Nucho anuncia o álbum que lhe vai colocar no topo

Nucho é um dos poucos rappers angolanos que conseguiu manter-se puro na última década. Em 2017, estreou-se com o álbum Sou[L] RAP e foi nomeado para o maior prémio da música feita em português. Depois disso, surgiram outras surpresas. À Carga, o músico revelou que tem novo álbum, que traz participações de Walter Ananaz, Totó, Duc, Luso, Ana Semedo, Márcia Antunes, Leonardo Wawuti, Conductor e Brawly Waye. Por ser uma obra mais evoluída, o rapper promete alcançar o que ainda não conseguiu.

Como se dá o seu envolvimento com a música?
Cresci no Miratejo, um bairro considerado o berço do Hip Hop, em Portugal, donde são os Black Company e o gosto começou nas ruas, porque se “respirava” RAP em todo lado, com freestyles, concertos na zona, etc. Iniciei oficialmente em 2006 com um grupo chamado Tripla Aliança (eu, Luso e o Glad Max).

O que lhe fez seguir a carreira profissional?
Depois de ficar cerca de 5 anos sem fazer música, percebi que nasci para isso e que não poderia deixar de criar porque é algo que amo. O meu objectivo é ter impacto positivo na vida de quem me ouve.

Há três anos lançou um álbum. O que está a preparar agora?
Sim, o meu primeiro álbum lancei em 2017, intitulado “Sou[L] RAP”. Recentemente, saiu a música “Celebra a Vida” com a participação do Totó e antes de libertar o álbum “Origens” sairão mais videoclipes.

Quando e em que formato estará disponível?
Com esta situação de pandemia é difícil de prever, mas já está totalmente gravado. Vou lançar em formato físico e digital.

Que participações traz o “Origens”?
Walter Ananaz, Totó, Duc, Luso, Ana Semedo, Márcia Antunes, Leonardo Wawuti,Conductor e Brawly Waye.

Tem tido várias indicações no espaço lusófono. Como descreve a sua carreira em Angola?
Sim, em 2017 fui nomeado para duas categorias dos IPMA – International Portuguese Music Awards, considerados os maiores prémios da música feita em português. A cerimónia foi nos Estados Unidos, com vários ícones da música feita em português a nível mundial como a Daniela Mercury, Olavo Bilac, Boss AC, etc.

Em Angola, considero que a minha carreira tem corrido muito bem, o feedback das músicas tem sido sempre fantástico e sincero. Sinto que há reconhecimento, carinho dos fãs e respeito por parte dos outros músicos. Por exemplo, em 5 anos passei de menos de 1000 seguidores no Facebook para mais de 50.000, isso demonstra bem como tem sido aceite o trabalho.

Que expectativa tem em relação ao próximo álbum?
Essencialmente, que os ouvintes considerem que existe evolução na qualidade musical.

Será desta vez que vai conseguir algum prémio em Angola?
Para mim, o principal prémio que posso receber é tocar almas e que as pessoas se identifiquem com as músicas. Isso acredito que vou conseguir. A nível de reconhecimento da indústria, prémios na nossa terra são sempre bem-vindos mas sinceramente não me preocupo muito com esta questão.

Teve Walter Ananaz, que outros músicos gostaria de ver no seu álbum e não pôde?
Para este álbum, acho que tenho as pessoas ideais. No futuro, sonho cantar com Anselmo Ralph e Paulo Flores.

O que tem faltado?
Estou super-satisfeito com o trabalho, não sinto que a nível musical tenha faltado algo.

Que palcos já se apresentou?
Felizmente já estive em todos grandes palcos de Angola, na Baía de Luanda na Festa da Música da Unitel, nos Coqueiros no Show da Virada, em 2015 na digressão da Team de Sonho no Lobito, Benguela e Huambo, o meu álbum lançei no Miami, já actuei no Lookal, Espaço Bahia, etc.

E que palcos gostaria de estar?
Gostaria de voltar à Baía de Luanda, mas como cabeça de cartaz.

Onde quer ver a sua carreira daqui a cinco anos?
Dentro de 5 anos pretendo actuar frequentemente com banda e para além de Angola, ter actuações regulares nos vários países onde se fala português.

Quando olha para tudo que já viveu, o que mais lhe marca?
Sem dúvida o lançamento do álbum e a nomeação para um prémio internacional. O mais difícil é sempre a divulgação dos trabalhos.

Em que nível se coloca actualmente?
Considero uma boa carreira, sinto que tenho evoluído. Estou satisfeito com a qualidade musical, feedback do público e já tive a honra de colaborar com grandes músicos e pisar os principais palcos. Resumindo, considero que está a caminhar de forma sólida e sustentável, ao ritmo correcto.

as cargas mais recentes

Dia da Celebração do Hip Hop é comemorado pela primeira vez de forma oficial

há 9 meses
Embora seja comemorado pela comunidade Hip Hop há 48 anos, o dia de hoje, marca a primeira celebração, desde que o Senado dos Estados Unidos instituiu a efeméride.

