Kid MC: “Os unders têm de deixar a mania de odiar, quando alguém no seu circuito atinge certo nível”

Com o álbum “Caminhos” Kid MC, colocou o seu nome na montra da música angolana. Mais tarde, seguiram-se os últimos quatro discos. Últimos porque o rapper diz que já não poderá publicar mais álbuns. Kid queixa-se de estar a ser fustigado pelos unders, fala do encerramento da sua produtora e crítica o estado actual do Rap.

O músico pondera passar apenas a lançar alguns projectos soltos e está a preparar para o próximo mês duas novas músicas. Intituladas “Atitude Flavour ” e “O Regresso dos Que Nunca Foram”, as faixas vêm acompanhadas dos respectivos vídeoclipes.

“Honestamente já não me interessa lançar álbum. Lançar álbum é algo que estou a descartar, porque para além de artista, tenho outras actividades.

Devido as dificuldades económicas e financeiras, o departamento de agenciamento de artitas da CavePaly gerava mais prejuízos, por isso, teve que encerrá-lo.

“A Cave era uma área da empresa que mais gastava e não havia retorno. A minha empresa tem três anos de existência, verifiquei que a Cave precisava ser extinta, porque os apoios começaram a ficar apertados”,explica.

Durante a longa entrevista no Show Time, na Rádio MFM, Kid considerou que o Rap angolano viveu melhores momentos nos meados da década de 90 até 2007, porque nessa época o movimento não era concentrado num único grupo ou numa só pessoa, lembrando que Army Squad alternava com Kalibrados, Kill Hill ou Gomez.

“Hoje a Nova Escola são os Mobbers e a TRX. Antes não era assim. A culpa não é do mercado, havia mais investimento. O game não estava refém de um único grupo de Rap” critica, acrescentando que nunca se considerou uma febre, mas artista; um rapper consagrado que já não tem nada a provar. “Eu já não tenho nada a provar”.

Para o “Incorrigível” o movimento underground precisa aprender muito e ter mais humildade e lamenta que, apesar de ser dos que mais contribuem para o movimento underground, é fustigado pelos próprios unders.

 “Sou das pessoas que mais apoia o movimento under. (…) e honestamente não sinto este retorno. Sinto ataques e fustigações”.

“Os rappers precisam ser mais justos. Os unders têm de deixar a mania de, quando alguém no seu circuito atinge certo nível odiá-lo”, continuou.

Sobre a não actuação no Top dos Mais Querido edição 2011, após a sua nomeação, que gerou, na altura, várias especulações, Kid MC esclareceu que estava doente, por outra, se tivesse que actuar, cantaria o tema que o levou ao top “Olhar Ao Pai”, que não está associado à política.

“O Movimento Underground é um movimento que precisa aprender muito. Precisa ter mais humildade. Eu recebo mais respeito e love dos comerciais do que daqueles que se dizem under”.

Aos músicos emergentes, o rapper aconselhou a não continuarem a ver artistas consagrados como a tábua de salvação.

as cargas mais recentes

Katy Perry adia lançamento do disco

há 2 anos
Katy Perry comunicou aos fãs que seu álbum “Smile” vai demorar mais do que o esperado, para ser lançado. Numa publicação nas redes sociais, a cantora afirmou que o disco, que estaria disponível a partir do dia 14 de Agosto, sofreu alguns atrasos na produção e será “lançado” no dia 28 do mesmo mês.

Álbum de estreia de Wet bed Gang traz participação de Bonga

há 1 ano

Power House divulga primeiro álbum com novos agenciados

há 2 anos
Dos agenciados estão Cleyton M, Jakilsa, Laika, Dr. Smith, Chris Oliver, Anny, conhecidos pelas suas habilidades artísticas.

Jay-Z leiloa “Trono que herdou há 25 anos” para ajudar instituições de caridade

há 12 meses
A peça simbólica reinterpreta e recontextualiza a capa do famoso álbum e cria uma visão contemporânea de um retrato que definiu uma era – como um comentário e lembrete de que Reasonable Doubt continua vital e novo até os dias de hoje.

