Participação de cantoras angolanas no AFRIMMA vai de mal a pior

A organização dos AFRIMMA, prémios africano de música, divulgou, na semana finda, a lista dos  candidatos para a edição 2020, onde, diferente da anterior, os angolanos subiram dois degraus, mas a participação feminina continua um fracasso.

Com 20 indicações e 11 artistas, dos quais dois grupos, uma dupla e dois djs, os angolanos lideram a África Central, ao contrário das 18 nomeações do ano passado. A  participação das  mulheres continua um fracasso. Após ter sido a única em 2019, Eva RapDiva é apenas seguida este ano por Edmázia Mayembe.

Apesar das 20 nomeações, a participação dos  angolanos reduziu, porque em 2019, 16 artistas integravam a lista, enquanto 2018, concorriam 12 artistas. 

Com três indicações, C4 Pedro é o angolano mais nomeado do All African Muzik Magazine Awards (Afrimma) 2020. O nigeriano Burna Boy é o líder das categorias com 8 indicações. Ainda não se sabe como será a gala das atribuições dos prémios, que normalmente se realiza em Outubro nos EUA.

Veja a lista completa da posição dos angolanos nos AFRIMMA 2020

Melhor Artista da África Central
Gaz Mawete – Congo
Matias Damiaso – Angola
Ninho – Congo
Anselmo Ralph – Angola
Innos’ B – Congo
TayC – Camarões
Fally Ipupa – Congo
Dadju – Congo
C4 Pedro – Angola
BM – Congo

Melhor Artista Feminino da África Central
Reniss – Camarões
Shan’L -Gabão
Daphne – Camarões
Mayra Andrade – Cabo Verde
Eva RapDiva- Angola
Liloca- Mozambique
Soraia Ramos- Cabo Verde
Charlotte Dipanda – Camarões
Edmázia Mayembe-Angola

Melhor Grupo Africano

Sauti Sol – Kenia
Toofan – Togo
Navy Kenzo – Tanzania
Força Suprema – Angola
Mi Casa- África do Sul
4KEUS- Congo
Kiff No Beats – Costa do Marfim
Moobers – Angola
Magic System- Costa do Marfim
Umu Obiligbo- Nigéria

Melhor Artista Novato
Kofi Mole- Gana
Fanicko- Benin
Omah Lay – Nigéria
Shasha–Zimbabué
Mc One – Costa do Marfim
Edgar Domingos – Angola
J Derobie – Gana
Ami Faku – África do Sul
Zuchu – Tanzania
Oxlade – Nigéria

Melhor Gospel
Mercy Chinwo – Nigéria
Joe Mettle – Gana
Miguel Buila – Angola
Sinach – Nigéria
Icha Kavons – Congo
Winnie Mashaba – África do Sul
Diana Hamilton – Gana
DJ Kerozen – Costa do Marfim
Benjamin Dube – África do Sul
Tim Godfrey – Nigéria

Melhor Actuação ao Vivo
Flavour – Nigéria
Sauti Sol – Kenia
Stonebwoy – Gana
Sidiki Diabate – Mali
Yemi Alade – Nigéria
Burna Boy – Nigéria
Diamond Platnumz- Tanzania
Fally Ipupa– Congo
C4 Pedro – Angola
Efya – Gana

Melhor Rap Masculino do Ano
Falz – Nigéria
Sarkodie – Gana
Moobers – Angola
Nasty C – África so Sul
Tenor – Camarões
Khaligraph Jones – Kenia
Manifest – Gana
Medikal – Gana
Yanga Chief – África do Sul
Kiff No Beat- Costa do Marfim

Melhor Dj de Africano
DJ Spinall – Nigéria
DJ Black Coffee – South Africa
DJ Dollar – Senegal
DJ Lutonda – Angola
DJ Andy Josty – Gana
DJ Neptune – Nigéria
DJ Cuppy– Nigéria
DJ ECool – Nigéria
DJ Malvado – Angola
DJ Moh Spice – Kenia

Melhor Dançarino Africano
Poco Lee – Nigéria
Sherrie Silver – Rwanda
La Petite Zota – Costa do Marfim
PapiOjo – Nigéria
Masaka Kids Africana
Sayrah Chips – Nigéria
Bajuni – Tanzania
Rabbit Crew 255- Tanzania
Neru Americano &Scro Que Cuia – Angola
Kora Obidi – Nigéria

Melhor Artista da Lusofonia
Matias Damasio – Angola
Nelson Freitas – Cabo Verde
Anselmo Ralph – Angola
Mayra Andrade – Cape Verde
Calema – São Tome
C4Pedro – Angola
Prodigio – Angola
Mark Exodus –Mozambique
Paulo Flores – Angola
Soraia Ramos – Cabo Verde

Radio/TV apresentador do Ano
Ebuka – Nigéria
Yaw – Nigéria
Jamal Gaddafi – Kenia
Jessica Opare Saforo – Gana
Konnie Toure – Costa do Marfim
Afonso Quintas – Angola
Willy Tuva – Kenia
James Onen – Uganda
DJ Fresh – África do Sul
Do2dtun – Nigéria

as cargas mais recentes

Linkin Park: Reeditam “Hybrid Theory”, 20 anos depois do lançamento

há 2 anos
Ao longo de hora e meia de conversa Mike Shinoda, Brad Delson, Dave Farrell e Joe Hahn responderam a questões oriundas dos quatro cantos do mundo – da Tailândia e Indonésia aos Estados Unidos e Austrália, passando por Portugal – e falaram especialmente sobre o álbum que deu início ao percurso dos Linkin Park.

