Nazarina Semedo se reinventa para atingir mercado internacional

Não se pode falar de back vocals em Angola sem mencionar o nome de Nazarina Semedo. A cantora também leva a carreira a solo e já lançou dois CDS, só que mais tarde foi forçada a ausentar-se do mercado. Agora, regressa com a produtora MTC, traz um novo estilo de música e apresenta projectos focados ao mercado internacional.

Esteve ausente durante algum tempo. Como encontrou o mercado?
Estamos no bom momento, no que toca a evolução, crescimento musical. A nível da qualidade, sonoridade, marketing e vários aspectos  acabamos por nos destacar, não deixando a dever a outros continentes. Mas é preocupante o morrer da nossa essência musical, no que tange à nossa raiz musical. Estamos a perder

Começou como corista nos espectáculos de referência do país. Como é feita transição para a carreira a solo?
Comecei a cantar em 1995 /1996, mas profissionalmente em 1997. A transição partiu pelo princípio do aprendizado, sempre quis ganhar traquejo para encarar uma carreira a solo com bases.

Depois dos álbuns “Alguém Como Tu” e “Sem Igual”. O quê marcará o seu regresso?
Tenho inúmeros projectos hoje, porque  trabalho com uma equipa e temos estratégias  traçadas e metas a alcançar. Ter alguém que se dedica àquilo que o artista quer e ao que o mercado pede, são aspectos totalmente diferentes. A MTC tem projectos muito ambiciosos para minha carreira ,e lógico,a maturidade faz-me ver as coisas com maior coesão e desafios.

É possível observar as mudanças na carreira…
Tive de mudar a minha forma de ver a arte, não somente com amor, mas como um negócio. Hoje a preocupação maior de fazer aquilo que o mercado pede e não aquilo  que quero.Estava mais ligada a Kizomba, Semba, Balada, hoje a maturidade me permite ousar e me desafiar aos ritmos mais actuais com suas influências. 

Como se define actualmente?
Hoje defino-me como uma artista ousada, que sabe o que quer e aberta a evolução. Aprender até morrer. Madura.

Nazarina Semedo se reinventa para atingir mercado internacional

Cantava Kizomba, Semba e Balada. Que estilo vai se dedicar agora ?
Falo particularmente de fusões Gueto Zouk, o resto só esperarem para ouvir.

Que planos  definiu?
Estamos a trabalhar no produto Nazarina, a dar conhecer ao meu público aquilo que agora me proponho. Recentemente lancei um novo vídeo da música “Chupa no Dedo” e foi produzido em Portugal pela a minha produtora MTC produções.

Qual será a próxima surpresa?
Neste momento depois de ter lançado o CD, a prioridade é  fazer o que realmente eu amo que é cantar, com desafios de novas sonoridades e estilo, onde me tenho sentido um peixe no aquário.

Disse que está a preparar um projecto musical. De que se refere e quais serão as participações?
Tenho algumas participações, surpresas. Prefiro não adiantar, só posso garantir que fiz um dueto com um dos maiores artistas da nova geração que amo de paixão.

Como está a ser o seu regresso?
Tem sido uma fase boa, porque não obstante os anos de carreira ,tenho me sentido revigorada. Me sento eu mesma. Estive ausente do mercado e há necessidade de mantermos aquilo que sempre fiz.

Que impacto teve o Covid-19 na sua carreira?
A produtora tem agendados shows em Portugal, que foram adiados pela a situação actual.

É como se estivesse a reactivar a marca “Nazarina Semedo”. Quer contar-nos sobre os motivos desta ausência?
Com toda a certeza. Ou seja actualizar a marca dentro daquilo que sou ao mercado. Tive alguns interregno de dois anos  por conta da minha vida pessoal.

as cargas mais recentes

Tributo a Pitágoras Neto

há 6 meses
O co-fundador da Carga Magazine, Pitágoras Neto completaria 42 anos hoje, 12 de Maio. Relembramos o início da trajectória do jovem empreendedor na publicação que foi fundada há 10 anos e representa a voz de uma geração e o rosto de um movimento, que cada vez mais se afirma através da música.

Focada nos biliões da Fenty Beauty, Rihanna volta a arquivar novo álbum

há 4 meses
O facto é que há tempos Riri vem focando a maior parte das energias em empreendimentos nos ramos da moda e costméticos, e parece que essa mentalidade empreendedora está a fazer com que o seu próximo album continue engavetado.

