Nazarina Semedo se reinventa para atingir mercado internacional

Não se pode falar de back vocals em Angola sem mencionar o nome de Nazarina Semedo. A cantora também leva a carreira a solo e já lançou dois CDS, só que mais tarde foi forçada a ausentar-se do mercado. Agora, regressa com a produtora MTC, traz um novo estilo de música e apresenta projectos focados ao mercado internacional.

Esteve ausente durante algum tempo. Como encontrou o mercado?
Estamos no bom momento, no que toca a evolução, crescimento musical. A nível da qualidade, sonoridade, marketing e vários aspectos  acabamos por nos destacar, não deixando a dever a outros continentes. Mas é preocupante o morrer da nossa essência musical, no que tange à nossa raiz musical. Estamos a perder

Começou como corista nos espectáculos de referência do país. Como é feita transição para a carreira a solo?
Comecei a cantar em 1995 /1996, mas profissionalmente em 1997. A transição partiu pelo princípio do aprendizado, sempre quis ganhar traquejo para encarar uma carreira a solo com bases.

Depois dos álbuns “Alguém Como Tu” e “Sem Igual”. O quê marcará o seu regresso?
Tenho inúmeros projectos hoje, porque  trabalho com uma equipa e temos estratégias  traçadas e metas a alcançar. Ter alguém que se dedica àquilo que o artista quer e ao que o mercado pede, são aspectos totalmente diferentes. A MTC tem projectos muito ambiciosos para minha carreira ,e lógico,a maturidade faz-me ver as coisas com maior coesão e desafios.

É possível observar as mudanças na carreira…
Tive de mudar a minha forma de ver a arte, não somente com amor, mas como um negócio. Hoje a preocupação maior de fazer aquilo que o mercado pede e não aquilo  que quero.Estava mais ligada a Kizomba, Semba, Balada, hoje a maturidade me permite ousar e me desafiar aos ritmos mais actuais com suas influências. 

Como se define actualmente?
Hoje defino-me como uma artista ousada, que sabe o que quer e aberta a evolução. Aprender até morrer. Madura.

Nazarina Semedo se reinventa para atingir mercado internacional

Cantava Kizomba, Semba e Balada. Que estilo vai se dedicar agora ?
Falo particularmente de fusões Gueto Zouk, o resto só esperarem para ouvir.

Que planos  definiu?
Estamos a trabalhar no produto Nazarina, a dar conhecer ao meu público aquilo que agora me proponho. Recentemente lancei um novo vídeo da música “Chupa no Dedo” e foi produzido em Portugal pela a minha produtora MTC produções.

Qual será a próxima surpresa?
Neste momento depois de ter lançado o CD, a prioridade é  fazer o que realmente eu amo que é cantar, com desafios de novas sonoridades e estilo, onde me tenho sentido um peixe no aquário.

Disse que está a preparar um projecto musical. De que se refere e quais serão as participações?
Tenho algumas participações, surpresas. Prefiro não adiantar, só posso garantir que fiz um dueto com um dos maiores artistas da nova geração que amo de paixão.

Como está a ser o seu regresso?
Tem sido uma fase boa, porque não obstante os anos de carreira ,tenho me sentido revigorada. Me sento eu mesma. Estive ausente do mercado e há necessidade de mantermos aquilo que sempre fiz.

Que impacto teve o Covid-19 na sua carreira?
A produtora tem agendados shows em Portugal, que foram adiados pela a situação actual.

É como se estivesse a reactivar a marca “Nazarina Semedo”. Quer contar-nos sobre os motivos desta ausência?
Com toda a certeza. Ou seja actualizar a marca dentro daquilo que sou ao mercado. Tive alguns interregno de dois anos  por conta da minha vida pessoal.

as cargas mais recentes

Ndaka Yo Wini canta no festival internacional de Montreal

há 10 meses
O músico angolano Ndaka Yo Wini é uma das figuras de cartaz da 35ª edição do Festival Internacional de Montreal/Quebec (Canadá), denominado “Nuits d´Afrique”, que decorre desde o dia 08 de Julho.

Terá Fat Joe blasfemado ao chamar Drake de “Michael Jackson da actualidade”?

há 2 anos
Na última semana Fat Joe tem sido alvo de inúmeros ataques na internet, por ter comparado Drake ao astro da música Pop, Michael Jackson.

