Novo EP de MAMY revela habilidades no Trap Music

Intitulado “Trap Queen” o EP que foi disponibilizado esta madrugada no Soundcloud, vem trazer uma MAMY mais versátil e actual, no que toca as novas sonoridades e composições, sem descurar da importância que sempre deu à escrita. 

Numa altura em que o mundo se vê atacado por um inimigo invisível e um isolamento social sem prazo para terminar, as artes, mais propriamente a música têm sido um refúgio. E perante este cenário, isolada e com uma percepção clara da importância da música nesta altura, MAMY entrou em estúdio para gravar o EP successor de Femme Fatale. 

Com 5 faixas, o EP “Trap Queen” que foi totalmente idealizado e produzido durante o período que corresponde a 2.ª prorrogação do Estado de Emergência, será apresentado hoje às 15 horas logo à seguir ao BeatBox, programa que apresenta na rádio Luanda. 

À Carga, MAMY disse que uma semana e meia foi o suficiente para concretizar o trabalho, revelando-se numa fase frutífera em termos de criação. “No princípio estive bastante bloqueada, a mudança de rotina foi muito dura para mim. Toda preocupação com a casa, a filha e outros ocupavam o dia todo”. Reforçando que contornou a situação criando uma rotina adequada, estabelecendo um ponto de equilíbrio para voltar a estimular a criatividade, revelando que “custou, mas assim que lá cheguei as ideias fluíram e em pouco tempo decidi gravar, escolhi o título e parti a buscar do que queria”.

Novo EP de MAMY revela habilidades no Trap Music

A rapper que não deixa os ouvintes descansarem, no bom sentido, diz que baixar a qualidade dos seus sons está fora de questão, dada a rapidez com que os lança, e garante “tenho ainda muito conteúdo para dar, muitas ideias e letras bem diferentes por lançar”. De acordo com a mesma, o mercado actual, em especial do Rap, exige uma dinâmica diferente da há alguns anos, “maior parte dos ouvintes que realmente vão aos shows, compram o teu material, seguem-te, gostam de ter novidades”, constata.

Quando questionada sobre a transição do Boom Bap para o Trap, a também radialista, relembra que começou a fazer Trap em 2017, “porque quis actualizar a sonoridade e descobri que me dava bem no trap, é onde tenho mais liberdade”. Quanto ao título do EP – Trap Queen, a artista resume “numa vibe, uma forma de viajar, um jeito peculiar de chamar atenção, mas acima de tudo uma fasquia para atingir”, sendo que rejeita os títulos, afastando qualquer possibilidade de estar a concorrer com alguém.

Por último, porém, não menos importante, quisemos perceber quando e o porquê da mudança de nome e a resposta foi simples, a redução do nome aconteceu em 2018, “já não me sentia a artista que a Miss Skills era/representava e queria deixar tudo associado àquele nome”. No princípio da carreira a rapper era apenas MAMY, mas no decorrer da trajectória lhe foi dado o AKA Miss Skills, que passou a usar. Mas como artista “quis resgatar não só o nome inicial como a inocência e pureza com que eu fazia música e era ousada e sonhadora. Portanto, voltei a essência e voltei bem”, explicou.

as cargas mais recentes

Kendrick Lamar assina mega contrato com a Universal Music Publishing Group

há 3 meses
Segundo conta o Hot New Hip Hop, o músico assinou um acordo global com a Universal Music Publishing Group, o que pode indicar um movimento na direcção da chegada do álbum.

MAMY mostra a sua “Atitude Negra”

há 9 meses
A música “Atitude Negra” é uma celebração da mulher negra, da melanina, dos traços grossos e do cabelo crespo.

Rapper britânico Ty morre de Covid-19

há 9 meses
Após um mês de internamento hospitalar, Ty, rapper britânico de origem nigeriana, morreu quinta-feira aos 47 anos, vítima de Covid-19, segundo noticiou o Mirror.

Public Enemy anuncia novo álbum

há 5 meses
A banda Public Enemy está de regresso com um novo álbum, cujo alinhamento conta com uma extensa e luxuosa lista de convidados. Com 17 faixas musicais, a obra será publicada ainda este mês.

