Kisom Unitel responde às acusações sobre supostas violações dos direitos dos artistas

A Sociedade Angolana de Direitos de Autor acusa o Kisom Unitel de não respeitar os direitos dos autores e, além disso, diz que a plataforma de streaming está a funcionar de modo ilegal. Em resposta, a Direcção de Marketing e Negócios Digitais do Kisom Unitel diz que a SADIA tem entendido mal o assunto e esclarece o que realmente se passa.

O assunto sobre a violação dos direitos dos autores por parte do Kisom Unitel não é de hoje, de acordo com a Sociedade Angolana de Direitos de Autor. Remonta há algum tempo. A SADIA não podia altuar, porque só começou a cobrar os rendimetos autorais no ano passado.

Com a cobrança dos redimentos, a entidade gestora dos direitos colectivos, isto segundo o Decreto Presidencial n.º 184/19 citado pela SADIA, confirmou as constantes denúncias feitas pelos autores junto do seu gabinete.

Após provar aos advogados da Direcção de Marketing e Negócios Digitais da operadora que o Kisom Unitel deve pagar os rendimentos aos autores, o Kisom Unitel remeteu-se ao silêncio. Por outro lado, acusa a SADIA, a plataforma de streaming está ilegal, por não estar autorizada pela própria SADIA.

“Desde que nós provámos há quatro meses por A mais B que a Unitel deve pagar, eles remetem-se ao silêncio. O Kisom está a agir como pirata. As negociações já levam 8 meses. Eles já não respondem os e-mails nem mensagens ou chamadas telefónicas”, disse Lucioval Gama, responsável do Serviço Nacional dos Direitos de Autores e Conexos.

“O Kisom Unitel está a funcionar de modo ilegal, porque não é regulado pela SADIA, que é a única entidade que pode atribuir tal autorização ao Kisom Unitel”, continuou.

Mas, a Direcção de Marketing e Negócios Digitais do Kisom Unitel esclareceu à Carga que, tal não passa de um mal-entendido por parte da SADIA, porque o Kisom foi a primeira plataforma angolana a pagar os artistas e, desde que a criaram, o objectivo era fazer chegar aos angolanos um conteúdo que andava perdido e construir a maior biblioteca digital de música no país.

“Nós não temos contratos directo com os artistas. Temos com os distribuidores de conteúdos como Sons e Signo, Strong Streaming Network ou a LS, por exemplo. Nós não fazemos contrato com os cantores, fazemos com estas entidades e elas é que nos distribuem os conteúdos. Por isso, não consigo dizer se o artista é, efectivamente, pago ou não. Mas uma coisa garanto: a Unitel paga essas entidades”, diz a Direcção de Marketing e Negócios Digitais do Kisom Unitel.

Por outro lado, desde que foi lançada em 2009, a plataforna de “toque de espera” também nunca recebeu qualquer queixa dos artistas sobre o não recebimento dos seus rendimentos.

“Nós remuneramos. Nós fomos a primeira entidade a remunerar os artistas através dos seus conteúdos digitais. Nós pagamos os direitos aos artistas”. explicou Clausir Ramos, Gestor de Marketing e Negócios Digitais do Kisom Unitel.

Nas reuniões que manteve com a SADIA, o departamneto dos serviços de música remeteu o assunto à equipa de advogados e esta, por sua vez, tem mantido negociações com a SADIA.

O Kisom Unitel, diz aquele gestor, sempre esteve interessado em resolver o assunto dos direitos dos autores, porque sabe que ao receber a ficha técnica nem sempre o nome do autor do conteúdo é mencionado.

“Ninguém melhor do que nós tem o interesse de resolver este assunto, porque somos nós os primeiros a pagar os artistas. É só uma questão de tempo vai se resolver. O nosso interesse é esse”.

as cargas mais recentes

Maior companhia circense do mundo entra em falência

há 12 meses
A Cirque du Soleil, maior companhia circense do mundo, anunciou ontem que entrou com um pedido de insolvência, devido à interrupção e encerramento forçado de exibições causados pela pandemia Covid-19 “.

Consultor do ‘Bohemian Rhapsody’ declara-se contra a sequência do filme

há 1 ano
Lançado em 2018, a cinebiografia da estrela do rock Fredy Mercury obteve elogios da crítica e do público e arrecadou 903,7 milhões contra os 55 milhões investidos. Além disso, arrebatou quatro estatuetas do Óscar 2019, incluindo o prêmio de Melhor Actor, mas o amigo do vocalista dos Queen não quer que o filme tenha sequência.

