Músico pondera deixar de cantar pelo facto do MPLA ganhar as eleições 2022

O cantor, compositor, letrista e intérprete Vladmiro Gonga pensa em desistir da carreira de cantor pelo facto de Adalberto Costa Júnior não ter sido anunciado ontem como vencedor das eleições gerais de 2022. Em reacção, Bonga deixou-lhe um conselho.

Vladmiro Gonga não é o único artista que reagiu à vitória com 51,7% do MPLA contra os 44,5% da Unita nas eleições gerais de 24 de Agosto. O cantor Cabo Snoop, o humorista Gilmário Vemba e o seu irmão, Miro Vemba, o influenciador digital Aryovaldo e outros, foram algumas das vozes que contestaram publicamente ao anúncio da derrota de Adalberto Costa Júnior.

De todas as reacções a de Gonga, músico que se destaca nos estilos Massemba, Valsa, Jazz, Bossa e Afro, despertou mais atenção da Carga, porque pensa abandonar a carreira musical, e Bonga deixou-lhe um conselho.

“5 Anos! Continuar criar verdadeiras obras de arte e continuar e a viver de biscatos para sustentar a família. Querer deixar a minha terra?! O bilhete para o Brasil, Portugal ou França custa não menos de Um milhão de kwanzas burros”, começou por dizer.

“5 anos repetidos, mais uma vez, meus avós e meus pais também repetiram tantas vezes os 5 anos de esperança, tem mãe, pai ou avós que acreditam e continuam na esperança de que o vermelho e preto um dia poderá ser verde, amarelo com azul, pintar arco-íris. Eu o tempo não me espera, vi tanta coisa a evoluir, hoje eu vivo no tempo dos filhos, adaptei-me às tecnologias e às redes sociais, até eu mudei, estou mais velho, tanta coisa mudou só o país não muda?”, continuou acrescentando que:

“Os problemas continuam os mesmos: água, luz, comida, saúde e estrada. Ser músico para viver de quê? Talvez seja o momento de mudar a direção: criar outros planos de vida. Somos kotas, também temos sonhos e família”, disse pelo que Bonga interveio imediatamente, dissuadindo-o para não o fazer, pois ele é exemplo disso.

“Não desistas da arte, nunca continua a intervir para conquistar o que precisas sempre. Sou exemplo disso com os políticos a tentarem complicar a minha rota que engrandece Angola e todos vocês. Força. kandandu. kota Bonga”, escreveu-lhe Bonga.

as cargas mais recentes

6ix9ine mostra como gravou videoclipes em prisão domiciliar

há 2 anos
O artista levou os fãs aos bastidores para mostrar como ele conseguiu gravar videoclipes que foram gravados na sua sala de estar, enquanto estava em prisão domiciliar e bateram recordes.

Morreu Florian Schneider, um dos pioneiros da música electrónica

há 2 anos
Florian Schneider fundou, em 1970, com seu amigo, a banda Kraftwerk, pioneira da música electrónica. O músico alemão morreu nesta quarta-feira aos 73 anos vítima de cancro.

Mercado musical angolano passará a contar com nova plataforma de streaming internacional

há 11 meses
Trata-se da Wena Music. A plataforma de streaming vai actuar em solo angolano e ajudará a impulsionar e a rentabilizar a música nacional. Wena Music vai também levar a nossa música aos principais mercados internacionais.

Exposição “Memória e processo de restauro” detalha reconstrução do Palácio de Ferro

há 2 anos
O Palácio de Ferro, em Luanda, volta a abrir as portas ao público enquanto Centro Cultural e apresenta até 4 de Fevereiro 2021 a exposição “Memória e processo de restauro”.

Roley anuncia novo álbum com participações de Masta, Eric Rodrigues entre outros

há 1 ano
Esta não é a primeira vez que o rapper moçambicano traz vozes angolanas nos seu projectos, já no álbum de estreia “Roley”, contou com Rui Orlando e Young Double, e no ano passado, lançou “Pensamentos” e teve participação de Paulelson.

Festival Itinerante da Língua Portuguesa chega pela primeira vez a Angola

há 5 meses
Numa parceria com a Associação Angolana de Profissionais de Cinema e Audiovisual (APROCIMA), a actividade começou ontem às 17 horas, no espaço Ubuntu, em Luanda, e vai passar pela Fundação Arte e Cultura. Termina esta quinta-feira ( 5) e enquadra-se no programa “Luanda capital da cultura da CPLP”.

Joãozinho Morgado: “Kizomba não é música é dança”

há 2 anos
Figura incontornável da música angolana, particularmente do género Semba, Joãzinho Morgado é uma voz autorizada para falar da música nacional, seus ritmos e tendências. Fruto dos anos de “estrada”, levanta a voz para dizer que Kizomba não é música, mas sim dança.

Single `Moça´ dá início ao projecto “DaMaika Season” da autoria de JP da Maika

há 2 anos
“DaMaika Season” consiste no lançamento de uma música a cada dia 11 do mês, até Novembro deste ano. O projecto é nada mais do que a confirmação da maior continuidade dos seus trabalhos de JP, que se propõe a encontrar todo o alcance musical, trazendo desde o GhettoZouk, passando pelo R&B até ao HipHop, sempre com a cultura urbana e tonalidade Afro presentes.

Imponente, MAMY reafirma hegemonia no remix oficial de “Spitter”

há 2 anos
MAMY disponibilizou ontem, sem aviso prévio, o remix oficial do single, mostrou a verdade face e disparou barras pesadas sem piedade.

Gorillaz lançam ‘How Far?’, single em homenagem à Tony Allen

há 2 anos

Grupo Melim actua em Portugal

há 12 meses
O Grupo Chiado acaba de comunicar que o trio Melim está de regresso a Portugal, para dois concertos únicos: 10 de Novembro, na Super Bock Arena – Pavilhão Rosa Mota e dia 12 de Novembro, no Campo Pequeno.

Preto Show fala da estreia do seu programa no Afro Music Channel

há 2 anos
Em breve entrevista à Carga esta tarde, o autor de “Internacional Banger” informou que o seu programa é um talk show que vai ao ar no próximo sábado, a partir das 14 horas, e será exibido duas vezes por semana e destina-se a ajudar as famílias mais carenciadas.

José Eduardo dos Santos fala sobre a sua formação musical “Nzaji”

há 1 ano
Quando mais novo, Eduardo dos Santos fundou e orientou os Nzaji, um dos mais respeitáveis agrupamentos musicais da clandestinidade- que ajudou a forjar a revolução, eternizando canções como ”Kaputu’, ‘Ufolo’, ‘Dituminu’, “Etu tuá anangola’ e’Monangambé’.

Tyro: “A música em Angola é um salve-se quem puder”

há 2 anos
Tyro é um rapper que traz na bagagem 12 anos de experiência. Durante este percurso, lançou nove EPs, dentre eles ‘Kilos’, onde explora dramas humanos e aborda, sem receio, sobre os problemas sociais. Enquanto se prepara para anunciar o primeiro álbum veio à Carga para deixar as primeiras impressões da carreira em ascensão.

“Rostos do Rap consciente em Angola entre os 180 artistas do Festival Decolonial”

há 2 anos

50 Cent convida Riquinho para co-produzir seus espectáculos

há 1 ano
O homem forte da música angolana não só co-produzirá espectáculos do líder da G-Unit, como também direccionou seu core business e passará a promover a música nacional no mercado norte-americano, colocando nossos artistas a actuarem nos principais palcos internacionais.