Manifestação de sábado divide classe artística: “Sou figura pública e não vão me ver na rua desta forma”

No seio da classe artística as opiniões divergem quanto à manifestação deste sábado, que visou exigir ao governo angolano soluções para o elevado índice de desemprego entre os jovens.

Depois das imagens difundidas nas redes sociais sobre o caos instalado horas antes da marcha dos cerca de 2500 cidadãos, que pretendiam sair do Cemitério da Sant’Ana para o largo 1.° Maio, as opiniões dos músicos não se fizeram esperar.

Laton dos Kalibrados, por exemplo, não concorda com a forma como as reivindicações são feitas. O rapper foi decisivo nas declarações, dizendo que não apoia.

“Eu sou figura pública e não vão me ver na rua desta forma… Eu não apoio. Eu vou dar a cara e corpo por Angola, mas não assim. Eu sei que há outras formas de conseguir o que queremos”, disse.

Diferente das anteriores, a manifestação deste final de semana acabou por sensibilizar mais músicos nas redes sociais. Mas, se por um lado, Anselmo Ralph, Ndaka Yo Wini, Eva RapDiva, Preto Show, Yannick Afroman, Irina Vasconcelos, Nsoki apoiam as reivindicações, por outro, há quem não concorda.

Á sua maneira, Kid MC lembra que o músico tem o seu papel social. Para o rapper, o artista não é obrigado a sair às ruas porque, critica, até os principais apoiantes da marcha ficaram em casa.

“Não nos apontem o dedo, porque não fomos nós que roubamos o dinheiro”, lembrou Kid MC.

Contudo, Anselmo Ralph discorda. O autor de “A Dor do Cupido” pensa que a “coragem de poucos irá beneficiar a todos, essa é a verdade”. Já Preto Show promete marchar, também, nas próximas manifestações.

“(…) chorei por não ter ido à manifestação lutar para contribuir para a mudança do país. Há muita fome e miséria no país. Estou preparado para lutar convosco em todo o lado”, disse o músico.

as cargas mais recentes

Escritor e compositor Aldir Blanc morre aos 73 anos, vítima de covid-19

há 1 ano
Aldir Blanc compôs mais de 600 canções e participou do álbum de Djavan, onde constam as músicas ‘Umbi Umbi’ e ‘N’vula Ieza Kia’, originais de Filipe Mukenga.

As 10 músicas para ouvir na quadra natalícia

há 5 meses
A Revista Carga seleccionou dez canções de natal que apresenta como sugestões para os seus leitores em vésperas do natal, antecipando os seus votos de feliz natal.

Conheça as surpresas do Festival Internacional de Jazz da Cidade do Cabo edição 2020

há 1 ano
O quarto maior evento de Jazz do mundo e o primeiro do continente africano, traz para a vigésima primeira edição uma diversidade de vozes. Nomes como Lira, Lady Zamar e o rapper norte-americano Earl Sweatshirt vão juntar-se a veteranos do Jazz.

Carlos Morais concorre para o smach da década

há 11 meses
O afundanço de Carlos Morais, no concurso, é referente ao jogo frente a Moçambique, no Afrobasket de 2013.

Jiffer Mc analisa a`Crise´em novo single

há 4 semanas
Inspirado no facto social mais que mais pesa actualmente, Jiffer Mc, brinda os fãs com uma nova faixa musical, cujo abordagem abrange todas as classes sociais.

MCK e Kool Klever iniciam projecto de levar o “Rap Académico” às comunidades

há 2 meses
O projecto foi lançado no início do ano passado mas, devido à situação pandémica, não foi possível prosseguir naquele ano e arranca este mês com dois espectáculos, sendo o primeiro no Cazenga e segundo no município de Viana.

Filha de Lauryn Hill revela que teve infância marcada por violência e compara a educação que recebeu da mãe com “escravidão”

há 9 meses
Selah Marley usou as redes sociais para compartilhar o “trauma” que carrega há mais de uma década, por causa dos alegados espancamentos “enraivecidos” da mãe.

Do Brasil para Angola, Jéssica Areia traz novo disco

há 1 mês
A cantora angolana, a residir no Brasil, Jéssica Areias apresenta no dia 23 de Abril o seu segundo álbum discográfico, intitulado “Matura”, em todas as plataformas digitais.

Stop Covid: Grafiteiros pintam murais das comunidades com os métodos de prevenção

há 10 meses
Um grupo de artistas plásticos está a ensinar, várias comunidades em Luanda, métodos de prevenção contra o coronavírus, usando a arte urbana “grafite”. Os grafiteiros tudo fazem para atingir mais bairros e vêem-se impossibilitados.

Emanuel Mendes: Tenor angolano “mistura” Massemba e Fado

há 6 meses
Com saída inicialmente prevista para o final de 2020, o disco de estreia do tenor Emanuel Mendes foi adiado para o primeiro trimestre de 2021 por conta da pandemia. Entre os temas, destaque para fusão entre o Massemba (Angola) e o Fado (Portugal).

Advogado se retrata após prestar informações erradas sobre o estado de saúde de DMX

há 1 mês
Ontem a noite, parecia que a comunidade Hip-Hop tinha recebido um vislumbre de esperança após a notícia assustadora de que DMX estava em estado vegetativo. No entanto, a informação que X já respirava sem a ajuda de aparelhos, era falsa.

Trunfos do DJ João Reis

há 6 meses

Fundação Arte e Cultura apresenta antologia poética “Geração Poema”

há 5 meses
A Fundação Arte e Cultura vai apresentar na próxima quarta-feira, dia 16 de Dezembro, pelas 16horas no Wyza Anfiteatro, na Ilha de Luanda, junto à Escola 1205, uma Antologia Poética “Geração Poema”, resultado dos 3 anos de contacto com os poetas da nova e antiga geração, no âmbito do projecto Noites de Poesia.

Membro da Army Squad divulga projecto que retrata a sua trajectória

há 1 ano
O rapper D-One vai publicar, na madrugada desta segunda-feira (11), uma compilação de 12 músicas que tiveram suas participações, incluindo clássicos da Old School e do período áureo do Rap underground.

Majoskill, a voz da esperança do Rap das ruas

há 12 meses
Majoskill vem do Morro Bento, em Luanda. O rapper está no movimento há cinco anos e é apontado como o representante da cultura Hip Hop do seu distrito. Tem duas mixtapes publicadas e apresentou à Carga o seu ambicioso projecto musical para os próximos meses.

Por onde andam os Detroia?

há 11 meses
Depois do sucesso da música “Bela”, tida como “febre”, o tempo foi “tomando Paracetamol” e a febre passou. O grupo gravou outras músicas, como “Tubia”, “Envelheceu”, entre outras, mas sem o sucesso do “Bela” e nem serviram para manutenção do grupo na “boca do povo”.