Novo EP de MAMY revela habilidades no Trap Music

Intitulado “Trap Queen” o EP que foi disponibilizado esta madrugada no Soundcloud, vem trazer uma MAMY mais versátil e actual, no que toca as novas sonoridades e composições, sem descurar da importância que sempre deu à escrita. 

Numa altura em que o mundo se vê atacado por um inimigo invisível e um isolamento social sem prazo para terminar, as artes, mais propriamente a música têm sido um refúgio. E perante este cenário, isolada e com uma percepção clara da importância da música nesta altura, MAMY entrou em estúdio para gravar o EP successor de Femme Fatale. 

Com 5 faixas, o EP “Trap Queen” que foi totalmente idealizado e produzido durante o período que corresponde a 2.ª prorrogação do Estado de Emergência, será apresentado hoje às 15 horas logo à seguir ao BeatBox, programa que apresenta na rádio Luanda. 

À Carga, MAMY disse que uma semana e meia foi o suficiente para concretizar o trabalho, revelando-se numa fase frutífera em termos de criação. “No princípio estive bastante bloqueada, a mudança de rotina foi muito dura para mim. Toda preocupação com a casa, a filha e outros ocupavam o dia todo”. Reforçando que contornou a situação criando uma rotina adequada, estabelecendo um ponto de equilíbrio para voltar a estimular a criatividade, revelando que “custou, mas assim que lá cheguei as ideias fluíram e em pouco tempo decidi gravar, escolhi o título e parti a buscar do que queria”.

Novo EP de MAMY revela habilidades no Trap Music

A rapper que não deixa os ouvintes descansarem, no bom sentido, diz que baixar a qualidade dos seus sons está fora de questão, dada a rapidez com que os lança, e garante “tenho ainda muito conteúdo para dar, muitas ideias e letras bem diferentes por lançar”. De acordo com a mesma, o mercado actual, em especial do Rap, exige uma dinâmica diferente da há alguns anos, “maior parte dos ouvintes que realmente vão aos shows, compram o teu material, seguem-te, gostam de ter novidades”, constata.

Quando questionada sobre a transição do Boom Bap para o Trap, a também radialista, relembra que começou a fazer Trap em 2017, “porque quis actualizar a sonoridade e descobri que me dava bem no trap, é onde tenho mais liberdade”. Quanto ao título do EP – Trap Queen, a artista resume “numa vibe, uma forma de viajar, um jeito peculiar de chamar atenção, mas acima de tudo uma fasquia para atingir”, sendo que rejeita os títulos, afastando qualquer possibilidade de estar a concorrer com alguém.

Por último, porém, não menos importante, quisemos perceber quando e o porquê da mudança de nome e a resposta foi simples, a redução do nome aconteceu em 2018, “já não me sentia a artista que a Miss Skills era/representava e queria deixar tudo associado àquele nome”. No princípio da carreira a rapper era apenas MAMY, mas no decorrer da trajectória lhe foi dado o AKA Miss Skills, que passou a usar. Mas como artista “quis resgatar não só o nome inicial como a inocência e pureza com que eu fazia música e era ousada e sonhadora. Portanto, voltei a essência e voltei bem”, explicou.

as cargas mais recentes

Novidade: A’mosi Just A Label lança single do seu próximo álbum

há 2 anos
Descrito como ‘aquele que porta o valor da existência e sem a necessidade de uma justificação”, o novo single de A’mosi chega ao mercado no dia 21 deste mês, portanto, próxima sexta-feira, e com o respectivo videoclip.

Racionais MC’s lançam discografia completa em vinil

há 2 anos
O grupo Racionais MC’s lançará a discografia completa em vinil a partir da segunda semana de Dezembro. A pré-venda dos álbuns, já começou ontem, informou o site brasileiro UOL.

