Ndaka Yo Wiñi assina com gravadora do ex-produtor de Aretha Franklin

Nos últimos tempos, Ndaka Yo Wiñi vem assumindo o papel de “diplomata da música angolana”, ganhando destaques em festivais internacionais de Jazz, como o do Montreal, em Canadá.

Sua voz e talento carecem de aprovações no mercado angolano, e também no africano, se recordamos que, em 2019, foi dos principais destaques da 20ª edição do Cape Town Jazz Festival. Agora, Ndaka lançou-se numa nova aventura, para a conquista do mercado musical da América do Norte.

Com isso, o músico marca passos firmes, criando alicerces para a sua carreira. Na semana finda, Ndaka Yo Wiñi assinou com a Pageot Productions, de Steve Pageot, um músico, produtor, compositor e engenheiro norte-americano, criado em Montreal ( Canadá), que em 2004 ganhou um Grammy com a obra “Wonderful”, de Aretha Franklin e citado para trabalhar no último álbum de Michael Jackson.

Satisfeito com a conquista, o autor de “Olokwembo” recorreu às suas redes sociais, no sábado, e partilhou o anúncio da produtora pela sua contratação, onde se pode ler:

“Alerta de nova mala: estrela internacional de Angola, través do artista, cantor e compositor de Montreal Ndaka Yo Wiñi acaba de assinar com a Pageot Productions!”

Ndaka Yo Wiñi assina com gravadora do ex-produtor de Aretha Franklin

Com termos do contrato ainda por se revelar, a ssinatura é apenas parte de vários firmamentos que o cantor e compositor tem em carteira, conforme fez saber recentemente numa entrevista à Carga.

Com vasta experiência no sector, Steve Pageot conquistou o respeito de músicos como LL Cool J, Diddy, BIG e acumula uma placa platina, foi Grammy em 2004 por seu trabalho, em 2003, com a Rainha do Soul, Aretha Franklin, e também foi cooptado para trabalhar no último álbum de estúdio de Michael Jackson, além de produzir temas para séries, filmes e programas televisivos da MTV.

Ndaka Yo Wiñi assina com gravadora do ex-produtor de Aretha Franklin

Ascenção de Ndaka Yo Wiñi

O músico iniciou a carreira em 2011 e já participou em várias actividades, com realce para actuações na “Expo Milão”, em Itália, em Cape Town, África do Sul, “Encontro com a África”, no Brasil, entre outros pontos do mundo como Portugal, EUA e Canadá.

Em 2016 conquistou o prémio de Melhor Afrojazz do Top Rádio Luanda. Mas foi em 2019, que ganhou mais notoriedade a nível internacional, pela actuação na 20ª edição do Cape Town International Jazz Festival.

Seu álbum de estreia “Olokwembo”, publicado em 2018, é uma tradução do ritmo ancestral do berço, apelidado pelo próprio por ‘ lundongo no lwandu’ e é descrito como um álbum “imerso” na fusão de ritmos étnicos e ancestrais e pesquisa sobre etnomusicologia. A obra comporta onze temas originais, sob influências do Jazz, Soul, e Blues.

Nascido a 5 de Janeiro de 1981, no Lobito, Adriano Dokas, seu nome de registo, também já foi nomeado para o Top dos Mais Queridos, na categoria Prémio da Crítica.

as cargas mais recentes

Álbum “Pra Lhes Doer Mais”, da autoria de Twenty Fingers já está disponível

há 2 anos
2020 tem sido o ano das novidades para os fãs de Twenty Fingers. Depois de ter lançado o EP Twenty Twenty, o músico moçambicano, agenciado pela Música Promo, lança o álbum há muito desejado.

Novo álbum de Keita Mayanda sai esta sexta-feira

há 2 anos
O disco intitula-se “7 Momentos De Lucidez” e pode ser consumido a partir desta sexta-feira, 4 Dezembro, na plataforma Soba Store. Depois disso, estará também disponível noutros meios digitais, além da edição física.

