Num dia como hoje, há um ano, DMX partia para a eternidade

DMX morreu no passado dia 9 de Abril de 2021, vítima de paragem cardíaca, consequente de suposta overdose, após ter passado sete dias internado em estado vegetativo.

Durante o período que esteve internado, os testes de actividade cerebral não mostraram nenhuma melhoria, o que o forçou a ficar ligado a aparelhos de suporte vital, enquanto lutava pela vida com insuficiências pulmonar e cerebral.

Na manhã do dia 9 de Abril, DMX perdeu a funcionalidade em vários órgãos essenciais, supostamente seu fígado, rins e pulmões, e foi declarado morto após algumas horas depois, DMX morreu com 50 anos de idade.

O cortejo fúnebre de X moveu uma legião de fãs e figuras de destaque norte-americanas que prestaram homenagens aos nível do palmarés do rapper, tendo sido contemplada uma cerimónia pública e outra privada, no memorial em Yonkers Raceway.

Foi revelado em 8 de Julho pelo médico legista do condado de Westchester que a causa oficial da morte de DMX foi um ataque cardíaco induzido por cocaína e outras substâncias, ou seja, a overdose foi confirmada.

Além do lançamento de um álbum póstumo Èxodus´, o dia 18 de Dezembro também foi declarado Dia de ‘DMX’ pelo Senado de Nova York. A data em que se celebra o aniversário do falecido rapper passou a ser oficialmente o Dia de DMX em todo o estado.

O denominado ‘Earl “DMX” Simmons Day’ foi proclamado pelo Senador Jamal Bailey e o Prefeito Shawn Patterson Howard: “Em Nova York, temos a nossa própria realeza do hip-hop. É o Conde de Westchester County. Ele é o DMX, é um dos maiores artistas de hip hop que alguma vez conheceremos”, disse.

as cargas mais recentes

Hackers voltam a atacar música angolana

há 9 meses
Ultimamente, tem sido frequente no seio artístico angolano os ataques cirbenéticos. Na semana finda, os hackers voltaram a fazer mais uma vítima, e, neste caso, a infeliz foi a cantora Sandra Cordeiro.

Mungueno: Rappers imortalizam Waldemar Bastos em nova EP

há 1 ano
Pensólogo, Kamesu, Ikonoklasta, Haudas, Flagelo Urnano, Mono Sterio, Grand F e Franchoddas, vão rimar por cima de samples e vozes de Waldemar Bastos, deixando um registo do melhor da nova e velha geração do Rap nacional.

Maestro Félix Costa apresenta o `Coral Yellen´

há 2 anos
Formado no primeiro semestre deste ano, o Coral Yellen é a segunda iniciativa do género que Félix Costa dá a cara depois de se desvincular da Orquestra Kapossoca. O projecto de integração social, que já conta com 27 integrantes, engloba para além do grupo coral, a dança, teatro e futebol.

David Bowie segue vivo com o seu legado musical

há 2 anos
Só este ano, já foram lançados três álbuns a título póstumo do cantor, cujo último tornado público no passado dia 15 de Maio, -LiveAndWell.com -, é conhecido por ter sido disponibilizado unicamente no provedor de internet criado por Bowie, em 1999. O lançamento representa a primeira vez na qual o disco é disponibilizado com fácil acesso e em grande escala.

As 10 músicas para ouvir na quadra natalícia

há 5 meses
Destaque para o projecto “Boa Onda” (Angola), Anselmo Ralph (Angola) e Mariah Carey, a cantora mais procurada neste período, com sucessos como “All I Want For Christmas Is You” e “Holy Night”, tendo gravado, a semelhança de Celine Dion, álbuns de natal.

2020: Um ano trágico para a música angolana

há 1 ano
Calaram-se as vozes, mas as obras serão sempre lembradas. Exemplo disso, aconteceu sábado no encerramento da VII temporada do Show do Mês. O projecto da Nova Energia colocou Carlos Burity, Kweno Ayonda, Waldemar Bastos, Jivago e Teta Lágrimas nas estrelas.

Xutos e Pontapés testam prontidão dos fãs pós confinamento

há 2 anos
Depois da paragem por conta da pandemia do Covid-19 o Teatro Tivoli (Lisboa/Portugal) reabre as portas em Julho, com destaque para o concerto dos Xutos e Pontapés, no dia nove (9).

Cinema no sete e meio “migra” para o digital

há 2 anos
Hoje na tertúlia sobre cinema, Miguel Hurst e Orlando Sérgio conversam com Dorivaldo Fernandes Cortez, Ery Claver e Mawete Paciência e vão discorrer sobre o tema “Novas tendências do cinema em Angola”.

Nazarina Semedo se reinventa para atingir mercado internacional

há 2 anos
Não se pode falar de back vocals em Angola sem mencionar o nome de Nazarina Semedo. A cantora também leva a carreira a solo e já lançou dois CDS, só que mais tarde foi forçada a ausentar-se do mercado. Agora, regressa com a produtora MTC, traz um novo estilo de música e apresenta projectos focados ao mercado internacional.

“Tchiloli Unlimited” agora disponível em livro

há 12 meses
Da autoria de René Tavares, a edição com prefácio de José Eduardo Agualusa, “Tchiloli Unlimited” apresenta olhares cruzados sobre os aspectos históricos, sociais e estéticos existentes nesta peça de teatro popular de São Tomé e Príncipe.

DMX hospitalizado em estado gravíssimo

há 1 ano

Estações televisivas nacionais já são monitoradas pela Sadia

há 1 ano
Depois das Rádios, a Sadia informou que já deu início a monitorização das estações televisivas nacionais, nomeadamente: TPA1 e 2, TV Zimbo, Zap Viva, Trace Toca, Vida TV, Afro Music Channel e +Hits África, com o objectivo de salvaguardar os direitos de autores.

Ascensão apresenta projecto “Cockt4il” em concerto diferenciado

há 6 meses
Volvidos dois meses de aparições em várias zonas periféricas e não só da cidade capital, o grupo apresenta em concerto, o resultado das várias horas de estúdio e trabalhos em conjunto, o projecto “Cockt4il”.

Dia da Celebração do Hip Hop é comemorado pela primeira vez de forma oficial

há 9 meses
Embora seja comemorado pela comunidade Hip Hop há 48 anos, o dia de hoje, marca a primeira celebração, desde que o Senado dos Estados Unidos instituiu a efeméride.

Michaela Coel, a autora de uma história de superação digna de um Emmy

há 8 meses
A actriz fez história na 73ª edição do Emmy Awards ao se tornar a primeira roteirista negra a vencer o galardão com a série `I May Destroy You´, uma metáfora sobre o abuso sexual sofrido na primeira pessoa.

Carla Prata apresenta-se na maior plataforma de distinção de novos talentos

há 1 ano