Pela primeira vez em 93 anos de Óscares, uma mulher não-caucasiana recebe o prémio de Melhor Realização

Um ano após o cancelamento da premiação presencial, substituída por videochamadas no Zoom, os astros voltaram a desfilar na passadeira vermelha para prestigiar a 93.ª edição dos prémios da Academia de Hollywood. 

Considerada atípica, quer pelas homenagens as estrelas que já se foram, ou pelos distanciamentos impostos por medidas de segurança, Chloé Zhao fez história, ao se tornar a segunda mulher a ganhar o principal prémio da noite, fazendo valer a espera dos 441 dias de adiamentos.

Além de vencer o prémio de Melhor Direcção, ‘Nomadland’ arrebatou outras duas estatuetas: Melhor Filme e Melhor Actriz. Na noite em que “Oscar virou substantivo feminino”, “Ma Rainey’s Black Bottom’s” Mia Neal e Jamika Wilson se tornaram as primeiras mulheres negras a ganhar um Oscar de caracterização e penteado.

Já a Netflix ganhou sete troféus no total, liderando todos os estúdios, depois de receber 36 indicações.

Lembre que a primeira mulher a ganhar o principal galardão da premiação foi Kathryn Bigelow, com o filme Guerra ao Terror, em 2015.

Acompanhe abaixo a lista dos prémios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos:

Melhor filme:
“Nomadland – Sobreviver na América”

Melhor realização:
Chloé Zhao – “Nomadland – Sobreviver na América”

Melhor actor:
Anthony Hopkins – “O Pai”

Melhor actor secundário:
Daniel Kaluuya – “Judas and the Black Messiah”

Melhor actriz:
Frances McDormand – “Nomadland: Sobreviver na América”

Melhor atriz secundária:
Yuh-Jung Youn – “Minari”

Melhor argumento adaptado:
“O Pai”

Melhor argumento original:
“Promising Young Woman – Uma miúda com potencial”

Melhor filme internacional:
“Another Round” – Dinamarca

Melhor filme de animação:
“Soul – Uma aventura com alma”

Melhor curta-metragem de animação:
“If Anything Happens I Love You”

Melhor documentário:
“My Octopus Teacher”

Melhor documentário em curta-metragem:
“Colette”

Melhor curta-metragem:
“Two Distant Strangers”

Melhor cenografia:
“Mank”

Melhor direção de arte:
“Mank”

Melhor montagem:
“Sound of Metal”

Melhor caracterização:
“Ma Rainey: A mãe dos blues”

Melhor guarda-roupa:
“Ma Rainey: A mãe dos blues”

Melhor banda sonora original
“Soul – Uma aventura com alma”, Trent Reznor, Atticus Ross e Jon Batiste

Melhor canção
“Fight For You” – “Judas and the Black Messiah”

Melhor montagem de som
“Sound of Metal”

Melhores efeitos visuais
“Tenet”

as cargas mais recentes

Cristiano Ronaldo eleito o jogador mais influente do mundo

há 2 anos
Cristiano Ronaldo foi eleito pela revista France Football como o jogador mais influente do mundo. Para além de ser o mais influente, o internacional português está entre as três pessoas mais importantes do mundo desportivo.

Álbum de Paulo Flores e Prodígio será lançado esta sexta-feira, 6 de Novembro

há 2 anos
O aguardado álbum Bênção e Maldição de Paulo Flores e Prodígio estará disponível a partir desta sexta-feira, 6 de Novembro, anunciaram ontem os músicos.

Ex-assistente de John Lennon é processado por mencionar nome do músico

há 2 anos
Yoko Ono, viúva do ex-Beatle John Lennon está a processar um ex-assistente formado pelo músico solicitando uma indemnização de 150 mil dólares (mais de 93 milhões de Kwanzas) por este ter mencionado o nome do artista durante uma entrevista.

Bonga, a lenda do Semba e símbolo da consciência africana, exaltado pela imprensa internacional

há 2 anos
Uma caminhada de quase meio século, que se traduz em álbuns, espectáculos, bibliografias, viagens e com um único objectivo: despertar a consciência africana por meio do Semba, género que se vai tornando na sua própria antonomazia.

Papekas: “Quero mostrar que o Rap pode ser a mistura certa para todo o tipo de género musical”

há 2 anos
Papekas é um rapper que ganhou notoriedade nos freestyles da escola e hoje invade os mercados moçambicano e sul-africano. O artista tem se dedicado ao Rap acústico. A partir de Johannesburg, deixa os primeiros registos de uma proposta inovadora para Rap angolano.

Proletário reedita “Scania 111” para o novo disco

há 2 anos
O músico Proletário prepara para o final do ano apresentação do seu segundo trabalho discográfico, intitulado “Carolina do Ebo”, onde se destaca o sucesso “Scania 111” numa nova roupagem.

Convidados num show? Um desafio sem precedentes para a Força Suprema

há 3 anos

Morreu Astro, vocalista dos UB40

há 11 meses
O cantor e multi-instrumentista morreu este sábado, subtamente aos 64 anos. Protagonista de hits como “Red red one”, a banda britânica já esteve em Angola e para um grande espectáculo.

Na primeira tentativa de cobrança Sadia arrecada 10 milhões de Kwanzas

há 2 anos

Pedro Hossi seleccionado para o projecto “Passaporte”

há 2 anos
Com objectivo de promover os homens do cinema em Portugal, a Academia Portuguesa de Cinema realiza o programa “Passaporte”, que contará com a participação do actor angolano Pedro Hossi.

CR7 quer jogar no Barcelona, revela imprensa internacional

há 9 meses
Segundo o jornal espanhol Mundo Deportivo, editado em Barcelona, o craque português entrou em contacto com Xavi, via Piqué, e ofereceu-se para jogar no Barcelona.

Snoop Doog celebra 49º aniversário de Tupac

há 2 anos
Um astro, cujo impacto da obra e da carreira pode ainda ser sentido, como se de um artista vivo e no auge da carreira se tratasse. O seu aniversário ainda é pretexto para homenagens e volvidos 24 anos após a sua morte, o Tupac Shakur continua a ser lembrado como o “maior Rapper de todos os tempos”.

Verbal Uzula apresenta novos projectos musicais

há 2 anos
“Dias de Treino vol. 4” é título do mais recente álbum de Verbal Uzula disponível nas principais plataformas digitais, incluindo o Kisom Unitel.

“Geração de Glória” da música nacional é homenageada no programa ‘Ao Vivo’

há 2 anos
Um show com a actuação de oito artistas consagrados angolanos marcará a estreia, dia 8 de Janeiro, no Canal ZAP Viva, do programa Ao Vivo – Homenagem à Música. Doravante, será assim todas as sextas-feiras à noite

Tina Turner vende direitos musicais à BMG

há 12 meses
Entre os temas, cujos direitos passam para a BMG, estão clássicos como “What’s Love Got to Do With It” e “Private Dancer”. Os valores envolvidos não foram revelados, mas o “Guardian” escreve que este é o maior negócio de sempre da BMG com um artista solo.

Luso fecha o projecto ‘Ilusionista’ em grande

há 2 anos
O rapper lançou ontem a última das 10 faixas do projecto Ilusionista, que já pode ser ouvido na íntegra nas plataformas digitais, e vem acompanhado de um novo single “Mortos pela Polícia”.