Prodígio: “acredito que a arte tem que reflectir a sociedade, a minha vida, a dos meus e dos outros”

Ao reagir às críticas sobre a passividade da classe artísticas perante os problemas sociais e as acções de brutalidade policial, o rapper elogiou e ao mesmo tempo reprovou a atitude, esclarecendo que o músico não é obrigado a defender o povo, mas sublinha, por outro lado, que não respeita a arte de quem não defende a sociedade. 

Durante o longo vídeo nas suas redes sociais, sobre a morte do jovem de 23 anos no Prenda, o músico começou por esclarecer que não pretende defender qualquer artista, entretanto, realçou que é imprudente a sociedade olhar as coisas de um único ponto de vista, porque os músicos também têm liberdade de escolha.

“Não vamos ser maus com os nossos irmãos. São escolhas pessoais. Não quero limpar a cara suja dos bajuladores, é uma escolha que foi sistemática… e muitos manos e manas preferem não reflectir o que se passa no mundo”, analisou.

No seu entender, existem músicos da linha da frente e músicos  bajuladores, e isso são escolhas pessoais. “Nem toda a gente está disposta a passar fome. Vocês não têm noção o que passam os músicos que se levantam por vocês”, disse, exortando, para que as pessoas deixem de ser  juízes do tribunal supremo da vida na Internet. 

Com olhos humedecidos de emoção, o autor de Castelos, disse acreditar, por outro lado, que a arte deve reflectir a vida do povo e dos seus, por isso, não respeita a arte que não espelha a sociedade. ”

“Eu, pessoalmente, acredito que a arte tem que reflectir a sociedade, a minha arte tem que reflectir a minha vida, a vida dos meus e a vida dos outros. Um mano que só quer sustentar e que vai nos kotas… Eu não respeito a arte dele, mas respeito a escolha dele. Não vamos tirar aos outros o direito de decidir. Nós não somos mais pessoas que os outros”, aconselhou.

Para Prodígio, os músicos que optam por tal atitude, fazem-no por falta de opção, pois não há no país indústria da música, o que leva a que os artistas se tornem bajuladores.

“Temos um país sem indústria musical e os kotas acostumaram os meus irmãos a ter que ajoelhar para ter kumbu”, lamentou.

Por outra, o rapper lembrou que não cabe aos músicos defender o povo, pois ao músico cabe somente cantar. “Nós temos que bater a porta da polícia, foi a polícia que matou o José,  não foram os artistas. Eu, pessoalmente, acho que o meu dever está na música”, pontuou.

Questionou ainda por que razão os deputados não repudiam essas acções nas suas redes sociais, uma vez que também têm Instagram e Twitter.

“Quem dá arma a essas pessoas? Não é com os nossos irmãos, que agora com o Covid-19 não têm trabalho. São bajus, mas são nossos e eu os amo. São meus. Eu entendo o incentivo, mas só que tem que ser doutra maneira”, concluiu.

as cargas mais recentes

Joãozinho Morgado diz que o Semba está a “morrer”

há 6 meses
O percussionista Joãozinho Morgado afirmou que o género musical Semba, de origem angolana, está a “morrer”, pelo facto das instituições responsáveis não velarem pela sua manutenção.

Victor Silva: O primeiro angolano a dar carga no Mundial de moto Supersport

há 3 meses
Chama-se Victor Silva Barros e tem 36 anos. Natural do Sumbe, província do Kuanza Sul, o piloto começou a correr com “kupapata” e este final de semana estreou-se no Mundial de SuperSport em Estoril, Portugal.

Cardi B “desce do salto” e ameaça agredir blogueiro por postá-la sem maquilhagem

há 5 meses
A rapper norte-americana ameaçou agredir um internauta por este postar fotografias sem maquilhagem e supostamente desarrumada da cantora.

Músicos reagem à morte de Silvio Dala: “Na América atribuímos ao racismo. Aqui vamos dizer que é o quê?”

há 4 meses
O caso do médico Silvio Dala está a causar uma corrente de protestos, até aqueles músicos que pareciam mais reservados estão a ser obrigados a soltar a voz. “Se quiserem, matem-me também”.

38° edição do ‘Top dos Mais Queridos’ acontece hoje

há 4 meses
A edição 2020 do Top dos Mais Queridos vai assumir um formato diferente do habitual, face ao contexto pandémico que se impõe. A par disto, a gala em si, também não será de eleição, mas sim de homenagem a Agostinho Neto.

Governo português autoriza festivais a partir de Setembro

há 8 meses
O Governo português autorizou realização de festivais de música a partir de 30 de Setembro. Uma medida anunciada esta quinta-feira, justificada com a pandemia de Covid-19.

Guitarra de Kurt Cobain torna-se a mais cara da história

há 7 meses
A guitarra utilizada por Kurt Cobain na gravação do célebre álbum “Unplugged” dos Nirvana, em 1993, foi leiloada este sábado, nos EUA, por seis milhões de dólares, feito nunca antes atingido por uma guitarra.

Três cantoras entre as 100 mulheres mais poderosas do mundo

há 1 mês
No seu todo, a lista conta com 100 mulheres oriundas de 30 países, e pertencentes a quatro gerações. Entre estas, há 10 chefes de estado, 38 directoras executivas e 5 artistas de entretenimento.

Cantor nigeriano condenado à morte por causa de uma música

há 5 meses
Yahaya Sharif-Aminu foi condenado por um tribunal superior da Sharia, em Hóquei Hausawa Filin, na Nigéria, à morte por enforcamento, por partilhar uma das suas músicas nos grupos de Whatsapp.

Ministra da Cultura de Portugal quer acabar com concertos online grátis

há 8 meses
A titular da pasta da Cultura de Portugal, Graça Fonseca, manifestou-se contra os concertos gratuitos nas redes sociais, ou até mesmo em varandas e defendeu que o trabalho na cultura deve ser pago.

Paulo Flores homenageia Waldemar Bastos e Carlos Burity em novo álbum

há 5 meses
Intitulado ‘Independência’, no novo disco o artista “regressa às origens” do Semba e exalta o ritmo ancestral usado como instrumento de luta.

Primeira edição do festival de publicidade pode ser online

há 8 meses
O Festival de Publicidade e Marketing Angolano poderá ser realizado no formato digital, com transmissão streaming, se a crise pandémica em Angola não abrandar, soube hoje a Carga Magazine.

Rapper Houdini é morto durante tiroteio

há 8 meses
Com uma carreira em ascensão, Houdini de 21 anos foi morto esta terça-feira, durante um tiroteio em Toronto, no Canadá. O rapper foi atingido por tiros no hotel onde se encontrava.

Fã de Taylor Swift condenado a 30 meses de prisão por perseguição

há 4 meses
O tribunal federal condenou esta semana Eric Swarbrick a 30 meses de prisão, depois do individuo ter se declarado culpado de perseguir e enviar cartas e e-mails ameaçadores a Taylor Swift.

Cine Janela exibe performance de Thó Simões amanhã

há 6 meses
Intitulada “Intocável” em projecto de projeção audiovisual durante quarentena, a performance e Thó Simões será exibida amanhã, às 20 horas, na página @cine.janela.

Killuanji reforça Rap Gospel com o single “Mama Iami”

há 1 mês
A frase “Mama Iami” que dá título ao single, é originária da língua nacional kimbundu e significa “Minha Mãe”, neste caso, o rapper se refere à sua terra, pela qual clama.