Licenciado Em Conteúdos: um rapper contestatário que não pára de atrair público

Licenciado Em Conteúdos atrai popularidade desde 2011, por causa da forma subtil com que encadeava, num único verso, vários acontecimentos, e hoje está a se transformar na principal referência do Rap Under do Bairro Huambo, Rocha Padaria, em Luanda.

E não só no Bairro Huambo, mas em todo o mainstream. Influenciado por Kid MC, Valete e Azagaya , o músico é a voz contestatária  que, de forma poética, filosófica e artística, vai traduzindo as preocupações dos seus. Mesmo sem apoios, já lançou três mixtapes e, no próximo mês, vai apresentar uma colectânea.

Fab O Priimoh, como também é conhecido, é um artista completo. Tem muitos trabalhos espalhados na diáspora e partilhou vários palcos.

Tem muitos seguidores no Facebook. Está quase a atingir o limite de amizade. Como consegue tirar proveito disso para a sua carreira?

Tenho 5 mil amigos e uma página com quase esse número e aproveito da amizade deles para fazê-los chegar os meus trabalhos por meio de links e publicações constantes. Eles partilham, comentam, apoiam e incentivam.

Dos temas que possui quais os mais ouvidos?

O “Best Rapper” e “Só Ano” são bastantes ouvidos. O “Fonte Da Vida” e “Nostalgia”., também. Contei com participações de Sidjay Taylor Swend e Agos Nocivo.

Em que projectos está a trabalhar neste momento?

Penso em lançar uma coletânea ainda este mês ou Dezembro, e conto com colaborações de Agos Nocivo JBC e Trezentos e Sessenta. Todas as músicas saem por via digital. Penso também algum dia fazer vendas físicas. Alias, já tenho um álbum escrito, mas que, por falta de uma equipa de trabalho, anda pendente.

Licenciado Em Conteúdos: um rapper contestatário que não pára de atrair público

No total, quantas músicas tem lançadas?

Tenho três mixtapes: “Lavagem Crebral (2015/2016); Focados (2017) e “Licenciado Em Conteúdos” lançada em Agosto deste ano. Das três, duas cantei a solo e uma com o meu grupo Four Linea, onde comecei.  Tenho músicas disponíveis no Kisom e em todas as plataformas digitais. Tenho também dois vídeos no YouTube.

2011 até agora são quase 9 anos de estrada. Conseguiu alcançar a meta que preconizou?

Se recuarmos de onde venho para onde estou agora, penso que atingi um nível considerável. Ainda não tenho a projecção que mereço, muito por não ter apoio, mas me sinto, de alguma forma, ouvido, apesar de faltar mais.

Para que mercados direccionou a carreira?

Para o mercado nacional e, de alguma forma, internacional. Mas de uma forma resumida ao mercado da música Rap consciente onde os ouvintes são menores em relação ao mainstream.

Por que decidiu começar a cantar?

Comecei a fazer música antes sendo um bom ouvinte. Em 2011 posicionei-me firmemente como artista de Rap influenciado por artistas como Kid MC, Valete e Azagaya.

Até onde valeu a pena ter decidido seguir a carreira artística?

Valeu e muito. Trago muitas experiências. Já cantei em muitas actividades e pisei vários palcos. Partilhei palcos com nomes importantes como Kool Klaver, X da Questão, Dr. Smith e tantos outros.

as cargas mais recentes

Filho de Trump difunde fotografia manipulada de Ice Cube e 50 Cent

há 1 ano
Uma foto dos músicos Ice Cube e 50 Cent, com chapéus em que aparecem a apoiar Donald Trump, circulou terça-feira nas redes sociais, alimentada, em parte, pela sua redistribuição no Twitter pelo filho do candidato republicano.

Polícia volta a confrontar um cidadão e Denzel Washington intervém

há 2 anos
Apesar dos protestos, a polícia voltou a interpelar mais um cidadão afro-descendente nos Estados Unidos. Desta vez, Denzel Washington foi obrigado a intervir depois de ver o confronto entre o agente e o cidadão.

Banda Maravilha completa 28 anos

há 6 meses
A Banda Maravilha completou hoje, dia 14 de Julho de 2021, 28 anos de existência, tornando-se na terceira banda mais antiga do país no activo, superada, neste quesito, apenas pelos Kiezos e Jovens do Prenda.

Cardi B vai a julgamento por colocar tatuagem de um homem na capa do seu álbum

há 1 ano
Cardi B usou no projecto Gangsta Bitch Music Vol. 1, lançado em 2016, como capa a imagem de Kevin Brophy Jr., o homem alega que a rapper retratou sua semelhança de “ forma enganosa, ofensiva, humilhante e sexual”.

