Luso: “Os rappers acabam por depender das acções do político para poder fazer música”

Luso está no Hip Hop desde os seus 15 anos. Tem um álbum e um EP lançados e está a concluir o segundo álbum. Além disso, o músico desenvolve o projecto “Ilusionista”. Esta semana disponibilizou um novo vídeo clípe e agendou vários outros lançamentos.Nostálgico, o rapper lembra à Carga sobre o início da carreira e fala sobre como está a lidar com o desmembramento da Cave Play, e deixa algumas impressões sobre o Hip Hip angolano.

Como é que decide levar a carreira profissional?

Decido cantar profissionalmente após a morte do meu irmão, o Vitó, ele foi uma das pessoas que mais me influenciou a cantar quando eu tinha apenas 14 ou 15 anos. De regresso a Angola, em 2010, parei de cantar porque não  tinha um emprego fixo e os custos de gravação eram muito elevados.

E retoma as actividades com o álbum Lusolândia em 2019.

Na verdade, retomo a actividade em 2018 com a mix tape 255 Quadro 82, uma homenagem ao meu irmão. O álbum Lusolândia surge como o segundo projecto e primeiro álbum em formato digital em 2019. Ambos saíram com o selo da Cave Play. No álbum “Lusolândia”, o tema esteve centrado na corrupção e as principais faixas assim o demonstram, enquanto na mix tape “255 Quadro 82”, os temas foram mais virados ao passamento físico de pessoas que em vida nos foram próximas.

Após o primeiro álbum surgiram vários outros projectos, como é que se procedeu isso?

Com o lançar das obras que fui disponibilizando fui conquistando algum espaço no mundo do Rap nacional, o KID deu-me abertura para alguns canais televisivos e radiofónicos. Felizmente, tenho uma capacidade de criação muito fértil e tento trazer um projecto diferente ano após ano.

Em que consiste o projecto Ilusionista?

Ao Projecto Ilusionista não chamo de álbum, porque não tem as características de um álbum nem de mixtape, porque as faixas não estão mixadas entre si, dei-lhe o nome de projecto porque tem o princípio de serem lançadas faixas mensal ou quinzenalmente até se totalizarem 10 músicas. Neste momento, conta já com 8 faixas, maior parte delas centradas em demonstração de skills, métricas e habilidades únicas de encaixe no beat.

Há três dias lançou um novo vídeo clípe. Como agendou outros lançamentos?

Os próximos vídeos serão das faixas “Vitó Style” e “Refrões da Minha Vida”. Com certeza um sai este mês e outro sai no final de Agosto, todos com o selo da minha produtora Colírios Studios, tal como foi o anterior. Comecei já também a preparar o meu próximo álbum intitulado “Laços de Família”. 80% das faixas já estão escritas e desenhadas, todas inéditas.

Que temas vai explorar no novo álbum?

Temas relacionados com o desenvolvimento social e pessoal. O meu maior ídolo no Rap chama-se Chullage e quando comecei a cantar vi-o várias vezes ser activista nas músicas e no seu dia-a-dia, hoje tento ser um espelho do professor que ele foi para mim mesmo sem ter me dado aulas directamente.

A actual situação político-económica deixa pouca margem de manobra para os rappers  underground. Por que acha que isso tem acontecido?

Tal como frisado no ponto anterior, para mim o activismo social não deve passar só pelo relatar de factos ou erros de certos políticos, existe uma gama de temas que podem ser debatidos e trazidos à música, infelizmente a nossa parte defensora de direitos através da música foca-se mais nos erros do governo e pouco na edução mental de quem nos ouve, talvez este seja o nosso calcanhar de Aquiles.

Qual é sua opinião sobre o estado actual do Rap Underground no país ?

Sou amante de rap under, mas infelizmente os temas andam muito centrados no político e não na política e assim acabam por depender das acções do político para poder fazer música, claro que não devemos generalizar porque existe muitos bons rappers nesta vertente que não se centram apenas em relatar os factos e acontecimentos que os políticos lhes têm apresentado.

Agora que a Cave Play fechou, que produtora aceitaria assinar sem olhar atrás ? 

Sim infelizmente a Cave Play fechou a parte agenciamento de artistas e direcionou o foco na produção de vídeos. Aceitaria qualquer uma que me desse mais estabilidade do que a que consegui criar com fundos próprios, patrocínios são bem vindos e trabalhar em equipa sempre nos torna mais fortes.

Tem alguns prémios na galeria. Até que ponto isso lhe é importante?

Na verdade tenho prémios conseguidos bem lá no princípio da cena da música, mas isso em mim pouco influencia. Prémios sim são bem vindos e gratificam o nosso esforço, mas não são o foco principal, se o fossem há muito que teria mudado as minhas abordagens.

Quando é que se vai sentir no auge da carreira?

Quando um dos meus ouvintes me disser que a vida dele se tornou melhor depois de seguir os ensinamentos que lhe fui passando nas músicas.

Ao longo desses anos de carreira, o que de mais importante e marcante aconteceu ?

Ter conhecido o Kid Mc na primeira pessoa e saber que esse encontro foi possível depois de ele ter ouvido a minha música “Prenda Para Vocês”.

