Papekas: “Quero mostrar que o Rap pode ser a mistura certa para todo o tipo de género musical”

Papekas é um rapper que ganhou notoriedade nos freestyles da escola e hoje invade os  mercados moçambicano e sul-africano. O artista tem se dedicado ao Rap acústico. A partir de Johannesburg, deixa os primeiros registos de uma proposta inovadora para Rap angolano.

Como é que entra para a música?
Não tenho a certeza devido ao facto que comecei a fazer o meu nome com o freestyle no colégio, depois nas ruas e comecei a entrar em estúdio fazendo participações, mas sei que já lá vão uns 10 e poucos anos.

Quando é que começa a ganhar notoriedade profissional?
A minha primeira música a solo tem 4 anos, daí é o momento que considero pois daí comecei a ter mais notoriedade.

Como é que foi parar na África do Sul?
Vivo na África do Sul há 5 anos, mas nasci em Portugal. Os meus pais São angolanos mas nasci e cresci lá e fui para Angola com 13 ou 12 anos de idade.

Esta a se preparar para apresentar o seu primeiro projecto musical. Conte-nos um pouco sobre isso…
Não é o primeiro. Já apresentei dois Projectos musicais: a mixtape “Bars”, que foi um projecto principiante a nível de produção, consistia em mandar uma faixa toda a sexta-feira do mês de Julho de 2018 e a mixtape “Consumo Obrigatório”, que tem menos de um ano e é um projecto mais completo.

E agora, o que vai apresentar propriamente?
Este é um projecto acústico com mistura de Rap. Acredito que seja algo único em Angola, pelo menos com isso espero levar a música angolana para outros horizontes como muitos têm feito, mas do meu jeito. Quero mostrar que o Rap pode ser a mistura certa para todo o tipo de género musical, daí o formato diferente, a ousadia e até os temas serão bem abrangentes.

Quando é que será publicado?
Planeio fazer isso em Dezembro, publicar em todas as plataformas digitais de fácil acesso.

Que estratégia adoptou para a produção?
Ainda por anunciar mas só gente com talento. Um deles será o “Dj Flaton Fox” que é um dos melhores Dj’s Angolano residente na Africa do Sul.

Qual será o título do EP?
“Eu, uma viola e o Zé Bonitinho”, terá  5 faixas musicais.

Depois disso, o que se segue?
Lançarei algumas tracks, a parte do projecto. Algumas delas, tenciono fazer videoclipes, mas num formato para o YouTube.

A que produtora está associado?
De momento oficialmente a nenhuma.

Como consegue trabalhar desta maneira?
Não é fácil, mas quem corre por gosto não se cansa, acho que o momento chegou para fazer isso ate porque já tive muita preguiça com relação a isso e por outra “campeões sabem que grandes objectivos não se conseguem de forma fácil então gere-se”.

Que artistas angolanos gostaria partilhar uma letra?
Muitos, muitos mesmo. Como a lista é muito grande citarei o Anselmo Ralph.

Que outros projectos  participou?
Surpresas a caminho.

Que palcos se tem apresentado normalmente?
Bares, shows grandes a convite de outros cantores, festas temáticas, outros países de momento só Moçambique.

Quando é que vem a Luanda protagonizar um espectáculo?
Vou fazer um show intimista se Deus quiser ainda esse ano, mas grande show so para quando fizer bigger things.

O que seus seguidores podem esperar de si?
Contem com muito que venho com tudo extra e esquebra.

as cargas mais recentes

Nerú Americano apresenta novo single

há 2 anos
Intitula-se “Salta na Areia” e estará disponível a partir do dia 19 deste mês nas plataformas digitais e é apenas um de vários novos trabalhos a serem apresentados ainda este ano.

Hoje é Dia Mundial do Livro: Conheça os 18 títulos mais famosos da história

há 1 ano
Hoje é Dia Mundial do Livro e dos Direitos do Autor. A data é celebrada desde 1995 e tem como objectivo exaltar e reconhecer a importância e a utilidade dos livros, bem como incentivar hábitos de leitura.

A assinalar dez anos, Luxor African Film Festival 2021 premia filme Made in Angola

há 1 ano
O filme Ar Condicionado foi premiado como Melhor Longa Metragem (prémio do Júri) na 10ª edição do Luxor African Film Festival 2021, no Egipto.

Don Kikas descreve os “Lamentos de Agora” dos angolanos em novo projecto musical

há 2 anos
O novo single do músico está disponível desde ontem e será sucedido hoje de um outro, ambos farão parte do seu próximo álbum intitulado Livre, a ser lançado brevemente.

