Nankhova: “No meu ranking sou um músico a seguir, um exemplo bom para a música nacional”

Nankhova é um artista que dispensa apresentações, nos croquis de moda impressiona com o seu Je ne sois quoi e nas pautas musicais pretende transmitir a sua alma que é gerida pelo seu “grande Deus”.


Lançou recentemente a EP OURO -o segundo da sua carreira musical, amedir popularidade, o trabalho não traz qualquer participação. 


Norteada pelo estilo alternativo, a obra que nos (re)apresenta um artista mais maduro a nível de sonoridade e conteúdo que se afirma ser “um bom exemplo para a música nacional”.

Do que é feita a EP `Ouro´?
A EP Ouro é feito de nova sonoridade, exploração da minha voz e letras com conteúdos inovadores, motivação e equilíbrio na caminhada de fazer boa música, além de muita diversidade no beats.

Quais os temas que explora nesta EP?
Conhecimento, vontade de estar com alguém, celebridades nacionais, triângulo amoroso, amor verdadeiro, vontade de não perder Ouro, motivação de entendimento, pedido de perdão, arrependimento, etc.

Fez saber em comunicado que a EP está pronto há um ano, o que o levou a demorar tanto tempo para disponibilizar?
O Covid 19, as vezes tento não culpar a pandemia mas a verdade que tudo parou e eu tentei dar o meu melhor e consegui entregar a EP Ouro pelo menos no tempo certo.

Nankhova: “No meu ranking sou um músico a seguir, um exemplo bom para a música nacional”

Não receou dar ao público um material “desactualizado” o tem o cuidado de trazer conteúdo intemporal?
O público ama o que entregamos de coração. Eu sempre entrego os meus trabalhos com o coração e por isso tenho recebido bom feedback sobre a nova Ep, o conteúdo é legível e se enquadra em todo tempo.

Que participações traz?
Sem participação, para poder entregar um pouco mais de mim aos meus ouvintes.

Em que lugar se colocaria no panorama musical?
No meu ranking sou um músico a seguir, um exemplo bom para música nacional. Não vou me colocar uma posição porque na minha caminhada eu sempre serei o primeiro.

A moda chegou em primeiro na sua vida, como foi feita a transição das passarelas para o palco?
A moda deu−me visibilidade como um realizador de sonhos, não é sobre chegada e sim decisão. Ambos já envolviam palco só uni o útil e o agradável.

E como tem sido conciliar ambas actividades?
Graças a Deus amo tudo que faço, me conecto sempre em cada projecto e faço o meu melhor, tento como director criativo da marca manzvat entregar tudo que consigo e na música a mesma coisas, o tempo ainda tem estado a favor de ambas artes.

E se alguma vez tivesse que escolher com qual ficaria?
Se tivesse que escolher neste momento eu escolheria a música porque ainda quero aprender muito dela.

O quê lhe está a marcar mais durante a trajectória e lições tem tirado disso?
Tem me marcado o facto de eu me conectar com o meu Nankhova de 16 anos, (porque com os meus 16 anos eu já tentava a criatividade da música). Tem sido uma volta ao tempo mais de uma maneira corajosa e pronto a levar todos a conhecerem o meu sacrifício, todos dias tiro várias lições, mas uma delas foi querer ver o meu país mais evoluído em termos de pensamento.

as cargas mais recentes

Best-Seller de Tom Clancy foi adaptado ao cinema e Michael B. Jordan está no papel principal

há 1 mês
O próximo “encontro” com Michael B. Jordan, está marcado para o próximo dia 30 de Abril, na Amazon Prime Video.

Sambieventos, Os Lambas, Luandina e BASEL juntos contra a crise e contra a pandemia

há 11 meses

Actor luso-angolano encontrado morto

há 11 meses
O actor luso-angolano Pedro Lima foi encontrado este sábado de manhã, na Praia do Abano, morto. O alerta para as autoridades foi dado pouco depois das 8 horas.

MV Bill canta `crónicas viscerais sobre um Brasil desestabilizado’ em novo álbum

há 3 semanas
Com a produção de DJ Caíque e Tibery, o 9ª álbum do rapper, traz 12 faixas musicais, intitula-se `Voando Baixo´ e será publicado no próximo dia 30 de Abril.

Dave Bautista diz que The Rock não é um bom actor

há 8 meses
O actor e antigo lutador de Luta Livre, Dave Bautista, astro do filme Guardiões da Galáxia, afirmou que Dwayne Johnson “The Rock” não é um bom actor, apesar do sucesso que faz.

Yuri da Cunha: “Mais do que lançar um disco, quero ajudar a contar a história musical de Angola”

há 1 mês
Com quatro shows programados para os dias 9, 10, 17 de Abril e dia 1 de Maio, Yuri da Cunha acaba de reafirmar o compromisso de ser a “ponte” entre a nova geração e a historiografia da música popular.

Rapper e dj português morto à facada por ajuste de contas

há 1 mês

Army Squad desafia Kalibrados num espectáculo solidário

há 9 meses
Os dois grupos de Rap vão protagonizar, no próximo sábado, 29 de Agosto, um espectáculo solidário de recolha de donativos para o Hospital Pediátrico de Luanda “David Bernardino”.

Onde te enquadras senhor “músico”?

há 1 ano

Repertório entre Znobia X Havaiana acontece já nesta sexta-feira

há 12 meses
Inicialmente marcado para o dia 22, o evento interactivo foi remarcado para as 18 horas da próxima sexta-feira dia 29 de Maio, no Facebook e Instagram “Carga Magazine”. O Repertório não é literalmente um duelo, mas um desfile hits.

Busta Rhymes revela que deixou de ser feliz ao aperceber-se do que enfrentaria por ser negro

há 5 meses
Recemente, publicou Extinction Level Event 2: The Wrath Of God, que foi um dos motivos de conversa com o jornal Guardian, onde fez várias revelações.

Bobby Brown acusa Nick Gordon pelas mortes de Whitney Houston e Bobbi Kristina

há 4 semanas
No último episódio da série “Red Table Talk” do Facebook Watch, o músico afirmou categoricamente que Nick Gordon, na altura namorado da filha, é culpado pela morte de ambas: “as duas morreram da mesma forma e ele esteve presente nas duas situações”, disse.

Filho de Trump difunde fotografia manipulada de Ice Cube e 50 Cent

há 7 meses
Uma foto dos músicos Ice Cube e 50 Cent, com chapéus em que aparecem a apoiar Donald Trump, circulou terça-feira nas redes sociais, alimentada, em parte, pela sua redistribuição no Twitter pelo filho do candidato republicano.

Filme sobre Murais da Leba disputa Grande Prémio de Cinema Brasileiro

há 12 meses
O filme torna-se assim no primeiro realizado em África a entrar no circuito comercial de cinema brasileiro. Intitulado ‘As Cores da Serpente’, a longa-metragem narra o desafiante processo artístico dos jovens grafiteiros sobre os Murais da Leba.

Addy Buxexa lança single “Não Vai Embora” com a participação de Eudreezy

há 1 ano
A música é uma declaração de amor e, acima de tudo, um elogio à importância que as mulheres têm na vida dos homens. Com este single, Addy Buxexa quer também mostrar uma nova maturidade, com uma nova sonoridade e versatilidade.

Na primeira tentativa de cobrança Sadia arrecada 10 milhões de Kwanzas

há 2 meses