Que Luso os fãs pode esperar daqui para frente?

No meu próximo álbum encontrarão um Luso bem melhor que o Luso dos projectos anteriores, por enquanto fica em segredo mas aguardem por mim quando eu chegar com os meus “Laços de Família”.

as cargas mais recentes

Gabriel Tchiema apresenta novos projectos

há 10 meses
O músico está a preparar um novo álbum em que se esperam as participações de Rui Veloso, Salif Keita, Loko A Kanza e Edmazia Mayembe. Em conversa com a Carga, esta tarde, descreveu a obra e revelou que a mesma será antecedida de outro projecto inédito.

Scró Que Cuia encontra semelhanças do “Parte Cama” no novo videoclipe de Beyonce

há 12 meses
O cantor Scró Que Cuia disse, este sábado, ter encontrado semelhanças da coreografia da música “Parte Cama” (2017) no novo videoclipe “Already” da Beyonce, publicado na passada sexta-feira, 31 de Julho.

Joe Budden usa podcast para ajudar a desestigmatizar a saúde mental

há 3 meses
“Shaking the Tree” da semana passada, como o episódio 435 foi intitulado, apresentou os quatro directores do podcast, o apresentador Joe Budden e os companheiros Rory, Mal e Parks, num debate de algo que muitos homens adultos acham extremamente difícil: Uma conversa honesta sobre o relacionamento entre os quatro.

Covid-19: Trey Songz anuncia que está infectado e pede que fãs tenham mais cuidado

há 10 meses
Após anunciar que lhe foi diagnosticado o novo Coronavírus, Trey Songz pediu aos seguidores para que encararem a doença a sério e “não sejam como o presidente”, porque no início deste ano, seu avô morreu da pandemia.

Presidente da Nigéria sobre Burna Boy e WizKid: trouxeram glória para Nigéria

há 5 meses

Joker: Joaquin Phoenix em negociações para protagonizar mais dois filmes

há 11 meses
Fontes próximas das negociações, citadas pelo britânico “Mirror”, dão conta que o actor está a negociar dois possíveis novos filmes envolvendo a personagem -e a confirmar-se será mesmo o contrato mais bem pago da carreira do actor.

Anitta é desafiada a fazer live com músicas gospel

há 1 ano
Diferente de outros espectáculos, a artista brasileira não vai interpretar as suas próprias músicas e será desafiada a protagonizar uma performance com músicas gospel em voz e violão. O live visa arrecadar fundos para apoiar os desempregados e as famílias mais necessitadas.

Após vencer adversidades do Moda Luanda, organização prepara-se para concretizar os Globos de Ouro em Outubro

há 1 ano
Passados alguns dias após a realização da 23ª Edição do Moda Luanda, a Carga Magazine falou com a organização do evento, não só para fazer um balanço do evento, como também perceber quais os maiores desafios da indústria do entretenimento nestes tempos de resguardo.

Anna Joyce, Preto Show e NGA nomeados para o MTV Africa Music Awards

há 8 meses
Anna Joyce, Preto Show e NGA representam a música angolana no MTV Africa Music Awards, concurso de celebração da música popular africana.

Snoop Dogg e DMX confrontam-se em batalha de hits

há 1 ano
Snoop Dogg e DMX vão confrontar-se na próxima quarta-feira na batalha de hits do Live Verzuz. O encontro está a ser apelidado como “A batalha dos cães” e Snoop Dogg pede que Jay-Z esteja presente para testemunhar o acto e justifica.

Galáxia, o espectáculo de teatro musical que pretende despertar o angolano da lobotomia

há 5 meses
A celebrar o Dia Mundial do Teatro, o grupo Enigma Teatro leva ao palco da Liga Africana, o espectáculo “Teatro Musical Galáxia”, nos dias 25 e 26 deste mês, com o elenco multifacetado.

DH lança plataforma que vai permitir produtores levarem beats a músicos consagrados

há 11 meses
Denominado Drum Stars, o instrumento poderá fazer com que qualquer produtor entre em contacto com músicos consagrados e aproveitar vender e monitorizar seus beats, bem como promover a sua imagem.

Yola Semedo anuncia novo EP

há 1 ano
A obra contará com cinco a seis músicas inéditas. Sem revelar a data de lançamento e nem o título, garante que sai ainda este ano.

Músico Neil Young processa Trump

há 12 meses
O músico Neil Young vai mover um processo em tribunal contra Donald Trump, pelo uso indevido da sua música nos comícios do actual presidente dos EUA.

Licenciado Em Conteúdos lembra batalha histórica de Waterloo em novo álbum

há 8 meses
O álbum é uma colectânea de 10 músicas e foi produzido pela Congo Records. Estará disponível no próximo dia 18 de Dezembro, e traz vozes de Agos Nocivo e Anjo Vares, e é uma exaltação do”rap consciente”

Keita Mayanda: “Ao contrário do que algumas pessoas pensam, o Rap está de saúde”

há 8 meses
O músico tem um novo álbum. Intitula-se “Sete Momentos De Lucidez” e vai sair já no próximo mês. Uma obra em que apresenta suas experiências e reflexões sobre a sociedade e a existência humana.