Top Dos Mais Queridos 2021 vai homenagear mulher zungueira e terá novas regras

há 2 anos

Música de Flagelo Urbano volta a ser destaque em Universidade brasileira

há 1 ano
A música ‘Demo Sem Cracia’ da autoria de Flagelo Urbano, está em destaque no ‘Caderno Textos e Debates’ da Universidade Federal de Santa Catarina.

Samuel Eto’o irritado com clubes franceses

há 2 anos

Karen Pacheco traz o “Colar de Pérolas” à Angola

há 3 anos
Depois de tê-lo feito em Portugal, ao vivo, a escritora angolana Karen Pacheco apresenta no dia 23 deste mês (quinta-feira), a partir das 21 horas, no seu instagram, o seu livro intitulado “O Meu Colar de Pérolas”.

Michel do Rosário abre musicalmente 2021 com “Olá Nina”

há 2 anos
Um pouco diferente daquilo a que é a sua identidade musical, este trabalho, mais ghetto zouk, é uma crítica construtiva para os que dão mais valor à beleza exterior e aos bens materiais do que a um amor verdadeiro, acabando muitas vezes por menorizar a relação e os intervenientes.

Legado do rei Ngola Kilwanji será narrado em filme

há 2 anos

Desapego: Flagelo Urbano brinda ouvintes com nova música em dia de aniversário

há 1 ano
Não é apenas mais um single, ‘Desapego’ é um marco na carreira de Ngola Sambala que já conta mais de 20 anos. Pela primeira vez, uma música da sua autoria será acompanhada de videoclip.

Elon Musk brinca sobre comprar a Coca-Cola “para colocar a cocaína de volta”

há 9 meses
De acordo com a própria história da bebida, a Coca-Cola foi originada em 1886 pelo farmacêutico de Atlanta John Pemberton. Continha cocaína na forma de um extrato da folha de coca, já que a cocaína era um ingrediente legal e comum em medicamentos na época, de acordo com o National Institute on Drug Abuse.

Bobby Brown acusa Nick Gordon pelas mortes de Whitney Houston e Bobbi Kristina

há 2 anos
No último episódio da série “Red Table Talk” do Facebook Watch, o músico afirmou categoricamente que Nick Gordon, na altura namorado da filha, é culpado pela morte de ambas: “as duas morreram da mesma forma e ele esteve presente nas duas situações”, disse.

Anna Joyce e C4 Pedro integram lista dos artistas africanos que “todos devem ouvir”

há 2 anos
O site brasileiro Mundo Negro elegeu os oito artistas africanos lusófonos “obrigatórios” nas playlists da actualidade, dos quais figuram os angolanos C4 Pedro e Anna Joyce.

Ministro da Cultura, Turismo e Ambiente anuncia apoio social aos artistas angolanos

há 2 anos
Jomo Fortunato deu a boa nova, durante uma visita à casa do músico Anselmo Júnior, Marito, lendário guitarrista do agrupamento Kiezos.

Fim-de-semana farto: Kid Cudi quebra o silêncio de 10 anos e Taylor Swift retorna após 5 meses

há 2 anos
Kid Cudi acaba de lançar o último álbum da trilogia `Man on the Moon´, enquanto que Taylor Swift apanhou todos de surpresa com um “ábum-irmão” de Folklore, lançado há cinco meses, ambos projectados para ocupar os primeiros lugares da Billboard.

Pioneira do Ballet Tradicional Kilandukilu recua na sua decisão de desistência após homenagem do Duetos N´Avenida

há 1 ano
Trata-se de um dos nomes que representa o baluarte da dança nacional, Ana Maria Vieira Dias, que em dupla com o irmão Maneco Vieira Dias, está na vanguarda do Kilandukilu há mais de 35 anos, pelos quais, foram homenageados na última edição dos Duetos N´Avenida.

Já começou a contagem decrescente para a estreia do vídeo do single ‘Cidade à noite’

há 2 anos
Numa altura em que o rapper mais tem se dedicado à sua marca de vestuário, a música que retrata a realidade social, veio quebrar o silêncio de Young Double e considera “é evidente que não houve música mais impactante que Cidade à noite no último mês”.