Pela primeira vez em 93 anos de Óscares, uma mulher não-caucasiana recebe o prémio de Melhor Realização

Um ano após o cancelamento da premiação presencial, substituída por videochamadas no Zoom, os astros voltaram a desfilar na passadeira vermelha para prestigiar a 93.ª edição dos prémios da Academia de Hollywood. 

Considerada atípica, quer pelas homenagens as estrelas que já se foram, ou pelos distanciamentos impostos por medidas de segurança, Chloé Zhao fez história, ao se tornar a segunda mulher a ganhar o principal prémio da noite, fazendo valer a espera dos 441 dias de adiamentos.

Além de vencer o prémio de Melhor Direcção, ‘Nomadland’ arrebatou outras duas estatuetas: Melhor Filme e Melhor Actriz. Na noite em que “Oscar virou substantivo feminino”, “Ma Rainey’s Black Bottom’s” Mia Neal e Jamika Wilson se tornaram as primeiras mulheres negras a ganhar um Oscar de caracterização e penteado.

Já a Netflix ganhou sete troféus no total, liderando todos os estúdios, depois de receber 36 indicações.

Lembre que a primeira mulher a ganhar o principal galardão da premiação foi Kathryn Bigelow, com o filme Guerra ao Terror, em 2015.

Acompanhe abaixo a lista dos prémios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos:

Melhor filme:
“Nomadland – Sobreviver na América”

Melhor realização:
Chloé Zhao – “Nomadland – Sobreviver na América”

Melhor actor:
Anthony Hopkins – “O Pai”

Melhor actor secundário:
Daniel Kaluuya – “Judas and the Black Messiah”

Melhor actriz:
Frances McDormand – “Nomadland: Sobreviver na América”

Melhor atriz secundária:
Yuh-Jung Youn – “Minari”

Melhor argumento adaptado:
“O Pai”

Melhor argumento original:
“Promising Young Woman – Uma miúda com potencial”

Melhor filme internacional:
“Another Round” – Dinamarca

Melhor filme de animação:
“Soul – Uma aventura com alma”

Melhor curta-metragem de animação:
“If Anything Happens I Love You”

Melhor documentário:
“My Octopus Teacher”

Melhor documentário em curta-metragem:
“Colette”

Melhor curta-metragem:
“Two Distant Strangers”

Melhor cenografia:
“Mank”

Melhor direção de arte:
“Mank”

Melhor montagem:
“Sound of Metal”

Melhor caracterização:
“Ma Rainey: A mãe dos blues”

Melhor guarda-roupa:
“Ma Rainey: A mãe dos blues”

Melhor banda sonora original
“Soul – Uma aventura com alma”, Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste

Melhor canção
“Fight For You” – “Judas and the Black Messiah”

Melhor montagem de som
“Sound of Metal”

Melhores efeitos visuais
“Tenet”

as cargas mais recentes

Cage One anuncia novo álbum

há 2 anos
Em breve entrevista à Carga, o músico anunciou, para este mês, um novo sigle que antecederá e fará parte do seu sexto álbum de estúdio a ser lançado no próximo ano.

Bob da Rage Sense: “Já não existe Movimento Hip Hop. «Principalmente» em Portugal”

há 6 meses

Ministra da Cultura de Portugal quer acabar com concertos online grátis

há 3 anos
A titular da pasta da Cultura de Portugal, Graça Fonseca, manifestou-se contra os concertos gratuitos nas redes sociais, ou até mesmo em varandas e defendeu que o trabalho na cultura deve ser pago.

Bonga, a lenda do Semba e símbolo da consciência africana, exaltado pela imprensa internacional

há 2 anos
Uma caminhada de quase meio século, que se traduz em álbuns, espectáculos, bibliografias, viagens e com um único objectivo: despertar a consciência africana por meio do Semba, género que se vai tornando na sua própria antonomazia.

Dias Rodrigues e Malvado “surpreendem” com o lado produtor

há 3 anos
Ao contrário das edições anteriores, onde foram exibidas apenas um género musical (Rap e Kuduro), esta foi um festival de variedades, desde o Semba, Kizomba, Tarrachinha, Kuduro, House e até Samba.

“Abençoado”, Nikko lança mais uma EP

há 1 ano
Depois da EP Kuzola Planet, Niiko apresentou há uma semana o seu novo trabaho intitulado ‘Abençoado’ feito de temas inéditos que reafirmam o seu voo solo, com abordagem musical distinta.

Tiffany Haddish rejeita dirigir o Grammy Awards

há 2 anos
Apesar de estar indicada ao Grammy 2021 na categoria melhor álbum de comédia – por “Black Mitzvah”, seu trabalho para a Netflix, Tiffany Haddish não aceitou apresentar o evento, pese embora a organização ter esclarecido ser uma instituição sem fins lucrativos.

Lendária peça teatral `Hotel Komarka´ celebra 15 anos com ciclo de apresentações

há 2 anos

Bob Dylan decide vender todo seu catálogo de gravações à Sony Music

há 1 ano
Com cerca de 60 anos de música, o lendário músico norte-americano do “Blues”, “Folk” e “Country” vendeu todo o catálogo de gravações à Sony Music, desde o álbum homónimo, de 1962, até ao “Rough and Rowdy Ways”,  lançado em 2020. O que quer dizer, os direitos de reprodução e distribuição passam agora à concorrente da Universal- a quem tinha vendido os direitos de autor.

Afinal vidas angolanas também importam

há 3 anos
A classe artística angolana quebrou o silêncio e decidiu dar um basta à indiferença perante a brutalidade e violência policial que, vezes sem conta, resultaram em mortes, como foi o mais recente caso de José Manuel, morto à tiro no Prenda.

Novo single revela versatilidade de Beatoven

há 3 anos
O single tem uma sonoridade arrojada e mais uma vez mostra a versatilidade de Beatoven e do seu álbum, no que toca a produção, juntou EDM com alguns apontamento West Coast.

Rigoberto Torres reoxigena clássicos do Hip Hop no seu primeiro EP

há 2 anos
Rigoberto Torres é um nome que pode mudar a história do Rap comercial em Angola. Apesar de começar a escrever sua história no ano passado, o cantor de 20 anos se prepara para apresentar esta sexta-feira, o primeiro EP.

Waldemar Bastos e Carlos Burity homenageados na Galeria do Semba

há 2 anos
Volvido um mês após o passamento físico dos dois “astros” da música angolana, a Professora Rosa Roque concebeu um tributo para enaltecer os feitos de Waldemar Bastos e Carlos Burity.

Novo álbum de Nanuto já está disponível

há 1 ano

La Casa De Papel: Spoilers confirmam reviravolta na 5ª temporada

há 2 anos
Segundo o site Nova Mulher, para o qual a Inspectora cedeu uma entrevista, “Sierra passará uma transformação, definida por ela como GORE, fazendo referência ao subgênero de filmes de terror com retratos gráficos de sangue e violência”.

Espaço online de debates discute sobre “A Criança e o ensino das Artes plásticas”

há 2 anos
O espaço online de debate FALE CONNOSCO traz à discussão nesta sexta-feira, 25 de Setembro de 2020, das 14h às 15h30, o tema “A Criança e o ensino das Artes Plásticas”, e contará com convidados de painel o professor de Artes Plásticas e artista plástico Gilberto Kapitango e a professora de Reciclagem e Decoração, Conceição Manuel, podendo ser transmitida ao vivo na página oficial de facebook da Fundação, numa iniciativa conjunta entre a Fundação Arte e Cultura, Instituto Nacional da Criança, INAC e do Unicef Angola.