Pai Natal Angolano é conhecido hoje no auditório Horizonte Njinga Mbande

O primeiro Pai Natal Angolano será representado hoje, a partir das 15 horas no auditório Horizonte Njinga Mbande, o musical será exibido em quatro sessões parceladas entre hoje e amanhã.

Inspirado na imagem de Enoque Caracol, a peça teatral que vai reunir a arte da dança e da música no mesmo palco, conta a história da pequena Kendra, que teve um sonho sobre um Natal recheado de coisas boas, mas que depois passou a ser um pesadelo. 

Pensada em 2018, o `Pai Natal Angolano´ , vem sendo desenhado por Sophia Buco e conta com a direcção e encenação de Chance Elchadai. Quanto ao elenco traz David Enoque Caracol, Bruna Sousa e Ana Sofia Sapateiro e já se advinha um projecto que se adivinha promissor, tendo em conta, a época natalícia.

Na sucinta conversa com a Carga Magazine, Sophia Buco conta como tudo começou, garante que a qualidade do evento e confirma que o teatro musical em Angola já vingou.

Pai Natal Angolano é conhecido hoje no auditório Horizonte Njinga Mbande

Como surge a ideia de retratar um Pai natal angolano, numa forma de teatro ainda pouco vista no nosso país?
Pensei em retratar essa história em 2018, uma das primeiras instituições foi a aparência do actor David Enoque Caracol, nos bastidores do programa A sua manhã da televisão pública de Angola: estávamos a debater sobre a nova dinâmica que as produtora trouxeram para o teatro, e a questão dos conteúdos infantis aí falamos que nunca havíamos trabalhado num mesmo projecto, foi quando olhei para ele e o imaginei num pai Natal Angolano, e disse-lhe porquê que não ficas o pai Natal Angolano, ele riu muito mas depois achou interessante.

Quais as particularidades do Pai Natal Mwangolé?
Tem várias particularidades, desde a própria identificação do pai Natal Angolano, à história e o contexto actual que vivemos.

Do que é feita a sinopse da peça?
A peça desenrola-se em volta da menina Kendra que ao dormir, vive um sonho lindo, a sonhar com o natal de 2018. Toda família feliz, trocas de presentes e a grande felicidade por ter toda a família à mesa. A mesa recheada de doces, o cozido à portuguesa era o prato principal, bacalhau caro e raro por altura da quadra natalícia.

O sonho transformara-se num pesadelo, por relatos da rádio Fm Afro a informar que existe um novo vírus que ameaçava a humanidade e principalmente as nações pobres.

Sendo que o Natal, infelizmente não poderia acontecer, porque ninguém teria como sair do seu país, os barcos impedidos de levar mercadorias para os portos nem os aviões poderiam levantar voos para reunirem as famílias distantes. Mas o pai Natal Angolano, irá provar que o natal é sim possível com a nossa família e com os produtos da terra.

Sabe‐se que a peça é da sua autoria, mas quem são os outros intervenientes que tiveram um papel preponderante para que o ‘Pai natal angolano’ saísse do papel?
Sim é da minha autoria, contei com a ajuda do cineasta Piero Alberto, do escritor angolano Adriano Botelho de Vasconcelos, foram pessoas importantes para a realização desta obra.

O teatro por si só, é considerado em Angola como a arte da resistência, acha que o teatro musical vingará a curto prazo?
Já vingou, sempre sonhei fazer um teatro musical, essa foi a primeira experiência e já valeu a pena.

Da concepção à execução, há quanto tempo vem trabalhando?
Comecei a trabalhar em Outubro, a parte da escrita, e em Novembro começamos a ensaiar.

Como se deu a selecção do elenco e quais foram os requisitos para participar do projecto? 
Foi simples, porque já criei a peça a pensar nos actores para esse espetáculo: O David Enoque Caracol, foi o primeiro e o motivo que me fez escrever essa peça, a Bruna Sousa, há muito que já almeja trabalhar com ela, e finalmente agora conseguindo, a Ana Sofia Sapateiro conhece-a no Horizonte Njinga Mbande por intermediário do Enoque Caracol e do Chance Elshadai.

O Chance é o detector e encenador da peça, que fez toda a magia acontecer no palco, no início era só uma peça com uma abertura de dança, mas depois  o Chance disse que queria um coral, e com o passar dos dias e disse-me Sofia fica só já um musical , e aqui estamos.

Como se sabe, o teatro musical é a junção de várias artes no mesmo palco. Uma vez que o elenco é curto, teremos a presença de todos elementos em palco?
Para além dos actores, também estarão em palco um grupo de dança e uma companhia de dança e muitas surpresas.

Quais são os desafios de se fazer um musical com música ao vivo?
O desafio é grande, mas nada que não consigamos ultrapassar, temos excelente equipa de produção, excelentes actores, bailarinos e músicos , cada elemento trouxe uma luz especial.

Como está a viver os momentos que antecedem a estreia deste grande projecto?
Feliz por lançar um sonho para o mundo, nesta peça existem muitos registos da minha vida, em particular da minha infância, estou ansiosa mas estou calma.

