Prodígio: “acredito que a arte tem que reflectir a sociedade, a minha vida, a dos meus e dos outros”

Ao reagir às críticas sobre a passividade da classe artísticas perante os problemas sociais e as acções de brutalidade policial, o rapper elogiou e ao mesmo tempo reprovou a atitude, esclarecendo que o músico não é obrigado a defender o povo, mas sublinha, por outro lado, que não respeita a arte de quem não defende a sociedade. 

Durante o longo vídeo nas suas redes sociais, sobre a morte do jovem de 23 anos no Prenda, o músico começou por esclarecer que não pretende defender qualquer artista, entretanto, realçou que é imprudente a sociedade olhar as coisas de um único ponto de vista, porque os músicos também têm liberdade de escolha.

“Não vamos ser maus com os nossos irmãos. São escolhas pessoais. Não quero limpar a cara suja dos bajuladores, é uma escolha que foi sistemática… e muitos manos e manas preferem não reflectir o que se passa no mundo”, analisou.

No seu entender, existem músicos da linha da frente e músicos  bajuladores, e isso são escolhas pessoais. “Nem toda a gente está disposta a passar fome. Vocês não têm noção o que passam os músicos que se levantam por vocês”, disse, exortando, para que as pessoas deixem de ser  juízes do tribunal supremo da vida na Internet. 

Com olhos humedecidos de emoção, o autor de Castelos, disse acreditar, por outro lado, que a arte deve reflectir a vida do povo e dos seus, por isso, não respeita a arte que não espelha a sociedade. ”

“Eu, pessoalmente, acredito que a arte tem que reflectir a sociedade, a minha arte tem que reflectir a minha vida, a vida dos meus e a vida dos outros. Um mano que só quer sustentar e que vai nos kotas… Eu não respeito a arte dele, mas respeito a escolha dele. Não vamos tirar aos outros o direito de decidir. Nós não somos mais pessoas que os outros”, aconselhou.

Para Prodígio, os músicos que optam por tal atitude, fazem-no por falta de opção, pois não há no país indústria da música, o que leva a que os artistas se tornem bajuladores.

“Temos um país sem indústria musical e os kotas acostumaram os meus irmãos a ter que ajoelhar para ter kumbu”, lamentou.

Por outra, o rapper lembrou que não cabe aos músicos defender o povo, pois ao músico cabe somente cantar. “Nós temos que bater a porta da polícia, foi a polícia que matou o José,  não foram os artistas. Eu, pessoalmente, acho que o meu dever está na música”, pontuou.

Questionou ainda por que razão os deputados não repudiam essas acções nas suas redes sociais, uma vez que também têm Instagram e Twitter.

“Quem dá arma a essas pessoas? Não é com os nossos irmãos, que agora com o Covid-19 não têm trabalho. São bajus, mas são nossos e eu os amo. São meus. Eu entendo o incentivo, mas só que tem que ser doutra maneira”, concluiu.

as cargas mais recentes

Keyshia Cole provoca potencial batalha de Verzuz contra Ashanti

há 2 anos
Enquanto DMX continua a “clamar” por uma batalha com Jay Z, e os fãs ainda estão extasiados com o confronto Verzus entre Ludacris e Nelly, que decorreu no passado sábado, dia 17, muitos se voltaram para confrontos hipotéticos que podem acontecer nas próximas semanas. Um dos mais recentes pares de fãs é entre Keyshia Cole e Ashanti.

Landrick abre produtora e anuncia o primeiro agenciado

há 1 ano
Atrás dos holofotes dos media, Landrick vai projectando um futuro promissor. Para além da sua carreira, o músico criou uma produtora e prepara-se para anunciar o primeiro agenciado.

Pedrito comemora meio século de carreira com sabor a despedida

há 1 ano
O músico Pedrito começou ontem a caminhada para a despedida dos palcos, com um concerto no projecto musical “Show do Mês” onde viajou pelos 50 anos de carreira.

