Nankhova: “No meu ranking sou um músico a seguir, um exemplo bom para a música nacional”

Nankhova é um artista que dispensa apresentações, nos croquis de moda impressiona com o seu Je ne sois quoi e nas pautas musicais pretende transmitir a sua alma que é gerida pelo seu “grande Deus”.


Lançou recentemente a EP OURO -o segundo da sua carreira musical, amedir popularidade, o trabalho não traz qualquer participação. 


Norteada pelo estilo alternativo, a obra que nos (re)apresenta um artista mais maduro a nível de sonoridade e conteúdo que se afirma ser “um bom exemplo para a música nacional”.

Do que é feita a EP `Ouro´?
A EP Ouro é feito de nova sonoridade, exploração da minha voz e letras com conteúdos inovadores, motivação e equilíbrio na caminhada de fazer boa música, além de muita diversidade no beats.

Quais os temas que explora nesta EP?
Conhecimento, vontade de estar com alguém, celebridades nacionais, triângulo amoroso, amor verdadeiro, vontade de não perder Ouro, motivação de entendimento, pedido de perdão, arrependimento, etc.

Fez saber em comunicado que a EP está pronto há um ano, o que o levou a demorar tanto tempo para disponibilizar?
O Covid 19, as vezes tento não culpar a pandemia mas a verdade que tudo parou e eu tentei dar o meu melhor e consegui entregar a EP Ouro pelo menos no tempo certo.

Nankhova: “No meu ranking sou um músico a seguir, um exemplo bom para a música nacional”

Não receou dar ao público um material “desactualizado” o tem o cuidado de trazer conteúdo intemporal?
O público ama o que entregamos de coração. Eu sempre entrego os meus trabalhos com o coração e por isso tenho recebido bom feedback sobre a nova Ep, o conteúdo é legível e se enquadra em todo tempo.

Que participações traz?
Sem participação, para poder entregar um pouco mais de mim aos meus ouvintes.

Em que lugar se colocaria no panorama musical?
No meu ranking sou um músico a seguir, um exemplo bom para música nacional. Não vou me colocar uma posição porque na minha caminhada eu sempre serei o primeiro.

A moda chegou em primeiro na sua vida, como foi feita a transição das passarelas para o palco?
A moda deu−me visibilidade como um realizador de sonhos, não é sobre chegada e sim decisão. Ambos já envolviam palco só uni o útil e o agradável.

E como tem sido conciliar ambas actividades?
Graças a Deus amo tudo que faço, me conecto sempre em cada projecto e faço o meu melhor, tento como director criativo da marca manzvat entregar tudo que consigo e na música a mesma coisas, o tempo ainda tem estado a favor de ambas artes.

E se alguma vez tivesse que escolher com qual ficaria?
Se tivesse que escolher neste momento eu escolheria a música porque ainda quero aprender muito dela.

O quê lhe está a marcar mais durante a trajectória e lições tem tirado disso?
Tem me marcado o facto de eu me conectar com o meu Nankhova de 16 anos, (porque com os meus 16 anos eu já tentava a criatividade da música). Tem sido uma volta ao tempo mais de uma maneira corajosa e pronto a levar todos a conhecerem o meu sacrifício, todos dias tiro várias lições, mas uma delas foi querer ver o meu país mais evoluído em termos de pensamento.

as cargas mais recentes

Morreu Paolo Rossi

há 10 meses
O ex-futebolista italiano Paolo Rossi, “herói” da vitória italiana no Mundial de 1982, morreu esta quinta-feira aos 64 anos, vítima de um câncer no pulmão, anunciou o diário desportivo italiano la Gazzetta dello Sport.

Morreu Dj Pzee Boy após sofrer complicações no estômago

há 5 meses

Precursores da coreografia Jerusalema com agenda de “ouro”

há 10 meses
O maior ganho, depois do sucesso do vídeo, foi a garantia da vice-presidência da república da criação de uma academia de dança, mas ainda sem data definida.

Prodígio fala sobre o álbum com Paulo Flores “é o maior prémio que já recebi”

há 12 meses
Disponível a partir de amanhã nas plataformas digitais e em simultâneo em formato físico, mas em Portugal,” Bênção e Maldição” também será comercializado em Luanda e é o maior prémio que o rapper recebeu ao longo da carreira.

Novo livro biográfico “alega” que Aaliyah foi levada inconsciente ao voo que a vitimou mortalmente

há 3 meses
Volvidas duas décadas desde a morte de Aaliyah, o fatídico acidente que a vitimou continua envolto em mistérios. Eis que surge, por meio de um livro, um chocante testemunho que vem contrariar todos os relatos da época, que afirmavam que a artista “insistia em embarcar no voo”.

Emicida: “socar nazista não é crime, é um dever humanitário”

há 4 meses
A mensagen partilhada pelo rapper parece-se mais a ironia, entretanto, está a gerar interpretações diversas, já que socar é mesmo que dizer bater.

Jovens do Prenda no Show do Mês online

há 1 ano

Grammy 2021: Beyoncé e sua filha saem como maiores vencedoras sem os principais méritos

há 7 meses

Trump chama cantora Madonna de feia

há 1 ano
O novo livro de Mary L. Trump, sobrinha do actual presidente dos Estados Unidos, está a gerar controvérsia, pelo facto de desvendar temas secretos da vida do presidente.

Zap transmite mega espectáculo solidário

há 1 ano
Este sábado, 25 de Abril, a Zap vai levar todas as emoções do mega espectáculo solidário, que moveu o mundo inteiro e arrecadou cerca de 128 milhões de dólares para ajudar a OMS a combater o Covid-19.

Falta de conhecimento leva a que muitos artistas não beneficiem dos rendimentos das suas obras

há 4 dias
Especialistas em gestão de direitos de autores estão preocupados com a falta de conhecimento por parte da classe artística, sobre as leis dos direitos de autores e conexos.

Nelly quebra o “silêncio” de oito anos com novo álbum

há 2 meses
O rapper de St. Louis prometeu, via Instagram um novo álbum para esta sexta-feira, dia 27 de Agosto. O novo álbum chamar-se-à ‘Heartland’ e marca o retorno de Nelly, após 8 anos sem lançar projectos, noticiou o Z. Thugsta.

Novo álbum de Dj Khaled já está disponível e traz participações de Nas e Jay-Z

há 6 meses
Oficialmente disponível desde hoje, “Khaled Khaled” comporta 14 faixas musicais. O famoso dj lançou seu 12º álbum sem um single principal e quase sem aviso prévio.

Killarmy está de volta

há 2 anos
“Full Metal Jackets” é o disco que vai marcar o retorno antecipado da prole da Wu-Tang Clan.

Festival do cinema tunisino arranca em formato digital

há 1 ano
A terceira edição do Festival do Cinema Documentário Mediterrâneo na Tunísia (DocuMed), que arrancou ontem, será realizado em edição digital, devido à crise sanitária mundial da covid-19, indicaram os organizadores.

Vídeoclipe do polémico “Hino Milionário” já está disponível

há 12 meses
O clipe envolve mais de 20 artistas e encontra-se disponível no YouTube, dois meses depois do esclarecimento do Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente sobre os 148,3 milhões que o Estado terá disponibilizado para a concessão da referida música.