Licenciado Em Conteúdos: um rapper contestatário que não pára de atrair público

Licenciado Em Conteúdos atrai popularidade desde 2011, por causa da forma subtil com que encadeava, num único verso, vários acontecimentos, e hoje está a se transformar na principal referência do Rap Under do Bairro Huambo, Rocha Padaria, em Luanda.

E não só no Bairro Huambo, mas em todo o mainstream. Influenciado por Kid MC, Valete e Azagaya , o músico é a voz contestatária  que, de forma poética, filosófica e artística, vai traduzindo as preocupações dos seus. Mesmo sem apoios, já lançou três mixtapes e, no próximo mês, vai apresentar uma colectânea.

Fab O Priimoh, como também é conhecido, é um artista completo. Tem muitos trabalhos espalhados na diáspora e partilhou vários palcos.

Tem muitos seguidores no Facebook. Está quase a atingir o limite de amizade. Como consegue tirar proveito disso para a sua carreira?

Tenho 5 mil amigos e uma página com quase esse número e aproveito da amizade deles para fazê-los chegar os meus trabalhos por meio de links e publicações constantes. Eles partilham, comentam, apoiam e incentivam.

Dos temas que possui quais os mais ouvidos?

O “Best Rapper” e “Só Ano” são bastantes ouvidos. O “Fonte Da Vida” e “Nostalgia”., também. Contei com participações de Sidjay Taylor Swend e Agos Nocivo.

Em que projectos está a trabalhar neste momento?

Penso em lançar uma coletânea ainda este mês ou Dezembro, e conto com colaborações de Agos Nocivo JBC e Trezentos e Sessenta. Todas as músicas saem por via digital. Penso também algum dia fazer vendas físicas. Alias, já tenho um álbum escrito, mas que, por falta de uma equipa de trabalho, anda pendente.

Licenciado Em Conteúdos: um rapper contestatário que não pára de atrair público

No total, quantas músicas tem lançadas?

Tenho três mixtapes: “Lavagem Crebral (2015/2016); Focados (2017) e “Licenciado Em Conteúdos” lançada em Agosto deste ano. Das três, duas cantei a solo e uma com o meu grupo Four Linea, onde comecei.  Tenho músicas disponíveis no Kisom e em todas as plataformas digitais. Tenho também dois vídeos no YouTube.

2011 até agora são quase 9 anos de estrada. Conseguiu alcançar a meta que preconizou?

Se recuarmos de onde venho para onde estou agora, penso que atingi um nível considerável. Ainda não tenho a projecção que mereço, muito por não ter apoio, mas me sinto, de alguma forma, ouvido, apesar de faltar mais.

Para que mercados direccionou a carreira?

Para o mercado nacional e, de alguma forma, internacional. Mas de uma forma resumida ao mercado da música Rap consciente onde os ouvintes são menores em relação ao mainstream.

Por que decidiu começar a cantar?

Comecei a fazer música antes sendo um bom ouvinte. Em 2011 posicionei-me firmemente como artista de Rap influenciado por artistas como Kid MC, Valete e Azagaya.

Até onde valeu a pena ter decidido seguir a carreira artística?

Valeu e muito. Trago muitas experiências. Já cantei em muitas actividades e pisei vários palcos. Partilhei palcos com nomes importantes como Kool Klaver, X da Questão, Dr. Smith e tantos outros.

as cargas mais recentes

`Encontros à Quarta´ referentes aos meses de Maio e Junho foram adiados até data a anunciar

há 1 ano
De referir que o “Encontros à Quarta” se propunha a oferecer mensalmente concertos inovadores do ponto de vista da execução e interpretação propiciando a descoberta de novas sonoridades.

Oito vítimas de alegados crimes sexuais se manifestam contra a soltura de Bill Cosby

há 12 meses
Bill Cosby recebeu mais de 50 acusações de estupro, agressão sexual e má conduta sexual em 2015 e cumpria a pena de 10 anos, desde 2018. Eis que no passado dia 30 de Junho, o actor teve a condenação anulada e recebeu soltura da prisão estadual da Pensilvânia.

Mestre Kapela “volta a dar” um passeio ao mundo com exposição itinerante

há 2 meses
Volvidos um ano e cinco meses depois do seu passamento físico, Paulo Kapela volta a dar um passeio ao mundo com com sete obras, numa exposição colectiva itinerante, que passam por nove cidades brasileiras, Santiago (Chile) e Paris (França).

