Produtoras angolanas rejeitam pagar direitos autorais a seus artistas

Com o desajuste financeiro na indústria cultural, provocado pela pandemia do Covid-19, os rendimentos autorais seriam uma boa alternativa para a maioria dos artistas angolanos, muitos dos quais não conseguem manter a carreira, e outros viram-se forçados a interromper gravações por falta de dinheiro.

Se por um lado, o vírus da SARS COV-2 afundou a carreira de vários artistas e adiou o sonho de muitos talentos emergentes na música nacional, por outro, foi em 2020 que a indústria musical teve um dos maiores crescimentos de sempre (7,4%, USD 23,1 bilhões) em relação a 2019.

Todos estes rendimentos provieram sobretudo da digitalização do consumo de música. E, como sabemos, pelos serviços de streamings, é possível rentabilizar cada detalhe dos intervenientes da produção de uma canção, que, de acordo com a nossa realidade, 50% passa para o beatmaker, enquanto ao intérprete cabe apenas 20%.

Mas Angola quase ou não entra para a estatística global, porque a maioria das produtoras conceituadas no país não aceita pagar direitos autorais, o que acaba por dificultar o futuro dos seus associados, revelou, última quinta-feira, à Carga a Sadia.

De acordo com o director geral da Sadia, os proprietários das produtoras rejeitam pagar direitos de autor, e afirmam categoricamente que “não podem pagar”. Sem citar nomes, Lucioval Gama revela que o estranho é que são das mais conceituadas produtoras. “As editoras angolanas que os artistas estão associados é que dificultam a vida deles mesmos. Elas dizem que não podem pagar”, lamentou.

Em casos como estes, nem sempre a via negocial tem sido viável, por isso a entidade de gestão colectiva pondera outras medidas, afim de proteger seus 1500 associados. “Nós já não estamos a ver outra via, senão a criminal”.

Dados apontam que, se for eficaz, a cobrança de rendimentos autorais e conexos ajuda a “salvar” carreiras de muitos artistas angolanos. Basta recordar que músicos como Dji Tafinha já facturaram o equivalente a 15 milhões de Kwanzas em direitos autorais pela SPA, valores que serviram para impulsionar a carreira, enquanto outros vêem-se obrigados a interroper gravações por falta de dinheiro.

as cargas mais recentes

Foi assim que nasceu a Música Angolana

há 2 anos
A Música Popular Angolana, que se actualiza no espaço urbano recebeu influências e absorveu, ao longo do seu processo de formação, técnicas de execução dos instrumentos musicais Ocidentais. Contudo, antes do seu surgimento já existia um segmento pré-urbano configurado no espaço rural.

Né Gonçalves apresenta vídeoclip promocional do seu novo álbum

há 7 meses
Após ter começado 2021 em grande, o músico e compositor prossegue com a apresentação, hoje, no Palácio de Ferro, em Luanda, de um vídeoclip promocional do seu próximo álbum. O tema intitula-se “Undenge Wetu” e traz a participação de Yuri da Cunha.

Morreu ‘Bang’ produtor moçambicano

há 1 ano
Morreu esta manhã (segunda-feira), vítima de doença, o empresário e produtor de eventos moçambicano Adelson Mourinho “Bang”, esposo da cantora Lizha James.

Livro “O bolseiro- Desafios pós formação” chega às bancas no 1ª Trimestre de 2021

há 2 anos

Michaela Coel, a autora de uma história de superação digna de um Emmy

há 8 meses
A actriz fez história na 73ª edição do Emmy Awards ao se tornar a primeira roteirista negra a vencer o galardão com a série `I May Destroy You´, uma metáfora sobre o abuso sexual sofrido na primeira pessoa.

Idris Elba promove concerto virtual “Africa Day Benefit Concert at Home”

há 2 anos
O concerto virtual é uma iniciativa do cineasta britânico, que visa arrecadar fundos para “aliviar” os efeitos económicos que África tem sofrido, face a pandemia do Covid-19. O encontro reunirá um rol de artistas africanos e será transmitido pela MTV Base, no próximo dia 25, dia de África.

Decretado feriado no Senegal após vitória do CAN 2021

há 3 meses
Perante ao Senegal, doravante tudo vai passar a parecer ínfimo para uma celebração do calibre do CAN. Macky Sall, presidente do Senegal, decretou o dia após a vitória como feriado público, ou seja, um dia em que não se trabalha, mas é remunerado pelo Estado para celebrar a vitória com pompa e circunstância.

Após participar no seu álbum, Chris Brown chama Kanye West de “vadia”

há 9 meses
Depois do lançamento este domingo, supostamente sem a autorização de West, Donda quebrou record de vendas na Apple Music, figurando na primeira posição em 152 países.

Bobby Brown quebra o silêncio após morte do filho

há 1 ano
Em comunicado, citado pela imprensa internacional, o músico pediu para rezarem pela família: “Por favor, mantenham a minha família nas vossas orações neste momento”.

Anitta, Ivete Sangalo e Black Eyed Peas no Rock in Rio 2021

há 2 anos
As cantoras “Anitta”, “Ivete Sangalo” e o grupo “Black Eyed Peas” garantiram presença na edição 2021 do Rock In Rio Lisboa. Os nomes foram anunciados na edição especial televisiva que assinala as datas do festival que, este ano, não aconteceu por conta do Covid-19

Centro Cultural do Brasil em Angola anuncia oficina de Mímica Prática

há 11 meses
No âmbito do projecto SEXTARTE- Oficina de artes à sexta-feira, esta semana, o CCBA- Centro Cultural do Brasil em Angola promove workshop mímica, com o actor e mímico brasileiro, Edgar Bustamante.

DreamKiller promete dois projectos musicais para 2020

há 2 anos

DJ Walgee confirma rumores sobre o Covid-19

há 2 anos
O DJ confirmou as informações que circulam em várias plataformas digitais sobre o teste positivo, mas garantiu, durante uma conversa via Skype a partir de Miami, que já se sente melhor.

WI project apresenta-se em novo formato

há 2 anos

Michael B. Jordan é taxado como primeiro Super-Homem negro da história

há 10 meses
Aumentam cada vez mais os rumores sobre a possível estreia do actor no papel de Super-Homem, numa série da HBO Max, centrada no personagem Val-Zod: o segundo personagem a assumir o manto de Superman na era New 52 da DC.

Yunami, a voz do Rap angolano na Hungria, apresenta novo projecto musical

há 1 ano
“Sonhos do Meu Pai” é o terceiro trabalho de Yunami, um rapper angolano que vive na Hungria. A obra resume várias fases do desenvolvimento de um artista em ascensão e é marcada por um novo vídeoclipe.