New Generation: PJ Mussungo apresenta primeira música promocional da EP Befology77

há 10 meses
Desde o incentivo a solidariedade que é no fundo o esteio do projecto, à necessidade de preservação do ecossistema e salvaguardar a identidade africana e humanização de todos os povos. New Generation ou Nova Geração, transborda uma mensagem alternativa e interventiva aos factos que abordam questões e versões sobre perspectivas sociais.

“The Rock é o unificador que Os Estados Unidos da América precisa”, diz lenda do WWE

há 1 ano

Novo EP de MAMY revela habilidades no Trap Music

há 2 anos
ntitulado “Trap Queen” o EP que foi disponibilizado esta madrugada no Soundcloud, vem trazer uma MAMY mais versátil e actual, no que toca as novas sonoridades e composições, sem descurar da importância que sempre deu à escrita.

Sabia que hoje comemora-se o `Dia Mundial da Música´?

há 8 meses

Celebrada em todo o mundo, anualmente a 1 de Outubro, a efeméride foi data foi instituída em 1975 pelo International Music Council, uma instituição fundada em 1949 pela UNESCO, que agrega vários organismos e individualidades do mundo da música.

Gun N’Roses desafia Coronavírus com concerto de Massa

há 2 anos

Adelásio Mwangolé está de volta com músicas novas e anuncia álbum

há 2 anos
Depois de algum tempo à procura de firmamento em uma produtora, o autor de temas como ‘Mwangolé’ está de volta com músicas novas e está em estúdio a preparar o primeiro álbum, sob o selo da Yalankuwu Music, com o qual quer internacionalizar a carreira.

Sabia que o Dia do Rock foi instituído graças a um festival em prol da Etiópia?

há 10 meses
O dia 13 de Julho é desde o ano 1985, celebrado como o dia do Rock. A efeméride foi sugerida por Phil Collins durante o célebre festival Live Aid, realizado na época simultaneamente em Londres e na Filadélfia, a fim de angariar doações para a Etiópia.

Bruno M ressurge em novo projecto colaborativo com a cantora israelita Noa Zulu

há 2 meses
O projecto musical voluntário que vai juntar vozes angolanas como Bruno M, Glória da Lú e Cleyton M, de Israel Noa Zulu e Avner Hodorov, de Tel Aviv, será apresentar em conferência de imprensa, no próximo dia 22, pela Fundação Arte e Cultura.

Duetos N’Avenida regressa em formato televisivo com tributo a Carlos Burity

há 1 ano
O tributo à voz do Semba teve lugar ainda na sua na presença e contou com a dupla Gersy Pegado e Patrícia Faria.

Vice-Presidente da República destaca o talento e incentiva autores da coreografia “Jerusalema”

há 1 ano
Durante a audiência, Bornito de Sousa foi informado sobre a boa fase e sobre os projectos e ambições do grupo angolano, cujo talento foi provado e teve reconhecimento mundial.

Viúva de Kobe Bryant vai processar policias de Los Angeles

há 2 anos
Vanessa Bryant decidiu agir judicialmente contra os agentes da Polícia de Los Angeles, que terão divulgado imagens do acidente que vitimou Kobe Bryant, lenda do basquetebol, que faleceu a 26 de Janeiro, após um desastre de helicóptero.

Pioneira do Ballet Tradicional Kilandukilu recua na sua decisão de desistência após homenagem do Duetos N´Avenida

há 8 meses
Trata-se de um dos nomes que representa o baluarte da dança nacional, Ana Maria Vieira Dias, que em dupla com o irmão Maneco Vieira Dias, está na vanguarda do Kilandukilu há mais de 35 anos, pelos quais, foram homenageados na última edição dos Duetos N´Avenida.

Dupla Tieijci & Vilson lançam ‘Café’, a EP que começa já a “somar”

há 6 meses
O tema Somar, além de ser o cartão postal do projecto, é uma música que traduz a motivação dos artistas, em ir atrás do que pretendem ser e ter, e ao mesmo tempo, traz linhas de ataque para artistas que não pratiquem a mesma arte com a mesma seriedade.

Nas revela que Jay-Z lhe tinha dito que rimava melhor que Tupac e B.I.G.

há 10 meses
Foi desenterrada, na semana finda, uma conversa entre Nas e Jay-Z. Segundo Nas, Jay-Z lhe tinha contado que se considerava melhor rapper que os falecidos Notorious B.I.G., 2Pac e DMX, mas Nas discordou.