Porquê que Angola celebra o 8 de Janeiro como Dia da Cultura Nacional?

A data será hoje marcada pela outorga de diplomas de mérito e honra a promotores e personalidades da cultura e artes. O acto acontece às 16 horas no Arquivo Nacional, em Luanda, quatro dias depois da abertura das actividades recreativas e culturais em todo o país.

Instituído em 1986, em homenagem ao discurso do primeiro presidente de Angola, António Agostinho Neto, por ocasião da tomada de posse dos membros da União dos Escritores Angolanos (UEA), em 1979, a data é um simbolo comemorativo nacional.

As celebrações abriram no dia 4 e terminam a 31 deste mês. A jornada contempla exposições, concertos, debates e hoje será marcada por um acto central, com outorga de diplomas de mérito a personalidades que mais se destacaram no sector cultural no ano passado.

“Somos Angola, Somos Cultura” é o lema escolhido para lembrar o discurso de Neto, numa altura em que se procura por soluções para o fomento ao “empreendedorismo e criação de empresas privadas no sector cultural”.

Longe da música, as manifestações culturais angolanas vão desde rituais como Chikumbi, Mukanda ou danças como a fundura, cabetula, semba, varina, cidralia, kazukuta, dizanda a literatura e artes plásticas.

“ (…) a cultura não pode se inscrever no chauvinismo, nem pretende evitar o dinamismo da vida.  A cultura evolui com as condições materiais e, em cada etapa, corresponde a uma forma de expressão e de concretização de actos materiais(…)“, lembramos o celebre discurso de Agostinho Neto.

Desde que é celebrada, há 35 anos, a maior conquista do 8 de Janeiro foi a elevação da Cidade de Mbanza Congo a Património Cultural da Humanidade pela UNESCO, em 2017.

Entretanto, se por um lado, o país conseguiu preservar ao ponto de inscrever a Antiga Cidade do Reino do Congo no organismo das Nações Unidas, por outro, não conseguiu evitar que manifestações culturais como a Rebita, por exemplo, desaparecessem.

as cargas mais recentes

Já são conhecidos os artistas contemplados para a primeira edição do “Versos & Poesias”

há 2 meses
O projecto junta artistas em conceitos musicais em formato de poesia, com uma temáticas diferente à cada edição e voltado principalmente para o público jovem.

Romantismo estará em alta no Show do Mês Live com Pedrito

há 7 meses
O mais romântico de todos os músicos angolanos, José Manuel Pedrinho “Pedrito”, será o próximo cartaz do Show do Mês Live, sábado (26), depois do músico ter anunciado o “adeus” aos palcos.

Coréon Dú: “Em três décadas de vida, notei que existe uma forte crise de auto- estima sobre a negritude”

há 2 meses
Numa conversa livre e aberta com a revista Carga, Coréon Dú mostrou que ainda tem muito mais para contribuir em prol da africanidade do que tudo aquilo que já fez. O autor de Pele Negra fala das últimas novidades.

Ary arrecada mais de um milhão em concerto online

há 1 ano
Em pouco mais de uma hora de show, na sua página do Instagram, a cantora Ary conseguiu arrecadar um milhão e 295 mil Kwanzas, que será encaminhado para o centro de acolhimento El Betel, informou o agente da artista Agnelo Henriques.

Projecto `Concerto Online´ da Fundação Arte e Cultura ultrapassa fronteiras

há 12 meses
A carismática cantora brasileira Eloiza Garção juntou-se nesta semana à Fundação Arte e Cultura e é o rosto do concerto online deste sábado, dia 25 de Abril, pelas 19 horas. O evento decorre no âmbito do projecto Fundação Arte e Cultura online e visa incentivar as famílias a permanecer em casa e protegerem as suas vidas enquanto durar o estado de emergência em prevenção face a Covid-19.

Peça teatral `As crises em tempos de crise´ do Grupo Jovens da Mulemba em cartaz na Fundação Arte e Cultura apresenta

há 2 semanas
“A peça aborda de forma crítica, porém sarcástica sobre as crises de várias ordens: Econômica, Religiosa Cultural, e Social; Com uma tônica a crise de valores, a questão do respeito ao próximo, da relação que se quer salutar entre os vizinhos.

Começa hoje a contagem decrescente para a final do Estrelas ao Palco

há 1 mês
Faltam apenas três galas, para conhecermos o vencedor da 3ª temporada do Estrelas ao Palco, o maior concurso de imitação musical, de Angola.

Luanda recebe a primeira exposição virtual

há 1 ano
“Migrações e Coisas, Retalhos de uma História Só”, é o título da exposição a solo da autoria de René Tavares.

Tiffany Haddish rejeita dirigir o Grammy Awards

há 4 meses
Apesar de estar indicada ao Grammy 2021 na categoria melhor álbum de comédia – por “Black Mitzvah”, seu trabalho para a Netflix, Tiffany Haddish não aceitou apresentar o evento, pese embora a organização ter esclarecido ser uma instituição sem fins lucrativos.

Já existem quase 500 músicas inspiradas no Coronavírus

há 1 ano
O coronavírus privou os fãs de música de ver shows no primeiro semestre, adiados ou cancelados. Por outro lado, a doença virou inspiração para candidatos a hits.

A assinalar dez anos, Luxor African Film Festival 2021 premia filme Made in Angola

há 2 semanas
O filme Ar Condicionado foi premiado como Melhor Longa Metragem (prémio do Júri) na 10ª edição do Luxor African Film Festival 2021, no Egipto.

OTAN disponibilizam single `Vais Sengar´

há 9 meses
“Sengar” é uma expressão angolana para os recém-divorciados que após o fim do casamento regressam a casa dos pais, e a música evolui em torno dessa ideia numa vibe engraçada e cativante. Trata-se do terceiro single editado do futuro álbum do grupo que terá um lyric vídeo a acompanhar.

Morreu um dos criadores do “Afrobeat”

há 12 meses
O mítico baterista nigeriano Tony Allen, um dos criadores do género “Afrobeat”, morreu quinta-feira em Paris (França), aos 79 anos de idade.

Seminário sobre processo de inscrição e classificação dos bens a Património Mundial da UNESCO acontece em Luanda

há 8 meses
O Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente (MCTA) iniciou ontem, 20 de Agosto de 2020, o Workshop de formação sobre o processo de Inscrição e classificação dos bens a lista a Património Mundial da UNESCO.

UNAC quer aumentar espaços culturais no país

há 12 meses
Segundo o presidente da referida instituição de utilidade pública, José Fernandes, o aproveitamento dos espaços é a prioridade da UNAC, para ajudar a impulsionar o sector artístico, realçando que um melhor aproveitamento dos recintos culturais poderá garantir aos artistas, profissionais e amadores, mais espaços e oportunidades para apresentarem os seus trabalhos.

Dimensão artistíca e cultural de Sindika Dokolo estarão em destaque amanhã

há 1 mês