Partiu para a eternidade a cantora brasileira do milênio e mulher do fim do mundo

A rainha da insubmissão da música brasileira, Elza Soares, morreu ontem, aos 91 anos, por causas naturais, segundo a sua assessoria. Feita a sua vontade, cantou até o fim e seu corpo será sepultado no Jardim da Saudade Sulacap, na tarde de hoje, depois do velório no Theatro Municipal do Rio.

“É com muita tristeza e pesar que informamos o falecimento da cantora e compositora Elza Soares, aos 91 anos, às 15 horas e 45 minutos em sua casa, no Rio de Janeiro, por causas naturais”, diz o comunicado veiculado pela assessora.

“Ícone da música brasileira, considerada uma das maiores artistas do mundo, a cantora eleita como a Voz do Milênio teve uma vida apoteótica, intensa, que emocionou o mundo com sua voz, sua força e sua determinação. A amada e eterna Elza descansou, mas estará para sempre na história da música e em nossos corações e dos milhares fãs por todo o mundo. Feita a vontade de Elza Soares, ela cantou até o fim”, conclui o comunicado.

Coincidentemente, Elza partiu para a eternidade, no mesmo dia em que há 17 anos, partiu Garrincha, com quem teve um relacionamento duradouro. Tida como Ícone da música brasileira, considerada uma das maiores artistas do mundo, a cantora eleita como a Voz do Milênio teve uma vida apoteótica, intensa, que emocionou o mundo com sua voz, sua força e sua determinação.

Filha de uma lavadeira e de um operário, Elza Gomes da Conceição foi criada na favela de Água Santa, subúrbio de Engenho de Dentro, no Rio. Elza cantava, desde criança, com a voz rouca e o ritmo sincopado dos sambistas de morro.

Por volta dos 20 anos, Elza fez seu primeiro teste como cantora e foi contratada para a Orquestra de Bailes Garan e continuou a cantar no Teatro João Caetano, no Rio. A partir daí, conquistou um espaço importante na música brasileira, gravou com grandes artistas e lançou 34 discos com mistura de samba, jazz, eletrônica, hip hop e funk.

as cargas mais recentes

Davido na linha da frente dos protestos na Nigéria

há 2 anos
O músico nigeriano juntou-se este sábado a uma manifestação para exigir o fim da brutalidade policial no seu país. “Não devemos recuar até que as nossas reivindicações sejam atendidas”.

Aaliyah chega finalmente às plataformas de streaming

há 9 meses
No mês em que completa 20 anos post mortem, o fundador da Blackground Records, Barry Hankerson, confirmou em entrevista à Billboard, que as músicas de Aaliyah estarão disponíveis nas plataformas de streaming a partir do final de Agosto.

Depois de várias ausências, Edmázia Mayembe aparece e toma de ‘assalto’ Top Best

há 12 meses
Disponibilizada no passado dia 8 de Fevereiro, a faixa da autoria de Edmazia Mayembe está disponível em todas as plataformas digitais e acaba de atingir o número um das televisões e rádios.

Titica desafia Karina Santos a cantar Kuduro

há 1 ano
“Da licença” é o título da música que junta Ticny e Karina Santos. Com estreia marcada para amanhã na plataforma do Kisom, a faixa fará parte da compilação “Encontro de Gerações Vol.2” da Unitel.

Membros da sociedade reprovam cartaz do “Live no Kubico”

há 2 anos
Depois do sucesso com Tunjila Tuajokota, Socorro e Baló Januário, domingo (19), a TPA anunciou um show com Yola Semedo, Ary, Edmazia e Patrícia Faria. A informação não foi bem recebida pelos mesmos espectadores que encheram as redes sociais de elogios, nos Lives anteriores.

Elias Miguel: “Diferente do gospel, há muitos cantores na nossa praça com problemas de base”

há 4 meses
Para quem percebe de música e conhece Elias Miguel não terá a menor dúvida de que o artista merece todo o respeito na música angolana, principalmente no estilo gospel. É ele o autor do popularizado tema “Tua Palavra”, disponível nas plataformas digitais.

