Lançado há pouco menos de um ano, “O Sucesso a um Passo” já conquistou leitores internacionais

Já foi vendido um total de 1.275 exemplares entre Angola, Portugal e Brasil do livro cuja autoria pertence a Januário Guimarães. A publicação de auto ajuda profissional  estimula o desenvolvimento de atitudes, habilidades e comportamentos necessários no âmbito profissional.

A publicação “O Sucesso a um Passo”, lançada em Junho de 2019, permitiu ao autor ministrar uma serie de que permitiu ao autor uma série de palestras. Trata-se de uma compilação de vários temas sobre o desenvolvimento psíco-emocional e o estímulo para a satisfação do indivíduo e também reúne diferentes temas com objectivo de ajudar o leitor a encontrar o caminho para o almejado sucesso, dentro e fora da sua empresa.

Lançado há pouco menos de um ano, “O Sucesso a um Passo” já conquistou leitores internacionais

Ainda disponível em Angola, em Portugal e Brasil, os livros podem ser encontrados nas livrarias FNAC, sendo que, posteriormente, irá ser disponibilizada para outros mercados da CPLP. A obra tem um alcance muito grande e traz imagens e diagrama bastante interessantes para estimular os leitores.

Para o escritor, “o indivíduo não precisa muito para alcançar o sucesso, basta uma mudança de atitudes e comportamento com foco nos objectivos”, lembrou. Com base nesta máxima, desde Outubro de 2019, Januário Guimarães prepara segunda obra literária intitulada “Vender é um desafio Diário”, prevista para estar nas bancas em 2021, com a chancela da editora Chiado que vai editar e publicar, segundo a nota envia à Carga Magazine.

Sobre o Autor

Januário de Almeida Guimarães, nasceu em Luanda, tem um MBA em Auditoria e Controladoria, Pós-graduado em Gestão e Liderança, Master Executive Tourism, Especialista em Gestão da Qualidade de Atendimento e Graduado em Turismo.

as cargas mais recentes

Lenda do Jazz sul africana será enterrada com honras de chefe de Estado

há 3 meses
Jonas Gwangwa foi um trombonista e compositor sul africano, cuja música impulsionou a luta contra o apartheid. A lenda do jazz morreu este sábado aos 83 anos por implicações cardíacas.

Rihanna é acusada de “roubar” ideias da filha de Lauryn Hill

há 6 meses
A jovem estilista Selah Marley, de 21 anos, acusa a autora de “Umbrella” de copiar as suas ideias para o desfile de Savage x Fenty apresentado no passado dia 2 pela cantora, e composto de roupas íntimas masculinas.

Mais de 300 actores endereçam carta aberta a Hollywood

há 10 meses
Mais de 300 actores e realizadores, incluindo Idris Elba, Queen Latifah e Billy Porter escreveram uma carta para Hollywood a pedir que a empresa cinematográfica aposte mais em conteúdos anti-racistas e apelam para o fim do “legado da supremacia branca” na indústria.

Começou uma nova era dos Autocines

há 12 meses
A actividade que foi sucesso na década de 70, foi resgatada para dar resposta ao distanciamento a que o Covid-19 impôs e só na Alemanha, cerca de 43 licenças já foram aprovadas para abrir auto-cinemas.

Busta Rhymes revela que deixou de ser feliz ao aperceber-se do que enfrentaria por ser negro

há 4 meses
Recemente, publicou Extinction Level Event 2: The Wrath Of God, que foi um dos motivos de conversa com o jornal Guardian, onde fez várias revelações.

#Personagensnegrxsimportamportugal: O desabafo de Hoji Fortuna

há 11 meses
Numa mensagem no Facebook, o actor mostrou-se agastado com a situação, apontando exemplo de eventos onde a descriminação racial imperou, particularmente a nível da televisão, como foram os casos de algumas premiações.

Vencedora do Festival da Canção de Luanda apresenta primeiros projectos

há 7 meses
Além do principal prémio, Heróide dos Prazeres foi considerada a melhor voz do ano do Festival da Canção de Luanda, mas não é só o timbre vocálico que chama atenção, ela também escreve, e foi com a sua própria composição que ultrapassou vozes de referência da música angolana.

Alkinoos lança “Thursday: Weya”, um hino de agradecimento à sua terra natal

há 1 mês
Nesta homenagem, o rapper nato do Lubango, desafia-se numa vibe de música tradicional, trazida pela secção rítmica, acompanhada de rimas características do Rap e melodias mais TrapSoul.

10 anos depois Diff regressa ao game para revolucionar o Rap

há 7 meses
É dos rappers mais modernos da actualidade e só não deu cartas porque esteve dez anos fora do mainstream, mas, está de volta e desta vez com um EP de 4 faixas musicais, incluindo os respectivos vídeoclips. Além da obra, o músico preparou uma “bomba” com Anselmo Ralph e fala à Carga sobre o seu regresso.

Covid-19 força adiamento do primeiro grande festival de Kizomba

há 1 ano
O primeiro grande festival de Kizomba passaria também por outras províncias e alguns países da Europa. Mas, caso se registe algum caso em Angola, o evento já não se vai realizar. Acompanhe o que pensam os músicos em cartaz.

Cage One anuncia novo álbum

há 6 meses
Em breve entrevista à Carga, o músico anunciou, para este mês, um novo sigle que antecederá e fará parte do seu sexto álbum de estúdio a ser lançado no próximo ano.

Kanye West entrega documentos de candidatura à Comissão Federal de Eleições

há 9 meses
Após rumores sobre a desistência às eleições presidenciais de 2020, Kanye West entregou ontem um conjunto de documentos à Comissão Federal de Eleições dos EUA para formalizar a sua candidatura. O comité político do rapper chama-se “Kanye 2020” e o projecto político “Birthday Party”.

Arlindo Bizerra e Horácio Katchanja levam “Diálogos entre Gerações” à Galeria Tamar Golan

há 3 meses

A partir de produções amadoras, Cossom constrói carreira profissional nas redes sociais

há 10 meses
Cossom “The Greather”, de 19 anos de idade, é o mais novo cantor de Rap e R&B e já começou a prender o público nas redes sociais. Suas letras retratam sobre os amores, as paixões e o sentimento de abandono vividos entre os jovens.

Preto Show: “Anselmo Ralph é o maior artista angolano de todos os tempos”

há 4 meses
Preto Show atribui nota negativa ao ano 2020 e diz não fazer sentido, neste momento, proibirem -se espectáculos, uma vez que escolas, igrejas e mercados andam abertos. O músico pede a intervenção do Presidente da República na questão dos shows, porque, lamenta, há colegas seus a passearem fome.

Tunjila Twajokota: “Ninguém mais quer saber de nós”

há 9 meses
Os músicos contaram ao Jornal de Angola que as coisas começaram de mal a pior a partir de 2014, após o lançamento do quarto e último disco “Kudiva”, fundamentado que o sucesso e a fama do conjunto não foi proporcional aos valores monetários, porque as produtoras não honraram com os compromissos, não lhes davam valores completos.