Após exigir pensão “milionária”, Nicole Young alega ser co-proprietária do nome `Dr. Dre´

há 2 anos
O divórcio litigioso do rapper e produtor Dr. Dre, parece estar longe do fim, desta vez, além de estar a ser acusada de “dizimar” a conta bancária da empresa do ex-marido, Nicole Young ressurge com um novo processo onde afirma também ser dona do álbum ‘The Chronic’ e do nome artístico do rapper Dr. Dre.

Viúva de Kobe Bryant vai processar policias de Los Angeles

há 2 anos
Vanessa Bryant decidiu agir judicialmente contra os agentes da Polícia de Los Angeles, que terão divulgado imagens do acidente que vitimou Kobe Bryant, lenda do basquetebol, que faleceu a 26 de Janeiro, após um desastre de helicóptero.

Super Bowl: Após convidar dois rapper surdos para o seu line-up, Dr. Dre também cogita trazer o holograma de Tupac

há 3 meses
O intervalo do Super Bowl LVI a decorrer hoje, será histórico com o Rap a comandar o evento. E mais ainda pela criatividade de Dr. Dre, que além de trazer inclusão aos seus 15 minutos de actuação, também vai trazer Tupac Shakur de volta sob a forma de um holograma.

Mary J. Blige será homenageada com Icon Award no Billboard Music Awards

há 3 semanas
O Icon Award no Billboard Music Awards reconhece artistas de destaque que alcançaram a excelência nas paradas da Billboard e deixaram uma marca indelével na própria música. A artista da vez já ganhou 10 BBMAs ao longo da sua carreira e receberá a honraria no próximo dia 15 de Maio.

Bú Cherry: Do Kuduro para Kizomba

há 1 ano
A cantora, se apresenta num formato diferente daquele que as pessoas acostumaram-se a vê-la. Nesta nova versão, Bú Cherry demonstra uma grande evolução musical, uma artista multitalentosa, que tenciona “tocar” corações.

Burna Boy torna-se o 1° africano a ter três albuns com 100 milhões de streams

há 1 ano
Um músico que continua a crescer e a justificar suas atribuições como as dos Grammy Awards. Damini Ebunoluwa Ogulum, ou simplesmente Burna Boy voltou a fazer história como o primeiro artista africano a atingir mais de 100 milhões de streams no Spotify, com três álbuns seguidos.

Séketxe estarão em live show esta noite

há 1 ano
Os Séketxe, grupo fenómeno do rap nacional, vai protagonizar hoje à noite um live show. Os jovens da Kuxilândia, autores dos temas “Kubeli” e “Nu Xtragó Nada”, apresentam-se em estúdio num ao “vivo” apoiado pela revista Carga e a produtora Chasing Dreams.

Stela de Carvalho incrementa locução ao seu CV

há 1 ano

Mariotti: Uma voz jovem ao nível dos grandes do Zouk angolano

há 12 meses
“Suco Love” e “Tamu Numa” são só músicas promocionais, porque o artista tem se preparado para, em data definida, anunciar outros lançamentos, que podem não ser necessariamente Extend Play.

Power House divulga primeiro álbum com novos agenciados

há 2 anos
Dos agenciados estão Cleyton M, Jakilsa, Laika, Dr. Smith, Chris Oliver, Anny, conhecidos pelas suas habilidades artísticas.

Nélia Dias: Do Top Rádio Luanda rumo ao topo da música angolana

há 2 anos
Nélia Dias é um nome a se ter em conta no music hall nacional, por ser das poucas que conseguiu colocar o seu nome no Top Rádio Luanda com a música de estreia. A sua carreia ficou marcada por duetos com Young Double, Mona Nicastro, mas agora tem em carteira um novo projecto musical com o qual se quer lançar ao mundo.

Leonardo Freezy disponibiliza o single `Gatilho´

há 2 anos
`Gatilho´ é um desabafo, ou uma explosão de frustrações específicas, se quisermos. Memórias profundas que abrangem assuntos pertinentes como o preconceito, o racismo, a força da amizade e do companheirismo.

Jovens do Prenda festejam 52º aniversário no Show do Mês

há 2 anos
Os Jovens do Prenda festejam sábado o seu 52º aniversário de existência no Show do Mês Live, num concerto aguardado com muitas expectactivas pelos fãs do conjunto.

Anitta revela que foi vítima de estupro aos 14 anos

há 1 ano
A artista conta ainda que durante muitos anos conviveu com o drama, por achar que a culpa era sua, pois, foi ela quem sugeriu ao agressor sexual que se isolassem para um local a escolha deste, por medo de que fosse acontecer o pior.

50 Cent pede desculpas a Megan Thee Stallion por tirar sarro da rapper por ter sido baleada

há 2 anos
Nos últimos tempos 50 Cent adoptou o comportamento de “rei” do deboche no que toca a comentários sobre a maioria dos assuntos que vêm surgindo. Mas no princípio desta semana, o rapper surpreendeu ao pedir desculpas publicamente a Megan The Stallion, por ter tirado sarro e inclusive ter partilhados memes, dos tiros que a rapper levou no pé, alegadamente disparados por Tory Lanez.