Nazarina Semedo se reinventa para atingir mercado internacional

Não se pode falar de back vocals em Angola sem mencionar o nome de Nazarina Semedo. A cantora também leva a carreira a solo e já lançou dois CDS, só que mais tarde foi forçada a ausentar-se do mercado. Agora, regressa com a produtora MTC, traz um novo estilo de música e apresenta projectos focados ao mercado internacional.

Esteve ausente durante algum tempo. Como encontrou o mercado?
Estamos no bom momento, no que toca a evolução, crescimento musical. A nível da qualidade, sonoridade, marketing e vários aspectos  acabamos por nos destacar, não deixando a dever a outros continentes. Mas é preocupante o morrer da nossa essência musical, no que tange à nossa raiz musical. Estamos a perder

Começou como corista nos espectáculos de referência do país. Como é feita transição para a carreira a solo?
Comecei a cantar em 1995 /1996, mas profissionalmente em 1997. A transição partiu pelo princípio do aprendizado, sempre quis ganhar traquejo para encarar uma carreira a solo com bases.

Depois dos álbuns “Alguém Como Tu” e “Sem Igual”. O quê marcará o seu regresso?
Tenho inúmeros projectos hoje, porque  trabalho com uma equipa e temos estratégias  traçadas e metas a alcançar. Ter alguém que se dedica àquilo que o artista quer e ao que o mercado pede, são aspectos totalmente diferentes. A MTC tem projectos muito ambiciosos para minha carreira ,e lógico,a maturidade faz-me ver as coisas com maior coesão e desafios.

É possível observar as mudanças na carreira…
Tive de mudar a minha forma de ver a arte, não somente com amor, mas como um negócio. Hoje a preocupação maior de fazer aquilo que o mercado pede e não aquilo  que quero.Estava mais ligada a Kizomba, Semba, Balada, hoje a maturidade me permite ousar e me desafiar aos ritmos mais actuais com suas influências. 

Como se define actualmente?
Hoje defino-me como uma artista ousada, que sabe o que quer e aberta a evolução. Aprender até morrer. Madura.

Nazarina Semedo se reinventa para atingir mercado internacional

Cantava Kizomba, Semba e Balada. Que estilo vai se dedicar agora ?
Falo particularmente de fusões Gueto Zouk, o resto só esperarem para ouvir.

Que planos  definiu?
Estamos a trabalhar no produto Nazarina, a dar conhecer ao meu público aquilo que agora me proponho. Recentemente lancei um novo vídeo da música “Chupa no Dedo” e foi produzido em Portugal pela a minha produtora MTC produções.

Qual será a próxima surpresa?
Neste momento depois de ter lançado o CD, a prioridade é  fazer o que realmente eu amo que é cantar, com desafios de novas sonoridades e estilo, onde me tenho sentido um peixe no aquário.

Disse que está a preparar um projecto musical. De que se refere e quais serão as participações?
Tenho algumas participações, surpresas. Prefiro não adiantar, só posso garantir que fiz um dueto com um dos maiores artistas da nova geração que amo de paixão.

Como está a ser o seu regresso?
Tem sido uma fase boa, porque não obstante os anos de carreira ,tenho me sentido revigorada. Me sento eu mesma. Estive ausente do mercado e há necessidade de mantermos aquilo que sempre fiz.

Que impacto teve o Covid-19 na sua carreira?
A produtora tem agendados shows em Portugal, que foram adiados pela a situação actual.

É como se estivesse a reactivar a marca “Nazarina Semedo”. Quer contar-nos sobre os motivos desta ausência?
Com toda a certeza. Ou seja actualizar a marca dentro daquilo que sou ao mercado. Tive alguns interregno de dois anos  por conta da minha vida pessoal.

as cargas mais recentes

Para além do 4, haverá “Jonh Wick 5” em 2022

há 5 meses
A saga protagonizada por Keanu Reeves, ‘John Wick’, terá dois novos filmes a partir de 2022, ou seja, contará, para além de Jonh Wick 4, com uma quinta parte, o John Wick 5, informou esta quinta-feira John Feltheimer, CEO da Lionsgate.

