NGA: “Nós não somos um grupo. Somos uma universidade que forma niggas”

O músico está neste momento em estúdio a preparar o próximo álbum, obra da qual extraiu duas das três faixas lançadas em Novembro. Em entrevista à Carga, NGA falou dos seus projectos filantrópicos para Angola, sonhos, e dos artistas angolanos com os quais gostaria de ter participações.

NGA é um músico que não põe ponte, conforme faz questão de frisar, e procura transmitir seus sentimentos de forma diferente em cada música, algo que tem conseguido com sucesso, graça às pesquisas e leituras que vai fazendo.

“Eu deixo o fluxo da minha vida correr. Eu não ponho barragens. A minha música é o reflexo da minha pessoa”, sublinha.

Nos últimos tempos, o artista tem trabalhado muito para o seu e o amadurecimento da Força Suprema, formação que não considera grupo, mas “universidade que forma niggas”, por causa das suas valências. A “família” integra vários profissionais, entre eles masterizadores, engenheiros gráficos, de som, etc.

“Nós não somos um grupo. Nós somos a universidade que forma niggas”, realça. E é desta “universidade”, que voltará a sair mais um álbum.

As novidades…

NGA tem à vista o lançamento do próximo álbum, obra da qual extraiu as faixas “Pra Nós” ft Gutto e “Só Se Vive Uma Vez” ft Dino D’ Santiago. Sem precisar a data para a publicação, King assegura, no entanto, que tem sob posse o master do ProEvolution 3.

“A faixa com Dino e Gutto faziam parte do álbum só tirei mesmo para partilhar com a minha família”, revelou.

Longe de quem pensa que o rapper evita estar em participações, o músico enumera os colegas angolanos com os quais desejaria fazer duo. Totó ST, Anna Joyce, Fredh Perry (dos Mobbers) são alguns deles e… tem mais. Clica no vídeo em baixo para saber.

Nostálgico, confessa que sonha em protagonizar um espectáculo na linha de Sintra. E esclarece que os elementos da Força Suprema trabalham deb forma individual, por acreditar que será desta maneira que podem continuar a fazer uma grande equipa.

Quanto ao projecto Massacre d’ Novembro, lançado com Monsta, aconteceu porque “sentiu que seus pensamentos e os dos Monsta precisavam de estar juntos”, aliás, frisa, ele o e Monsta têm quase a mesma história de vida.

Projectos bloqueados pela pandemia…

A concorrer para o MTV Africa Music Awards, o artista de 38 anos é dos que mais afectado ficou com a pandemia. Viu os shows no Rio de Janeiro, tournées no arquipélago de Cabo-Verde e em Angola e espectáculos na África do Sul cancelados.

Determinado, diz não ter nada a lamentar. Mas mostra-se insatisfeito por não ter conseguido colocar, este ano, em acção um projecto que beneficiaria directamente quem mais precisa.

“Tínhamos muitos projectos que não têm nada a ver com a música. Podíamos usar essa fama que Angola nos deu para o benefício directo das pessoas que mais precisam”.

Sobre a participação no MTV Africa Music Awards, o músico diz que, desta vez, concorre com um outro sentimento. E fala do que alguns músicos significam para si. NGA abre as copas neste vídeo live com NGA.

as cargas mais recentes

Na primeira tentativa de cobrança Sadia arrecada 10 milhões de Kwanzas

há 2 meses

Rui Orlando em concerto no `Especial Tá Bater´

há 7 meses
É já neste sábado, dia 19 de Setembro, que todas as atenções estarão voltadas para o `Especial Tá Bater´, com Rui Orlando, a protagonizar uma incursão pelos maiores sucessos do seu repertório.

Nova geração celebra música moçambicana com o EP “Seguir em Frente”

há 6 meses
Um projeto, para ouvir com o volume no máximo, que reúne jovens talentos moçambicanos para celebrarem a música africana, da kizomba ao afro pop, sem esquecer o pandza.

Kyaku Kyadaff deixa LS Republicano

há 1 ano
De acordo com uma fonte, o autor de sucessos como “Sete sete e rosas”, “Monica”, “Bibi”, entre outras, não renovou o contrato com a LS.

Primeiro filme de Gilmário Vemba pode chegar a Netflix

há 4 meses
A longa-metragem vai para as salas de cinemas angolanos e moçambicanos no dia 26 do próximo mês. Depois disso, poderá passar nas plataformas como Netflix e Tellas, informou esta tarde Gilmário Vemba, o protagonista.

Drake lidera lista dos artistas com mais streams da última década

há 3 meses

Conheça Jassira Pascoal, a mais nova aposta do Dj Raiva e Punidor

há 8 meses
A jovem de 20 anos despertou a atenção dos dois profissionais no Unitel Estrelas ao Palco (2019), onde acabou sendo eliminada, mas seu trimbre vocálico, letras e talento podem ajudá-la a tornar-se numa das novas referências da música angolana.

Prodígio e Paulo Flores disponibilizam novo vídeoclip

há 3 meses

Burna Boy rubrica acordo de representação directa nos Estados Unidos

há 7 meses
O cantor e compositor nigeriano assinou esta semana um contrato com a Society of European Stage Authors & Composer para representação directa nos Estados Unidos da América.

Críticas forçam Cardi B a excluir a sua conta do Twitter

há 6 meses
A cantora apagou a sua conta oficial no Twitter, após ter-se dirigido de forma meio agressiva aos fãs, durante um directo no Instagram este final de semana, onde também se insurgiu contra Ariana Grande.

Acção Jovem promove ciclo de aulas sobre historiografia africana

há 7 meses
Sob o mote “Mergulhando nas Artérias da História, Cultura e Tradição Africana”, o projecto nasce de uma conexão entre a Acção Jovem com o Professor, Historiador e Activista Social angolano, Pick Ngudi-A-Kazi e o Portal do Palestrante Africano no Brasil.

Sucessos femininos no Show do Mês

há 1 ano
Bevy Jackson, Margareth de Rosário, Katiliana, Sandra Cordeiro, Djanira Mercedes e Solange actuam no Show do Mês.

Rafael Gonçalves: A voz do Ghetto Zouk que todos deviam ouvir

há 2 meses
Tem poucos anos de estrada e, apesar de ainda não pisar grandes palcos, Rafael Gonçalves já começou a atrair as tençãoes do público. Seus temas “Cobrar” e “Juntos P’ra Sempre” acabam por ser incorporados nas referências do Ghetto Zouk feito em Angola.

Matias Damásio laureado com medalha de ouro em Portugal

há 11 meses
O presidente da câmara de Oeiras, Isaltino Morais, formalizou esta semana a homenagem ao músico angolano por serviços prestados à comunidade, com a entrega de um diploma e uma medalha de ouro.

Katy Perry proíbe que se cante a música “Watermelon Sugar” no American Idol

há 2 semanas

Sinead O’Connor queixa-se nas redes sociais: “Estou a morrer de fome”

há 6 meses
A cantora padece de agorafobia e recorreu às redes sociais está semana, para falar sobre a luta contra o transtorno de ansiedade que a deixa com medo de sair de casa.