Phay Grand O Poeta pondera parar de cantar

Os distintos períodos do desenvolvimento do Hip Hop angolano ficarão sempre marcados pelo aparecimento de artistas cujas rimas, métricas e flows diferem dos demais. Devido à sua forma de cantar, Phay Grand O Poeta somou e pode deixar de somar popularidade, contudo o rapper lançou  recentemente um novo projecto musical.

Pode parar de somar popularidade, porque os fãs preferem recorrer à pirataria quando de consumo de trabalhos do rapper se trata, situação que vai deixando o músico desiludido e lamenta não haver outra opção, senão deixar de gravar mais músicas.

“Tenho todos os discos em casa, porque o pessoal não está a me ajudar. Agora coloquei as músicas no Kisom, vou ver. Se o pessoal quiser me ajudar, vai lá e baixe”, disse, acrescentando que não entrega suas canções aos meios de comunicação social para promoverem, porque no início da carreira tentou e foi obrigado a retirar alguns versos.

De rádios e tvs não é tudo, o rapper dificilmente cede entrevistas, e nem sequer tem páginas no Facebook ou YouTube, mas teve de aceitar o desafio do Show Time, para falar sobre os seus hits, considerados verdadeiros hinos do Rap nacional.

“Não tenho nenhuma página, nem no Facebook ou YouTube”, explicou, realçando que por causa dos constantes pedidos dos ouvintes em breve vai abrir contas na Internet.

No movimento, gravou 4 discos, nomeadamente “Pão Burro” , “2 Via”, “O Que é Isso” e “Colectânea Uma ou Outra” e na semana passada lançou um single que, à semelhança dos quatro álbuns, está no Kisom, o triste é que esta pode ser a última música do under, que também se queixa de ter o PC e os aparelhos danificados.

“A minha permanência no Rap vai depender dos ouvintes. Não é porque eu não quero mais cantar, as pessoas devem consumir as coisas originais e ajudar os artistas, a minha continuidade no Rap vai depender do feedback do pessoal”, disse.

“Peguei nos discos e coloquei todos do Kisom. Se a minha música sair do top do Kisom então já não farei Rap”, insistiu.

Quanto ao movimento underground, o Poeta do Katambor admite que está a desenvolver, mas sublinha que o comercial cresceu muito mais, e isso justifica-se pelo facto de haver mais consumo desta vertente.

“Os unders não se ajudam. Quando vendi os meus discos, vi mais comerciais a comprar e a darem força. As pessoas que não fazem parte do movimento é que mais apoiam, é que compram os discos”, lamenta.

Embora tenha seu próprio estilo, o músico mostra aberto a integrar qualquer produtora, desde que não interfiram nas suas letras. “Se eles vierem conversar como homens, aceitaria. Eu canto conforme eu falo e escrevo aquilo que eu penso”, sublinha, lançando duras críticas aos unders que fogem para o comercial.

“O dia que eu cantar comércio podem me chamar de minga, me comprem saias. Quem sair do under e fizer comércio, fica tipo uma prostituta. Eu tenho mais amigos comerciais do que unders”, concluiu.

as cargas mais recentes

Morreu “Kota 50”, pioneiro do foto-jornalismo angolano

há 1 ano
Paulino Damião “Kota 50” é conhecido como a lenda do foto-jornalismo em Angola. Começou a fotografar nos anos 60 e, já capturou peripécias da batalha do início da luta armada, em 1961. O fotógrafo morreu esta quarta-feira, em Luanda, por doença.

“Rocha negra” parte para a eternidade aos 73 anos

há 8 meses
O ex-internacional francês, sobreviveu até a manhã de hoje, em coma profundo desde os seus 34 anos, quando sofreu um broncoespasmo, em 17 de Março de 1982.

Rappers angolanos em destaque na revista científica brasileira

há 1 ano
A renomada revista científica brasileira de ciências humanas “Convergência Crítica” decidiu destacar na sua primeira edição Kid MC, MCK, Kamessu e Flagelo Urbano.

Free: Londone e Pucci Jr juntos em novo single

há 8 meses
Com uma sonoridade mais virada para o UK, Londone desliza com as suas rimas e espalha pânico, seguido de uma excelente entrega de Pucci Jr a dar um toque de maior “swag” a um tema que por si só já nos leva a outras paragens com uma certa irreverência onde a guitarra dedilhada é destaque.