Telma Lee disponibiliza videoclipe do single Efetá

há 8 meses
‘Efatá’ é um tema que foi lançado em comemoração ao 28° aniversário de Telma Lee. Inicialmente foi lançado somente o áudio oficial, mas desde a manhã de ontem que o videoclipe foi disponibilizado, no canal oficial da cantora.

Wake Me When I’m Free: Projecto expositivo explora o legado de Tupac Shakur

há 11 meses
A Shakur Estate, entidade detentora do direito de comercialização da obra intelectual do Tupac Shakur, anunciou a estreia mundial do projecto `Tupac Shakur. Wake Me When I’m Free´, uma experiência de museu totalmente envolvente e instigante que explora a vida e o legado do aclamado artista e activista.

Jay-Z foi o rapper que mais lucrou com a música em 2021

há 7 meses
Jay-Z, Kanye West e Diddy foram os rappers que mais lucraram com a música em 2021, de acordo com a Forbes, sendo que Jay-Z figura no topo da tabela dos artistas que mais faturaram.

Bruno Fernando é transferido para os Boston Celtic

há 1 ano
O poste angolano Bruno Fernando, que jogou pelos Atlanta Hawks nas duas últimas épocas, vai representar na próxima temporada na NBA os Boston Celtic, depois de uma troca envolvendo Tristan Thompson, Kris Dunn e Delon Wright.

Trocaram o mundo do crime pela música e se tornaram o fenómeno do Rap nacional

há 2 anos
Antes de se tornarem a febre do momento, os Séketxe estavam metidos no mundo do crime . Este grupo está a introduzir uma nova onda no Rap angolano. Criou o Rap-Cia, um subgénero do Trap que resulta da fusão entre o Kuduro e o Rap. Conquistou o respeito de artistas como MC Cabinda e tem atraído muita popularidade.

RIH-ISSUE: Enquanto o novo álbum não vem, Rihanna lança discografia em vinil

há 11 meses
Ao seu jeito, Rihanna anunciou o lançamento dos seus óctuplos álbuns num novo formato, em tradução livre feita por esta que vos escreve, a artista “alfinetou” os mais conservadores com um post: “As crianças de hoje nunca saberão o que é vinil”, disseram eles!” provocou, deixando disponível o ri-hanna.io/rihissue, onde se encontram a venda.

Show do Mês apresenta último grande show de Waldemar Bastos em Angola

há 2 anos
O Show do Mês leva este sábado as emoções do último grande espectáculo de Waldemar Bastos, músico falecido na passada segunda-feira e que foi ontem a enterrar no Cemitério da Galiza, em Portugal.

Por onde andam os Wonderful One?

há 2 anos
O Wonderful One iniciou com cinco rapazes nos anos 1993/94, na altura residentes em Cacuaco, na província de Luanda, onde faziam espectáculos no intuito de entreter o pessoal. Começaram o projecto do grupo Kaporal, Ikuma Ful e C-Lau. Depois integraram D-Latoy e Sérgio Ozone.

Angola Music Awards: nomeados serão conhecidos já este mês

há 2 anos
Os artistas nomeados para a sétima edição dos AMA serão apresentados no dia 20 deste mês. O evento anual de premiação dos fazedores da música angolana passa agora a ser produzido e realizado pela Legenda Urbana e traz como grande novidade a categoria “Música Dos PALOP Mais Tocada em Angola”.

Online dating sites Humor — How to Make a fantastic First Impression

há 7 meses

This Is Not a White Cube anuncia participação na 8ª edição da 1-54 Contemporary African Art Fair

há 2 anos
A feira de arte que vai decorrer em Londres na Somerset House de 8 a 10 de outubro de 2020, será prestigiada com a presença da galeria angola, a ser representada pelos artistas: Alida Rodrigues, Patrick Bongoy, Pedro Pires e Nelo Teixeira.

Disc jockeys actuam em live solidário em prol da Fundação Ana Carolina

há 1 ano
A propósito do mês da criança, os Djs Malvado, João Reis, Aldas Mix, Kapiro, Lutonda e Dj Bruno Ag, são alguns dos nomes que integram o vasto cartaz deste Live Solidário que tem como objectivo angariar fundos para doação de cestas básicas à Fundação Ana Carolina e ainda vários Lares de Acolhimento que colaboram com o “Vidas ZAP”, projecto de Responsabilidade Social da ZAP.