Anselmo Ralph cancela venda pública e opta pelo digital

há 10 meses
Dia 20, a partir das 17 horas, os fãs poderão adquirir de forma segura o novo CD, no formato digital, e desfrutar do sétimo trabalho discográfico do autor de Cupido.

Burna Boy apresenta detalhes do seu novo álbum produzido por P. Diddy

há 5 meses
Intitulado “Twice As Tall”, o novo álbum do músico nigeriano teve a produção executiva de Puff Diddy, Bosede Ogulu e o próprio Burna Boy.

Mago de Sousa “irritado” com a Unitel

há 8 meses
Num vídeo divulgado na sua página do Facebook, o autor do sucesso “Carolina”, criticou duramente a forma como a empresa tratou, na sua opinião, mal o seu disco, quando as duas partes tinham acordado a promoção e divulgação do CD, o que não aconteceu.

Legado de Mestre Kapela é memorado “ante” ao Prémio Nacional de Cultura e Artes

há 2 meses
O artista plástico Kapela Paulo venceu o Prémio Nacional de Cultura e Artes, na categoria de `Artes Visuais e Plásticas´. Visto como pai espiritual da arte contemporânea em Angola, Mestre Kapela espelha na sua arte, por meio do olhar e pincel a sua escola de arte que moldou as práticas e técnicas da sua longa e prolífica carreira.

Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente esclarece contrato dos 148,3 milhões

há 5 meses
À revista Carga, o Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente (MCTA) esclareceu, como aconteceu a suposta fraude financeira de 148,3 milhões de Kwanzas que envolve a Karga Eventos, empresa do músico Big Nelo.

Coroa de B.I.G e letras de Tupac Shakur serão leiloadas

há 5 meses
O evento será o primeiro da História dedicado à cultura Hip Hop e acontece a 15 do próximo mês em uma das maiores casas de leilões do mundo.

Produtores de Afro House mais requisitados da actualidade revelam hegemonia no`Desfile de hits´

há 6 meses
A Carga apresentou ontem os maiores produtores de Afro House do país. Durante o Repertório, ficou-se a saber que Vado Poster e Dj Habias produziram sucessos como “Lhe Traíram” (Os Moikanos), “Tic Taá” (Scro Q Cuia e Nerú Americano), “Wamona” (Nagrelha e Puto Prata), “Kapota” (Noite e Dia) e tantos outros descritos abaixo.

Luso: “Os rappers acabam por depender das acções do político para poder fazer música”

há 7 meses
Luso está no Hip Hop desde os seus 15 anos. Tem um álbum e um EP lançados e está a concluir o segundo álbum. Além disso, o músico desenvolve o projecto “Ilusionista”.

JLO felicita músicos angolanos

há 7 meses
O Presidente da República, João Lourenço, felicitou, neste domingo, os músicos angolanos por ajudarem a população, com a realização de shows live, a suportar a solitude do confinamento social imposto pela pandemia da covid-19.

Slam Tundawala “desafia” a pandemia e migra para televisão

há 5 meses
A IIIª edição do Slam Tundawala acontece daqui a 13 dias e contará com transmissão televisiva.

Nélia Dias: Do Top Rádio Luanda rumo ao topo da música angolana

há 4 meses
Nélia Dias é um nome a se ter em conta no music hall nacional, por ser das poucas que conseguiu colocar o seu nome no Top Rádio Luanda com a música de estreia. A sua carreia ficou marcada por duetos com Young Double, Mona Nicastro, mas agora tem em carteira um novo projecto musical com o qual se quer lançar ao mundo.

Covers inéditos de David Bowie são apresentados em dia de aniversário

há 6 dias
No dia 8 de Janeiro David Bowie estaria completando 74 anos. Para marcar a data, os responsáveis pelo espólio do astro lançaram, pela primeira vez, duas covers que o cantor gravou no fim dos anos 90 e nunca haviam sido ouvidas até hoje: “Tryin’ To Get To Heaven” de Bob Dylan e “Mother” de John Lennon.