Origem e evolução do Kuduro

Kuduro é um género musical e sobretudo um género de dança originário de Angola, cidade de Luanda, que foi influenciado por outros géneros como Sungura e Rap.
O Kuduro surge em finais dos anos 80, primeiro como uma dança e depois como música.


Recentemente, o Kuduro tornou-se um fenómeno musical em todos os países de língua portuguesa, assim como em outras partes do mundo.


O Kuduro surge em finais dos anos 80, primeiro como uma dança e com o passar do tempo evoluindo para um género musical, representando um estilo dde house africano em que se mistura elementos electrónicos com o folclore tradicional, com influências que vão do Semba angolano ao Zouk congolês, ao Soca das Caraíbas, ou ao Techno, Hip-Hop e o House Music americanos.

A esta mega-fusão rítmica são associadas letras apropriadas da linguagem oral urbana de Luanda, um calão também ele de fusão linguística sobretudo de kimbundo e português, mas também algum lingala e inglês. Feito pelo povo mais pobre de Luanda e com os meios precários que dispunham. A musica é peculiar no uso de breaks e funk muito utilizados nos anos 80 para criar melodias, mas utilizando loops e letras explícitas, que acabam por ser um reflexo de boa parte da população.


O nome da dança referia-se a um movimento peculiar em que os dançarinos parecem ter a “bunda dura”, simulando uma forma agressiva e agitada de dançar como os golpes de Van Damme. Segundo Tony Amado, auto-proclamado criador do Kuduro e conhecido como o “Rei do Kuduro”, a ideia da dança surgiu depois de ver o filme de Jean Claude Van Damme, O Desafio do Dragão (1989), em que o actor aparece num bar, todo bêbado, a dançar com um estilo muito rijo e pouco habitual para aquela época
“Vaca Louca” e “Salsicha”, dançarinos de Tony Amado e depois de Sebem, são dois nomes de referência incontornável, que levaram ao apogeu a plástica mais arrojada da dança acrobática do kuduro.

Origem e evolução do Kuduro

Nesta época o kuduro herdou a sequência dos beat’s do tecno e da house music, invadindo as pistas de dança das principais discotecas de Luanda. Mathieu e Pandemónio, foram dois espaços de dança e entretenimento, muito preferidos pelos jovens nesta altura.


É assim que os produtores de kuduro empreendem a absorção e angolanização da batida tecno e da house music, géneros electrónicos surgidos em meados dos anos 80, na periferia de Detroit, EUA, com forte influência alemã, num processo que fundiu o ingrediente da rítmica do Semba, às formas entrecortadas do dizer poético, muito características do hip-hop, dando origem ao estilo musical kuduro.


Gosta de dança mexida? Então seja bem vindo/a ao Eleven´s Art Studio – Studio de Dança e Artes que está localizado em Luanda no Mix Center Talatona

as cargas mais recentes

`Baza + 1 vez´ é a mais nova proposta musical do Rapper JLZ

há 3 anos
A preparar um novo trabalho, o Rapper JLZ lançou a música `Baza +1 Vez´ como a primeira proposta. O mais recente lançamento caracteriza-se como um som agressivo, egocêntrico e cheio de punchlines, de modo a fazer barulho na cena Hip Hop e preparar o caminho para a nova sonoridade, agora com a sua própria editora e sendo responsável pelos seus passos.

Kid MC lança comédia inspirada na “Escolinha do Professor Raimundo”

há 1 ano
O rapper prepara o lançamento de um projecto de comédia denominado “A Turma do Vunda”, que será exibido em breve pela TV Zimbo. A série é uma adaptação da sitcom brasileira, a “A Escolinha do Professor Raimundo”, um velho clássico do humor brasileiro dos anos 60, de Chico Anysio.

Dennis Samaya: voz do World Music em Angola na mira de produtora internacional

há 2 anos
Dennis Samaya reinventou-se e tem em mesa um contrato com uma grande produtora internacional com a qual vai lançar, ainda este ano, um LP.

Álbum de Black Coffee já está disponível

há 2 anos

Morreu Jack Sherman, antigo guitarrista dos Red Hot Chili Peppers

há 2 anos
Sem divulgar a causa da morte do artista aos 64 anos, a notícia foi avançada na página oficial do grupo no Twitter.

José Eduardo dos Santos fala sobre a sua formação musical “Nzaji”

há 1 ano
Quando mais novo, Eduardo dos Santos fundou e orientou os Nzaji, um dos mais respeitáveis agrupamentos musicais da clandestinidade- que ajudou a forjar a revolução, eternizando canções como ”Kaputu’, ‘Ufolo’, ‘Dituminu’, “Etu tuá anangola’ e’Monangambé’.

Careca Não: O início de uma nova revolução

há 2 anos
`Careca não´ é um apelo à tolerância e ao respeito pelas diferenças, a música marca o posicionamento de Dino Ferraz, na luta pela aceitação do cabelo negro crespo masculino, na sociedade angolana.

Fotogaleria: Yuri da Cunha protagoniza “dueto” épico com Teta Lando

há 2 anos

Friday Lit: A apresentação do futuro de Alkinoos

há 2 anos
Já disponível em todas plataformas digitais, o tema “Friday Lit” abre as portas para o próximo EP da autoria de Alkinoos -Alcino Pascoal-, com cada uma das músicas dedicada a um dia da semana.

Álbum de estreia de Wet bed Gang traz participação de Bonga

há 2 anos

Forbes divulga lista das 100 celebridades mais bem pagas do mundo

há 2 anos
A conceituada revista de negócios e economia revelou, esta quarta-feira, dia 3 de Junho, uma série de rankings anuais, dos quais as 100 figuras ligadas à música, desporto entre outros, mais bem pagas em 2020. Kylie Jenner, cunhada de Kanye West, está na primeira posição.

TV Zimbo emite ‘Especial Manuel Rui Monteiro’ hoje a partir das 22:30

há 1 ano
A vida e obra do Poeta, contista, ensaísta e crítico, Manuel Rui Monteiro será hoje revisitada com um Especial na TV Zimbo, em alusão ao seu 80ª aniversário natalício.

Matias Damásio produz novo álbum de Edmazia

há 2 anos
Segundo a cantora, que prestou essa informação, o trabalho encaminha-se para o final e no próximo ano estará disponível para os fãs.

Trump ataca “músicos” na campanha

há 2 anos
Uma das visadas foi Lady Gaga, que fez recentemente campanha pelo principal adversário de Trump nas eleições, Joe Biden.

Man Renas: “Tinha agendada uma tour pela Europa, mas foi tudo cancelado devido o Covid-19”

há 3 anos
Nem mesmo ele consegue explicar o “milagre”. Em apenas dois anos como profissional, Man Renas escreve a sua história. Diferente de outros, o djing foi o mais prejudicado pelo Covid-19. Teve que ver “tudo” cancelado. Mas, ainda assim, está a preparar um projecto invejável.

Morreu o músico Teta Lágrimas

há 2 anos
O cantor angolano Teta Lágrimas morreu hoje em Luanda, vítima de doença, soube a Revista Carga de uma fonte familiar.