Ndaka Yo Wini canta no festival internacional de Montreal

O músico angolano Ndaka Yo Wini é uma das figuras de cartaz da 35ª edição do Festival Internacional de Montreal/Quebec (Canadá), denominado “Nuits d´Afrique”, que decorre desde o dia 08 de Julho.

Ndaka sobe ao palco nos dias 14 e 16, no Place dês Arts, para se mostrar naquele que é considerado um dos maiores festivais de música da América Latina.

Instrumentalmente a actuação de Ndaka será suportada pelo guitarrista David Vandervort, oriundo de USA/New York, baixista Dauphin Mbuyi de Congo Kinshasa e o Percussionista French Caribbean, Daniel Belllegarde.

Enquanto que no repertório, estão contempladas as seguntes músicas: Ocisungo tchykongo, Intro kamungona, Tchembanima, Intro-Sekulu, kunlu Vendamba, Tout ira bien, Pasuka, Lombolola, Evamba, Ohele e Ndikalikenda.

Ndaka Yo Wini canta no festival internacional de Montreal

Para o músico é uma honra ver o seu trabalho reconhecido além fronteira e, segundo o próprio, tudo fará para continuar a cumprir com a missão ancestral de levar a música étnica e de fusão angolana e africana para o mundo.

Passaram pelo festival, nas edições anteriores, grandes referências da música africana, como são os casos de Manu Dibango, Angélique Kidjo, Papa Wemba, Salif Keïta, Mory Kanté entre outros.

Nascido a 5 de Janeiro de 1981, no Lobito, Adriano Dokas, seu nome de registo, conta com um álbum no mercado, intitulado “Olukwembo”, lançado em 2018, que mereceu uma nomeação no Top dos Mais Queridos na categoria Prémio da Crítica.

O artista iniciou a carreira em 2011 e já participou em várias actividades, com realce para actuações na “Expo Milão”, em Itália, em Cape Town, África do Sul, “Encontro com a África”, no Brasil, entre outros pontos do mundo como Portugal e EUA.

Em 2016 conquistou o prémio de Melhor Afrojazz do Top Rádio Luanda. Porém, ficou ainda mais conhecido em 2019 pela actuação na 20ª edição do Cape Town International Jazz Festival, na África do Sul.

as cargas mais recentes

Thó Simões constrói mural para referências da música angolana

há 11 meses
Tratam-se de figuras como Carlos Burity, Waldemar Bastos, David Zé, Artur Nunes, Lourdes Van-Dunem, Teta Lando, Bangão,Teta Lágrimas, entre tantos outros que já não fazem parte do mundo dos vivos.

Making Of : “É No Pé”-Elástico Nandako ft Power Boyz

há 2 anos
Após ter disponibilizado o seu primeiro single colaborativo no passado mês de Maio, a Carga traz o Making Of do referido vídeo clipe intitulado “É No Pé”, gravado este sábado.

Música ‘Old Town Road’ de Lil Nas X agora tem certificado de diamante

há 2 anos
A Associação da Indústria Fonográfica da América (RIAA) anunciou que o hit ‘Old Town Road’, agora foi certificado como Diamante. E é a música mais rápida da história a alcançar a certificação.

The Flaming Lips revolucionam espectáculos em tempos de Covid

há 1 ano
A banda de rock norte-americana The Flaming Lips criou uma maneira criativa de fazer shows ao vivo no meio da pandemia, os membros da banda e a plateia dentro de bolhas espaciais protectoras.

Acaba de ser “erguido” o primeiro polo de produção e ensino de Dikanza em Angola

há 1 ano
A Fundação Arte e Cultura foi ontem instituída, como Polo de Produção e Ensino da Dikanza em Angola, particularmente a cidade de Luanda. A entrega simbólica das Dikanzas foi feita pelo Vice-Governador de Luanda para o sector Político, Social e Económico, Dionísio da Fonseca, no espaço Wyza Anfiteatro da Fundação.

Disco que John Lennon assinou para seu próprio assassino vai a leilão

há 2 anos
Uma cópia do LP Double Fantasy , lançada em 1980 por John Lennon , vai a leilão por um valor inicial de 2 milhões de dólares. O disco, com autógrafo do ex-Beatle, pertencia a Mark David Chapman, que se encontra a cumprir prisão perpétua.

Num dia como hoje morria Bob Marley, a Lenda do Reggae

há 1 ano

Ndaka Yo Wiñi assina com gravadora do ex-produtor de Aretha Franklin

há 7 meses
O músico vem marcando passos firmes, criando alicerces para a sua carreira. Na semana finda, Ndaka assinou com a Pageot Productions, de Steve Pageot, um músico, produtor, compositor e engenheiro norte-americano, criado em Montreal ( Canadá), que em 2004 ganhou um Grammy com a obra “Wonderful”, de Aretha Franklin e citado para trabalhar no último álbum de Michael Jackson.

Projecto que transformou pedonais em bibliotecas comunitárias vai se expandir pelo país

há 2 anos
As pontes do Camama, Benfica e do Rocha Pinto serão transformadas na semana que vem e já há livros para o Namibe, Huila e Kwanza Sul aguardam por mais doações.

Cardi B explica o que a impede de usar drogas

há 2 anos
Numa entrevista emparelhada com a mais recente capa da ‘Mulher do Ano’, eleita pela Billboard, Cardi B entrou em mais detalhes sobre um tema controverso, revelando que, embora ela não faça uso de drogas, fuma um cigarro, ou três ocasional.

Jay-Z viraliza após rejeitar pedido de autógrafo numa bola: “Eu não jogo beisebol”

há 12 meses
A atitude do artista, esta sexta-feira, vem sendo associada à protecção do seu nome, imagem e música, pois, recentemente moveu uma acção judicial contra o ex-fotográfo por explorar seu nome e imagem ao vender cópias da foto da capa do Reasonable Doubt sem a sua permissão.

Linkin Park: Reeditam “Hybrid Theory”, 20 anos depois do lançamento

há 2 anos
Ao longo de hora e meia de conversa Mike Shinoda, Brad Delson, Dave Farrell e Joe Hahn responderam a questões oriundas dos quatro cantos do mundo – da Tailândia e Indonésia aos Estados Unidos e Austrália, passando por Portugal – e falaram especialmente sobre o álbum que deu início ao percurso dos Linkin Park.

Mais um luto na música angolana. Morreu Zé Mweleputo, integrante dos Jovens do Prenda

há 1 ano

Familiares de Pablo Escobar processam rapper 2 Chainz

há 2 anos
Os familiares de Pablo Escobar abriram um processo crime contra os restaurantes do rapper 2 Chainz localizados em Atlanta. A batalha judicial obriga o músico à indemnização de 10 milhões de dólares e proíbe-o de usar o nome do ex-barão da droga.

Tal pai, tal filho

há 2 anos
Os caminhos de Maya Cool e Eduardo Paím estão quase sempre ligados. Não é novidade que viveram juntos durante anos em Portugal e que Paím foi o seu mentor naquele país.

Nobody Pray For Me: Álbum de estreia de Seaan Tiller já está disponível

há 5 meses
Depois de duas mixtapes, Seaan Tiller decidiu finalmente oferecer aos seus fãs o seu primeiro álbum. N.P.F.M (Nobody Pray For Me) chega assim ao mercado com 13 faixas e as participações de nomes de peso da música urbana em português.