Emmanuel Adebayor recusa doar dinheiro para combater o Coronavírus

há 6 meses
Numa altura em que estrelas do futebol, da música e do cinema unem forças para ajudar governos de seus países com a compra de alimentos para acudir os mais necessitados ou adquirir equipamentos hospitalares, a antiga estrela do Real Madrid, Arsenal, Man City, Mónaco e Arsenal deixou claro que não vai doar nada.

Vencedora do Festival da Canção de Luanda apresenta primeiros projectos

há 3 semanas
Além do principal prémio, Heróide dos Prazeres foi considerada a melhor voz do ano do Festival da Canção de Luanda, mas não é só o timbre vocálico que chama atenção, ela também escreve, e foi com a sua própria composição que ultrapassou vozes de referência da música angolana.

Futebolista angolano cobiçado pelas principais ligas

há 6 meses
Autor de 12 golos esta temporada, dos quais seis consecutivos antes do surgimento do Covid-19, o futebolista angolano Fábio Abreu está a ser cobiçado por vários clubes em Portugal, França, Espanha e Inglaterra.

38° edição do ‘Top dos Mais Queridos’ acontece hoje

há 4 semanas
A edição 2020 do Top dos Mais Queridos vai assumir um formato diferente do habitual, face ao contexto pandémico que se impõe. A par disto, a gala em si, também não será de eleição, mas sim de homenagem a Agostinho Neto.

Prodígio faz dueto com Yuri da Cunha em nova música

há 2 meses
Yuri da Cunha (Semba) e Prodígio (Rap) fizeram dueto na nova música de Yuri, que será apresentada Domingo no Show em alusão ao seu aniversário, a ter lugar no Casino Estoril em Portugal.

Patrícia Faria é o novo rosto da Zap Viva

há 1 mês
Depois de três anos a dirigir o “Calientíssimo”, na rádio MFM, Patrícia Faria prepara-se para mais um desafio. Brevemente, a cantora vai conduzir um novo programa de TV, no canal Zap Viva.

Coronavírus: Yanick prevê maus momentos para os músicos

há 7 meses
Sem “papas na língua”, falando para a Revista Carga, o rapper Yanick Ngombo “Afroman” reconheceu que se a situação do Coronavirus se prolongar os músicos vão passar maus momentos.

Oluali Records: A label que promete conectar Angola ao mundo

há 2 meses
O ano 2020 está a ser marcado por várias adversidades a todos os níveis, obrigando os artistas e produtoras a reinventarem-se e a procurarem novas formas de trabalhar. E é neste um contexto que nasce a Oluali Records, uma label que se propõe a prepõe a criar pontes entre Angola e o mundo.

Edy Breezy estreia vídeo clipe da música ‘Minha Life’

há 6 meses
A referida faixa musical fará parte da mixtape Fly vol.2, a ser publicada até ao final do ano em formato digital, e já se encontrar em várias plataformas digitais, incluindo o Kisom Unitel.

Poeta Momentâneo apresenta projecto de fusão de Rap e poesia declamada

há 1 mês
A estética da palavra associada ao ritmo já é descrita como Rap. O “Fusionismo” resulta da combinação entre a poesia declamada, a música e o desempenho, afirma o “seu criador” Poeta Momentâneo.

Detergente e Smash apresentam “hits” no reportório

há 4 meses
Os produtores Detergente e Smash são os convidados da Revista Carga para quarta edição da rubrica “Reportório”, na próxima sexta-feira (26), onde cada um vai exibir os seus maiores “hits”.

Galeria Tamar Golan apresenta “Nutrição Espiritual” da autoria de SBI

há 4 semanas
A Galeria Tamar Golan vai apresentar “Nutrição Espiritual” do artista angolano SBI, uma exposição individual online a inaugurar-se na Sexta-feira, dia 02 de Outubro de 2020, às 18h00.

Brasileiros rendidos a Kid MC

há 5 meses
A música “Oração”, tema promocional do projecto Dj Caique e Kid MC, com o título “Décimo sexto ano”, parece ter convencido os amantes do rap, os brasileiros em particular.

Trump chama cantora Madonna de feia

há 4 meses
O novo livro de Mary L. Trump, sobrinha do actual presidente dos Estados Unidos, está a gerar controvérsia, pelo facto de desvendar temas secretos da vida do presidente.