Manuel Ventura apresenta “Transcendência Indecência” na Galeria Tamar Golan

O artista angolano Manuel Ventura vai apresentar-se na Galeria Tamar Golan com “Transcendência Indecência”,  uma exposição individual a inaugurar no próximo dia 07 de Maio, pelas 18 horas. A mostra ficará patente ao público até ao dia 26, podendo ser visitada de Segunda a Sexta-feira, das 9 as 17 horas, na galeria de arte contemporânea da Fundação Arte e Cultura.

A Exposição
Transcendência Indecência: uma dicotomia da justa angolanidade-vista, pensada e matizada por Ventura… A imperiosa necessidade de acudir os que muito necessitam, o quanto antes, é uma forma de ser e de estar, que nos permite mitigar o sofrimento das pessoas a partir da sua génesis, evitando as romarias desnecessárias ante os holofotes da vida, numa clara e falsa demonstração de preocupação a favor dos desfavorecidos. 

Ventura, na sua forma de olhar para o mundo a partir dos óculos da sua cosmovisão, sugere uma reflexão mais aturada sobre o sofrimento dos inocentes. Interprete-se aqui inocente não apenas aquele que nada tem e que vive de forma paupérrima, mas também aquele que, por cima do seu bem- estar e fartura, não olha sequer para o lado, ali onde o irmão angolano descansa no nada da sua existência e de lá mesmo tenta sobreviver à inexistência de tudo e mais alguma coisa, onde a febre voraz da multidão de Mangopes disputa o único paracetamol no sacrificado hospital da bandula (em referência ao lugar).

O artista faz um apelo à sensibilidade humana ante o sofrimento do outro. É transcendental, às vezes simples, a atitude de olhar para o outro e compadecer-se com ele, ainda que não seja para lhe ajudar com algum valor monetário ou material, mas fazer da causa deste a nossa; porém, esta TRANSCENDENTE forma de viver contrasta com a indecência da indiferença que levamos nos fatos e factos do dia-a-dia sem ver o outro e por isso cenas anormais tomam a identidade de bem, prostíbulos da necessidade da panela ambulantes ao ar livre cantam a canção de consolo ao mendigo que clama e grita por socorro, pois não há quem lhe possa acudir, foi gerado na rua ante a incapacidade do KUNANGA do pai que dá ME SUGA na mãe ambulante que inflama os pés pela zunga da cidade. Estas e outras realidades interpreta-as VENTURA, apresentando-se aqui como uma voz apincelada no seu colorido, para dar voz àqueles sobre os quais pouco ou nada se fala, a gravura e colorido da sua pintura é a melhor e mais coerente forma de o fazer, que encontrou.

Por: Gilberto Dune Capitango (kapitangõ), Professor, Artista plástico e pesquisador-2020

O artista

Nasceu em Luanda, em 1981. Estudou Artes Plásticas na Escola Nacional de Artes Plásticas, de 2000-2003. Formação Básica de Lino e Xilogravura na Oficina de Gravura da UNAP com Mestre Kidá, de 2000-2001.  Concluiu o Curso de Antropologia Cultural na Faculdade de Ciências Sociais da Universidade Agostinho Neto, 2005-2009. Trabalhou durante quatro anos com o professor e gravurista Cubano, Luis Guillermo Varela Santisteban, apredendo várias técnicas de gravar, de 2013-2016. Professor de Gravura e Educação Visual e Plástica no Complexo das Escolas de Arte- CEARTE.  Membro efectivo da União Nacional dos Artistas Plásticos (UNAP) e é estudante do AtelierTransumânciaGonga, desde 2004.

Tem obras em colecções particulares em Angola e no estrangeiro e em decorações institucionais, onde se destacam: Edifício-Sede da Sonangol, Sonils, Direcção Provincial da Cultura de Luanda, Governo Provincial de Luanda, Empresa de Seguros de Angola-ENSA. Está envolvido também, no projecto social com as comunidades, do atelier transumâncias, denominado Sol de Cacimbo artes- e – ideias.

Participou de 35 exposições colectivas, e constam da sua carreira três exposições individuais e diversos prémios, nomeadamente Prémio SDV – AMI Angola of Africaline ( 2005), Vencedor da Logomarca do Carnaval de Luanda(2006); Prémio Cidade de Luanda,  na modalidade de Gravura (2008), Prémio Cidade de Luanda, na modalidade de Gravura (2009),  Prémio Juventude ENSA – ARTE (2010) e Prémio Especial de Gravura ENSA – ARTE(2018).

as cargas mais recentes

Mwana Afrika: “A Trace quer combater todos os estereótipos criados pela mídia convencional. E estou no canal para contribuir nisso”

há 2 anos

Cartas ao Pai Natal: Helena Dias publica já amanhã a sua primeira obra literária dedicada ao público infantil

há 6 meses

Matias Damásio apresenta novo álbum no dia da Independência

há 2 anos
O CD será apresentado na plataforma “Kison”, da Unitel, no mesmo dia em que o país vai comemorar 45 anos de independência.