John Dolmayan: “Black Lives Matter não passa de ferramenta de propaganda política”

há 12 meses
O baterista da banda de rock System Of A Down, John Dolmayan, considera o movimento Black Lives Matter ilegítimo e que não passa de uma “ferramenta de propaganda” política do Partido Democrata.

Consciência Corporal: o que é, e como influencia o nosso dia a dia

há 1 ano
Consciência corporal é um termo autoexplicativo que significa tomar consciência do corpo e mente, reconhecer e identificar os processos e movimentos corporais, internos e externos.

This Is Not a White Cube anuncia participação na 8ª edição da 1-54 Contemporary African Art Fair

há 9 meses
A feira de arte que vai decorrer em Londres na Somerset House de 8 a 10 de outubro de 2020, será prestigiada com a presença da galeria angola, a ser representada pelos artistas: Alida Rodrigues, Patrick Bongoy, Pedro Pires e Nelo Teixeira.

Reptile: “Considero-me um artista bem-sucedido e sei que muitos se revêm na minha história”

há 7 meses
No dia 27 deste mês, o rapper vai colocar mais um álbum no mercado. Intitulado I.C.O.N (Invejosos Continuam a Odiar o Nikka), a obra produzida pelo moçambicano Ell Puto e Alleny. Além de Preto Show, Rui Orlando e Tchoboli, reúne importantes artistas da nova geração.

Nelson Freitas recebe Disco de Ouro por causa da música “Dpos d’Quarenta”

há 8 meses
Lançado em Junho último, o single antigiu mais sete milhões de visualizações no YouTube e fará parte do próximo álbum do cantor cabo-verdiano, que está a ser preparado neste momento.

Jeff Brown lidera projecto solidário para artistas em todo mundo

há 8 meses
O músico angolano Jeff Brown é um dos “rostos” do projecto “Souljah Warriors”, que visa ajudar os músicos que perderam os meios de renda durante situações catastróficas, como a Pandemia do Coronavirus entre outras.

Carlos Morais concorre para o smach da década

há 1 ano
O afundanço de Carlos Morais, no concurso, é referente ao jogo frente a Moçambique, no Afrobasket de 2013.

Daddy Yankee passará a criar conteúdos para meios de comunicação social francês

há 9 meses
O artista foi convidado para criar projectos de música, cinema e televisão pelo conglomerado francês de media Vivendi.

Conheça Márcia Itchêlika, a nova promessa do Guetho Zouk

há 11 meses
Começou no Kuduro e hoje constrói uma carreira sólida no Guehto Zouk. Já lançou quatro músicas e está neste momento a gravar um videoclipe, enquanto projecta o primeiro EP. ‘Dona de uma voz forte’, Márcia Itchêlika vem de uma família de sembistas, mas assume-se como a esperança feminina do Zouk em Angola e elegeu o mercado internacional para começar suas conquistas.

Dr. Dre rendido ao talento de Keedron Bryant

há 12 meses
É oficial, Keedron Bryant agora está sob “alçada” de Dr. Dre. O cantor que ficou conhecido por gravar um vídeo em homenagem a George Floyd, vídeo este que se tornou viral, despertando de milhões de pessoas, incluindo Dre.

Geração 80 assinala décimo aniversário com a criação de um mural na baixa de Luanda

há 9 meses
Trata-se de um presente que a GERAÇÃO de 80 oferece a Luanda, como forma de agradecimento a cidade por ter dado o privilégio de ser o local de partida dos sonhos dos produtores.

Moniz Silva é o novo presidente da FAB

há 7 meses
Com 17 votos, o antigo vice-presidente do 1º de Agosto Moniz Silva venceu as eleições na Federação Angolana de Basquetebol, tornando-se no seu novo presidente.

Quincy Jones afirma que os Beatles “foram os piores do mundo”

há 9 meses
Numa entrevista que se tornou viral, e pode provocar alguma polémica, Quincy Jones, lendário produtor de Michael Jackson, afirmou que os Beatles não valiam nada.

Zap Viva exibe documentário de Kuduro `Fogo no Musseque´

há 7 meses
Realizado por Jorge António, a pesquisa apresenta depoimentos assim como demostrações deste estilo que se confunde como estilo musical e, ao mesmo tempo, de dança.