Após vencer adversidades do Moda Luanda, organização prepara-se para concretizar os Globos de Ouro em Outubro

há 3 anos
Passados alguns dias após a realização da 23ª Edição do Moda Luanda, a Carga Magazine falou com a organização do evento, não só para fazer um balanço do evento, como também perceber quais os maiores desafios da indústria do entretenimento nestes tempos de resguardo.

Wizkid torna-se o primeiro artista africano entre os 30 melhores da Apple Music

há 2 anos
O feito inédito da história da Apple Music foi dado a conhecer ontem e surge por causa da canção ‘Essence’, do álbum ‘Made in Lagos’, lançado em Outubro do ano passado.

Sintoniza 91.7 MFM: ShowTime

há 3 anos
Leonel Manuel ou simplesmente Megga Skills, como é conhecido nas lides do Hip Hop, é a uma das vozes mais sonante da Rádio MFM, na condução do programa ShowTime todos os Domingos, as 18 horas. Saiba mais sobre este programa, que nasceu por inspiração do extinto “Big Show Cidade”, mas que se apresenta como o programa de Rap “mais inclusivo” da actualidade, pois além de promover o Hip Hop, a música Rap e os seus fazedores, “abraçou” também a missão de “educar, informar”.

Bola de Ouro 2021: Afinal, nem sequer Portugal votou em CR7

há 1 ano

DJ Walgee confirma rumores sobre o Covid-19

há 3 anos
O DJ confirmou as informações que circulam em várias plataformas digitais sobre o teste positivo, mas garantiu, durante uma conversa via Skype a partir de Miami, que já se sente melhor.

Músicos britânicos fazem abaixo-assinado para o Ministério da Cultura

há 3 anos
Cerca de 1.500 artistas, entre eles Ed Sheeran Rolling Stones, Paul McCartney, Coldplay e Eric Clapton, entregaram uma carta ao ministério da cultura britânico a “exigirem” um “calendário claro” sobre o regresso à actividade cultural; apoio financeiro e a eliminação do IVA sobre a venda de bilhetes, devido às dificuldades que estão a enfrentar.

Plies: “Kanye West só age como louco quando está prestes a lançar um álbum”

há 3 anos
O rapper da Florida acessou o Twitter para um momento de clareza instigante. Plies sugeriu o recente drama online, protagonizado por Kanye como uma possivelmente tendência de promoção.

Nucho: “É muito estranho não termos agências que consigam apanhar um artista do anonimato e fazê-lo crescer”

há 2 anos
“O que se vê nas nossas produtoras é que, basicamente pegam artistas que já estão feitos e que já têm fama na rua e depois apenas metem mais algum combustível. E também sinto que falta um bocado de originalidade. Acho que poderíamos ter artistas mais ousados. resumindo, acho que temos uma cultura saudável, acho que temos muito talento, mas acho que falta um bocado de coragem e abertura e limar algumas arestas para atingir o nível seguinte, como o da Nigéria ou da África do Sul, não só na gravação das músicas, mas essencialmente nos espectáculos ao vivo que proporcionamos ao nosso público, acho que os nossos espectáculos ainda deixam muito a desejar”.

MCK lança “Vidas Humanas Importam”com Telma Lee e Carla Moreno

há 2 anos

16 anos de “Artes ao Vivo”

há 3 anos
A efeméride é marcada com uma exposição online que imprime a historiográfica do projecto, bem como um debate entre Lukenny Bamba e Kool Klever, cujo tema será a “Existência, persistência e a criação do Artes ao Vivo”, amanhã, a partir das 14 horas no Eclético FM.

Sexta farta: De Gucci Mane a Jonas Brothers, confira os álbuns a ser lançados amanhã

há 2 anos
A carga Magazine fez a recolha de dados, dar a conhecer mais sobre estas obras que não podem faltar na sua playlist, para “desfrutar” em casa!

Masterminds of Hip Hop: Russell Simmons lança NFT para apoiar lendas do Hip Hop

há 1 ano
A colecção “The Masterminds of Hip Hop” apresentará arte digital inspirada nas histórias que deram origem ao Rap.

`Da lama para o topo´, Júnior Boyca está sempre a subir

há 3 anos
É um dos elementos d’Os Boyca e acaba de lançar o seu primeiro trabalho a solo, “Da Lama Para O Topo”, um single que vai dar nome ao seu próximo álbum, onde Júnior se apresenta e faz uma descrição daquele que é, ou pretende que seja, o seu percurso.

Rapper Meek Mill é processado por roubar letras de música

há 3 anos
O músico está a ser processado pela Dream Rich Entertainment por, supostamente, ter fugido com letras de duas músicas que fazem parte do álbum “Championships”, de 2018, com o qual foi indicado aos Grammy.

Luan Santa assina com a Sony Music: “Quero conquistar o mundo”

há 2 anos