Pink 2 Toques e Bruno Samora juntos contra o Covid-19

há 2 anos
O criador do conceito FitKuduro, Bruno Samora juntou-se ao grupo de kuduro Pink 2 Toques, para enviar a sua mensagem de prevenção sobre o Corona Vírus.

Fundação Arte e Cultura apresenta concerto online com o músico Totó

há 2 anos
Sob o lema, Fique em casa e proteja a sua vida, o concerto enquadra-se no âmbito do projecto Fundação Arte e Cultura Online, que visa incentivar as famílias a permanecer em casa, como forma de prevenção contra a Covid-19. Nesta senda, o concerto com o músico Totó será apresentado nesta sexta-feira, dia 24, pelas 19 horas.

Imponente, MAMY reafirma hegemonia no remix oficial de “Spitter”

há 2 anos
MAMY disponibilizou ontem, sem aviso prévio, o remix oficial do single, mostrou a verdade face e disparou barras pesadas sem piedade.

Num dia como hoje, há doze ano, Michael Jackson partia para eternidade

há 12 meses
Passados 12 anos após a sua morte, o sucesso de Michael Jackson é ainda um mistério, além de mais vendido, é o artista mais influente de todos os tempos. A vida do astro da cultura Pop resumia-se em apelo à fraternidade universal.

Já é possível comprar o mais recente álbum de Bob da Rage Sense em Angola

há 2 anos
O álbum `As Aventuras de Robbie Wan Kenobie´ está disponível a partir de hoje na plataforma Soba Store, podendo ser comprado em Kwanzas e ao valor normal de mercado de uma obra discográfica. A notícia foi avançada pelo próprio Rapper nas redes sociais.

Aline Frazão fala da primeira experiência em compor para o cinema: “É muito bom poder alternar projectos”

há 2 anos
‘Ar Condicionado’ é a primeira longa-metragem de Fradique Bastos e da Produtora Geração 80 e marcará para sempre Aline Frazão. Pela primeira vez, a cantora compôs a trilha sonora de um filme e escreveu um tema para Paulo Flores.

Shaquille O’Neal censura James Harden: “Ele não fez nada pelo Houston Rockets”

há 1 ano
Harden exigiu que o Houston Rockets o negociasse no início de novembro. Algumas equipes, como o Miami Heat e o Philadelphia 76ers, teriam se interessado nele, mas nada se materializou.

Elias Dya Kimwezo celebra 85 anos: “Estou feliz por isso”

há 1 ano
Há muito que a data de aniversário de Elias Dya Kimwezo mereceu atenção especial, tal como aconteceu na manhã de hoje na sua residência. Uma comitiva do Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente, encabeçada seu pelo titular, apagou com o artista as 85 velas.

The Cranberries afirmam que cover de ‘Zombie’ feito por Miley Cyrus “é um dos melhores de sempre”

há 2 anos
Recentemente a artista chamou atenção do público ao fazer uma apresentação cheia de energia e vocais poderosos, da música “Zombie” da autoria do The Cranberries, não tendo passado despercebida até para a própria banda, que chegou a usar a conta oficial do Twitter para elogiar a artista.

Morreu Sean Connery, actor do “Agente 007” e “O Nome da Rosa”

há 2 anos
Sean Connery é considerado o actor que melhor interpretou o Agente 007 da saga James Bond. O escocês protagonizou o filme por seis vezes. Morreu esta noite aos 90 anos, em Nassau, Bahamas.

Conheça os 10 jovens músicos mais ricos do Reino Unido

há 1 ano
Na habitual publicação anual dos músicos mais ricos do Reino Unido, o lendário dos Beatle, Paul McCartney, está no topo, com uma fortuna total de 820 milhões de Euros ( mais de 600 bilhões de Kwanzas), sendo que Ed Sheeran lidera a lista dos jovens artistas mais ricos.

Bié projecta academia de música para Junho de 2021

há 1 ano
Salas de música, teatro, poesia e pintura, zonas de lazer e desporto, além de auditórios com a capacidade para 250 e 230 lugares, são os compartimentos da academia de música, que estará pronta em Junho, no Bié.

Filipe Mukenga: “Sempre tive consciência de que merecia o Prémio Nacional de Cultura e Artes”

há 7 meses
Filipe Mukenga venceu, esta sexta-feira, o Prémio Nacional da Cultura, na categoria de música. Ao reagir à atribuição o músico disse que o galardão tem um sabor especial para si, e considerou ser sempre melhor que as pessoas sejam reconhecidas quando estão em vida.