Coréon Dú denuncia que há promotores de eventos a roubarem sua marca “I Love Kuduro”

há 11 meses

A maioria dos artistas angolanos consagrados paga para promoverem suas músicas em “CDs piratas”

há 1 ano
Actualmente os artistas consagrados são os que mais pagam aos “piratas” para promoverem suas obras discográficas, Eps ou singles, principalmente os que fazem Ghetto Zouk e Afro House. O fenómeno não é de hoje, só aumentou nos últimos tempos por causa da pandemia do Covid-19, e os preços variam a partir dos 200 mil Kwanzas.

Agentes criam associação de defesa dos interesses dos negros na indústria musical

há 3 anos
Um grupo de mais de 30 principais agentes, advogados e gestores da indústria da música criou uma associação que estará a manter e actualizar os interesses de artistas, produtores, compositores e executivos negros ligados à indústria da música.

Teste conclui que vocalista da banda vencedora do Eurovisão não usou drogas

há 2 anos
De acordo com a European Broadcasting Union (EBU), Damiano David, vocalista do grupo de rock italiano, teve um resultado negativo em um teste de drogas desde o evento no sábado.

50 Cent convida Riquinho para co-produzir seus espectáculos

há 2 anos
O homem forte da música angolana não só co-produzirá espectáculos do líder da G-Unit, como também direccionou seu core business e passará a promover a música nacional no mercado norte-americano, colocando nossos artistas a actuarem nos principais palcos internacionais.

Actor de Batman: O Cavaleiro das Trevas chama Coringa de filme ‘nojento’

há 3 anos
Coringa é um dos grandes filmes de 2019 e trouxe uma história diferente e surpreendente para o clássico vilão do Batman. Entretanto, o actor Eric Roberts, conhecido por Batman: O Cavaleiro das Trevas chamou o filme “nojento”.

Top Jóia do Ano coloca a velha “contra” nova escola de rappers

há 2 anos
Desde a autoria de Bob da Rage Sense, passando por Ikonoklasta até Phedilson Ananás, as “jóias” musicais produzidas em 2020 por rappers nacionais, serão “lapidadas” numa eleição proposta pelo Team 2 contra 1.

Grupo Melim actua em Portugal

há 1 ano
O Grupo Chiado acaba de comunicar que o trio Melim está de regresso a Portugal, para dois concertos únicos: 10 de Novembro, na Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota e dia 12 de Novembro, no Campo Pequeno.

Capicua celebra 10 anos do seu álbum de estreia em concerto

há 11 meses
No passado dia 13 de Fevereiro, o álbum homónimo da cantora completou uma década desde que foi apresentado ao público. Para celebrar os temas que marcaram o seu percurso, a rapper vai, nos dias 25 de Fevereiro e 4 de Março, apresentar-se em concerto no Plano B (Porto) e Music Box (Lisboa) respectivamente.

Mauro Pastrana trabalha “Alone”

há 3 anos
“Alone” é o novo projecto do músico Mauro Pastrana, que contará com cinco faixas musicais.

Rádios observam semana de Artur Nunes

há 2 anos
De 20 a 26 deste mês, o músico foi o principal destaque nas rádios do país. Não só foi o artista mais tocado, mas também o seu tema “N’gola Tua Itambula” foi o mais ouvido nas mais de 50 rádios nacionais.

Sílvio Nascimento e Coreon Dú participam no Festival Internacional de Cinema de Berlim

há 2 anos

Ensaia Comigo: Boss AC protagoniza programa televisivo

há 2 anos
No “Ensaia Comigo”, ao longo de 10 programas, os espectadores poderão ver “ensaios inéditos e irrepetíveis de Boss AC com os seus convidados e, claro está, não há ensaios prévios”, para além de muitos improvisos, também é um espaço para conversas descontraídas e informais, e alguns imprevistos como é óbvio nos ensaios. referiu a RTP em comunicado.

Batata Quente: Cólua Tremura estreia novo projecto de humor

há 1 ano
O artista Cólua Tremura vai actuar como primeiro convidado do projecto de humor, Batata Quente, uma iniciativa da produtora cultural, Kianda Sessions, em parceria com a Casa Rede. A decorrer o próximo dia 30 deste mês, pelas 18:30, bem ao seu jeito, Cólua vai explorar por meio da sátira O feminismo em Angola.