Onde te enquadras senhor “músico”?

O mercado musical angolano tem estado cada vez mais competitivo, são vários os jovens intérpretes a procura de uma posição, mas poucos conseguem deixar a sua marca. Uns têm a sorte de “pegar” a primeira e se tornarem conhecidos logo na primeira e única música, outros levam anos para isso acontecer, e uns, mesmo depois de muitos anos, não conseguem fazer sucesso.

Os caminhos que cada um segue estão identificados. Uns optam pela via mais fácil, outros pela via normal, uns com talento, outros não, uns com poder financeiro, outros sem um tostão.

Uns não precisam de ajuda da comunicação social para fazer sucesso, porque interpretam músicas com cabeça, tronco e membros, bem estruturadas desde o conteúdo a produção. Estes não precisam de favores, muito pelo contrário, os DJs é que andam atrás dos seus trabalhos, as rádios tocam para prender a audiência e a net dá apenas sequência.

Outros precisam muito das rádios e da net para promover os seus trabalhos. Estes não cantam músicas bem estruturadas, não cantam o que gostam, mas sim o que o público quer ouvir, ou seja o que estiver na moda. Não têm vida própria, mas têm criatividade suficiente para oferecer ao público o que eles querem.

Este grupo algumas vezes paga aos radialistas para promover seus trabalhos, usam incessantemente a internet para divulgação dos seus temas e, alguns, tornam-se heróis de uma franja da juventude, particularmente para o seu público-alvo.

Depois há o grupo dos “sem talento”, mas pelo facto de gostarem muito de música ou motivados por um familiar que também canta, experimentam pegar no microfone e subir ao palco. Estes têm como principais parceiros as rádios, pagam para as músicas tocar, pagam para actuar em pequenos shows, pagam para frequentarem programas televisivos, pagam para quase tudo.

Este grupo está dividido em dois: Os que mesmo sem talento conseguem fazer sucesso com um ou dois temas, muito por causa das rádios que fazem a música parecer boa de tanto tocar, depois “somem do mapa”, e os que desistem sem conhecer o sabor do sucesso, abraçando de seguida outros desafios, como DJ, promotor de eventos ou agente musical, as suas funções preferenciais.

Então, em que grupo te enquadras senhor músico? Alguns músicos começam a carreira com a pirâmide invertida e resulta, fazem sucesso e tornam-se conhecidos. Mas o facto de resultar não quer dizer que seja a opção mais acertada, há necessidade de se criar uma estrutura, criar alicerces para suportar o sucesso ou fracasso. Profissionalizem-se.

as cargas mais recentes

Brasileiros rendidos a Kid MC

há 8 meses
A música “Oração”, tema promocional do projecto Dj Caique e Kid MC, com o título “Décimo sexto ano”, parece ter convencido os amantes do rap, os brasileiros em particular.

Killuanji: “Os fazedores do Rap gospel em Angola andam distraídos e tornam o estilo frágil e fraco ao ponto de ninguém os ouvir”

há 5 meses
Lançou recentemente o EP Apocrypha e embora esteja na música há mais de uma década, Killuanji considera que agora sim, a sua carreira começou. O rapper que faz da crença o seu sacerdócio assume-se como o “novo rosto do Rap Gospel em Angola”, e garante que chegou para dar uma lufada de ar fresco ao estilo.

Nélia Dias: Do Top Rádio Luanda rumo ao topo da música angolana

há 5 meses
Nélia Dias é um nome a se ter em conta no music hall nacional, por ser das poucas que conseguiu colocar o seu nome no Top Rádio Luanda com a música de estreia. A sua carreia ficou marcada por duetos com Young Double, Mona Nicastro, mas agora tem em carteira um novo projecto musical com o qual se quer lançar ao mundo.

Mário Gomes: O presente e o futuro entre os guitarristas

há 5 meses
Dom Caetano, Filipe Mukenga consideram-no o melhor guitarrista da actualidade. Saiba mais sobre este pequeno/grande músico na entrevista concedida à Revista Carga.