“A Dimensão Cultural do Herói Nacional” em debate no Visão actual

há 2 anos
O programa Visão Actual a ser exibido amanhã, quinta-feira dia 17 de Setembro, vai analisar a Dimensão Cultural de António Agostinho Neto, fundador da nação e primeiro presidente de Angola.

Bob Dylan decide vender todo seu catálogo de gravações à Sony Music

há 5 meses
Com cerca de 60 anos de música, o lendário músico norte-americano do “Blues”, “Folk” e “Country” vendeu todo o catálogo de gravações à Sony Music, desde o álbum homónimo, de 1962, até ao “Rough and Rowdy Ways”,  lançado em 2020. O que quer dizer, os direitos de reprodução e distribuição passam agora à concorrente da Universal- a quem tinha vendido os direitos de autor.

Praça de Touros portuguesa será transformada em Centro Cultural

há 1 ano
Trata-se da Praça de Touros da Azaruja, a mais antiga de Portugal, que não voltará a receber espectáculos com toureiros, mas dará lugar a espectáculos culturais, após passar por requalificação completa.

Conheça Tusse, o refugiado congolês que venceu a maior competição musical da Suécia

há 1 ano
No passado sábado, o artista de 19 anos venceu o concurso de canto Melodifestivalen, consolidando sua posição para representar a Suécia no Festival Eurovisão, que acontece no próximo dia 18 de Maio.

Morreu ‘Bang’ produtor moçambicano

há 1 ano
Morreu esta manhã (segunda-feira), vítima de doença, o empresário e produtor de eventos moçambicano Adelson Mourinho “Bang”, esposo da cantora Lizha James.

Rihanna é nomeada Heroína Nacional de Barbados, na cerimónia de Independência do país

há 7 meses
Rihanna foi homenageada ontem na sua terra natal, durante a posse presidencial de Dame Sandra Mason. A data marca uma nova era para Barbados, o país se tornou uma república após encerrar o papel de 55 anos da Rainha como chefe de Estado, informou a CNN.

Rapper Raz Simone acusado de ser um”senhor de guerra”

há 2 anos
Vídeos postados nas redes sociais provam o alegado envolvimento de Raz Simone com uma gangue armada na Zona Autônoma de Seattle, em Washington, um quarteirão de protesto sem influência policial. O rapper é apontado como uma espécie de “senhor da guerra”.

Curador Luamba Muinga laureado com prémio de arte na Holanda

há 8 meses
O curador e pesquisador cultural Luamba Muinga, vence prémio “Seed Awards”, promovido pelo Fundo Prince Claus, organização neerlandesa estabelecido como um tributo à Sua Alteza Real Príncipe Claus, cuja missão é apoiar, homenagear e conectar artistas e profissionais culturais em África, Ásia, América Latina, Caribe e Europa Oriental.

Lewis Hamilton será condecorado com título de “Cavaleiro” pela Rainha da Inglaterra

há 2 anos
Com sete títulos mundiais, o piloto de 35 anos está prestes a sagrar-se o melhor de sempre da Fórmula-1.

Pioneira do Ballet Tradicional Kilandukilu recua na sua decisão de desistência após homenagem do Duetos N´Avenida

há 10 meses
Trata-se de um dos nomes que representa o baluarte da dança nacional, Ana Maria Vieira Dias, que em dupla com o irmão Maneco Vieira Dias, está na vanguarda do Kilandukilu há mais de 35 anos, pelos quais, foram homenageados na última edição dos Duetos N´Avenida.

Swizz Beatz agradece reconhecimento do Grammy, mas desaconselha artistas a se iludirem por premiações

há 2 anos
O mega produtor usou a conta oficial do Instagram para partilhar uma reflexão sobre o Grammy: “Um troféu de 200 dólares não define quem somos”.

Sadia e Unison rubricam acordo de cobranças digitais na União Europeia e Reino Unido

há 12 meses
A Entidade de Gestão Colectiva Angolana e a Espanhola Unison anunciam um acordo de representação para arrecadação dos direitos digitais na Europa para o repertório de mais de 35 mil músicas confiadas por autores, artistas e editoras angolanas à SADIA.

Após injustiça no caso Breonna Taylor, LeBron James jura proteger todas as “rainhas negras”

há 2 anos
LeBron James, que sempre falou sobre questões de justiça social e racial, usou a sua conta do Twitter para expressar a indignação com relação ao caso Breonna Taylor. “A pessoa mais DESRESPEITADA do mundo é a MULHER NEGRA”, declarou indignado.