Presidente da Federação Angolana Futebol corre o risco de ser severamente castigado pela FIFA

há 1 ano

C4 Pedro: “Estou muito feliz por ter homenageado a beleza da pele negra”

há 1 ano
Datada de 7 de Julho de 2020, a música que faz ode à pele negra acaba de “ganhar” um videoclipe. Filmado em Moçambique pelas lentes de DJ Marcel, faz juz a beleza da pele negra em toda sua plenitude, quer pelo cenário idílico ou pela diversidade dos traços.

Michigan aprova proposta de lei de reforma penitenciária de Meek Mill e Jay-Z

há 1 ano
A Legislatura do Estado de Michigan aprovou, esta segunda-feira, um conjunto de leis que vão remodelar o sistema de liberdade e liberdade condicional. A lei declara, num dos pontos, a redução das sentenças de liberdade condicional de crimes adultos de cinco para três anos.

Ministra da Cultura, Turismo e Ambiente encoraja profissionais a fazerem da música o baluarte da divulgação e representação da angolanidade

há 2 anos
Para assinalar a data, a Ministra da Cultura, Turismo e Ambiente, Adjany Costa, endereçou uma nota à classe artísticas a “encorajar e ao mesmo tempo felicitar todos os músicos, associações culturais ligadas à arte musical, prestadores de serviços e similares a continuarem a fazer da cultura nacional e da música, em particular, o baluarte da divulgação e representação da angolanidade”.

Músicos reagem à morte de Silvio Dala: “Na América atribuímos ao racismo. Aqui vamos dizer que é o quê?”

há 2 anos
O caso do médico Silvio Dala está a causar uma corrente de protestos, até aqueles músicos que pareciam mais reservados estão a ser obrigados a soltar a voz. “Se quiserem, matem-me também”.

Anitta terá música e camisola personalizada nos jogos da PlayStation

há 2 anos
A cantora será a representante brasileira na lista de músicas da FIFA 21 nos jogos de consolas. O anúncio foi feito ontem pela EA Sports. Para além de música, Anitta terá também uniforme personalizado no FIFA Ultimate Team.

Mbappé é diagnosticado com covid-19 e desfalca selecção francesa

há 2 anos
Integrado na selecção francesa, que defrontará a Croácia, Kylian Mbappé acusou positivo a Covid-19, sendo de imediato afastado do grupo comandado por Didier Deschamps, noticiou o jornal A Bola.

Burna Boy torna-se o 1° africano a ter três albuns com 100 milhões de streams

há 1 ano
Um músico que continua a crescer e a justificar suas atribuições como as dos Grammy Awards. Damini Ebunoluwa Ogulum, ou simplesmente Burna Boy voltou a fazer história como o primeiro artista africano a atingir mais de 100 milhões de streams no Spotify, com três álbuns seguidos.

Nucho: “É muito estranho não termos agências que consigam apanhar um artista do anonimato e fazê-lo crescer”

há 11 meses
“O que se vê nas nossas produtoras é que, basicamente pegam artistas que já estão feitos e que já têm fama na rua e depois apenas metem mais algum combustível. E também sinto que falta um bocado de originalidade. Acho que poderíamos ter artistas mais ousados. resumindo, acho que temos uma cultura saudável, acho que temos muito talento, mas acho que falta um bocado de coragem e abertura e limar algumas arestas para atingir o nível seguinte, como o da Nigéria ou da África do Sul, não só na gravação das músicas, mas essencialmente nos espectáculos ao vivo que proporcionamos ao nosso público, acho que os nossos espectáculos ainda deixam muito a desejar”.

Certified Lover Boy revela um Drake mais voltado para o R&B

há 9 meses
Com 21 músicas no total, CLB tem a duração de quase uma hora e meia e, dentro da sua longa tracklist há algumas revelações emocionantes e surpresas sugerindo uma nova direcção mais focada em R&B para o cantor/rapper.