Edson Narciso: “Quero mudar a consciência de quem me ouve”

há 2 anos
Diferente de Bob Marley, Edson Narciso quer cultivar o amor, a paz e o respeito pelas diferenças, por meio do Rap, num estilo que apelida de Hard Trap. Já várias vezes tentou uma carreira profissional, e não teve sucesso. Depois de um longo intervalo, aparece com os primeiros projectos musicais.

Flagelo Urbano grava videoclipes pela primeira vez em 25 anos de “estrada”

há 2 anos
A ultimar os arranjos do sucessor do EP `De Sião a Medina´, o rapper tenciona trazer um CD mais afrocentrado, profundo e “pluriversalista”.

Declarações do Director Nacional da Cultura contradizem factos de 2009

há 2 anos
As informações prestadas esta quarta-feira pelo director nacional da cultura, Euclides da Lomba, e reiteradas ontem à Rádio Lac, segundo as quais Carlos Burity não tinha recebido nenhum prémio daquele pelouro contradizem a atribuição, em 2009, do Prémio Nacional de Cultura e Artes ao músico.

Álbuns de Alicia Keys, A Trible Called Quest e Wu-Tang Clan serão considerados Património Nacional dos EUA

há 2 meses
Os álbuns de Wu-Tang Clan, A Tribe Called Quest, Alicia Keys estão entre os escolhidos para integrarem o Patrimônio Nacional dos Estados Unidos da América, por serem considerados culturalmente, historicamente e esteticamente bastantes significativos.

Drunk Master quebra o silêncio e mostra a sua “Espécie”

há 2 anos
A faixa que já havia sido lançada, é agora apresentada com uma nova roupagem, em que Drunk expressa em dois minutos, num beat que o caracteriza, o que sente e percebe da “espécie em que se enquadra enquanto pessoa”.

“A Dimensão Cultural do Herói Nacional” em debate no Visão actual

há 2 anos
O programa Visão Actual a ser exibido amanhã, quinta-feira dia 17 de Setembro, vai analisar a Dimensão Cultural de António Agostinho Neto, fundador da nação e primeiro presidente de Angola.

Documentário `Reino do Kongo: Em busca do reino destruído´ já cumpre agenda internacional

há 12 meses
Após a exitosa estreia em Luanda, o documentário `Reino do Kongo: Em busca do reino destruído´ segue viagem para o Reino Unido, França, Bélgica, Brasil, Argentina, Estados Unidos, Canadá e Caraíbas.

Alicia Keys rompe contrato com a Sony Music após 20 anos

há 6 meses
Alicia Keys acaba de anunciar que é oficialmente uma artista independente. Alicia deu a conhecer que o seu 8ª álbum de estúdio “Keys” é o último a ser lançado sob a chancela da Sony Music.

Justin Bieber: “Eu amava a música, mas deixei-me levar pelo ego e o poder”

há 2 anos
Justin Bieber partilhou uma mensagem com os fãs no Instagram, falando sobre as “inseguranças e frustrações” que o afectaram quando era adolescente, reconhecendo que deixou-se levar pelo ego.

Drake quebra o seu próprio recorde no Billboard Hot 100 com 9 músicas no TOP 10

há 10 meses
O álbum Certified Lover Boy fez a sua estreia nos charts em primeiro lugar vendendo 613 mil unidades equivalentes de álbuns, é o projecto com maior estreia em 2021, tendo 700 milhões de streams. Lançado a 3 de Setembro, o álbum garantiu ao rapper novos recordes que ele mesmo detinha.

OTAN disponibilizam novo single hoje

há 2 anos
Intitulado “Sem Palavras”, consideram-na uma composição simples, mas muito romântica e honesta, como é o próprio grupo com as vozes melodiosas a fazerem contraponto com algumas rimas.

Lil Nas X quer defender 100% a comunidade LGBT

há 2 anos
O rapper, cantor e compositor norte-americano de 20 anos se tornou no primeiro artista a assumir a homossexualidade, estando no top da Billbord.