Zezé Di Camargo e Luciano festejam 30 anos de carreira

há 12 meses
A dupla Zezé Di Camargo & Luciano inicia as comemorações dos 30 anos de carreira da dupla com a edição do inédito single 1 hora e meia.

A assinalar dez anos, Luxor African Film Festival 2021 premia filme Made in Angola

há 10 meses
O filme Ar Condicionado foi premiado como Melhor Longa Metragem (prémio do Júri) na 10ª edição do Luxor African Film Festival 2021, no Egipto.

Nila Borja anuncia regresso aos palcos

há 8 meses
A cantora esteve presente na mais recente edição do Show Piô, pretesto mais que suficiente para um exclusivo com a Carga Magazine e, o que se julgou ser apenas uma participação especial, foi na verdade, um prenúncio do seu grande regresso aos palcos.

Jacob Desvarieux junta-se às celebrações dos 45 anos de independência de Angola

há 1 ano
Apadrinhado por Bonga, o espectáculo para a celebração dos 45 anos da independência terá lugar na próxima quarta-feira (11), em Lisboa, e traz como surpresa o músico Jacob Desvarieux.

Black Coffee arrecada num live o equivalente a 4 milhões de Kwanzas

há 2 anos
Dias depois de arrecadar 90.000 ZAR na semana passada, o DJ sul africano realizou mais um live no seu Instagram, onde recebeu 138.000 ZAR, o equivalente a 4.285.935 Kwanzas em doações a favor da fundação CoronaCareSa.

Conheça todos os vencedores da VII edição do Angola Music Awards

há 1 ano
Com um total de 26 categorias, a sétima edição do prestigiado concurso para a valorização da música angolana viu consagrar nomes como Anna Joyce, Yola Semedo, Patrícia Faria, Cheketela, Prodígio e dupla ou grupos como Scró Q Kuia, Força Suprema e Mobbers.

Arco de Lisboa pela primeira vez online, para ver até ao dia 14 de Junho

há 2 anos
A galeria This Is Not A White Cube está representada na Arco Lisboa- Secção África Em Foco com o projecto site-specific Arte Contemporânea Africana: Discursos De Decolonialidade.

Dia da Celebração do Hip Hop é comemorado pela primeira vez de forma oficial

há 6 meses
Embora seja comemorado pela comunidade Hip Hop há 48 anos, o dia de hoje, marca a primeira celebração, desde que o Senado dos Estados Unidos instituiu a efeméride.

26 de Janeiro de 2020: O trágico dia que o mundo perdeu Kobe Bryant

há 12 meses
O dia 26 de Janeiro passou ter um significado fatídico, após a morte do astro da NBA, aos 41 vítima de um acidente de helicóptero nos arredores de Los Angeles (EUA). Além de Bryant, morreram mais oito pessoas, entre elas, a filha Gianna Bryant, aos 13 anos de idade.

Lakers poderão usar camisola “Black Mamba” nos jogos da NBA

há 1 ano
O uso das camisolas pretas, com uma impressão de pele de cobra do lado de fora, poderá acontecer caso “os Lakers passarem da primeira rodada dos playoffs sobre o Portland”.

Michigan aprova proposta de lei de reforma penitenciária de Meek Mill e Jay-Z

há 1 ano
A Legislatura do Estado de Michigan aprovou, esta segunda-feira, um conjunto de leis que vão remodelar o sistema de liberdade e liberdade condicional. A lei declara, num dos pontos, a redução das sentenças de liberdade condicional de crimes adultos de cinco para três anos.

Mano a Mano: Mano Brown democratiza debates no Spotify

há 4 meses
Mano Brown estreou o podcast no passado mês de Agosto, com a rapper artista Karol Conká, também já passaram pelo programa Drauzio Varela e mais recentemente o ex-presidente do Brasil, Luiz Inácio Lulas da Silva.

Angelina Jolie acusa produtor de assédio sexual

há 5 meses
Em véspera de lançamento de um livro, que incentiva crianças a lutarem contra as injustiças, a actriz de 46 anos recordou uma situação traumática que viveu alegadamente com o produtor Harvey Weinstein.