N’sexy Love volta a reunir antigos integrantes para o grande regresso aos palcos

há 1 ano
Depois de mais de dez anos separados, N’sexy Love anunciou o regresso regular aos palcos, mas já sem Bigú Ferreira. A despedida do ex-vocalista, este domingo durante o Live no Kubico, deixou Walter Ananás em lágrimas, a ponto de interromper o espectáculo.

Anna Joyce: A mais premiada do Globos de Ouro da Zap

há 1 ano
A cantora foi o destaque da primeira edição do Globos de Ouro da Zap ao levar para casa três prémios em três categorias, numa gala em que concorriam expoentes máximos da música angolana.

Vencedora do Festival da Canção de Luanda apresenta primeiros projectos

há 1 ano
Além do principal prémio, Heróide dos Prazeres foi considerada a melhor voz do ano do Festival da Canção de Luanda, mas não é só o timbre vocálico que chama atenção, ela também escreve, e foi com a sua própria composição que ultrapassou vozes de referência da música angolana.

Fãs revoltados com Madonna por causa de uma fotografia

há 2 anos
Após o lançamento de “Madame X” (2019), a “Rainha do Pop” teve várias aparições. Há alguns meses, Madonna esteve em silêncio devido à pandemia do Covid-19. Esta segunda-feira, a autora de “Papa Don’t Preach” voltou a aparecer e causou revolta a alguns internauras, tudo por causa de uma fotografia em topless.

Fela Kuti, pioneiro do Afrobeat, nomeado ao Rock and Roll Hall of Fame

há 11 meses

Diff, Masta e Young Double juntam-se pela primeira numa música

há 5 meses
Com particularidades distintas e com presença regular no rap game, o mentor da Força Suprema, Masta, e Young Double foram desafiados por Diff para uma colaboração musical.

Mambos da Banda: Plazza enaltece Angola em nova EP

há 5 meses
Com músicas e letras do próprio, a produção é de Mad Superstar, que participa em cinco featurings neste EP que também conta com o toque qualitativo de Filipe Mukenga, no sexto tema. A EP transmite uma parte importante das vivências do autor e memórias de Angola, que lhe serviram de base e inspiração para a criação das 6 músicas que compõem este EP, daí o nome “Mambos Da Banda”.

Olivia Rodrigo, BTS e Justin Bieber se destacam no MTV Video Music Awards, mas Lil Nas X leva o prémio principal

há 4 meses
Com apenas uma música, “Montero (Call Me By Your Name)”, Lil Nas X arrebatou o prestigioso prémio de melhor vídeo do ano, as categorias de melhor direcção, melhor direcção de arte e ainda, melhores efeitos visuais.

Etona apresenta obra ao ar livre

há 2 anos
O artista plástico António Tomás “Etona” vai inaugurar, no dia 31 de Julho, uma exposição com a peça única intitulada “Cegueira da Justiça”, em homenagem a mulher africana.

Nelly quebra o “silêncio” de oito anos com novo álbum

há 5 meses
O rapper de St. Louis prometeu, via Instagram um novo álbum para esta sexta-feira, dia 27 de Agosto. O novo álbum chamar-se-à ‘Heartland’ e marca o retorno de Nelly, após 8 anos sem lançar projectos, noticiou o Z. Thugsta.

Partiu para a eternidade mais um Doutor da música angolana

há 1 semana
Faleceu ontem, em Luanda, o músico, compositor e guitarrista, José Joaquim Júnior, de nome artístico “Zeca Tirilene”, ao 68 anos de idade. Aclamado pelo “ritmo do andamento, dedilhar ou raspar da guitarra,” Tirilene passou pelos principais a conjuntos da nossa música e foi “elevado” a Doutor da musica nacional no Show do Mês.

Espaço online de debates discute sobre “A Criança e o ensino das Artes plásticas”

há 1 ano
O espaço online de debate FALE CONNOSCO traz à discussão nesta sexta-feira, 25 de Setembro de 2020, das 14h às 15h30, o tema “A Criança e o ensino das Artes Plásticas”, e contará com convidados de painel o professor de Artes Plásticas e artista plástico Gilberto Kapitango e a professora de Reciclagem e Decoração, Conceição Manuel, podendo ser transmitida ao vivo na página oficial de facebook da Fundação, numa iniciativa conjunta entre a Fundação Arte e Cultura, Instituto Nacional da Criança, INAC e do Unicef Angola.