Morreu Paolo Rossi

há 2 meses
O ex-futebolista italiano Paolo Rossi, “herói” da vitória italiana no Mundial de 1982, morreu esta quinta-feira aos 64 anos, vítima de um câncer no pulmão, anunciou o diário desportivo italiano la Gazzetta dello Sport.

Vírus Inesperado: Filme de produção angolana é premiado em Londres

há 2 semanas
O filme “Vírus Inesperado”, uma co-produção entre Henrique Sungo (produtor) e o santomense Felipe Anjos (editor), fala sobre o impacto do novo coronavírus na comunidade Palop no Reino Unido.

Ondjaki assinala 20 anos de literatura com o lançamento d’O livro do Deslembramento’

há 1 mês
O evento de lançamento será realizado na galeria MOVART (marginal de Luanda), аs 15h:30 com várias conversas de final da tarde entre o autor e Elisângela Rita (poetisa), Fradique (realizador), Ngoi Salucombo (fotógrafo), César da Silveira (consultor de comunicação) e o público.

Nova foto de Avatar 2 “enlouquece” cinéfilos

há 8 meses
A foto, publicada no perfil oficial do filme no Twitter, traz os actores Sam Worthington, Zoe Saldana, Kate Winslet e Cliff Curtis dentro de tanques de água no set de filmagens.

Lil Wayne disponibiliza terceira mixtape da saga `No Ceilings´

há 2 meses
Para Lil Wayne, `No Ceilings 3´ veio ressuscitar a cenas das mixtapes, que parecia já ser uma arte em extinção e, sendo um dos pioneiros, achou oportuno reoxigenar, uma vez que considera que a mesma ter um papel importante no apogeu da sua carreira.

Sintoniza 91.7 MFM: ShowTime

há 6 meses
Leonel Manuel ou simplesmente Megga Skills, como é conhecido nas lides do Hip Hop, é a uma das vozes mais sonante da Rádio MFM, na condução do programa ShowTime todos os Domingos, as 18 horas. Saiba mais sobre este programa, que nasceu por inspiração do extinto “Big Show Cidade”, mas que se apresenta como o programa de Rap “mais inclusivo” da actualidade, pois além de promover o Hip Hop, a música Rap e os seus fazedores, “abraçou” também a missão de “educar, informar”.

Morreu o músico Tino Fortes

há 3 semanas
O músico angolano Tino Fortes morreu segunda-feira em Portugal, aos 51 anos de idade, vítima de morte súbita.

Kamesu: “O rapper é um artista que não tem nenhum compromisso com a cultura”

há 1 mês
Durante 20 anos, o rapper viu-se obrigado a trancar-se no estúdio para preparar o seu primeiro disco, uma obra interventiva e afro-centrada, que traz participações de Kid MC, Kool Klever, Ndaka Yo Wini, Loromance, Mono Stereo e a poetisa Sankofa. O álbum será autografado já este sábado, no Elinga Teatro, em Luanda.

As 10 músicas para ouvir na quadra natalícia

há 1 mês
A Revista Carga seleccionou dez canções de natal que apresenta como sugestões para os seus leitores em vésperas do natal, antecipando os seus votos de feliz natal.

Barack Obama escolhe as melhores músicas de 2020

há 1 mês
A semelhança dos anos anteriores, Barack Obama partilhou uma playlist com as canções de que mais gostou em 2020.

Nova geração celebra música moçambicana com o EP “Seguir em Frente”

há 3 meses
Um projeto, para ouvir com o volume no máximo, que reúne jovens talentos moçambicanos para celebrarem a música africana, da kizomba ao afro pop, sem esquecer o pandza.

Ministra da Cultura, Turismo e Ambiente encoraja profissionais a fazerem da música o baluarte da divulgação e representação da angolanidade

há 4 meses
Para assinalar a data, a Ministra da Cultura, Turismo e Ambiente, Adjany Costa, endereçou uma nota à classe artísticas a “encorajar e ao mesmo tempo felicitar todos os músicos, associações culturais ligadas à arte musical, prestadores de serviços e similares a continuarem a fazer da cultura nacional e da música, em particular, o baluarte da divulgação e representação da angolanidade”.