Alguma razão especial para a escolha do auditório Horizonte Njinga Mbande para esta dupla exibição?
A necessidade de levar os produtos da Buco’sproduções a todos os públicos , públicos diferenciados, depois uma escola, levou-me nessas memória da minha infância e pesou também o factor de podermos explorar outras sala.

as cargas mais recentes

Hip Hop passa a ter três novas efemérides

há 6 meses
Os Estados Unidos aprovaram uma resolução que designa um “Dia da Celebração do Hip Hop”, um “Mês de Reconhecimento do Hip Hop” e um “Mês da História do Hip Hop”.

OTAN disponibilizam single `Habilidosa´

há 1 ano
Na senda dos êxitos “Sou Louco” e “Vais Sengar”, que tiveram destaque nas plataformas digitais em Portugal, figurando em Playlist Editorias de renome, “Habilidosa” é o single que se segue, a música fala, genericamente sobre as mulheres que atingem determinados fins usando “artimanhas”.

Slash Stana cria plataforma de debates sobre temas pertinentes no Rap Game

há 1 ano
Denominada “Meus Niggas”, surge no intuito de suprir a lacuna que existe no meio “hipopeano”, no que toca a debates. Ao lado de figuras com legitimidade, Stanna traz ao de cima problemáticas que afectam muitos rappers.

Já está a decorrer a 2ª Bienal de Luanda – Fórum Pan-Africano para a Cultura de Paz

há 2 meses
A Bienal de 2021 referente a 2° edição, teve início ontem, na capital angolana e decorre até ao dia 30 no formato híbrido, combinando elementos presenciais e digitais.

The Weekend. Ligaduras no rosto ” é o reflexo sobre a cultura absurda das celebridades de Hollywood”

há 12 meses

Novo Samurai: Deejay Soneca rende tributo a Samurai com uma mixtape

há 4 meses
Desenhada por Deejay Soneca, a nova mixtape é mais um reconhecimento ao trabalho de excelência realizado por Dj Samurai, com destaque para a saga de mixtapes “O Último Samurai”, bem como dar seguimento ao conceito “Street Rap”.

Morreu Pierre Cardin

há 1 ano
Nascido em Itália, mas naturalizado francês, Pierre foi o renovador da alta-costura francesa no pós-guerra, tendo mais recentemente dado nome a várias gamas de acessórios de moda.

LL Cool J junta-se a Swizz Beatz no plano de criar fundos para os ícones do Hip Hop

há 2 anos
Há pouco menos de uma semana,Swizz Beatz partilhou durante um live Beatz’s Zone Radio, que gostaria de arrecadar um milhão de dólares em “impostos” para cada membro fundador do Hip Hop. Mal-interpretada, a ideia do produtor criou um mal-estar entre os mais novos rappers, mas o apoio não tardou a chegar. LL Cool J não só aprovou a ideia, como também se prontificou a dar o seu contributo.

Luciano Camargo lança primeiro álbum a solo

há 1 ano
O cantor brasileiro Luciano Camargo vai lançar, pela primeira vez em 29 anos de carreira, um projecto a solo. Trata-se de um obra com 15 faixas inéditas a ser apresentada no dia 16 de Outubro.

Scorpions cantam esperança em fase de isolamento social

há 2 anos

Sintoniza: Mambos Hip Hop da Banda

há 1 ano
Idealizado por Dino Cross, “Mambos Hip Hop da banda” é um podcast de entrevistas e factos relaccionados ao Rap Game. Com o suporte de Cláudio Bantu, Queen J e Dj Bráulio Mix, os arquivos do programa podem ser acedidos a qualquer momento, no Kisom.

Leonel Messi quer sair do Barça em 2021

há 2 anos
Nos últimos dias, instalou-se o mal-estar no balneário da equipa catalã, devido os maus resultados, sobretudo depois do reinício do campeonato. A Cadena SER avança que o avançado argentino pretende terminar o contrato e sair do Barça em 2021.

Chris Martin e filho de Fela Kuti reeditam álbuns da lenda do Afrobeat

há 3 meses
Chris Martin ( Coldplay) e o multi-instrumentista e embaixador do Afrobeat, Femi Kuti, uniram-se para lançar ‘Vinyl Box # 5’ de Fela Kuti. O projecto inclui sete álbuns da lenda nigeriana e pioneiro do Afrobeat e será lançado a 10 de Dezembro.

Snoop Dogg: “Rappers brancos têm zero de respeito no Rap”

há 1 ano
Snoop Dogg explica porquê não considera Eminem melhor rapper de todos os tempos.

Daniel Salomão apresenta ‘Labirintos Amorosos’

há 1 ano
O romance que marca a estreia do autor, será vendido e autografado amanhã, Sexta-feira, as 15h30 na União dos Escritores Angolanos.

Bonga é homenageado em Portugal

há 1 ano
Barceló de Carvalho “Bonga” será homenageado, no próximo dia 6 de Setembro, um dia depois de completar 78 anos, com um concerto em Lisboa, Portugal.