Luy M: “EP ‘2.3.6’ chega às plataformas digitais no próximo dia 26 de Dezembro”

A EP “2.3.6” é um retrato de fortes momentos e emoções que o rapper vivenciou na “street” ao lado dos seus contemporâneos dos Xcomba, como popularmente é chamada a Avenida Comandante Valódia, Ex-Combatentes. A simbologia 236, faz alusão ao número do prédio onde viveu enquanto morador do Xcomba, é uma homenagem ao lugar que o viu crescer, e como retrata na música achou oportuno dar este nome, foi lá onde tudo começou.

Luy M retorna assim ao movimento Hip Hop, após sete anos de interregno. Uma ausência que foi regida por tomada de decisões importantes para a vida pessoal e, por conseguinte vieram acompanhadas de “algumas responsabilidades junto de assuntos profissionais e acadêmicos”.

Esta fase lhe serviu de “encubadora” criativa para melhor projectar os próximos passos deste retorno, revela trazer novas sonoridades, “mas super conservador”, com uma abordagem um pouco complexa literalmente metafórica.

Bottles, o primeiro single promocional da EP “2.3.6” cuja playlist é partilhada em primeira mão pela Carga Magazine, foi lançado há seis meses e (re)apresenta o MC de raiz que vai doravante trabalhar de forma independente, aspirando que os novos tempos lhe tragam novas conquistas.

Luy M: “EP ‘2.3.6’ chega às plataformas digitais no próximo dia 26 de Dezembro”
1. Sem medo c/ Guto,Yung D,Chief-k Coro: Loro Mance Prod: MG  
2. Toda noite c/Chief-k Coro: Lendário smock Prod:Black Magic   
3. Lambido c/Dread Killa  Prod:MG  
4. Conexão  c/ Lpjam Prod:Mg   
5. Botlles  Prod:MG   
6. Street Hustla Gang c/ Lenny P  Prod:MG   
7. Voz do Povo c/ Rodex Coro: Jay Madd Prod: Das Ideias   
8. Paz & Amor Prod:F.AGGMAN   
9. Real Nigga Prod: Dealer Skillz

Afinal quem é Luy M?

Luy M ou Luy Porfírio, para os mais próximos, conta que começou a sua trajectória no Rap como qualquer pioneiro do Hip Hop… esteve no meios de grandes nomes do Hip Hop da nacional após regressar do Brasil, ainda como consumidor de “Rap carioca na Lapa Rio de Janeiro, colectânea Zoeira Hip Hop de 1999”.

Em 2001, de regresso à banda sagrada “Xcomba”, estudante do Colégio Patrícia Rossana, no auge dos seus 15 anos de idade, criou uma dupla com o Nigga Kuky aka Nedji Flow, participou em várias rodas de freestyle nas escola 147, IMIL Makarenco, deixando também “barras” nas rodas do Nzinga Mbamdi e Xkomba. “Momentos duros e de muita aprendizagem, conhece o Pacífico que na época lutava para trabalhar  na música aí tudo começou. Tirei alguns  projectos e várias músicas soltas que deram início a minha carreira”, uma caminha que dá provas que não se trata propriamente um nome desconhecido.

Por outro lado, num passado mais recente, Luy M concretizou outros trabalhos de destaque, dos quais constam duas Mixtapes nomeadamente: “O Clássico” e outra colaborativa com Rep Boy. Esteve associado a produtora de Dji Tafinha e posteriormente participou na anual e aclamada mixtape NDDNHH, No dia D na hora H, do produtor DH.

as cargas mais recentes

Astronauta apresenta `Uma Noite de Lua Cheia´

há 1 ano
Depois do espetáculo `Sobre Luz e Trevas´, o poeta e slammer Frederico Costa regressa para protagonizar o seu segundo espetáculo solo, `Uma Noite de Lua Cheia´.

Malef lança projecto para levar basquetebolistas de ruas aos melhores clubes

há 2 anos
Batoteiro Draft é uma iniciativa que está a ser promovida pelo produtor e realizador Malef em parceria com a MarkSport. O projecto pretende tirar os melhores basquetebolistas de rua com seus dribles e levá-los a assinar com um clube profissional, quer em Angola quer no estrangeiro.

Show do Mês baptiza espectáculos de 2021 com Maya Cool

há 2 anos

Killuanji: “Os fazedores do Rap gospel em Angola andam distraídos e tornam o estilo frágil e fraco ao ponto de ninguém os ouvir”

há 2 anos
Lançou recentemente o EP Apocrypha e embora esteja na música há mais de uma década, Killuanji considera que agora sim, a sua carreira começou. O rapper que faz da crença o seu sacerdócio assume-se como o “novo rosto do Rap Gospel em Angola”, e garante que chegou para dar uma lufada de ar fresco ao estilo.

