Nsingi, uma voz de Portugal que leva a cultura angolana com rítmo

Começou no Hip Hop e, com o passar do tempo, sentiu a necessidade de experimentar outras sonoridades, foi assim que descobriu a sua própria identidade musical, baseada na esteticidade dos beats africanos.

Carlos Nsingi nasceu em Portugal e nunca esteve em Angola, mas mantém fortes ligações com a cultura angolana, desde a música, gastronomia ao modo de ser, estar, falar, incluindo a forma de vestir, porque seus país são angolanos e parte da sua família vive em Angola.

O músico acaba de escrever um novo capítulo da sua carreira ao lançar, esta manhã, um EP inédito com fusões de Pop Urbano, Hip-Hop, R&B, Trap e Afro beats, verdadeiro depósito de experiências individual e colectiva e está disponivél nas plataformas digitais.

Apesar da carreira um tanto quanto emergente, seu talento já suscitou vários interesses. Produziu para Masta (Força Suprema), SP Deville, Frank&Rogg, Gasso e Nuno Abd e prova nesta antrevista à Carga que tem muito mais para oferecer à indústria da música.

Nsingi, uma voz de Portugal que leva a cultura angolana com rítmo

Como é que começa o seu envolvimento com a música?

A música sempre esteve presente na minha vida. Venho de uma familia cristã e os primeiros passos foram dados enquanto baterista na igreja quando ia aos ensaios com o meu pai que cantava no grupo.
Mas em 2007 foi o início enquanto rapper. Comecei a fazer maquetes com um grupo de amigos da minha zona.

Em que circunstâncias sua carreira começa a se tornar mais consistente?

A carreira começa a ganhar forma a partir do momento em que, em conjunto, com o meu amigo de infancia Bernardo Melo criamos a banda Koncept – onde tivemos a oportunidade de fazer vários showcases e aparições no centro e no sul de Portugal. A partir de 2018 foi quando senti uma necessidade de abraçar outro tipo de sonoridades para encontrar a minha estética e identidade.

Nsingi, uma voz de Portugal que leva a cultura angolana com rítmo

Qual é o ponto de situação da sua carreira?

#LOVERDOSE é o início de um novo capítulo enquanto artista – O último original que editamos foi em 2018. Três anos depois lanço-me nesta aventura a solo com o objectivo de solidificar a marca NSINGI e de contribuir com a minha arte na indústria, tanto como cantor e produtor.

Em que aspectos acha que a sua música pode contribuir para a indústria musical?

Tudo isto deve-se ao facto da herança musical que tenho, angola e congo, e de consumir vários generos. Hoje em dia considero que faço Pop Urbano onde fundo o Hip-Hop, R&B, Trap e Afrobeats.

Neste momentos quantos projectos tem a solo?

A solo tenho o álbum de instrumentais – Man In Zouk – e no passado mês de Março lancei o maxi-single “Wowmen” em homenagem ao movimento de empoderamento feminino. Com os Koncept temos em comum o EP “Na Via das Duvidas”.

Descreve o seu novo EP como depósito de das suas memórias. De que tipo de experiências se refere?

Experiências pessoais, relatos de amigos… O que vejo e o que vivo.

Por quê razão decidiu tornar públicas essas experiências?

A verdade é que os últimos meses foram meses de muita incerteza, dor, dúvida, angústia e medos. E este EP explora a alegria e a leveza do amor romântico.

Qual é a essência do EP?

A essência deste EP é o amor. Amor pela arte, amor pelo próximo, respeitar e amar o processo. Vem com uma mensagem de optimismo e sublinha que a vida deve ser vivida com Joie agarrando-nos a quem e ao que nos faz feliz.

Andou por algumas capitais europeias. Até onde essas experiências influenciaram na concepção deste EP?

Adoro viajar, mas é em Portugal que me sinto em casa. Cada cidade tem a sua magia… E ter a oportunidade de conhecer novas pessoas, ouvir outros sons, ver e conhecer outras tradições e culturas inspiram-me. Acredito que é com a mistura que avançamos.

Com que artistas angolanos tem tido mais contactos e porquê?

Ainda nao posso levantar muito o pano, mas dentro de muito pouco tempo poderemos vir a ter uma colaboração com um artista do panamorama angolano.

Que particiações traz nos seus projectos musicais?

