Mário Suendes: “Quero um lugar entre os melhores”

O nome pode ser estranho, mas o jovem está a vir com tudo. Para além de cantar, é dançarino e foi o protagonista do filme de Hochi Fu. A veia artística começou na infância e com o Unitel Estrelas ganhou novos contorno. Suendes quer seguir os exemplos de Matias Damásio e Ary, que, mesmo não tenham vencido o concurso, hoje são o que são. A estrela da Nova Music Entretaiment já disponibilizou uma música e deixa aqui as primeiras impressões do EP.

Quando é que nasce o desejo de cantar?
Canto há 7 anos, mas profissionalmente faço-o há 4 anos.

É descendente de uma família de músicos?
Tenho algumas pessoas na família com grandes talentos, mas ninguém teve o mesma coragem de seguir o sonho como eu.

Como explica essa determinação?
Isso foi quando entrei em estúdio e reparei que eu tinha muito para dar na música. Depois, participei do Unitel Estrelas ao Palco e fiquei logo na primeira eliminatória. Foi assim que conheci o MadSuperstar, que levou-me a familia Novamusic Entretaiment,onde tenho recebido ajuda de muitos, como Negro Bwe e o kota Márcio, Sarah Pires e Sandro Morgado.

Normalmente jovens da sua faixa etária não cantam R&B, por que razão optou por este estilo musical?
É o estilo que mais se identifica com as minhas tendências musicais e comigo. Para além de cantar, danço diversos estilos musicais.

Quantas músicas possui neste momento?
Tenho um total de 15 músicas, além do single promocional. Mas neste momento, apenas o single ‘Cola’ está disponível.

Mário Suendes: “Quero um lugar entre os melhores”

Em que meios podemos encontrá-lo?
Em quase todas as plataformas digitais.

Actualmente, a promoção tornar-se mais fácil com o vídeo clipe…
Sim. O nosso objectivo é mesmo fazer vídeo. Eu e o meu produtor MadSuperStar estamos a pensar nisso.

Disse que forja o lançamento de um EP ainda este ano, como está o processo?
Primeiro estarei a lançar mais músicas e depois vou disponibiliza o EP, que terá 7 faixas.

O EP conta com que participações?
Nenhuma.

Hoje são muitos os músicos que não venceram concursos, mas figuram no topo. Que espaço espera ocupar no music hall nacional?
Quero um lugar entre os melhores e não só, a nível mundial também.

Quanto tempo teremos que esperar isso acontecer?
Daqui a cinco anos quero estar no top do music hall nacional e internacional.

O amor platónico é predominante nas suas letras, porque prefere este assunto?
Muitas vezes opto por falar de amor, mas falo de felicidade e motivação, também. As estórias que trago nem sempre são vividas por mim, escrevo sobre o que vejo em outras pessoas.

Quem são as suas referências artísticas?
Inspiro-me no Chris Brown,Omarion,Trevor jackson e outros tantos entre os melhores do mundo.

Que artistas angolanos gostaria de fazer as primeiras colaborações?
São vários,mas adoraria muito fazer com a Ana Joyce.

Qual é o seu maior sonho como artista?
O meu maior sonho é poder fazer feliz as pessoas e poder curar corações com as canções que crio,espalhar amor pelo mundo e viver disso.

Fora da música, o que faz?
Sou actor e modelo. Foi o protagonista do filme do Hochi Fu.

Mário Suendes: “Quero um lugar entre os melhores”

as cargas mais recentes

MixedByAli afirma que Kendrick Lamar “tem material inédito e suficiente para seis discos”

há 2 anos
MixedByAli cedeu uma entrevista ao podcast de Kevin Durant e explicou poderia rapidamente montar seis discos inéditos, da autoria de Kendrick Lamar, mas que não o faz, porque o rapper acredita que pode sempre fazer melhor.

Sexto aniversário do Village underground Lisboa é celebrado hoje no formato broadcast

há 2 anos
Esteja em casa e a partir das 17 horas (horário de Portugal) vista roupa confortável, calce os seus melhores sapatos de dança, e encontre um lugar com espaço na casa e a melhor forma de assistir a um broadcast, que teste e confirme o som das colunas e prepare-se para desfrutar de 7 horas de uma performance artística, no canal Youtube do VU.

Conheça a história da dança teatral de protesto, o ballet contemporâneo

há 2 anos
É um tipo de dança que não se limita a um conjunto de técnicas específicas, (Ballet; Hip-Hop; Jazz e outras…) abrangendo assim uma variedade de géneros, ritmos, formas e performances.

