Mágico: Um pequeno nome por detrás de grandes sucessos nacionais

Mágico prova que idade não é sinónimo de carreira artística profissional. Apesar de jovem, este cantor, produtor e letrista vem mostrando que muito tem para dar à música angolana e está por detrás de sucessos de vários artistas da nossa praça.  

Quem se prender à sua idade cronológica, pode não acreditar que a carreira profissional do músico já leva uns 14 anos. Foi ele quem escreveu e produziu os temas” Vou Chorar”, de Kelly Silva, “Jarda Instrumentalização” (Mona Nicastro) e “Me Perdoa”, de  Suraya Cortez, por exemplo.

Entrou na música em 2007. Na altura cantava Kuduro. Mais tarde, começou produzir e escrever Rap, Tarraxinha e Kizomba para outros artistas e agora lançou um álbum, onde se destaca a faixa ‘Me Cuias’.

Intitulado Wonder Boy, a obra contém 10 faixas musicais e está disponível desde Fevereiro último nas plataformas digitais mas, não é tudo. No próximo mês, vai lançar mais um single (Mais Forte).

Movido pelos sentimentos alheios, Mágico procura, com acuidade, retratar, problemas sociais do seu tempo, acreditando que desta forma está a contribuir para a música nacional.

” Acredito que para a cultura angolana as minha músicas servem, de certa forma, como intervenção social. Elas, de acordo aos temas, podem fazer com que as pessoas valorizem mais o amor que existe entre elas ao redor do mundo”, defende.

Mas afinal, quem é Mágico?
É heterónimo de Joseph Moisés Esgueira Manuel- um cantor, produtor e letrista angolano de 25 anos do estilo Kizomba, Zouk e Tarraxinha.

Vem da produtora Fica Nessa. Começou a cantar por inspiração a Dji Tafinha e tem como principais referências Lil Saint, William Singer e Anselmo Ralph.

as cargas mais recentes

Conheça Jassira Pascoal, a mais nova aposta do Dj Raiva e Punidor

há 2 anos
A jovem de 20 anos despertou a atenção dos dois profissionais no Unitel Estrelas ao Palco (2019), onde acabou sendo eliminada, mas seu trimbre vocálico, letras e talento podem ajudá-la a tornar-se numa das novas referências da música angolana.

Diddy entra com um processo contra Sean John e exige USD 25 milhões por usar o seu nome

há 2 anos

Advogado se retrata após prestar informações erradas sobre o estado de saúde de DMX

há 1 ano
Ontem a noite, parecia que a comunidade Hip-Hop tinha recebido um vislumbre de esperança após a notícia assustadora de que DMX estava em estado vegetativo. No entanto, a informação que X já respirava sem a ajuda de aparelhos, era falsa.

Solidariedade artística em tempos de distanciamento

há 2 anos
Nunca o chavão “a dificuldade aguça a criatividade” fez tanto sentido como actualmente. O trabalho remoto tornou-se o novo normal, e reinventar, a palavra de ordem. No meio disto tudo, há famílias resguardadas em casa para se proteger e tentar travar o avanço da pandemia e outras que têm de escolher, entre escapar a doença ou passar por necessidades, para estas, a “entreajuda” se fez chegar na linha da frente com os “heróis” de microfone na mão.

WU-TANG CLAN leva “36 Chambers” ao Brasil em Abril

há 3 anos

Mi Casa: Single Mamela chega a Platina

há 10 meses

Vice-Presidente da República destaca o talento e incentiva autores da coreografia “Jerusalema”

há 2 anos
Durante a audiência, Bornito de Sousa foi informado sobre a boa fase e sobre os projectos e ambições do grupo angolano, cujo talento foi provado e teve reconhecimento mundial.

Guitarra de Kurt Cobain torna-se a mais cara da história

há 2 anos
A guitarra utilizada por Kurt Cobain na gravação do célebre álbum “Unplugged” dos Nirvana, em 1993, foi leiloada este sábado, nos EUA, por seis milhões de dólares, feito nunca antes atingido por uma guitarra.

Num dia como hoje morria Bob Marley, a Lenda do Reggae

há 1 ano

Damásio Brothers lançam “Chuva em Abril” 

há 9 meses
  Ainda estamos em Janeiro mas “Chuva em Abril”, o novo tema dos irmãos Cila e Graciano Damásio, já está disponível em todas as plataformas digitais e vem acompanhado de videoclolipe.  

MD e MK assumem agenciamento de Preto Show e vários dj´s

há 2 anos
As produtoras MD e MK Records firmaram uma aliança para agenciamento de artistas angolanos, com destaque para os Disco Jokeys (Dj´s) mais conhecidos da nossa praça.

Ngadiama Wakamba O Sonhi: Um veterano do Rap que a nova geração devia conhecer

há 1 ano
O pensamento crítico e social de Ngadiama Wakamba O Sonhi ajudou a formar as bases que sustentam hoje o rap de intervenção social em Angola, por isso muitos rappers preferem chamá-lo de “Mestre”. O rapper de 42 anos morreu ontem, em Luanda, por complicações de infecções respiratórias e anemia aguda.

Cee Lo Green é acusado de misoginia após criticar hipersexualização de Cardi B, Megan The Stallion e Nicki Minaj

há 2 anos
Para o também rapper, que falava em entrevista à Far Out Magazine, deveria haver um “tempo e um lugar” para o “conteúdo adulto” na música, lembrando que “muita música hoje é lamentável e decepcionante em nível pessoal e moral”.

Profissionais e Produtores de Eventos & Cultura já têm entidade reguladora

há 2 anos
Num exclusivo à Carga, o Porta-voz do projecto, Kizua Gourgel, esclareceu o que é necessário para fazer parte, como surge, e para onde vai a iniciativa em meio a crise pandémica.

Erick Shine liberta “O Mais Bruto do Game Vol.3 – O Deus da Guerra”

há 2 anos
Há muito que Erick Shine não “era tido e nem achado” nas lides do hip hop nacional, mas recentemente o rapper prometeu disponibilizar um trabalho para a manutenção daquilo que é o seu legado, e assim o fez.

Ex-campeão de boxe acusa 50 Cent de roubar-lhe mais de 1 milhão de dólares

há 1 ano