Para além de Koncept, já tive oportunidade de colaborar com o SP Deville,(SP&Wilson/Makongo), produções para Masta (Força Suprema), a Frank&Rogg, Soundskillz – que co-produziu comigo este novo EP – Gasso e Nuno Abdul, de Moçambique.

as cargas mais recentes

“A Dimensão Cultural do Herói Nacional” em debate no Visão actual

há 2 anos
O programa Visão Actual a ser exibido amanhã, quinta-feira dia 17 de Setembro, vai analisar a Dimensão Cultural de António Agostinho Neto, fundador da nação e primeiro presidente de Angola.

Vida e obra de Big Nelo retratadas em teatro musical

há 12 meses
O dia 17 de Julho de 2021, passará, doravante, a representar uma data importante para a história do Hip Hop nacional. Pela primeira vez em Angola, uma figura singular do Rap é retratada em teatro musical.

Num dia como hoje morria Bob Marley, a Lenda do Reggae

há 1 ano

Angelina Jolie acusa produtor de assédio sexual

há 10 meses
Em véspera de lançamento de um livro, que incentiva crianças a lutarem contra as injustiças, a actriz de 46 anos recordou uma situação traumática que viveu alegadamente com o produtor Harvey Weinstein.

Jacob Desvarieux junta-se às celebrações dos 45 anos de independência de Angola

há 2 anos
Apadrinhado por Bonga, o espectáculo para a celebração dos 45 anos da independência terá lugar na próxima quarta-feira (11), em Lisboa, e traz como surpresa o músico Jacob Desvarieux.

Renata Torres recebe humoristas no ‘Vamos falar a sério’ do Kianda Sessions

há 1 ano

DH lança plataforma que vai permitir produtores levarem beats a músicos consagrados

há 2 anos
Denominado Drum Stars, o instrumento poderá fazer com que qualquer produtor entre em contacto com músicos consagrados e aproveitar vender e monitorizar seus beats, bem como promover a sua imagem.

Rap triunfa na 1° edição do “Estrelas ao Palco Vencedores”

há 1 ano

Céline Dion: Da magreza extrema a fashionista favorita das marcas

há 1 ano
Colecções da Dior, Chanel, Oscar de la Renta e muitas outras marcas, têm-na como número um e, garantem que os looks só ganham vida pela performance de Céline.

Fotogaleria: Yuri da Cunha protagoniza “dueto” épico com Teta Lando

há 1 ano

Senhor Feroz: Ondjaki lança novo livro

há 2 meses
Depois de “A estória do sol e do rinoceronte” e o ” Livro do Deslembramento” (Romance), ambos publicados em 2020, o escritor volta à ribalta com um novo conto “Senhor Feroz”- que fala sobre pessoas, guitarras, pássaros, festas, casas, sombras, cacos e patos de borracha.

Jovens do Prenda festejam 52º aniversário no Show do Mês

há 2 anos
Os Jovens do Prenda festejam sábado o seu 52º aniversário de existência no Show do Mês Live, num concerto aguardado com muitas expectactivas pelos fãs do conjunto.

Rihanna é processada por violação dos direitos autorais

há 2 anos
De acordo com o TMZ, a cantora Rihanna está a ser processada por um duo de artistas da Alemanha, por violação de direitos autorais envolvendo uma campanha da marca Fenty Beauty.

Já estão abertas as candidaturas para a 2ª Edição da Residência Artística LUUANDA

há 1 ano
O colectivo cultural Pés Descalços informou em nota, que vai decorrer até ao dia 30 de Junho, as candidaturas para a 2ª Edição da Residência Artística LUUANDA.

Show do Mês apresenta último grande show de Waldemar Bastos em Angola

há 2 anos
O Show do Mês leva este sábado as emoções do último grande espectáculo de Waldemar Bastos, músico falecido na passada segunda-feira e que foi ontem a enterrar no Cemitério da Galiza, em Portugal.

Aline Frazão divulga título e data de lançamento do seu novo álbum

há 5 meses
Intitular-se-á `Uma Música Angolana´ e estará disponível no próximo dia 4 de Março. O álbum foi anunciado na primeira pessoa, no passado dia 21 de Janeiro com o lançamento de ` Luísa´ em todas as plataformas digitais, oficialmente a primeira faixa promocional do quinto álbum de estúdio de Aline Frazão.