Verzuz anuncia battle entre Method Man e Redman

há 2 anos
Depois do Verzuz Battle entre Ghostface Killah e Raekwon do Wu-Tang Clan, Timbaland e Swizz Beatz anunciaram a próxima batalha para o dia 20 de Abril, entre os parceiros de rimas de longa data, Method Man e Redman.

Roberto Carlos adia o habitual espectáculo em alto-mar para o próximo ano

há 2 anos
O tradicional cruzeiro do músico brasileiro “Projecto Emoções Praia do Forte (BA) ” foi adiado devido o Covid-19. Este é o segundo cruzeiro do cantor adiado este ano.

Acaba de nascer um projecto que passará a dar novas roupagens aos hits angolanos

há 2 anos

1.ª Mão: Yuri da Cunha e Gerilson Insrael preparam projecto musical colaborativo

há 6 meses
Os dois artistas decidiram representar estas aspirações num projecto musical, que será lançado brevemente. Num estilo intermédio, não muito voltado a Yuri nem a Gerilson, para que ambos se sentissem confortáveis ao desafio, o tema já está produzido e aguarda apenas o momento certo para a sua disponibilização.

Young Thug diz que Jay-Z teria dificuldades em apresentar 30 hits num show ao vivo

há 2 anos
No seu registo fonográfico conta nove álbuns, sendo So Much Fan, lançado no ano passado, o mais recente. Ao contrário de Jay-Z que possui 15 álbuns publicados, sem contar com outros registos. Mas Thug afirma que JAY-Z não tem 30 canções que o público conseguiria imitar palavra por palavra num espectáculo ao vivo.

OG Vuino disponibiliza videoclip do single intitulado ‘É muito tempo’

há 1 ano
O consagrado rapper angolano, membro fundador dos “Kalibrados”, OG Vuino, disponibiliza hoje as 18 horas no seu canal do YouTube, o videoclipe da música intitulada “É muito tempo”, primeiro single extraído do álbum “Fiz de novo” a ser lançado no dia 24 de Agosto do ano em curso.

Produtor Algo Desconhecido anuncia lançamento da beat tape “Bengha Producers”

há 2 anos
O projecto que junta dez produtores nacionais, terá o equivalente a um beat por cada interveniente. Intitulada “Bengha Producers”, a beat tape será lançada em Agosto em todas as plataformas digitais.

Festival Itinerante da Língua Portuguesa chega pela primeira vez a Angola

há 5 meses
Numa parceria com a Associação Angolana de Profissionais de Cinema e Audiovisual (APROCIMA), a actividade começou ontem às 17 horas, no espaço Ubuntu, em Luanda, e vai passar pela Fundação Arte e Cultura. Termina esta quinta-feira ( 5) e enquadra-se no programa “Luanda capital da cultura da CPLP”.

Peça teatral ‘Devaneio’ em cartaz no próximo dia 5 de Maio

há 5 meses
Devaneio passa-se num universo onírico, abalado constantemente pela violência do mundo real. Às temáticas subconsciente e sonho, acrescenta-se trauma e racismo, assim como pinceladas sobre feminismo interseccional e universo queer.

Aline Frazão, Sizaltina Cutaya e Laurinda Gouveia homenageadas em artes plásticas

há 2 anos
Denominado ‘Kimpa Vita 21’, as amostras são expressões da liberdade e envolve a mente e o corpo. Numa primeira fase, o open studio homenageia a cantora Aline Frazão e as activistas Sizaltina Cutaya e Laurinda Gouveia “Kimpa Gouveia”, tidas como personagens da linha da frente na defesa da igualdade e justiça social, tendo Kimpa como referência.

Alicia Keys surpreende fãs ao fumar maconha ao vivo, durante o podcast Drink Champs

há 10 meses
Conhecida pelo seu estilo de vida mais reservado, comparativamente com outras artistas e ovacionada pelos seus rituais de beleza holísticos e estilo de vida zen, Alicia Keys protagonizou o momento revelador que foi motivo de pasmo, por nunca ter mencionado o uso de maconha, durante os seus mais de 20 anos de carreira.

Futebolista angolano cobiçado pelas principais ligas

há 2 anos
Autor de 12 golos esta temporada, dos quais seis consecutivos antes do surgimento do Covid-19, o futebolista angolano Fábio Abreu está a ser cobiçado por vários clubes em Portugal, França, Espanha e Inglaterra.

Andebol: Selecção júnior feminina apura-se ao Mundial

há 8 meses
A selecção nacional júnior feminina de andebol apurou-se, ontem ao Campeonato do Mundo da categoria, após vencer a sua congénere da Zâmbia, por 57-22, no segundo jogo do grupo preliminar “A” do Campeonato Africano da modalidade.