intemporais, nomeadamente: “Mario” do congolês Franco, na versão amapiano e “Quimbemba” de Teta Lando, no estilo afro-house.

Morreu o fadista português Carlos do Carmo

há 1 ano
O cantor morreu na manhã de hoje aos 81 anos, no hospital de Santa Maria, em Lisboa, onde deu entrada ontem por causa de um aneurisma.

Irmãos Alves festejam aniversário com 25 horas de música

há 2 anos
Durante 25 horas, de forma ininterrupta, os irmãos Alves vão fazer uma viagem pelos sucessos tocados no inicio da carreira até ao momento, ou seja das 16 horas de sábado (dia 25) até 17 horas de domingo (dia 26) vão recordar os vários períodos das suas carreiras.

Álbum ‘Chromatica’ de Lady Gaga ganha programa de rádio

há 2 anos

‘Wonder Woman 1984’ estreia dia 25 de Dezembro no HBO Max e nos cinemas

há 2 anos
A novidade foi avançada pela directora do filme, Patty Jenkins e pela protagonista, Gal Gadot, na rede social Twitter. Ambas publicaram um texto afirmando que “Chegou a hora da estreia” e que o filme será lançado simultaneamente nos cinemas e no serviço de streaming da WarnerMedia, HBO Max.

Nacobeta eternizado em mural

há 2 anos
O kudurista Edson Guedes Fernandes “Nacobeta” foi eternizado em um mural gigante na zona onde nasceu (C8/Nelito Soares/Rangel), por um grafiteiro local.

Yunami retrata acontecimentos político e socio-económico em ‘Torre dos Tolos’

há 10 meses
À Carga Magazine, Yunami explicou que o single é um abstrato dos mais populares acontecimentos do país e, estará disponível em breve.

Prodígio actua hoje no festival #EuFicoEmCasa

há 2 anos
O rapper Prodígio, actua hoje através do vídeo directo na sua conta do Instagram @pro2da , tendo sido convidado pela Sony, produtora a que está associado.

Hackers vazam informações sobre Lady Gaga e fazem exigência

há 2 anos
Um grupo de hackers invadiu o sistema de uma firma de advogados, representante de vários nomes do entretenimento. Depois de vazar dados pessoais de Lady Gaga, os hackers ameaçam divulgar dados de estrelas como Mariah Carey e Madonna, caso não se cumpra o que estão a pedir.

Novo álbum de Bonga será lançado em Fevereiro de 2022

há 7 meses
Em meio século de carreira, Bonga mantém vivo o seu comprometimento com a música angolana e a cultura africana. O músico soma e segue com mais um álbum, que estará disponível no dia 18 de Fevereiro do próximo ano.

Cantor angolano Gelson Castro convence autora do sucesso “Jerusalema”

há 2 anos
A cantora sul-africana Nomcebo Zukedi, autora do sucesso “Jerusalema”, postou no seu estado no instagram, dois vídeos do músico angolano Gelson Castro, cantando a sua música.

Aventura e emoção são as palavras de ordem na ZAP

há 2 anos
Este fim de semana a programação é para toda família, momentos de pura diversão e animação no canal ZAP VIVA. Um misto de aventura e emoção, vão preencher o seu fim de semana.