Está aprovado: Break Dance será modalidade desportiva dos Jogos Olímpicos

há 1 ano
O COI, Comité Olímpico Internacional, confirmou que o Break Dance será uma das modalidades desportivas dos Jogos Olímpicos, e fará já parte das próximas Olimpíadas de 2024, em Paris.

Madonna multada com 1 milhão de dólares por defender comunidade LGBTQ+

há 2 anos
A cantora revelou, através das suas redes sociais, que a Rússia obrigou que pagasse 1 milhão de dólares, depois de ela ter feito um discurso de defesa dos direitos da comunidade LGBTQ+ durante um concerto em São Petersburgo.

Disfarçado, Paul Pogba aparece em palco e canta com Burna Boy

há 8 meses
Ontem, momento depois da retumbante vitória do Manchester United sobre o Newcastle, Paul Pogba mostrou o seu lado rapper ao aparecer disfarçado em palco e interpretar `Focus´ com Burna Boy.

É oficial: Messi anuncia que vai continuar no Barcelona

há 2 anos
O astro argentino acaba de anunciar que vai continuar no clube catalão até o fim do contrato. “Eu tinha a certeza que estava livre para sair, o presidente sempre disse que no fim da temporada podia decidir sair ou ficar”.

Músico Neil Young processa Trump

há 2 anos
O músico Neil Young vai mover um processo em tribunal contra Donald Trump, pelo uso indevido da sua música nos comícios do actual presidente dos EUA.

Mariah Carey revela que aos 12 anos a irmã tentou vendê-la

há 2 anos
A cantora conta que aos 12 anos a irmã drogou-a e depois tentou vendê-la a um chulo. Carey revela ainda que não teve uma boa relação com os seus irmãos mais velhos, por causa do tom da sua pele.

Babu Santana: “Tenho muita curiosidade de conhecer Angola, e de chegar no meu ancestral africano”

há 2 anos
A presença marcante de Babu Santana na última edição do reality show despertou a atenção e curiosidade dos internautas sobre os pontos de vista relactivos a “pretitude”, tal como o próprio o diz, e às questões relaccionadas a identidade cultural dos povos negros que habitam o Brasil. Babu defende a necessidade de se conhecer o percurso da ancestralidade para a afirmação dos povos: ”hoje eu tenho um projecto pessoal que é fazer a pesquisa da minha ancestralidade”, afirmou. Uma vez ter conquistado a simpatia de muitos telespectadores do canal Globo, quer pela participação exitosa no BBB20, bem como a interpretação de Jacinto em ’Novo Mundo’, Babu Santana concedeu uma entrevista de abordagem variada onde manifesta o interesse de trabalhar em Angola.

ZAP dá Carga no Apoio às Instituições Caridosas em tempos de COVID-19

há 2 anos
Com o avanço global do COVID 19, a ZAP tem vindo a tomar as medidas necessárias para apoiar as Instituições apadrinhadas pelo projecto de responsabilidade social VIDAS ZAP, na prevenção e não propagação do Vírus.

Morreu António Gonçalves, antigo secretário-geral da União dos Escritores Angolanos

há 2 anos
O escritor angolano António Gonçalves, ex-secretário-geral da União dos Escritores Angolanos, morreu na quarta-feira vítima de doença, soube a Revista Carga de uma fonte oficial.

Galeria MOVART participa no “African Galleries Now”

há 1 ano
A MOVART é uma das 13 galerias africanas a participar no evento African Galleries Now, exclusivamente online, resultante de uma parceria entre a African Art Galleries Association (AAGA) e a plataforma Artsy.

In Memory We Trust: Exposição de René Tavares marca a abertura da nova galeria THIS NOT A WHITE CUBE

há 12 meses
A mostra integra mais de 30 obras produzidas entre 2012 e 2021, muitas das quais inéditas e expõe, através de dois núcleos distintos – divididos entre Lisboa e Luanda – uma variedade significativa de meios que vão da pintura ao desenho, passando pela fotografia e pela instalação.

Vozes de diferentes estilos cantam 70 anos de André Mingas

há 2 anos
Se estivesse em vida, André Mingas completaria setenta anos amanhã(24). E, em alusão do seu 70.°aniversário, Ary, Kizua Gourgel, Toty Sa’med, Selda, Yoxi e Paulo Flores juntam-se este domingo para um tributo musical.