Actor de Batman: O Cavaleiro das Trevas chama Coringa de filme ‘nojento’

há 8 meses
Coringa é um dos grandes filmes de 2019 e trouxe uma história diferente e surpreendente para o clássico vilão do Batman. Entretanto, o actor Eric Roberts, conhecido por Batman: O Cavaleiro das Trevas chamou o filme “nojento”.

“Kings Of Afro House” completa um ano de existência

há 7 meses
O projecto MUSIC BOX, criado pela Sodiba e patrocinado pela Sagres, dedicou uma atenção especial neste último ano ao género do Afro House, e produziu e realizou, com o apoio da BMWorkz, o documentário Kings of Afro House, que junta alguns dos melhores Djs e produtores do género no mundo.

Black Eyed Peas e Post Malone lideram cartaz do Rock In Rio Lisboa

há 3 meses
A organização do Rock In Rio Lisboa divulgou, o “line-up” do Palco Mundo para a edição de 2021. O festival, que precisou ser cancelado este ano devido à pandemia mundial do novo coronavírus, acontecerá nos dias 19, 20, 26 e 27 de Junho.

Dupla Zeze Di Camargo e Luciano a beira do fim

há 2 meses
Os sinais aumentaram nos últimos meses após Luciano lançar carreira solo gospel.

Guardiões da Galáxia 3 marca fim de ciclo do elenco

há 7 meses
Após afirmar que Guardiões da Galáxia Vol. 3 não será adiado por conta da pandemia do Coronavírus, o director James Gunn revelou que este pode ser o último com o elenco actual.

Polémico documentário sobre Michael Jackson terá continuação

há 3 meses
A primeira parte do documentário foi responsável por trazer, novamente, à tona toda a polémica envolvendo supostos assédios cometidos por Michael Jackson, além da suposta pedofilia.

Novo álbum de Reptile já está disponível

há 2 meses
O sétimo álbum de Replite intitula-se I.C.O.N (Invejosos Continuam a Odiar o Nikka) e pode ser ouvido a partir do Kisom Unitel, mas também terá edições físicas. Traz, entre outras, vozes de Preto Show, Rui Orlando e Tchoboli.

Burna Boy apresenta detalhes do seu novo álbum produzido por P. Diddy

há 5 meses
Intitulado “Twice As Tall”, o novo álbum do músico nigeriano teve a produção executiva de Puff Diddy, Bosede Ogulu e o próprio Burna Boy.

AMA – Patrícia Faria reconhece que tinha música a concorrer na categoria errada

há 6 meses
Depois de alguma polemica em torno das músicas que concorrem no Angola Music Award (AMA), na categoria de melhor Semba, uma das artistas concorrentes teve a coragem de contactar a organização e, humildemente, dizer que a sua música não é Semba.

Dr Romeu “traz” ritmo e poesia

há 2 meses
O rapper Dr. Romeu, também conhecido como Lapiseira Azul, prepara para Dezembro o lançamento do seu terceiro álbum de originais, intitulado “Ritmo e Poesia”.

Polícia volta a confrontar um cidadão e Denzel Washington intervém

há 8 meses
Apesar dos protestos, a polícia voltou a interpelar mais um cidadão afro-descendente nos Estados Unidos. Desta vez, Denzel Washington foi obrigado a intervir depois de ver o confronto entre o agente e o cidadão.

Drake lidera lista dos artistas com mais streams da última década

há 4 dias

Nova geração celebra música moçambicana com o EP “Seguir em Frente”

há 3 meses
Um projeto, para ouvir com o volume no máximo, que reúne jovens talentos moçambicanos para celebrarem a música africana, da kizomba ao afro pop, sem esquecer o pandza.

Desporto norte-americano em “stand by”

há 5 meses
O boicote dos Milwaukee Bucks ao duelo com os Orlando Magic, no quinto jogo dos play-offs na NBA, motivou um protesto colectivo no universo desportivo norte-americano contra a injustiça racial e levou ao adiamento de todos os jogos da noite na NBA, estendendo-se à MLS, beisebol e ao ténis.

Leo “Príncipe” prepara novo projecto musical

há 1 mês
O artista está em estúdio a produzir músicas e vídeoclipes novos, que farão parte de um projecto a ser apresentado brevemente, soube esta sexta-feira a revista Carga.