Kuduro é consumido até na NBA

há 10 meses
Mais do um que género musical e dança, o Kuduro é já um fenómeno nos países de expressão portuguesa, bem como em algumas partes do mundo. Essencialmente influenciado pelo folclórico, o Kuduro partilha raízes do Semba, Kizomba, Sungura Rap, Rumba, Soca das Caraíbas,  Techno, House Music e Afro House, aliás, foi pela via do House que chegou, na última semana, à NBA.

MAMY mostra a sua “Atitude Negra”

há 3 anos
A música “Atitude Negra” é uma celebração da mulher negra, da melanina, dos traços grossos e do cabelo crespo.

Depois da estreia no Trace Toca, Sarissari disponibiliza novo single em todas as plataformas digitais

há 10 meses
“Acreditem no processo, porque nós acreditamos!” – Este é o mote para um tema sobre superação e empoderamento próprio, que resulta das próprias descrenças passadas do artista. Produzido por Beatoven, Sari partilha a faixa com o icónico Yuri Da Cunha e desfila uma das melhores canções que lançou na sua carreira.

Itary: Do Rap ao Zouk, a voz da versatilidade

há 2 anos
Quem a vê cantar, pode pensar que Itary nasceu para o Guetho Zouk, mas não. A cantora de 25 anos é muito versátil e transporta o Rap no seu DNA. Aliás, foi no Hip Hop que começou a sua carreira e hoje, está a se transformar numa das vozes mais promissoras do Zouk angolano.

Ivete Sangalo e Cláudia Leite acusadas de apropriação cultural

há 2 anos
As acusações foram feitas por Maicon Rodrigues, o actor brasileiro publicou um longo texto afirmando que mulheres brancas tentam tomar o lugar de negros na indústria da música, “duas pessoas brancas levam o nome da música axé no Brasil e são chamadas de ‘rainhas’”. Na mesma ocasião, Anitta também levou por tabela, sendo apontada como intriguista.

Fundação Professora Rolanda Ferreira inaugura Mediateca de cariz social no Kilamba

há 1 ano
Tânia Simão, responsável pela Fundação Professora Rolanda Ferreira, explicou que o objectivo da fundação é “fazer onde não há, e onde a intervenção social o exigir. A Mediateca é uma forma de incentivar e de permitir que haja acesso aos livros”.

Dia da Consciência Negra: Globo celebra figuras históricas no programa ‘Falas Negras’

há 2 anos
“Falas Negras” tem no seu alinhamento textos históricos de célebres personagens de 1600 aos dias de hoje, pessoas que lutaram contra a escravidão, a segregação racial, o racismo e a intolerância.

Bruno Fernando é transferido para os Boston Celtic

há 1 ano
O poste angolano Bruno Fernando, que jogou pelos Atlanta Hawks nas duas últimas épocas, vai representar na próxima temporada na NBA os Boston Celtic, depois de uma troca envolvendo Tristan Thompson, Kris Dunn e Delon Wright.

Já está disponível o segundo single do álbum ‘Boyca 4 Life Vol. II’

há 2 anos
Intitulado ‘passado’, neste segundo single do próximo álbum, os Boyca fazem uma retrospectiva da sua carreira.

C4 Pedro é o único artista dos Palop no “Africa Day Benefit Concert at Home”

há 3 anos
O artista acaba de confirmar que está tudo a postos e em contagem decrescente para começar o grande show em alusão ao dia de África. Marcado pela diversidade e união, o concerto congrega grandes nomes da música africana, sendo C4 Pedro o único artista oriundo dos PALOP.

GTA: Conflitos entre Leslie Benzies e Rockstar Games colocam o futuro do jogo em risco

há 2 anos
Desde que Leslie Benzies foi demitido da Rockstar Games, travando uma enorme batalha contra a empresa e desta vez, tornou público um processo 150 milhões de dólares contra a Rockstar, por causa do GTA 5, noticiou a imprensa internacional.

Nelly quebra o “silêncio” de oito anos com novo álbum

há 1 ano
O rapper de St. Louis prometeu, via Instagram um novo álbum para esta sexta-feira, dia 27 de Agosto. O novo álbum chamar-se-à ‘Heartland’ e marca o retorno de Nelly, após 8 anos sem lançar projectos, noticiou o Z. Thugsta.